Guarda Municipal apreende arma de fogo com estudante em escola pública na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação

Agentes da Ronda de Proteção Escolar da Guarda Municipal do Natal (Rope/GMN) apreenderam um adolescente de 15 anos na última sexta-feira (04/10), que estava portando uma pistola calibre 22 de capacidade para duas munições. A ação dos guardas municipais se deu na Escola Municipal Professor Antônio Severiano, situada no Conjunto Pirangi, na zona Sul da capital.

De acordo com informações repassadas pela guarnição da GMN, o adolescente é aluno da escola pública e foi abordado pelos guardas municipais ainda na entrada da unidade escolar. Na revista pessoal os guardas encontraram a pistola que de imediato foi apreendida. “O estudante informou que estava com arma para se defender de inimigos”, contou um dos guardas.

O menor foi apreendido e conduzido pela guarnição a Delegacia Especializada em Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA). A diretora da unidade escolar foi como testemunha do fato e o pai do menor foi contatado para acompanhar os guardas municipais no registro da ocorrência. Essa não é a primeira vez que os agentes do Rope/GMN apreendem arma com estudantes.

O Rope leva ações de segurança preventiva para 145 escolas e centros de educação infantil espalhados pelas quatro zonas administrativas do município de Natal. A Prefeitura criou o Rope por meio de um convênio firmado entre as secretarias municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e a de Educação (SME) e veio com objetivo de inibir a violência nas escolas e áreas adjacentes.

https://www.natal.rn.gov.br/noticia/ntc-31489.html

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CURITIBA JÁ disse:

    Encontraram arma com estudante ou com bandido???, deve ser mais um excluído da sociedade coitadinho

  2. Cigano Lulu disse:

    A ignorância é mesmo atrevida: professores e alunos à mercê da bandidagem dentro das escolas, e Fatão GD orgulhosa de ter excluído os potiguares da educação disciplinar das escolas cívico-militares.

Mãe questiona expulsão de estudante e negativa de imagens de ato infracional por escola em Mossoró

Um caso envolvendo a expulsão de um aluno na escola Mater Christi em Mossoró tem gerado repercussão. Segundo informações obtidas pelo blog, um aluno de 11 anos teria sido identificado queimando papéis na Coordenação da escola e acabou sendo expulso. Porém, a mãe do estudante afirmou que em nenhum momento foram exibidas imagens que a escola afirmou ter do ato e o estudante está impedido de frequentar a escola nos últimos dois meses de ano letivo.

A família ainda tentou de forma incisiva que o aluno pelo menos concluísse o ano letivo, mas o pedido não foi aceito e a família informou que irá buscar os meios legais junto a Justiça e ao Conselho Tutelar.

A mãe do estudante, Sandra Maria, relatou que o aluno foi chamado pela equipe da coordenação sozinho e teria sido induzido a confessar o ato de queima de papéis. O caso foi levado ao Conselho escolar que definiu a expulsão do estudante e comunicou a família.

A mãe então pediu para ver as imagens do suposto ato, mas foram negadas e o pedido de reconsideração para o estudante concluir o ano também foi negado. Segundo ela, o adolescente nunca teve histórico de problema disciplinar.

O blog tentou contato com a direção da escola desde a última segunda-feira, 30, mas até o momento da publicação da matéria não obteve resposta.

Estudante será indenizado pelo Estado em R$ 80 mil, após perder a visão de um olho em quadra de esporte

Foto: Reprodução

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, à unanimidade, manteve a condenação do Estado do Rio Grande do Norte para pagar indenização por danos morais em favor de um estudante que perdeu a visão do olho direito depois de ser atingido por um pedaço de arame solto existente no portão da quadra de esportes da Escola Estadual Professor Arnaldo Arsênio de Azevedo (CAIC), localizada em Parnamirim. Acesse matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Corpo de estudante vítima de afogamento na Praia de Areia Preta é encontrado na Praia da Redinha

 Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Os bombeiros confirmaram o encontro do corpo de um estudante de 16 anos, que estava desaparecido desde a tarde do domingo (11). O adolescente, encontrado na Praia da Redinha, sumiu ao se afogar durante um banho na Praia de Areia Preta, na Zona Leste da capital. As buscas estavam sendo realizadas com apoio de salva-vidas da corporação e da Capitania dos Portos da Marinha.

Informações de parentes dão conta que o estudante estava nadando com dois amigos nas proximidades de um quebra-mar quando a correnteza puxou os três para o fundo. Infelizmente, o estudante foi o único que não conseguiu sair da água. As autoridades, inclusive, destacam que no local existe uma placa que alerta para o perigo de afogamentos.

Homem é preso suspeito de forjar assalto e assassinar a namorada, estudante de Educação Física, na Grande Natal, diz polícia

Foto: Arquivo pessoal

O portal G1-RN destaca em reportagem nesta terça-feira(23) que o namorado da estudante de Educação Física, Josierica da Rocha Alves, de 23 anos, morta em junho no município de Monte Alegre, na Grande Natal, foi preso suspeito de ser o autor do assassinato. No dia do crime, o homem relatou à polícia que ele e Josierica haviam sido vítimas de um assalto no município de Monte Alegre. Entretanto as investigações apontaram que ele mentiu sobre o roubo. A motivação do crime ainda é desconhecida.

Segundo contou o namorado na época do crime, no fim da noite do dia 4 de junho, uma quarta-feira, os dois chegavam em casa, quando foram surpreendidos por dois homens armados que já estavam dentro do imóvel. Josierica já teria descido do carro para abrir o portão, quando os bandidos a abordaram. Foi quando ele, o namorado, de dentro do automóvel, teria atirado contra os assaltantes. O homem relatou que, após a troca de tiros, os criminosos fugiram. Josierica foi baleada na cabeça e morreu depois de dar entrada no hospital da cidade.

Veja detalhes com informações do desfecho do crime aqui

 

Condenada por quebrar ovo em Bolsonaro, estudante faz vaquinha virtual, ultrapassa valor e diz que vai doar o excedente

Estudante quebra ovo em Bolsonaro | Reprodução

Sabe a estudante Alana Gabriele de Oliveira Arruda, a Gabrielle Van Pelt, 25 anos, condenada a pagar R$ 499 por ter quebrado um ovo no então presidenciável Jair Bolsonaro, em agosto de 2017, em Ribeirão Preto?

A vaquinha virtual que ela abriu no site Catarse para “pagar o ovo mais caro do mundo” arrecadou, até ontem, R$ 1.985. Ela disse que vai doar o excedente.

Ancelmo Gois – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    Vamos jogar ovos podres.

  2. Potiguar disse:

    A moça deveria pagar R$ 499 por conta de um ovo e arrecadou quase R$ 2.000, 00. Imagine, se o Adélio fizer? Arrecadará milhões em poucos dias.

  3. Ceará-Mundão disse:

    Vejam o tipo de gente, vejam a índole, o caráter desses esquerdopatas doentes e seguidores de bandidos. Era a elementos desse naipe que o nosso Brasil estava entregue. Dá prá entender perfeitamente porque estamos nessa situação. Mas, sairemos e nos livraremos dessa corja. Nas próximas eleições a gente completa a faxina. Político sabido tratará ao menos de camuflar suas más intenções. Ou será desempregado pelo povo.

    • Michel disse:

      Fala muita mercadoria esse Ceará, o bom e velho "eles contra nós". Sua atitude não ajuda o Brasil, cada comentário esbravejando ódio, parece que foi abusado por alguém com a camisa vermelha.

  4. Giselle disse:

    Quero doar…

Estudante finge ser inspetor de qualidade e come de graça por um ano em lanchonetes

Refeição da rede KFC Foto: Reprodução

Um estudante universitário de 27 anos fingiu ser inspetor de qualidade da KFC e, durante um ano, comeu de graça em filiais da rede de lanchonetes da província de KwaZulu-Natal (África do Sul).

O estudante, que não teve a identidade revelada, apresentava-se de terno e gravata aos gerentes das filiais e exibia um cartão (falso) de funcionário da KFC. Em seguida, ele pedia refeições com o suposto objetivo de verificar a qualidade do alimento.

Em algumas ocasiões, o golpista chegava a lanchonetes de limousine – dirigida por um comparsa que trabalhava em um serviço de aluguel de carros de luxo.

“Quando ele chegava, nós tentávamos fazer o nosso melhor para não sermos repreendidos”, disse ao site “Xpouzar” um funcionário da rede.

O estudante também entrava nas cozinhas e fazia “anotações” sobre o que estava vendo.

“Ele pedia para experimentar tudo”, afirmou o funcionário.

O golpe acabou desmascarado e o universitário foi preso. Nas redes sociais, entretanto, ele foi saudado como “mito”.

Extra – O Globo

 

Mercado do Fetiche: Estudante lucra mais de R$ 6 mil por mês com a venda de calcinhas e meias usadas

Foto: shutterstock

O que você faz para aumentar a renda? Com uma simples busca online, é possível encontrar inúmeras alternativas de conseguir um dinheiro extra. Uma estudante de 21 anos, de Nova York, nos Estados Unidos, ganha, por ano, US$ 40 mil, que equivale a aproximadamente R$ 156 mil. O mais curioso é que parte disso vem da venda de algumas peças íntimas usadas online, como calcinhas.

Em entrevista ao site da revista Glamour , a jovem universitária, que preferiu não se identificar, diz que sua renda é composta por seu trabalho como garçonete, passeio com cachorros e outras atividades. No entanto, a maior parte do dinheiro recebido mensalmente está na venda de calcinhas e meias em um site de anúncios chamado Craigslist .

A estudante conta, que em um mês lucrativo, ela chega a ganhar US$ 1,7 mil (R$ 6.652) ao vender os itens. O combo de calcinha e meia pode custar até US$ 120 (R$ 469).

Com um olho aguçado para as oportunidades de crescimento neste tipo de fetiche, a anônima prova que está disposta a ir além e atender outros pedidos dos clientes.

Ela explica uma situação que vivenciou. “Depois que um dos meus clientes regulares de calcinhas se abriu para mim sobre o fetiche por axilas, fiz um extra de US$ 500 [R$ 1.956] ao permitir que ele as cheirassem. Nos encontramos e eu estava bem vestida. Deixei ele sentir o cheiro por uns 15 minutos”, afirma.

Venda de calcinhas começou durante trabalho como camgirl

Enquanto trabalhava como camgirl, a estudante conta que os clientes davam lances nas calcinhas que ela usaria durante o show e, depois, ela as enviava para eles. Quando parou de atuar nessa função, percebeu que outras mulheres vendiam suas roupas íntimas diariamente no site – e assim seguiu para conseguir aumentar seu rendimento.

A jovem ainda diz que compra as peças íntimas por menos de R$ 4, fator que a faz ter um bom lucro na hora da venda. Isso ainda a ajuda a financiar o seu próprio negócio de lingerie. “Para ser honesta, vender minhas calcinhas me faz sentir fortalecida, pois estou no controle do meu corpo. É realmente incrível poder fornecer uma saída saudável para pessoas com esses fetiches”, finaliza.

IG

 

Estado deverá indenizar família de estudante que morreu afogada em barragem de Campo Grande

A mãe de uma criança vítima de afogamento durante aula de educação física em uma barragem na cidade de Campo Grande promovida pela escola estadual em que estudava será indenizada com o valor de R$ 100 mil, como compensação pelos danos morais suportados pela morte da filha. A sentença é do juiz Daniel Maurício, da Comarca de Campo Grande.

O magistrado também sentenciou o Estado do Rio Grande do Norte ao pagamento de pensão mensal aos pais em valor correspondente a 2/3 do salário mínimo nacional entre 19 de março de 2014 (data em que completaria 14 anos) até 19 de março de 2025 (data em que completaria 25 anos), passando, a partir de então, a ser devido valor correspondente a 1/3 do salário mínimo nacional, até a data em que a falecida atingiria 74 anos e 29 dias ou a data em que um dos pais vier a óbito.

A autora moveu ação indenizatória contra o Estado objetivando a condenação do ente público ao pagamento de indenização por danos morais e materiais. Para tanto, contou que no dia 28 de abril de 2011, a sua filha menor de idade (na época com 11 anos), participou de aula de educação física ministrada por professor da Escola Estadual Professor Adrião Melo em Campo Grande, a qual ocorreu na Barragem do Pepeta, naquela cidade, que estava sangrando.

Ela narrou que o professor conduziu seus alunos, num total de 15, em carro próprio. Porém no local, a menor de idade, filha da autora da ação judicial, acabou se afogando e morrendo. Afirmou que o fato é inclusive objeto de Ação Penal registrada sob o Nº 0000318-45.2011.8.20.0137 e que a aula de educação física pertence a grade curricular do Estado do RN, bem como faltou cautelado Estado ao permitir tais aulas em lugar impróprio.

Argumentou a responsabilidade objetiva do Estado diante dos danos causados por seus agentes. Concluiu ter sofrido danos morais, especialmente pelos reflexos psicológicos acarretados pelo acidente que ceifou a vida de sua filha e danos materiais, mais especificamente direito a salário.

Para o juiz, no caso analisado, o dano é inquestionável. “A perda de um filho constitui-se em um dos maiores abalos que uma pessoa pode sofrer, visto que contraria a lei natural da vida. Portanto, daí decorre o chamado dano ‘in re ipsa’, o qual nasce meramente em razão do fato”, comentou.

Análise

Como trata-se de pessoa jurídica de direito público, explicou que aplica-se a responsabilidade objetiva prevista pelo artigo 37, § 6º, da Constituição Federal. Logo, é dispensável eventual discussão quanto à existência de culpa ou dolo na conduta do Estado, porque não interessa ao tipo de responsabilidade aplicável.

Da mesma forma, esclareceu que também não há como cogitar a responsabilização direta do professor de educação física, pretensão buscada quando do pedido para que fosse responsabilizado na ação judicial movida pela mãe da criança contra o ente estatal.

Assinalou ainda que é inquestionável que a filha da autora estava sob a guarda do Estado quando da ocorrência do sinistro, posto que, aluna de escola estadual, foi ao local acompanhada de seu professor de educação física, agente do Estado e responsável legal pela turma, o que foi confirmando pelo Diretor da Escola, que foi testemunha do processo.

“Ora, se um professor, no uso de suas prerrogativas de agente público, se dispõe a levar crianças a um momento extraclasse e inexiste advertência ou proibição da Instituição, de forma pública; por óbvio, que os pais autorizam seus filhos e se eximem de eventual culpa concorrente, na medida em que as Escolas garantem a segurança e o cuidados devido à seus alunos. Assim, resta clara a desídia da instituição de ensino e, via de consequência, do Estado réu”, finalizou.

Por fim, concluiu que: “Trata-se de fato decorrente na falta de vigilância, pois a menor estava sob responsabilidade do professor, preposto do Estado”.

Processo nº 0000222-93.2012.8.20.0137
TJRN

 

Escola no RJ manda piolho em bilhete para comprovar infestação em estudante

Fotografia de um piolho: Reprodução

As aulas mal começaram e os pais dos alunos de uma escola particular de Maricá (RJ) receberam uma circular sobre… piolhos. A mãe de uma estudante, então, enviou pela filha um bilhete dizendo que era “impossível” que a garota estivesse com o parasita.

No que veio de volta da escola, dentro da agenda, um… piolhinho, com uma anotação informando que o bicho foi encontrado na blusa da criança.

Ancelmo Gois – O Globo

FOTOS: Estudante de mestrado em Engenharia Civil da UFRN desenvolve estrutura inovadora em madeira

Uma estrutura inovadora com estética contemporânea. Assim é a Gridshell Dunas, uma construção desenvolvida no Laboratório de Estudos da Madeira (Labem), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que utiliza a madeira pinus e parafusos rosqueados em seu método construtivo. Gridshell Dunas é considerada a primeira iniciativa do modelo para pesquisa no Nordeste brasileiro.

Desenvolvida no mestrado da estudante Isabela Souza, no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil com foco em Materiais e Processos Construtivos, o projeto tem orientação da professora Edna Moura Pinto e co-orientação do professor Alfredo Manuel Dias (Universidade de Coimbra/Portugal).

Montada no estacionamento do Núcleo Tecnológico da UFRN, ao lado do Labem, a Gridshell Dunas segue o modelo de casca reticulada, comumente utilizada na Itália e na Espanha. “Essas estruturas podem ser projetadas em diferentes materiais, e aqui escolhemos a madeira. As principais características do método dizem respeito à ausência de necessidade do uso de pilares intermediários e o baixo consumo de material em relação à superfície de cobertura da estrutura. Por esse motivo, o método se adequa satisfatoriamente à construção de ambientes de convivência, como pavilhões de feiras”, explica a professora Edna Moura Pinto.

“A materialização dessa pesquisa envolveu o apoio de diferentes agentes e a participação de alunos da pós-graduação da Engenharia Civil, graduação em Arquitetura, Centro de Tecnologia, Superintendência de Infraestrutura, Laboratório de Estudos da Madeira/ UFRN, a Escola Agrícola de Jundiaí, bem como o envolvimento da iniciativa privada e do terceiro setor, parceiros como o Estúdio Oito Engenharia e o Instituto de Inovação e Sustentabilidade”, comenta a mestranda Isabela Souza.

A Gridshell Dunas vem sendo planejada desde 2017. Foram feitas pesquisas, desenvolvimento de estrutura virtual em autocad e maquete até chegar à etapa de construção da grid, que cobre uma área de 20 metros quadrados.

O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PEC), Fagner Alexandre Nunes de França, destaca o quanto o trabalho desenvolvido representa inovação. “É muito pertinente e interessante o trabalho desenvolvido com a Gridshell no PEC. É algo inexistente em Natal, que poderia ser muito bem aplicado em restaurantes da cidade sem muito custo para o investidor”.

Para o professor João Inácio da Silva Filho, vice-diretor interino da Escola Agrícola de Jundiaí, é motivo de muita felicidade colaborar com o projeto. “É muito bom ver a Universidade desenvolvendo projetos inovadores para o Estado, juntando o terceiro setor e a academia. Temos vários departamentos unidos no desenvolvimento deste projeto, que é o primeiro do Nordeste. Esta inovação deve ser valorizada e incentivada para sua ampliação”, aponta o João Inácio.

Em nova etapa do projeto, a estrutura montada na UFRN receberá uma fundação com eucalipto para ser construída uma área de convivência, que vai contar com jardineiras. Será também uma área de visitação para outras universidades, que tenham interesse em pesquisar o método.

Com informações da UFRN

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria José cavalcante barbosa disse:

    Fui ver de perto a estrutura montada, adorei é muito segura e bonita tenho certeza que vai bombar entre os arquitetos de natal.

Ladrão mata jovem por causa de celular na Zona Norte

A jovem estudante Maria Karoline, de 19 anos, estudante do curso de Turismo na UFRN, foi assassinada no final da tarde desta quarta-feira (20). Ela foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte), na Avenida Itapetinga, no no bairro Potengi, zona Norte de Natal.

De acordo com informações obtidas pelo blog, a jovem estava caminhando juntamente com a irmã na Avenida Itapetinga, quando foi abordada por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os criminosos pediram os celulares das duas. As duas entregaram sem reagir. Mesmo assim, um dos bandidos atirou nela.

Maria Karoline foi alvejada com um tiro na cabeça e outro no tórax. Após os disparos, a dupla fugiu. O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi acionado, mas quando chegou a jovem estudante já estava sem vida.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Segundo disse:

    O GOVERNADOR DA SEGURANÇA FRACASSOU!!!

  2. paulo disse:

    BG
    Enquanto nós CIDADÃOS não extirparmos essa classe politica OMISSA,CONIVENTE,IRRESPONSÁVEL,NEGLIGENTE,CORPORATIVISTA,ENGANDORA,MENTIROSA,PODRE e uma infinidade de adjetivos, enterraremos nossos JOVENS e CIDADÃOS trabalhadores cumpridores dos seus deveres,pagadores da maior carga tributaria do MUNDO para sustentar esse MALANDROS escondidos nos "gabinetes" com ar-condicionado , motoristas, auxilio palito, auxilio moradia. ISTO É UM ESCARNIO com a população abandonada deste País chamado Brasil.

  3. caio fabio disse:

    Governo incompetente, inerte. Chega de "barbie" e embromations.

  4. Paulo disse:

    Culpa do "direitos dos manos" Que policial que vai agir preventivamente, se em uma abordagem não pode mostrar arma, não pode isso, não pode aquilo. Como é que você vai chegar pra fazer revista em alguém sem poder mostrar arma nem nada. Vida de policial é difícil, imagine a tensão de você pensar que ali pode ter um bandido armado e ainda é criticado nas abordagens? Aparece um monte de gente na hora pra filmar e tirar foto dizendo que é policia racista, policia assassina e no final o policial que responde a um processo administrativo.
    Tem é que acabar com esse mimimi de vitimismo e revistar mesmo as pessoas.

  5. Paulo disse:

    Culpa do "direitos dos manos" Que policial que vai agir preventivamente, se em uma abordagem não pode mostrar arma, não pode isso, não pode aquilo. Como é que você vai chegar pra fazer revista em alguém sem poder mostrar arma nem nada. Vida de policial é difícil, imagine a tensão de você pensar que ali pode ter um bandido armado e ainda é criticado nas abordagens? Aparece um monte de gente na hora pra filmar e tirar foto dizendo que é policia racista, policia assassina.
    Tem é que acabar com esse mimimi de vitimismo e revistar mesmo as pessoas.

  6. Diego disse:

    Alguém já viu a mídia brasileira exaltar um policial? Quando foi que o Fantastico mostrou pela ultima vez um policial heroi?
    É comum ver na CNN os americanos condecorarem policiais com honra como fizeram aos que mataram os terroristas de Boston.
    Aqui só se dá destaque aos corruptos e bandidos. Outro dia a corregedoria puniu dois soldados que obrigaram bandidos a carregar uma freezer que haviam roubado, porque isso era degradante. Tá de brincadeira?!
    Lamento mais o prognóstico é de que o atraso e mediocridade de nossa sociedade e todas as mazelas que resultam delas ainda vão levar gerações para desaparecer.
    Enquanto isso ainda vamos colher muito dos valores que plantamos.

  7. Chico disse:

    Inadmissível. Até quando? A sociedade natalense acompanha passivamente e os nossos governantes assinam mais um atestado de incompetência sem precedente. Natal, cidade linda por natureza e uma das mais violentas do Brasil. Quem tiver condições, pode arrumar a mala e morar em outras terras, pois quem está na rua corre perigo de morte. Estamos fritos!

  8. Claudinho disse:

    Como a vida aqui nessa bagaça não vale p…. nenhuma mesmo, não é? Fazer zoada por causa de centavos boa parte faz, mas lutar pela segurança, saúde, educação, VIDA, haha… ninguém nem se atreve jogar pedra na porta do Midway…

  9. Marcus disse:

    Nao vamos atrapalhar o veraneio… do Governador da seguranca….

  10. Bueno disse:

    O RN precisa de alguém de pulso , alguém que não tenha medo de enfrentar primeiro os defensores dos "direitos" mais conhecidos como hipócritas. Esses nunca perderam parentes vitimas de menores ou de bandidos que a policia prende e com meia hora tão soltos cometendo delitos novamente. Esse governador é fraco infelizmente. É igual aos outros políticos que sabem falar mas não sabem agir. Decrete calamidade na segurança, chame a força nacional o exercito mas faça alguma coisa ou ira começar uma matança sem precedentes no RN. Hoje tanto faz ser cidade grande, pequena ou um sitio da zona rural, não existe segurança, certo que temos uma legislação capenga mas pior é ser omisso, isso acentua muito mais a impunidade. Acorde governador ou o Sr poderá chorar as dores que muitos choram já que eles não escolhem mais a quem matar.

  11. Edu disse:

    Porque este caso não teve a mesma repercussão e comoção popular que o recente e lamentável assassinato da Gizela Mousinho, dois atos de pura crueldade e barbárie que mereciam o mesmo tratamento da opinião pública, imprensa e empenho da Polícia em punir os culpados.

  12. Sergio Nogueira disse:

    Vamos dar moleza pra vagabundo. Cheios de direitos, regalias e defensores fazem o que querem porque sabem que haverá quem lute para que o período na prisão, se houver, já que o Judiciário descobriu a roda com a Audiência de Custódia, seja o menor possível.
    O Estado não tem competência para manter presos essas nulidades mas tem para botar a Defensoria Pública para conseguir o menor castigo possível.

  13. José Avelino disse:

    Se não mudar tem que ter uma intervenção no estado, pois estamos sem comando, com um governo fraco, sem poder de reação.

  14. Lena disse:

    Gente isso ta um caso sério , não podemos usufruir de um direito que temos o de IR e VIR , ta faltando intervenção mais rígida , a bandidagem ta grande , só Deus pra cuidar da gente ….

  15. André disse:

    O governador em todos suas entrevistas de final de ano era dizendo que a segurança tinha melhorado, ridículo , está aí o resultado , fugas , mortes e assaltos nas praias , no centro na zona norte na zona sul , não conseguem fazer o básico que é deixar o bandido preso .

  16. Douglas Santana Meireles disse:

    Esses criminosos devem ser fichados e estão soltos matando covardemente as pessoas de bem. Da mesma forma como aconteceu com os turistas norueguêses os criminosos são fichados e estão soltos cometendo crimes que afetam sobetudo as vítimas diretamente e a sociedade em geral. Principalmente pra quem vive do turismo.

  17. Jiordano disse:

    Temos que reagir a essa situação, não podemos ficar de braços cruzados…

  18. Maria da Conceição disse:

    Gente, pelo amor de Deus!/Vamos suplicar leis mais severas ao nossos Deputados… É inadmissível uma situação dessa. Como esse pai, essa mãe, essa irmã estão agora? Leis e políticos frouxos deixam a população a mercê. Vamos nos revoltar! Que coisa mais absurda e triste! Caraaaamba!

  19. Larissa disse:

    Ou a polícia começa a matar esses monstros, ou não teremos paz nunca mais. Só assim vai resolver.

  20. JOAO MARIA disse:

    Enquanto não tiver pena de morte para este tipo de bandidos a situação já estar pessima e com certezxa vai piorar neste pais de impunidade

  21. roseane disse:

    Aonde vamos parar com tanta criminalidade aqui neste país e em especial o RN?.

  22. Osvaldo disse:

    Governador, dê uma justificativa à sociedade. Ninguém aguenta mais essa selvageria. Emita uma nota pedindo desculpas pela sua ineficiência… Seu fracasso como "governador da segurança". Bandidos cavando túnel à luz do dia e nada é feito? Arrastões, latrocínio e homicídio é o dia a dia dessa cidade.

  23. Rodrigues disse:

    Sinceramente eu não sei mais o que está faltando para as autoridades botar moral nessa merda. É revoltante, é casa de juiz sendo assaltada, é turistas assaltado é uma bagunça só, ninguém pode mais sair de casa que está vulnerável, tem que pedir a Deus para não está no lugar e na hora errada, porque se não vai acontecer. E esses bandos de calça frouxa não faz nada? Entregue a porra desse Estado por dois finais de semana, A quem tem CORAGEM ( MILITARES) que dão um jeito, tá faltando ORDEM, Governo civil é fraco, divulgam umas estatísticas fajuta e vão enrolando a população onde na prática o que se vê é o contrário, faltando ordem. Tá mais do que comprovado, de Norte a Sul do Brasil. Como está, não pode ficar. Tá imoral passando de todos os limites.

  24. Junior disse:

    O povo merece se fuder!

    E acredita que vai continuar assim e ninguém vai se mexer??
    Kkkkk

    O povo do RN é parado! Parado até demais!
    Tem preguiça até de lutar pelos seus direitos!

    Por isso que eu afirmo! Todos merecem se fuder!

  25. Adalbetto disse:

    RN sem controle. Governador, decrete a calamidade na segurança do estado do RN. Situação insustentável.

  26. charles disse:

    Cadê o governo da segurança?

  27. Potiguar disse:

    Pelo amor de Deus, os cidadãos do RN estão sendo CAÇADOS pela bandidagem. Tá na hora de uma revolta geral por parte da população porque ninguém sabe onde essa "guerra civil não declarada" vai terminar.
    A situação é muito preocupante.

Brincadeira ou sério? Estudante em Natal diz que recebeu dinheiro para falar de escola em protesto

 

EstudanteComentário polêmico começa a circular nas redes sociais e levanta dúvida sobre suposta “comissão”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisca das Chagas disse:

    Eu sou da cidade de Caicó,sou professora de Língua Portuguesa ee já morei em Redinha Velha na década de 70.Fiz muitos amigos mas não tenho infelizmente nenhum contato com estes. S´´o lembro de uma pessoa que na época era minha maior amiga,mas só lembro do primeiro nome: Lise. Ela era uma pessoa morena de estatura média e tinha uma beleza bem peculiar de uma mulata muito bonita.É somente o que sei desta pessoa.Outra pessoa que ficou nas minhas lembranças foi um rapaz chamado de Antônio Carrilho, mais conhecido por Carrilho, uma pessoa que foi muito especial pra mim. Infelizmente não tenho nenhum contato com estas pessoas mas gostaria muito de ter notícias delas. Então, através desse Blog, quem sabe eu não consiga. Ficarei grata se vcs me dessem essa luz. Atenciosamente Prof. Chaguinha Nascimento

Estudante grávida de Caio Castro revela que ator pediu aborto e faz desabafo pesado

07_28_52_631_fileAlegando estar grávida de Caio Castro, Carolina Bianchi soltou uma bomba! Em entrevista à coluna de Leo Dias, do jornal O Dia, a estudante de artes cênicas revelou que o ator de Amor à Vida (Globo) exigiu que ela abortasse o bebê.

— Caio queria que eu abortasse o bebê e eu não quis. Desde que eu desisti da ideia do aborto, ele sumiu. O Caio é egoísta, prepotente, egocêntrico e arrogante. Ele vende a imagem de bom moço, religioso, fala da igreja Bola de Neve, mas nunca colocou os pés lá.

O portal R7 ligou para o empresário de Caio Castro, Sandro Andrade, para ouvir o lado do ator, mas ele não atendeu às ligações.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Omar disse:

    Se ele é tudo isso de ruim, prá quê foi dar prá ele ?

Estudantes protestam na zona sul de Natal por assassinato de torcedor do ABC de 17 anos

Familiares e estudantes do colégio Ferreira Itajubá, no bairro de Neópolis, zona sul de Natal, realizaram uma passeata em manifesto pelo assassinato do adolescente Flavio Augusto, de 17 anos, morto a tiros, próximo a passarela do bairro, na sexta-feira (15), após saída jogo ABC e ASA, no Frasqueirão.

Na escola responsável pelo manifesto, estudava o jovem, que era considerado bom aluno e sem inimigos. Com faixas, cartazes, nome da vítima nos uniformes, o grupo percorreu as ruas do bairro, com gritos de Justiça, e encerram o protesto na BR-101, próximo do local onde o torcedor abcedista morreu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FIM AS ORGANIZADAS disse:

    As torcidas DES organizadas estão tomadas por criminosos, o crime já esta mais do que inserido nas torcidas “tráfico de drogas”, só não vê quem não quer! Sei que seria um sonho distante de ver um dia o fim dessas facções, mas creio que um dia acabaremos com essa mazela nas ruas e estádios.
    Os clubes, os estádios e nós não precisamos dessas facções, “gang, mafia, etc” não representam times e muito menos torcedores de verdade, NÃO sei por que o Estado não toma providência e acaba com essas quadrilhas, que só trás desgraça nas ruas de nossa cidade, a polícia diz que os homicídios não têm relação com as torcidas, porem digo com toda a certeza, as vitimas (a maioria) podem até não ter relação com torcida organizada, mas os assassinos com certeza tem relação sim! Infelizmente! muitos jovens inocentes que nem sequer fazem parte de torcidas (torcedor comum) irão morrer, muitos já morreram e os bandidos (assassinos) estão em pune.
    Já esta mais do que na hora da PC, PM, MPE e TJ tomarem para si a responsabilidade de tanta violência gratuita nas ruas de Natal/RN/Brasil.
    “FIM AS TORCIDAS ORGANIZADAS”
    “FIM AS QUADRILHAS/FACÇÕES gang e mafia”

  2. Crystian Pontes disse:

    A que ponto chegou a violência… Tenho plena certeza que os responsáveis tiveram a ideia de "eliminar" o primeiro que encontrassem. Infelizmente uma vida jovem se foi. Eu como torcedor do ABC sugiro que a diretoria converse com o arbitro e faça 1 minuto de silêncio antes da partida de sábado. Em consideração aos dois torcedores que tanto amavam o nosso clube. É o mínimo que o ABC FC pode fazer por eles.

    • FIM AS ORGANIZADAS disse:

      Lamento por demais a perda de mais um jovem com toda uma vida pela frente, lamento pois sei o quanto é triste e sombrio este momento, momento de revolta e de muita dor, peço a Deus que conforte essa mãe, esses irmãos, essa família que esta sofrendo com tudo isso.
      Só sei de uma coisa, Deus fará Justiça! eu tenho a certeza, logo logo quem fez isso estará preso e será condenado!
      Deus sabe quem foi e ele colocará esse verme na cadeia.

FOTO: Família busca estudante desaparecida em Natal; compartilhe

130375A adolescente Lyandra Helen Bastos Mota, de 14 anos, está sumida desde a manhã dessa segunda-feira (14). De acordo com familiares, ela saiu de casa, por volta de 7h, como de costume, com destino que seria o seu colégio, a Escola Municipal Antônio Severiano, na Avenida Ouro Preto, no bairro Neópolis, zona sul de Natal.

Segundo familiares, um fato chamou a atenção: a estudante saiu de casa com uma muda de roupa na bolsa e, quando questionada, disse que emprestaria para amigas.

A família da adolescente pede qualquer informação seja comunicada através dos telefones: (3737-7216); (3346-8000); (8817-5917) e (9431-4904).