Deputada Natália Bonavides será integrante da CPMI das Fake News

Foto: Divulgação/Assessoria

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) será suplente na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News. A Comissão foi instalada hoje no Congresso Nacional, tendo como presidente o Senador Ângelo Coronel (PSD-BA) e Relatoria da deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

A CPMI vai investigar a criação de perfis falsos para influenciar as eleições de 2018, ataques virtuais contra a democracia, além de outros crimes contra a ordem pública. Composta por 15 senadores e 15 deputados titulares e igual número de suplentes.

“Quero me somar as colegas e os colegas que concordam que esse é um tema absolutamente importante, é um tema que tá na ordem do dia não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Existe o reconhecimento da comunidade acadêmica, cientifica, política e jornalística de que não podemos ignorar como as novas tecnologias amplificaram a massificação de mentiras e isso tem interferido sim na nossa democracia nos períodos eleitorais”, declarou a parlamentar.

O trabalho da Comissão será fundamental para a ampliação do debate sobre como as novas tecnologias permitem a massificação da desinformação. Natália destacou também sobre a importância da atuação do Congresso Nacional nessa pauta: “Não haveria como Câmara e o Senado ficarem alheios a um tema que tem estreita relação com a nossa democracia. Eu acho que essa Comissão tem um papel importantíssimo, não podemos fugir desse debate e não fugiremos”.

Uma CPMI atua na investigação de fatos com relevância pública que interfiram na ordem legal, social, econômica ou política do país, e deve tirar das investigações proposições que restabeleçam a ordem novamente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Alguém aqui já parou para avaliar um pouco o desempenho político dos "queridinhos do peito" da (des)governadora Fatão GD?
    Como é que alguém que se diz preocupar com o destino do RN coloca como seu suplente de senador um arrivista forasteiro como João da Prata?
    Qual a justifica de uma petista de primeira hora congelar a trajetória de um 'cumpanhêro' como Fernando Mineiro só para chegar junto do "rosto lindo e um sorriso encantador" de uma estagiária de luta como Natália Bonavides?
    Pelo visto, a política 'cumpanhêra' tem razões que a própria razão desconhece.

  2. paulo disse:

    BG
    O eleitor precisa se conscientizar que precisa eleger políticos que trabalhem pelo estado , essa ai não disse a que veio, infelizmente é um zero a esquerda.

  3. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    É vai ser suplente.
    Muito importante, importantíssimo.
    Não fez nada até agora, a não ser participar de uma invasão de terra, junto com o MST, no Goiás.
    Se não tiver nada pra publicar é melhor deixar a página em branco do que publicar uma matéria dessa.

  4. Fábio Cardoso disse:

    Piada da pior qualidade

  5. Neto Felipe disse:

    Homipelamordedeus, que Comissão fraca…

  6. Neto Felipe disse:

    kkkkkk Posse nem rir, estou operado kkkkkkkk

  7. mms disse:

    Essa porcaria

  8. Hulkenberg disse:

    Até agora não disse pra que veio.
    Bota essa moça pra trabalhar, pra vê se produz alguma coisa.

  9. Cabo Silva disse:

    A propria notícia mais parece uma FAKE NEWS!!!

  10. Zanoni disse:

    E pode sendo do PT, cujo candidato a presidente na última eleição foi condenado justamente por isso?

  11. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Atire uma carteira de trabalho nessa moça que ela sai correndo, essa é dos PTralhas mas NUNCA TRABALHOU NA VIDA

  12. Rico disse:

    Como assim? Essa aí? Já nasce desacreditada

COMENTE AQUI