Diversos

De cana-de-açúcar e milho, ‘plástico verde’ é aposta de gigantes do setor; conheça

Foto: / Divulgação

O plástico, produzido a partir do petróleo, se tornou um dos grandes vilões do meio ambiente. O uso de sacolas de supermercados, copos e canudinhos vem sendo cada vez mais evitado.

Embora o consumo de plástico deva crescer 1,5% neste ano, para 7,2 milhões de toneladas no país, essa aversão vem provocando uma espécie de revolução silenciosa em toda a cadeia da indústria petroquímica.

De um lado, há o desenvolvimento de tecnologias para produzir resinas plásticas a partir de fontes renováveis, como cana-de-açúcar, milho, mandioca e batata. Do outro, a busca pela reutilização do material que hoje é descartado na natureza.

De acordo com a European Bioplastics, associação das empresas do setor, os plásticos feitos a partir de fontes renováveis respondem por apenas 1% da produção global de plásticos, de 359 milhões de toneladas.

Mas uma série de iniciativas deve incrementar essa fatia, inclusive no Brasil.

— Há um esforço de toda a indústria em criar novos plásticos, mais leves e mais fáceis de serem reciclados, a partir de fontes renováveis. Essas soluções ainda são muito novas e muitas ainda estão em fase inicial. Mas são extremante importantes para o futuro – disse José Ricardo Roriz, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

Embalagem sustentável

No Brasil, a Braskem, maior produtora de resinas da América Latina, vem investindo no desenvolvimento de plásticos a partir da cana-de-açúcar. A companhia tem uma unidade no Rio Grande do Sul voltada para esse tipo de plástico, que consumiu investimentos de US$ 290 milhões.

A empresa se prepara para atingir a produção de 10 mil toneladas por ano de uma resina a partir do etanol (chamada de Eva), que tem aplicação para diversos setores, como o de calçados e automotivo, entre outros. E estuda ampliar suas operações.

— A gente imagina que a demanda pelo plástico verde vai crescer mais rápido do que a do plástico de origem fóssil (a partir do petróleo), e a gente avalia oportunidade de novos investimentos — disse Edison Terra, vice-presidente da Unidade de Olefinas e Poliolefinas da Braskem na América do Sul.

Segundo ele, há uma demanda crescente no mercado por esse tipo de produto, e a companhia tem analisado novas alternativas possíveis de investimento, mas ainda não foi tomada qualquer decisão nesse sentido.

— Trabalhamos em diferentes opções de aumento de capacidade da produção do plástico verde. Estamos sempre atentos a oportunidades de negócios sustentáveis — afirmou Terra, destacando que a companhia vem desenvolvendo pesquisas para buscar outras fontes renováveis.

Na ponta dessa cadeia, a indústria vem adotando com rapidez as inovações. É o caso da Copapa, uma fabricante de papel higiênico que usa plástico feito a partir do milho. Fernando Pinheiro, diretor executivo da Copapa, lembra que, ao iniciar uma série de mudanças sustentáveis em sua linha de produção, buscou novas opções para o plástico usado nas embalagens do papel higiênico.

Após estudar alternativas, passou a usar uma resina a partir do milho, que é importada da Alemanha. A troca faz parte dos R$ 10 milhões que a companhia investiu em pesquisa e desenvolvimento.

— O plástico ganhou uma fama de vilão no mundo todo. Hoje, a dificuldade é buscar os fornecedores certos. Apesar de termos um custo maior com o plástico feito de milho, reduzimos a margem de lucro para que o produto fosse acessível – disse Pinheiro, cuja unidade fabril fica em Santo Antônio de Pádua, no Rio de Janeiro.

‘Lavagem verde’

Kate Melges, especialista na campanha de plástico do Greenpeace nos Estados Unidos, critica a busca pelo plástico verde. Ela diz que mudar de plástico descartável para papel, bioplástico ou até materiais compostáveis não é solução.

— Isso é apenas uma lavagem verde usada por multinacionais para manter viva a cultura descartável. E com apenas 9% do plástico produzido realmente reciclado no mundo, sabemos que esse também não é o caminho a seguir — afirmou Kate.

Para ela, não se pode considerar o plástico de base biológica recurso renovável:

— Não é renovável, pois há pressões do uso da terra e de emissões e processos agrícolas. O plástico de base biológica representa cerca de 1% do plástico do mundo. E a maioria do mercado não é 100% (de fonte renovável), mas, sim, uma combinação de material com origem em combustível fóssil e não fóssil.

Brasil recicla apenas 26% do material

Além da busca de mais fontes renováveis, outra área de atuação da indústria é a reciclagem do plástico. O Brasil tem hoje um índice de reciclagem de 26%, percentual bem abaixo do de países da Europa, como Portugal, Espanha e Alemanha, cuja taxa oscila entre 40% e 50%.

Edison Terra, vice-presidente da Unidade de Olefinas e Poliolefinas da Braskem na América do Sul, destaca as iniciativas que visam ao reaproveitamento do plástico. Segundo ele, outra frente de trabalho é conseguir produzir novamente uma resina plástica com qualidade a partir da reciclagem dos materiais usados.

— Temos trabalhado de forma conjunta com toda a cadeia petroquímica para encontrar soluções para os resíduos de plásticos, porque é um problema que não dá para ignorar — explicou Terra.

Hoje, no Brasil, a reciclagem de plástico ainda é pequena: cerca de um quarto de todo o material descartado é reaproveitado, dizem a Braskem e a associação do setor.

— Estamos investindo no desenvolvimento de tecnologias no campo da reciclagem química, e o nosso foco é transformar plásticos pós-consumo, como sacolinhas de mercado e filmes de embalagens de salgadinhos e biscoitos, novamente em produtos químicos que podem ser utilizados em diversas cadeias de valor — destacou Terra.

A SC Jonhson, fabricante de produtos como Off e Raid, selou uma parceria com a canadense Plastic Bank, que recolhe e recicla garrafas e sacos que chegam aos mares.

Centros de coleta no Rio

A organização, que acabou de abrir três centros de coleta no Rio, vai inaugurar seis novas unidades entre fevereiro e maio deste ano.

David Katz, presidente da empresa e idealizador da iniciativa, diz que os novos locais ainda não foram definidos.

— Pretendemos estar em áreas vulneráveis socialmente, perto da região da Baía de Guanabara. O Rio é a nossa primeira cidade escolhida fora da Ásia — afirmou.

A Plastic Bank paga pelo plástico que recebe de catadores. Segundo o Sindicato Independente de Recicladores do Rio de Janeiro, existem cerca de 300 mil catadores independentes que dependem da coleta de materiais recicláveis nas ruas.

O que o centro de coleta faz é revender esse plástico a empresas. A SC Jonhson, por exemplo, vai lançar neste ano uma garrafa 100% reciclada para uma de suas marcas.

— Construir uma infraestrutura que interrompa o ciclo desses resíduos antes que terminem no oceano é fundamental — disse Fisk Johnson, presidente do Conselho de Administração e presidente executivo da SC Johnson.(R. O. e B. R.)

O Globo

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Estudantes vão buscar soluções para melhorar a mobilidade urbana e os transportes na capital em maratona de ideias que vai até sexta (1º)

Fotos: Divulgação

Como podemos contribuir para a melhoria da mobilidade urbana e dos transportes em nossa cidade? É sobre esse tema que estudantes entre 10 e 14 anos vão desenvolver ideias e buscar soluções no III Hackaton Educacional do Nordeste, promovido pela Maple Bear Natal, em parceria com For Education Edtech, empresa representante da Google no Brasil. A maratona, que envolve empreendedorismo e inovação, começou na manhã desta quarta (29) e vai até sexta (1º). A edição do ano passado foi destaque nacional da marca Maple Bear em todo o país.

No total, são 15 equipes de 6 alunos, somando 89 crianças e adolescentes. O objetivo final é a programação de um jogo que vai propor soluções para o tema em questão. A problemática é abrangente e envolve diversas questões.

Atualmente, a população natalense sofre com a falta de ônibus depois que a frota foi reduzida durante a pandemia. 34 linhas foram retiradas de circulação e existem decisões judiciais determinando o retorno integral, o que ainda não aconteceu. Um chamamento público foi realizado pela Secretaria de Mobilidade Urbana da cidade para que o transporte opcional assuma parte desses trajetos.

Além disso, os usuários esperam há anos pela licitação do transporte público, que deve trazer melhorias e uma redistribuição das linhas em todas as regiões. A expectativa é que o edital seja lançado em agosto.

Os constantes aumentos nos preços dos combustíveis também podem ter impacto na mobilidade e no sistema de transporte. Com o litro da gasolina custando quase R$ 8 na capital, muita gente está preferindo deixar o carro em casa e optando pelo uso de alternativas, como é o caso das bicicletas. Mas será que a cidade possui uma boa malha de ciclovias e ciclofaixas? A problemática também envolve a necessidade de obras de infraestrutura viária, acessibilidade pra pessoas com deficiência, entre outras.

Os estudantes vão ter até as 17h desta quinta (30) para finalizar os trabalhos. A diferença deste ano é que as crianças e os adolescentes vão pernoitar na escola durante a maratona, numa imersão no melhor estilo Campus Party. A apresentação final das ideais, a entrega das premiações e dos certificados acontece na sexta, dia 1º de julho.

“Para este ano, acredito que podemos promover um evento ainda mais relevante, pois é a nossa terceira edição e muitos dos estudantes já estão ambientados com a perspectiva de buscar soluções para os problemas cotidianos, visto que essa é uma das diretrizes da educação canadense”, disse o coordenador do ensino fundamental da Maple Bear Natal, Olavo Vitorino.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Vacinação no drive do Via Direta é suspensa por causa da chuva

Foto: Divulgação

A vacinação contra Covid, gripe e sarampo foi suspensa no drive do Via Direta, em Natal, nesta quarta-feira (29). Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a suspensão acontece por causa das chuvas que caem na capital desde a madrugada.

A expectativa é que a imunização no drive seja retomada na quinta (30). Quem quiser se vacinar pode procurar uma das Unidades Básicas de Saúde do município e ainda a sala de pedestre do Via Direta e do Nélio Dias.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Pedro Avelino entre as 7 cidades brasileiras classificadas para recursos do SENASP

Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Pedro Avelino foi uma das 7 cidades brasileiras classificadas para receber recursos para a segurança pública, por meio de convênio com a SENASP – Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Governo Federal. Foram enviadas 122 propostas de todo o Brasil, sendo 20 delas habilitadas e somente 7 classificadas, entre elas o município do Sertão Central Cabugi, o único do Norte/Nordeste.

Para o prefeito de Pedro Avelino, Alexandre Sobrinho, “isto demonstra a seriedade com que tratamos nossos processos internos, na busca de parcerias e convênios, bem como a prioridade que damos para ajudar no esforço de segurança, por meio da nossa Guarda Municipal”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

SURREAL: Loja de móveis na Hermes da Fonseca tem quadro elétrico arrombado e fios roubados pela 8ª vez em 30 dias

Foto: Reprodução

Não é de hoje que noticiamos bandidos roubando fios de ar-condicionado e tocando o terror nas lojas da capital. Mas a insegurança é cada vez mais assustadora, que o diga o dono de uma loja de móveis, a ArtKasa Design, localizada na Hermes da Fonseca: em 30 dias ele foi roubado 8 vezes.

Primeiro roubaram os fios do ar-condicionado e depois todas as máquinas de ar-condicionado, colocaram os fios e roubaram novamente. Segundo a denúncia, já é a segunda veze que roubam os cabos da caixa de entrada do medidor e a quinta vez que o proprietário vai comprar o material.  A Cosern é chamada pra religar porque quase todos os dias o local amanhece sem energia.

Opinião dos leitores

  1. #Rumo a Venezuela .. comerciantes terão que se sustentar com o auxilio do governo … e ainda serem gratos por isso !!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Procon fiscaliza se agências bancárias em Natal cumprem tempo máximo de espera em filas

Foto: Divulgação

O Procon Natal intensifica a fiscalização mais uma vez esta semana nas agências bancárias. Junto à comissão de defesa do consumidor da Câmara Municipal de Natal. O intuito é fiscalizar o tempo de espera previsto na Lei Municipal n 6.666/2017, em que obriga as agências bancárias, no âmbito do Município, a colocar à disposição dos usuários pessoal suficiente no setor de caixa, para que o atendimento seja efetivado em tempo razoável, e dá outras providências, como o tempo de espera de no máximo 30 minutos em dias normais e de 45 minutos em véspera de feriados ou após feriados prolongados para que o cliente seja atendido.

A legislação vigente em Natal (Lei Nº 6.666 de 30 de março de 2017) diz que as agências bancárias em Natal ficam “obrigadas a colocar, à disposição dos usuários, pessoal suficiente em todos os seus setores de atendimento, para que seja efetivado em tempo razoável”. De acordo com o Procon, o tempo considerado razoável é de 30 minutos com tolerância de mais 45 minutos, após a entrega da ficha de atendimento, sem considerar a espera na área externa do banco.

A lei diz ainda que os bancos devem “fornecer aos seus usuários, o comprovante do horário em que os mesmos tiverem acesso às filas, como também quando do término do atendimento, sendo o mesmo obrigatório para todos os setores e serviços oferecidos pela Agência, inclusive na triagem, sendo, portanto, esse o tempo gasto com o atendimento”.

Diogo Capuxú, diretor técnico do Procon Natal, explica que com os horários de entrada e saída do banco, o cliente poderá comprovar o eventual atraso e abrir um processo junto ao órgão de defesa do consumidor para aplicação de multa ao banco. “É o que o Procon Natal orienta. Para entrar no banco o usuário recebe uma fichinha e nela tem o horário em que o cliente deu entrada para ser atendido, então é preciso que após o atendimento o cliente peça ao atendente que coloque o horário do término do atendimento, de caneta mesmo, carimbado, para comprovar o tempo que ele passou lá. O bancário tem obrigação de fazer isso. Passar duas, três, quatro horas em um banco, isso não existe”, detalha.

De acordo com o Procon Natal, as denúncias contra bancos ainda são baixas, em função do próprio desconhecimento da lei por parte dos clientes. O valor das punições é variável e se baseia nos últimos três meses de faturamento das instituições. O diretor afirma que planeja novas campanhas de conscientização sobre o tema, com visita de fiscais às agências e distribuição de cartilhas educativas.

Opinião dos leitores

  1. Banco do Brasil da cidade alta, espera mais de hora só pra pegar uma ficha com um número, depois é mais uma hora. Absurdo total.

  2. ESSE ORGÃO PROCON NATAL NÃO FAZ PORRA NENHUMA, VAI FISCALIZAR OS POSTOS DE GASOLINA QUE FAZEM UM CARTEL NOS PREÇO, ISSO ELES NÃO VÃO NEM LÁ COM MEDO

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Fábio Dantas recebe apoio do prefeito de Macau, maior cidade da Região Salineira

Foto: Divulgacão

Destaque com o seu crescimento nas pesquisas eleitorais do estado, o pré-candidato ao Governo do RN, Fábio Dantas, recebe mais um importante apoio.

José Antônio (União Brasil), prefeito da maior cidade salineira da região, Macau, foi visto circulando com Dantas nas comemorações de São Pedro, na noite desta terça-feira (27).

Opinião dos leitores

  1. Segundo algumas pesquisas, que não acredito em seus resultados, a governadora tem 50% de rejeição. Deve ser bem mais, pois ela só tem espaço em seus cumplices e isso não chega a 30% do eleitorado, mesmo com o apoio rachado e minimizado que terá dos Alves. Essa pegadinha de misturar mortadela com coxinha foi um tiro no pé dos dois lados, uma furada, não? Que venham as eleições onde não existe número falso produzido em pesquisa.
    Se Fábio souber trabalhar a inércia da governadora que não tem obras, fechou hospitais, diminuiu refeições do barriga cheia, deixou as estradas do estado acabar, tem números horríveis na segurança pública, o ensino público é deplorável e o RN é um dos estado que o povo mais ficou pobre, mesmo o governo federal tendo destinado R$ 13,9 bilhões nem precisa fazer força, basta trabalhar junto ao povo tudo que a governadora não fez.

  2. Agora sim, com esse apoio, na próxima pesquisa já vai estar com 70.760%.
    E o piket, que foi de piloto da f1 para chofer de jumento..
    Triste fim.
    Todo que se alia ao corno bunda suja, termina sendo NADA!
    Pres da caixa pega o beco hoje, aguardem.

    1. Parabéns NostraDeu se olhando no espelho e vendo outra pessoa, você está certo, corno esquerpotapa não deve assumir nada, tudo que é e tem fala que é os outros. Aprendeu com seu líder corrupto e descondenado que continua falando bem de bandido, do aborto, de menor assassino, sendo fiel a família Castro e aos ditadores pelo mundo. Tá certo, corno é o outros, o que tenho é dos amigos, sua mulher é dos cumpanheiros, é isso aí pateta, parabéns

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Quase 40% dos brasileiros não acham comum o sexo virtual, diz pesquisa

Foto: Reprodução

Quem nunca tinha ouvido falar em sexting ou sexo virtual passou a conhecer a prática durante a pandemia, principalmente no ano de 2020. Caso não tenha feito, ao menos você certamente já ouviu falar a respeito. Atire a primeira pedra quem nunca leu um “manda nudes”, enviou mensagens safadas ou guardou aquelas fotos calientes para um contatinho.

Prova disso? Uma pesquisa realizada pela Datafolha e a Omens revelou que o sexo virtual é visto como algo comum para 44% dos entrevistados. No entanto, 40% deles afirmaram que esse tipo de interação não é comum.

Em parceria com o aplicativo de paquera Happn, a pesquisa, realizada com 1.000 homens e mulheres brasileiras durante o mês de abril, buscou entender as impressões e práticas do público com relação ao sexo virtual.

Comum, mas só no relacionamento sério

Os dados também apontaram que a maioria que defendeu que a prática é comum, mas apenas dentro de relacionamentos sérios.

O sexo virtual influencia o real

Metade dos brasileiros acredita que o sexo virtual influencia no da vida real. Quando questionadas sobre o assunto, 50% das pessoas ouvidas acreditam que o sexting exerce algum tipo de influência, e em sua maioria negativa. As justificativas giram em torno do fato de que a prática on-line diminuir o interesse ou vontade de ter relações reais, podendo provocar uma falta de desejo.

Pode melhorar

Existe uma parcela, mais precisamente 21%, que acredita que a influência possa ser positiva já que, muitas vezes, o sexo virtual acaba trazendo maior excitação e interesse.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Dono de bar é morto a tiros após pedir para cliente parar de urinar em calçada em Pau dos Ferros

Um idoso de 75 anos foi morto a tiros nesta terça-feira (28) em Pau dos Ferros, no Alto Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com familiares, o crime ocorreu no bar da própria vítima, que foi atingida após pedir para que um homem parasse de urinar na calçada do estabelecimento.

Carlos Alexandre de Aquino morreu no local. De acordo com a Polícia Militar, o idoso estava sozinho no bar e o assassino, que já foi identificado pela Polícia Militar, fugiu do local. Nada do idoso foi levado no momento da fuga.

O bar é localizado na Rua 25 de Março. De acordo com a PM, buscas foram feitas nos arredores, mas o suspeito do crime ainda não foi localizado.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. A apuração aguarda resultado da autópsia do corpo, que irá informar quantos tiros atingiram a vítima.

G1 RN

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Adolescente é morto por engano no lugar do pai na Grande Natal

Um adolescente de 17 anos foi assassinado na frente da família, no final da tarde desta terça-feira (28), no distrito de Cana Brava, na cidade de Macaíba, região Metropolitana de Natal. De acordo com a polícia, o pai da vítima era o alvo. 

Ainda segundo informações policiais, os criminosos chegaram em um carro, usando máscaras e armados com pistolas, eles perguntaram se “Novinho”, o pai de José, estava na casa e com a negativa eles decidiram matar o adolescente, que ainda pediu para não ser morto.

Após a execução os assassinos fugiram para um destino até agora desconhecido. A polícia foi acionada e realizou diligências, mas nenhum suspeito foi localizado.

Portal BO

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Chuvas causam alagamentos em avenidas de Natal; confira pontos

Foto: Heilysmar Lima

As chuvas que caem em Natal desde a madrugada desta quarta-feira (29) provocam transtornos para os motoristas que se deslocam pela cidade nas primeiras horas da manhã. Diversos pontos de alagamentos estão sendo registrados na capital potiguar.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), pelo menos 12 trechos de ruas e avenidas importantes para o fluxo registram alagamentos parcialmente transitáveis.

Confira os pontos:

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Romualdo Galvão, entre a av Nevaldo Rocha e Antônio Basílio, sentido Arena das Dunas.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Interventor Mário Câmara x av Lima e Silva.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Lima e Silva, próx a rua dos Potiguares.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na av Nevaldo Rocha, em frente a SEMTAS, sentido zona norte.
  • Ponto de alagamento transitável na av Rio Grande do Sul x rua Pelotas, ao lado do DETRAN.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na rua Ceará, entre a av Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte, Cidade da Esperança, ao lado da lagoa de captação.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Amintas Barros, entre av Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Felizardo Moura, após a Compal, sentido urbana.
  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Paulistana, próximo a lagoa de captação.
  • Ponto de alagamento transitável na avenida Senador Salgado Filho, na altura do Hotel Maine.
  • Ponto de alagamento transitável na av Prudente de Morais x av Nascimento de Castro.
  • Ponto de alagamento transitável na av Solange Nunes, sentido Nova Cidade, próximo ao posto de combustível.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *