Polícia

Joice Hasselmann: polícia do DF descarta agressão e diz que deputada caiu ‘da própria altura’

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal concluiu, nesta sexta-feira (13), que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) caiu possivelmente em decorrência de efeitos de remédio para dormir. Na madrugada de 18 de julho, a parlamentar acordou com marcas de sangue no chão do apartamento onde mora, na capital, mas não lembrava o que ocorreu.

“A Polícia Civil do Distrito Federal, por intermédio da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), concluiu as investigações do caso da Deputada Joice Hasselman no sentido de ‘queda da própria altura’, possivelmente decorrente dos efeitos de remédio para dormir”, diz nota da corporação.

“No caso, não se evidenciou quaisquer elementos que apontassem para a prática de violência doméstica ou atentado/agressão por parte de terceiros.”

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o inquérito foi encaminhado ao Judiciário e ao Ministério Público.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da deputada, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. O advogado da parlamentar, Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, disse que “confia no trabalho técnico da Polícia Civil de Brasília”. Além disso, ele afirmou que “acata a decisão técnica do IML [Instituto de Medicina Legal]”.

A Polícia Civil informou ainda que periciou o apartamento da deputada. Além disso, os investigadores disseram que o inquérito foi baseado na apuração da própria corporação. A Polícia Legislativa já havia constatado que não houve invasão no imóvel de Joice.

Relembre o caso

Ao acordar, no dia 18 de julho, a deputada percebeu que estava com dois dentes quebrados e um corte no queixo. Um hospital de Brasília constatou que Joice também teve cinco fraturas no rosto e na costela.

A parlamentar conta que ligou para o marido, o médico Daniel França, que estava no apartamento e dormia em outro quarto, e ele a socorreu.

Sete dias após o episódio, em 25 de julho, o casal afirmou que, nos primeiros dias, acreditava se tratar de uma queda. Joice disse que só solicitou que a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) investigasse o caso cinco dias depois, por recomendação de um médico.

Perícia

Peritos do Departamento de Polícia Legislativa (Depol), da Câmara dos Deputados, já haviam concluído que nenhuma pessoa estranha entrou no apartamento funcional onde a parlamentar mora, entre os dias 15 e 20 de julho. Os profissionais analisaram câmeras de segurança do imóvel.

Em 27 de julho, a corporação concluiu o inquérito que apura um incidente ocorrido no imóvel. A Polícia Legislativa realizou perícia em 16 câmeras do prédio e ouviu funcionários que trabalham no local.

À época, o inquérito foi encaminhado para o Ministério Público Federal. Porém, o procurador Wellington Divino Marques de Oliveira decidiu devolver os autos à corporação. Ele afirmou que só vai se manifestar após o término de todos os laudos periciais, mas não detalhou quais faltam.

Marido negou agressões

O marido da deputada chegou a ser apontado como o responsável pelas lesões, segundo o casal. Entretanto, ao lado da esposa, em uma coletiva à imprensa dias após o ocorrido, França negou ter atacado Joice.

“Eu nunca agredi ninguém, nunca dei um tapa em ninguém, nem um murro em ninguém. Não tenho nenhum motivo para fazer isso, eu jamais faria isso”, afirmou o médico.

À época, Joice afirmou que, quem acusar o marido de ser o responsável pelas agressões, será processado. “Não vou admitir mancharem a honra do meu marido e a minha honra também, porque isso é colocar o meu caráter e minha história em suspeita”, disse Joice.

Na ocasião, a deputada afirmou que apresentou o nome de dois suspeitos à investigação. De acordo com a deputada, um deles seria parlamentar. Joice comentou ainda que desconfiava que sua casa já havia sido invadida cerca de três meses antes das lesões.

Na ocasião em que ficou ausente por 10 dias do imóvel, foi encontra uma carteira de cigarro dentro da casa, que não tem fumantes, segundo a parlamentar.

G1

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Deputada Natália Bonavides denuncia o senador Styvenson Valentim no Conselho de Ética do Senado

Foto: Câmara dos Deputados

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) fez uma denúncia no Conselho de Ética do Senado contra o senador Styvenson Valentim (Podemos/RN), em decorrência de manifestações “machistas do parlamentar que atacam uma mulher vítima de violência”, no Rio Grande do Norte, na cidade de Santo Antônio.

“Diante de um absurdo como esse, alguma medida precisava ser tomada. Esse tipo de atitude não pode ficar impune. As afirmações feitas por ele são inaceitáveis. É um verdadeiro ataque às mulheres e legitima a violência doméstica, que ameaça a integridade e a vida de milhares de brasileiras. Nenhuma mulher merece ser agredida, e qualquer manifestação que diga o contrário deve ser enfrentada, ainda mais vinda de um parlamentar”, pontuou Bonavides.

Na denúncia, é destacado que o senador “descumpriu o Código de Ética e Decoro Parlamentar do Senado Federal”. A parlamentar indica que a conduta é grave, “ainda mais num país que é o 5° do mundo em números de feminicídios e onde quase um milhão de mulheres foram agredidas só em 2020, durante a pandemia”.

A parlamentar ainda completa:

“O cenário de violência doméstica contra a mulher é preocupante. Temos um governo federal que não investe em políticas de enfrentamento a essa questão, e discursos como o do senador só pioram a situação”.

 

Opinião dos leitores

  1. A deputada tava aonde quando o corrupto chefe dela lula, chamou a governadora dela de grelo duro, ai pode, essa esquerda podre não tem meu voto, Deus me livre.

  2. Essa deputada é muito fraquinha.
    Vou da um dica a ela de como ela ser mais produtiva.
    Agora, é apenas uma, se quiser mais, vai ter que me nomear assessor parlamentar, e me pagar obviamente.
    A SENHORA DEPUTADA VA DENUNCIAR CARLOS GABAS QUE É DUZENTAS MIL VEZES MELHOR PRA REGIÃO NORDESTE.
    Pronto!!
    Taí!!
    Não precisa me pagar nada, é de graça.
    Feito isso, ja começa a justificar o teu mandato.
    Até aqui.
    Zero!
    Improdutiva de mais da conta.

  3. Caguei!!
    Vou votar em Sthiverson agora pra governador.
    É só o que essa deputada inútil sabe fazer.
    Caboetar os outros.
    O senador não disse nada.
    Só não sabe o que a mulher fez.
    Eu também não sei.
    Será que a inútil dessa dep. Sabe o que a mulher falou???
    Va trabalhar!!
    Vc foi eleita, custa caro pra fazer só isso???
    Pobre RN.

    1. Você vai votar no senador pra governador?
      Pronto!
      Ele já tem 2 votos!
      O dele!
      E o seu!
      Boa iniciativa gado!

    2. E o da tua família toda.
      De esquerda na tua casa so tem vc.
      Kkkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Deputada estadual Isolda Dantas(PT) reclama de outdoor derrubado em Pau dos Ferros e acusa Bolsonaro de ter matado 500 mil pessoas

Foto: Reprodução/Twitter

Através do microblog Twitter, a deputada estadual Isolda Dantas(PT), registrou que outdoor contra Bolsonaro foi derrubado em Pau dos Ferros/RN, um dia antes da visita do Presidente à cidade.

Sobre o episódio, a parlamentar, em tom de revolta, disse que Bolsonaro, além de genocida é ditador”.

E ainda emendou:

“Matou 500 mil e o restante da população tem que ficar calada?”.

Opinião dos leitores

  1. quantas pessoas morreram por falta dos respiradores que a genocida da governadora deu os cinco milhões ao conssosio nordeste e nunca chegou esses respiradores ajudou a matar que estava precisando pra sobreviver.

  2. Senhora, quem mata é a doença COVID 19, que veio da China, pais comunista;
    Quem mata é a corrupção;
    Quem mata: são os desvios de dinheiro que vieram, do Governo Federal, para combater o COVID, no entanto alguns Governadores ou desviaram a finalidade da quantia ou fizeram compras de respiradores que nunca chegaram ou compraram sacos de lixo a um milhão e trezentos mil, entre outras aberrações…;
    Portanto Senhora, vamos falar dos fatos.

  3. Tem coisas estranhas demais acontecendo:
    A esquerda demoniza o uso da medicação precoce, mas exige a compra da coronavac e sputinik sem comprovação científica.
    Qual a razão dos governadores terem medo, se recusarem a ir a CPI mostrar onde aplicaram os bilhões repassados pelo governo federal aos estados para o combate a pandemia?
    Já existem dezenas de estudos provando a eficácia da medicação precoce, mas a esquerda e meios de comunicações comprometidos com o pior para o Brasil, adotando o mais absoluto silêncio, ignorando esses estudos e fatos.
    A esquerda pode explicar um detalhe: 11 meses SEM vacina, tivemos 209 mil mortos. Em 05 meses COM vacina teve 293 mil mortos.
    O governo federal já distribuiu mais de 100 milhões de vacinas e o número de vacinados não chega a 70 milhões. Onde estão as vacinas? A culpa disso é dos governos e prefeituras.

  4. Os governadores e prefeitos mataram quantos, fazendo o lockdown sem eficácia, contratando hospitais de campanha que pouco ou nunca foram utilizados ao invés de reformar os hospitais existentes, compras superfaturadas de insumos e ventiladores que nunca chegaram ou que foram emparedados.
    E alguns médicos que receitam dipirona e mandam o paciente só retornar quando estão com falta de ar e não conseguem andar.
    Esses estão certos em suas atitudes.
    Lamentável!!!!!!

  5. A deputada em defesa da mentira e incompetência imediatamente faz acusação sem mostrar as provas. Vamos aos fatos?
    Quem PROIBIU o uso da Ivermectina, Cloriquina e Azitormicina? Esses são os verdadeiros culpados. EXISTEM 54 estudos científicos PROVANDO A EFICÁCIA DA MEDICAÇÃO CONTRA O VÍRUS
    Os EUA ADOTARAM o USO DESSA MEDICAÇÃO esse ano, no governo BIDEN. O próprio BIDEN era contra durante a campanha presidencial. Quantas vidas foram jogadas fora?
    A ÍNDIA está processando a OMS por ter OMITIDO ESTUDO comprovando o efeito da Ivermectina contra o vírus do COVID 19
    Quem usa do ódio, da difamação, da mentira, das narrativas falsas para pregar a discórdia e a difamação é a esquerda, não a direita, é só ver a história política brasileira.
    Ontem teve mais um episódio ridículo, irresponsável, imoral, criminosa e FAKE NEWS da deputado, Globo e CNN contra o governo federal no caso da compra da vacina da Índia.
    Mais uma vez A VERDADE É A ARMA QUE ACABA COM A ESQUERDA E SUA IMORALIDADES.
    Tudo que está aqui escrito, pode ser verificado nas mídias social, não existe qualquer alegação falsa.

  6. Por essa suas contas, tua governadora fatão GD, matou quantos? Quase 7 mil né, o calça cravada mais e 100 mil e por aí vai. Pelas suas contas , O governo dos EUA são os maiores assassinos lá foi quase 700mil mortos. Se liga PTralhas

    1. Pode crê. Vão tocar o zaraio, caso ele perca. São uns fanáticos , lunáticos.

  7. Esse deputada deveria cobrar a governadora daqui ! Os respiradores e os os hospitais. Viva o Presidente!!!!

  8. MEU DEUS COMO ESSA DEPUTADA NÃO PARA DE PASSA VERGONHA, GENOCIDA SÃO OS GOVERNADORES E PREFEITOS QUE RECEBERAM DINHEIRO DO GOVERNO FEDERAL E DESVIARAM EM COMPRAS DE RESPIRADORES QUE NUNCA CHEGOU E OUTRAS COISINHA A MAIS.

    1. É uma Deputada de um mandato só, que a esquerda, desorientada, elegeu. Nem a esquerda vai conseguir elegê-la novamente, de tão insignificante que sua atuação parlamentar tem sido. Essa só sabe gritar, conhecida como a “estridente”. Nem educação tem.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Deputada Natália Bonavides entra com representação no MPRN contra Álvaro Dias e decreto da Prefeitura de Natal

Foto: Demis Russo

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) entrou com representação no Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN) contra o último decreto (nº 12.179/2021) publicado pela Prefeitura de Natal, na sexta-feira (06), e contra o prefeito de Natal, Álvaro Dias. O decreto recomenda a realização de tratamento preventivo contra a Covid-19 sem que haja fundamentação científica para tal, além de retirar o direito à meia passagem estudantil e gratuidade para idosos no transporte público em Natal.

Para a deputada é inaceitável que Álvaro Dias continue com práticas negacionistas e anticiências. “Álvaro Dias há tempos tenta incentivar o uso de Ivermectina no combate à Covid-19, um remédio sem eficiência comprovada, isso não pode continuar. Além disso, o prefeito retirou o direito à gratuidade nos transportes públicos para idosos e estudantes nos horários de pico, alegando ser uma medida de combate à pandemia. O prefeito precisa urgentemente lidar com a pandemia de forma eficiente”, pontuou Bonavides.

Na ação é destacada a necessidade de responsabilização do prefeito da cidade por incentivar o uso de medicamentos sem comprovação científica e pede a responsabilização, na esfera penal, porque as condutas do chefe do executivo podem configurar charlatanismo (art. 283), como também improbidade, pela utilização da estrutura do Estado para prescrever medicamentos ineficazes.

Sobre a suspensão da gratuidade no transporte público para idosos e a meia passagem estudantil, a representação aponta uma provável violação da Constituição Estadual e da Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), que asseguram a gratuidade nos transportes coletivos urbanos à pessoas idosas a partir dos 65 anos. Como também, desrespeita a Constituição Federal que prevê, em seu art. 230, o direito de pessoas maiores de 65 anos à gratuidade nos transportes públicos.

Opinião dos leitores

  1. Mais um mandato parlamentar PERDIDO para o RN. Essa esquerda caviar, ao invés de viver de futricas políticas, deveria ao menos TENTAR fazer algo pelo estado. Mas essa esquerdalha é toda igual, incompetentes, preguiçosos e só pensam em politicagem, no poder. Diga alguma coisa de positivo que tenha sido feito por essa inútil. O povo potiguar precisa aprender a votar. Ou esse estado ACABA.

  2. Essa deputada é a mesma que votou para salvar o mandato do deputado Wilson Santiago da Paraíba, denunciado por CORRUPÇÃO.
    Contra a CORRUPÇÃO essa deputada não se mostrou tão preocupada.
    Vários estudos e vários médicos conceituados defendem a medicação, o Prefeito está certíssimo em recomendar a Ivermectina.
    Essa deputada deveria estar cobrando era o HOSPITAL DE CAMPANHA do Estado, ela deveria estar preocupada era em recuperar os 5 MILHÕES que foram perdidos.

  3. Pelo menos apareceu uma sensatez no meio de tantos descalabros.Esse prefeito está muito mal assessorado.

    1. Nao sabe fazer outra coisa a nao ser abrir denuncia sem muita fundamentacao e perder depois dos holofotes. Coisa de petista mesmo. O prefeito me parece que tem um comite cientifico com 18 medicos e um farmaceutico, apoio de associacao medica e sindicato.. qual a composicao do comite estadual mesmo?? Cade o hospital de campanha do Estado??? So sabem fazer decretos pra matar de fome o povo e causar desemprego? Que partido dos trabalhadores é esse que causa desemprego em massa? sao genocidas e negacionistas.

  4. Ô partido para ter gente negacionista! A culpa é do povo que elegeu essas aberrações. O PT é para ser extinto da política brasileira. Eu, minha família e muitos amigos tomamos Ivermectina e estamos bem, graças a Deus, fazendo a profilaxia. Porque que essa Deputada não denuncia a não construção do hospital de campanha por Fátima Bezerra, embora tenha recebido verbas para isso? Deixa o Prefeito trabalhar e pare de mimimi. Sirva para alguma coisa boa, sua inútil. Deputado de um único mandato.

  5. A Ivermectina já tem aprovação em Portugal e na maioria dos países africanos vou dar dois exemplos, Nigéria 206 milhões de habitantes com 1.318 óbitos , Quênia 53 milhões de habitantes com1.686 mortos.
    Só nos países de primeiro mundo a "CIÊNCIA" nega a eficácia da Ivermectina.
    Tudo em prol dos lucros dos grandes laboratórios na fabricação dos imunizantes.
    Ou alguém tem alguma dúvida!!!

  6. MEU DEUS COMO AINDA O POVO DO RN CONSEGUIRAM ELEGER UMA DEPUTADA DESSA, SERÁ QUE TAMBÉM ENTROU COM A MESMA AÇÃO PELO SUMIÇO DOS CINCO MILHÕES DE REAIS?

  7. Essa deputada não tem um projeto q seja útil para nosso pobre estado, acho q e um desperdício de dinheiro com esse salário, e mais as verbas de gabinete

  8. Vai trabalhar sangue suga de cofre público! Só tá querendo aparecer! Se não fosse a ivermerctina, estaríamos em um caos ainda maior!

  9. só não aceita os PSICOPATAS. BOLSOTRALHAS
    OS DEMONIACOS SATÂNICOS.
    A deputada luta pelo Ídoso e Estudantes e os medíocres contra
    O povinho ruim essa raça de Bolsobostas

    1. não sou bolsonarista, mas tenho certeza que essa inútil não será mais eleita , só aparece pra falar e fazer besteira, nada de importante essa deputada faz .
      e só uma observação: votei em Fátima mas essa daí não sabe nem onde está, deputada fraca.

  10. Deputada Natália que tal você entrar com uma representação contra o Governo de Fátima sobre o “sumiço” dos CINCO MILHÕES DE REAIS??

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Deputada Natália Bonavides(PT-RN) pede que PGR investigue ministros por comprar cloroquina ‘para dar esperança’

Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

A deputada Natália Bonavides, do PT do Rio Grande do Norte, pediu que a PGR investigue se Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, e Fernando Azevedo, ministro da Defesa, cometeram crime de responsabilidade após o Exército afirmar ao TCU que comprou cloroquina, sem eficácia comprovada, para dar “esperança” à população contra a Covid-19.

“Se a própria manifestação do comandante é de que não há tratamento consagrado da Covid-19, a mencionada esperança pelo Exército não passa de pura propaganda. Desse modo, o laboratório, que deveria ser usado para produzir medicamento eficaz, foi usado pelo Exército e pelo ministro da Defesa como ferramenta de propaganda político-partidária, para homologar o discurso negacionista do governo federal”, escreveu Bonavides no pedido apresentado contra os dois generais e ministros.

Em um documento enviado ao TCU em julho e tornado público nesta segunda-feira, disse o Exército sobre a compra recorde de cloroquina, substância defendida publicamente por Jair Bolsonaro:

“Não poderia ser exigível comportamento diverso do Laboratório Químico Farmacêutico do Exército, senão a busca dos insumos necessários e o pronto atendimento às prementes necessidades de produção da cloroquina que, por seu baixíssimo custo, seria o equivalente a produzir esperança a milhões de corações aflitos com o avanço e os impactos da doença no Brasil e no mundo”, escreveu o comandante da 1ª Região Militar, com nome mantido em sigilo, embora seja público que se trata do general André Luiz Silveira.

No mesmo ofício, o Exército desprezou a falta de comprovação científica da substância contra a Covid e admitiu:

“Até a presente data não há tratamento consagrado pela comunidade científica para a Covid-19”.

Guilherme Amado – Época

Opinião dos leitores

  1. Essa deputada é a mesma que votou para salvar o mandato do deputado Wilson Santiago da Paraíba, denunciado por CORRUPÇÃO.
    Contra a CORRUPÇÃO essa deputada não se mostrou tão preocupada.
    Se havia uma esperança que a medicação ajudasse, claro que deveria ser tentada.
    Ao contrário do que dizem, havia muitos estudos que apontavam a medicação como tratamento possível para a Covid.
    O eleitor potiguar precisa aprender a votar em políticos que atuam em prol do RN, ao invés de servir apenas para fazer oposição ao governo federal.

  2. Foi a segunda mais votada com mais de 100 mil votos aqui no RN. Com certeza na próxima será a primeira.

  3. Essa deputada já apresentou algum projeto que beneficie o RN? Só sabe usar o cargo pra bater nos adversários

    1. Coitada, esquece ela que o Jean Prates e ela, tiveram as piores colocações como parlamentares.

  4. Ou deputada fraca essa Natália, só pensa em perseguir seus adversários políticos, mulher vá procurar alternativas para o Brasil e para o nosso pobre RN se desenvolverem, foque em bons projetos de lei, deixe seus adversarios fazerem o deles,faça o seu. É tão fraquinha, que não deve saber nem o papel de um parlamentar.

  5. Algum assessor avisa, aí pra deputada deixar de fazer da câmara federal um escritório de advocacia. Tenho visto várias vezes provocando STF pra decidir sobre besteiras; e perde.
    Votou contra em matérias relevantes :
    Marco regulatorio do saneamento no Brasil.
    Projeto de Lei 1485/2020 (trata de dobrar as penas para casos de desvios de verbas da Pandemia), e várias outras.

  6. Foi eleita recentemente uma das piores deputadas do parlamento…. tem que aparecer e fazer firula para seus eleitores…. tá correta.kkkkkk

  7. Nobre deputada, ao invés de ficar querendo dar nó em pingo dágua. Apresente projetos que benificie o sofrido RN, incentive empresas a se estabelecerem, e as que aqui estão permanecerem. O RN precisa de ajuda para mudar sua triste realidade, incentivos a geração de emprego e renda. Vamos tomar como exemplo o que vem dando certo nos Estados vizinhos, pra frente é que se anda…

    1. Tadinho do governo federal. Tão bom, tão eficiente, né?! A Terra Plana é um paraíso mesmo.

  8. Já foi provado cientificamente que a medicação é eficaz contra o vírus. Só que não admite são aqueles que fazem uso político da pandemia ou não tem compromisso com a vida das pessoas, só com a causa política e para aparecer.
    Quem foi o pior parlamentar do RN na Câmara e Senado em 2020?

  9. Parabéns deputada!
    É o modis operandi de muitos pastores, vendem ilusões (agua santa, cajado de israel, pilula milagrosa…).
    Trouxeram dos templos pro governo…
    Tudo placebo para enganar o gado.
    Daquj a pouco vao cobrar como cobram nos templos de pilantras!

    1. Vc ajuda nessa campnha insidiosa contra um mediciamento para ser usado de forma precoce e consorciada. A lei do retorno não falha (nem precisa acreditar em Deus). Depois tá em cima de uma cama, por anos, pedindo para morrer todo o dia, não sabe pq foi.

  10. Espero que Fátima Bezerra entenda e se arrependa do malefício que causou ao RN ao apoiar esta inútil fazendo-a Deputada Federal. Creio que no PT existem nomes decentes a serem apresentados aos seus eleitores nas próximas eleições.

  11. Alguém avisa a essa deputada que nada faz pelo RN, que a Cloroquina serve para malária, lúpus e artrite reumatóide. No tocante ao uso para o Covid, em todas as portas das UBS de Natal está a informação da inclusão da Cloroquina no protocolo usado contra a doença.

  12. O tratamento com a substância é defendido por muitos médicos de ponta.
    Com em Medicina, quase tudo tem controvérsia. Queria ver esses vermes desocupados que passam o dia floodadno a áreia de comentários com as mesmas palavras, discutiindo com uma Dra. ilse Yamagushi ou Paulo Porto da vida… ou aquela Marina Bucar, ou aquele Antony Wong…. Crimiinosos, ESSES SIM, GENOCIDAS, polticizaram o uso do medicamento (bem como qualqeur outtro que se atrevesse) a reduzir o desespero das pesssoas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Deputada Natália Bonavides apresenta projeto contra a isenção de impostos para compra de armamentos

Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) apresentou Projeto de Decreto Legislativo (PDL 537/2020) contra a Resolução da Câmara de Comércio Exterior que isenta de impostos a operação de importação de revólveres e pistolas. A resolução do Governo Federal foi, inclusive, comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro em suas redes.

Para a parlamentar, essa resolução precisa ser anulada rapidamente, pois viola a Lei do Estatuto do Desarmamento ao promover uma facilitação da compra de armas de fogo pela redução do preço do produto. “Enquanto estamos preocupados com o crescimento, mais uma vez, das infecções por Covid-19 e em como comprar a vacina, o presidente reduz impostos sobre armas sem sequer avaliar que, apesar da pandemia, houve um aumento no número de mortes violentas. Ele contraria o interesse público e viola o Estatuto do Desarmamento. Essa resolução precisa ser anulada para preservar vidas”, pontuou Natália.

Desde o início do governo, Bolsonaro tem priorizado políticas que viabilizem benefícios para o armamento da população civil. Exemplo disso foi o decreto que permitiu a importação de armas, até então proibidas, publicado em fevereiro de 2019.

Segundo dados do Monitor da Violência do G1, o Brasil teve uma alta de 4% nos assassinatos durante os primeiros nove meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo Bonavides: “A ação do Governo Federal caminha para aumentar ainda mais esse número, afinal, armas não têm outra função que não a de tirar vidas”.

Opinião dos leitores

  1. A Sra deve apresentar projetos pedindo a isenção da foice e do machado.
    Aí os jagunços das paciatas e protesto, vão pagar mais barato por sua ferramentas de trabalho.
    Kkkkkkkkk
    Pelo amor dos meus filhinhos, o que é que vou dizer lá em casa.
    Pense numa Representante!!
    É imoral!!!
    Coitado do RN.

  2. O Bolsonaro taxa zero para importação de armas e 60% para instrumentos. Está claro que não é um governo para artistas. A bolsoninhada e a milícia adoram esse governo. E o 04 tendo "festa" bancada por uma empresa que trabalha para o governo do seu pai. E se fosse o filho do Lula? Por que Michelle recebeu 89 mil do Queiroz?

  3. Essa galera dos patrulhas só sabem empatar a vidas dos outros, mas pra eles querem tudo, é o resto que só fd

  4. Quem vê pensa que é algo altruísta. Armas é algo feio ne, não deveria existir. Mas existem, e hoje só quem quer usa-las para o crime, podem ter acesso. No caso, você aumenta os impostos e o pobre, classe C, D e E que gostaria de ter um meio de defesa, e que normalmente mora em bairros em que a policia normalmente não chega, quando chega, não terá acesso. Comprara no máximo um bastão de baseball. Parabéns deputada, de altruístas assim o inferno esta cheio.

  5. Essa deputada só serve pra defender invasão de terra, pó isso que ela tem medo dos proprietários te armas de fogo em suas propriedades, valeu presidente, vamos derrubar a lei do desarmamento em breve.

  6. Deputada do atraso com medidas como essa (mais impostos nao mudam o desejo de toda a sociedade).. Ela so representa os votos que ela teve no passado e a luta dela é meramente ideologica. Pouco se sabe algo de produtivo que se faça para a coletividade do povo do RN. Simbolo de um partido corrupto (PT que vem sumindo do mapa)!! Incentivadora de invasao de propriedade privada. Amiga de ditadura genocida e corrupta (Venezuela). Nao precisa falar mais nada.

  7. Em 13/07 ele zerou o imposto de importação se 34 medicamentos e insumos deistinados so combate a COVID. Se alguém tiver uma linha de agradecimento dela poste aqui no blog por gentileza.

    1. Ai quando se zera a tarifação externa sob armas, a midia faz alarde.

    1. Xará, eu acho que o MINTOmaníaco eh o melhor presidente do Brasil talkei! Ele já abaixou os impostos de importação de vídeo game e agora de armas! Ele se preocupa demais com os pobres, só vc não consegue ver? Muuu

    2. Armas, games, medicamentos, alimentos, insumos…
      Dá um pulo página da Camex (no item 'Resoluções').

  8. Essa deputada só serve pra ser do contra e apoiar invasor de terra? Pobre RN com uma representante dessas…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Deputada Eudiane Macedo emite nota de repúdio contra prefeito de Encanto-RN: “fala preconceituosa, machista e homofóbica”

NOTA DE REPÚDIO

É com indignação que recebo, ao mesmo tempo em que repudio veementemente, a fala preconceituosa, machista e homofóbica do prefeito de Encanto Atevaldo Nazário da Silva a respeito da mulher, psicóloga, especialista em Gestão Pública em Saúde e presidente municipal do Republicanos Lídia Guedes. Apoiamos a decisão de Lídia Guedes em entregar o cargo de secretária municipal de Saúde e todas as demais decisões decorrentes deste fato lamentável. Exigimos respeito a todas as mulheres. Que sejamos julgadas por nossas capacidades e não por sermos quem somos ou por nossa vida particular.

Deputada estadual Eudiane Macedo
Secretária estadual das Mulheres Republicanas

VEJA MAIS – VÍDEO: Secretaria de saúde de Encanto-RN pede demissão do cargo após expor suposto áudio do prefeito com ofensas como “rapariga” e “liderança de porra nenhuma”

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Deputada do PSL nomeia empregada doméstica como assessora na Alerj e justifica escritório parlamentar dentro de casa

Foto: Reprodução

A deputada Alana Passos (PSL), eleita como a parlamentar mulher mais votada nas eleições de 2018 no Rio, nomeou como assessora parlamentar de seu gabinete sua empregada doméstica, como mostrou reportagem do RJ2 nessa quinta-feira (25).

Fabiana Cristina da Silva ocupa o cargo de assessora parlamentar nível 9 na Assembleia Legislativa (Alerj), mas faz faxina na casa da deputada.

A deputada negou que Fabiana Cristina da Silva seja doméstica. Ao ser questionada sobre as afirmações da funcionária, ela disse que tem um escritório parlamentar dentro de casa.

A reportagem mostrou que na folha de pagamento da Alerj, o salário da funcionária é de R$ 909,81. Além disso, ela ganha mais R$ 1.238,00 de verba indenizatória, conhecido como auxílio-educação.

O total é de R$ 2.147,00 que seriam pagos com verba pública. Também está na conta o auxílio alimentação de R$ 1.260,00 por mês.

O RJ2 conversou com a empregada doméstica, que confirmou suas atividades como limpeza e cozinha. Ela exerce a função desde dezembro de 2019.

Fabiana: Eu achei que fosse trabalhar de carteira assinada, não sabia que seria assim entrar por entrar na Alerj. Eu sempre fui empregada doméstica, trabalhava na casa dela.

Repórter: Como empregada doméstica na casa dela?

F: Doméstica, que é minha área.
R: E ela te empregou na Alerj?
F: Olha, se você me perguntar se eu tenho algo assinado, não tenho nada.
R: Crachá?
F: Eu não sei de nada, não tenho nada, nada, eu sou muito leiga
R: E você ia todo dia?
F: Todo dia.
R: Na Alerj você foi?
F: Só quando fui resolver.
R:Assinar?
F: Sim.

Cada deputado estadual tem direito a nomear mais de 40 assessores, mas todos devem trabalhar para o gabinete do parlamentar.

Quando eleita, Alana Passos se elegeu com as bandeiras da “nova política” e do fim da corrupção. “Fazer política por amor, porque acreditamos num pais melhor”, disse a parlamentar na época em que fazia campanha.

Em entrevista, a deputada explicou a função que Fabiana exerce.

Alana: Ela não estava na minha casa, é minha assessora, eu tenho gabinete em casa.

Repórter: Ela não é empregada doméstica?

A: De maneira alguma. Não tenho empregada.
R: E o que ela faz?
A: Ela é minha assessora, traz as demandas.
R: Mas ela disse que é domestica.
A: Impossível. Eu tinha um gabinete de cota parlamentar, no premier, e eu fechei para reduzir o gasto no gabinete e hoje ele tá na minha casa. Mas por causa da pandemia, eles estão em casa.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. E DAÍ?
    ESSA É A NOVA POLÍTICA, TAOKEY?
    QUEM FOR CONTRA É POR QUE É ESQUERDISTA, PETISTA, COMUNISTA…
    VÃO FAZER O QUÊ?

  2. Enquanto perdermos tempo torcendo por políticos/partidos e não pelo povo brasileiro, que é quem carrega esse país, casos como esses serão comuns. Acredito que este caso não é o único. A empregada doméstica em Recife, cujo filho caiu do guarda-corpo do prédio pq a patroa o deixou sozinho no elevador, parece que também era paga com verba parlamentar. Será que um deputado no RJ precisa realmente de 40 assessores?????????? Será que o país precisa de tanto vereadores , deputados e senadores???????

  3. No Brasil o povo encara a política como futebol. O brasileiro não se vê como um cidadão e sim como um torcedor.
    Por isso que os políticos fazem o que fazem.
    É muito atraso.

  4. Se forem investigar direitinho, vai aparecer casos escabrosos e muitas justificativas mais mentirosas que as outrass, em toda prefeitura, assembléia, Câmara e Senado deste País… se duvidar acha até na casa maior…..

  5. Duvido que se fosse de outro partido o G1 divulgasse.
    Será que esqueceram que Bolsonaro saiu do partido há muito tempo?
    Kkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Deputada Natália Bonavides apresentou Notícia Crime no STF contra o general Heleno

Foto: Cleia Viana

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) apresentou esta semana uma Notícia Crime, no Supremo Tribunal Federal (STF), contra o ministro de Estado do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), general Augusto Heleno, em virtude da nota divulgada na última sexta-feira (22) “com ameaças à democracia brasileira”, assim classificou.

Segundo a deputada, o general proferiu na nota ameaças ao sistema de justiça e ao Supremo Tribunal Federal brasileiro, alegando que “o pedido de apreensão do celular do Presidente da República é inconcebível […] e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”, ao afirmar isso, Heleno quis intervir nos poderes, numa investigação que busca identificar “os crimes cometidos pelo governo de Jair Bolsonaro”.

“O intuito de intimidar o judiciário é explícito na nota. Não há meias palavras. O ministro ameaça à ordem pública e os poderes constituídos ao pôr em questão a estabilidade nacional. O vídeo da reunião ministerial, que teve a autorização de divulgação dada pelo ministro Celso de Mello, mostrou que efetivamente o governo não se importa com a população, pelo contrário, os interesses familiares do presidente sobrepõem a estabilidade do país e as necessidades do povo, mesmo diante da pandemia do novo coronavírus. A nossa democracia precisa ser defendida e as investigações contra Bolsonaro precisam continuar”, declarou Natália Bonavides, autora da denúncia.

A Notícia Crime já foi distribuída e será analisada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello.

Opinião dos leitores

  1. Ela já pensou em fazer algo pelo RN?? Ou ela pensa que foi eleita pra ficar fazendo graça?? Em plena pandemia, porque ela não está fazendo algo para que possamos logo resolver essa situação e reabrir o comércio?? Pior que ainda tem gente apoiando a decisão dela.

  2. Enquanto isso os eleitores do partido dela, principalmente no alto oeste estão morrendo, por falta de leitos e a governadora DELA, está desgovernada.

  3. Menina, vai arrumar uma lavagem de roupa q é melhor. Use sua capacidade pra dar umas orientações a sua governadora aqui, q ela está mais perdida q cedo em tiroteio

  4. Essa moça sabe oque é ser um trabalhador??? Já cumpriu uma jornada de 40 horas semanais??? Descubra como é ser trabalhador de verdade , tire as fraldas e venha discutir com um general de carreira ?

  5. A vida política de espíritos de porco é nada produzir, apenas tumultuar, sabotar, atravancar, impedir progresso, semear discórdias, parasitar…

  6. Pqp, essa deputadazinha não sabe fazer outra coisa, senão apresentar denuncia contra os outros. O RN que se lasque, agora votem nessa inútil ao quadrado.

  7. Procurar fazer algum serviço que preste até aqui, nada…querer aparecer por não fazer nada q preste, PRESENTE!!!

  8. Kkk do partido dos trabalhadores sem nunca ter trabalhado ????essa boyzinha não sabe nem a cor da carteira de trabalho

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Deputada do PSOL propõe suspender operações policiais no Rio durante lockdown

Foto: Reprodução

A deputada estadual Dani Monteiro, do PSOL, apresentou na Alerj um projeto de lei indecente para suspender operações policiais nas favelas do Rio durante o lockdown.

“O que as moradoras e moradores de favelas e periferias necessitam neste momento é que o Estado entre nesses territórios com auxílio emergencial financeiro, cestas básicas, insumos para a rede pública de saúde, água potável, sanitização das ruas e vielas, gás, enfim, proteção e seguridade social”, escreveu ela na justificativa da proposta.

Ainda não há previsão de votação da matéria.

O deputado estadual bolsonarista Filippe Poubel reagiu com indignação.

“Politiqueiros aproveitam o momento sensível da pandemia: alguns para roubar e outros para empurrar projetos que defendem marginais e traficantes.”

O deputado federal Carlos Jordy, do Rio de Janeiro, também se manifestou contra a proposta.

“PSOL advogando a favor dos seus clientes. Será que os traficantes vão suspender suas atividades também ou são serviços essenciais?”

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Comenta-se que, há anos o crime organizado financia estudos, universitários e campanhas de pessoas que, na vida profissional,
    os defenderão. O PSOL, é muito alinhado com tudo que não presta.

  2. Polícia não deve trabalhar??? Principalmente nas favelas e bairros "controlados"??? Aií tem rabo preso…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Projeto de deputada petista prevê mínimo de 20% de vagas em concursos públicos no RN para pessoas negras

Foto: ALRN

Tramita na Assembleia Legislativa uma proposta para que pelo menos 20% das vagas oferecidas em concursos públicos no Rio Grande do Norte sejam reservadas para pessoas negras. A mudança é objeto de Projeto de Lei de autoria da deputada estadual Isolda Dantas (PT) e contempla a administração pública direta e indireta de quaisquer dos poderes do Estado.

“As cotas étnico-raciais têm-se revelado uma alternativa eficaz para a redução dos impactos da desigualdade na sociedade. Essa propositura se ancora nos princípios fundamentais da República Federativa do Brasil relativos à dignidade da pessoa humana, à redução das desigualdades sociais e à promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem ou raça”, argumentou a parlamentar.

De acordo com a proposta, a reserva de vagas a candidatos negros deverá constar expressamente nos editais dos concursos públicos, que especificarão o total de vagas correspondentes à reserva para cada cargo ou emprego público oferecido. Ainda segundo o texto, os órgãos públicos poderão adotar critérios complementares à autodeclaração de cor ou raça do candidato.

Na justificativa do Projeto de Lei, Isolda utilizou dados do último censo do IBGE, segundo o qual a taxa de analfabetismo é duas vezes maior entre pessoas negras e sua renda é 40% menor que a dos brancos. Além disso, conforme os dados, apenas 32,5% dos entrevistados negros tinham emprego formal contra 66,3% declarados pelos entrevistados brancos.

A proposta está sendo analisada pelas comissões permanentes da Assembleia Legislativa, etapa da tramitação que antecede a deliberação pelo plenário. A deputada acredita na sua aprovação: “Políticas afirmativas devem urgentemente ser adotadas para corrigir tamanha injustiça”.

ALRN

Opinião dos leitores

  1. Mais um projeto para segregar a sociedade! Será que esse povo não consegue ter uma proposta útil de fato à sociedade? Ainda continuam nessa receita manjada de "dividir pra conquistar", como já vêm há tempo engodando a muitos?
    Isso é discriminar a sociedade como um todo!
    Gente negra é inteligente e capaz, talentosa e não precisa disso para se impor e demonstrar sua capacidade. Não há nenhuma comprovação de menos QI ou inteligência, muito pelo contrário!
    Não aceitem esmolas ou esse discurso de "coitadismo". Se valorizem! Vocês são capazes! Não deixem que esse discurso requentado lhes minimize!

  2. Gente, veja que espécie de inteligência quer ser prefeita de uma cidade do porte de Mossoró, pior que ainda tem gente pra votar nesta excrescência…
    Será que as comunidades quilombolas ir ao receber uma pessoa desta estirpe que quer taxar os negros de burros ?
    Será que as igrejas que que são contra a preconceitos humanos irá apoiar a atitude desta criatura mesquinha que é contra até dos barnabés?

    ACITDA MOSSORÓ[email protected]

  3. E os índios, os mamelucos, os judeus, nisseis, mulatos, sararás, galegos, até muitos brancos, e outras colorações e etnias, são todos privilegiados?

  4. Se todos são iguais perante a Lei, o que essa Deputada está propondo é discriminação. Respeite os seres humanos! Tinha que ser do PT. Ô raça!

  5. Esse tipo de projeto classifica o negro como inferior, isso não existe. Todos somos iguais, basta oportunidades e esforço de cada um.

  6. A filha de minha patroa é uma negra, ela vai adorar, ela e minha filha vão fazer concurso pra polícia civil. Se isso for aprovado, ela ficará com a vaga de minha filha. Acho que isso não é correto

  7. Que diabo tem o negro melhor que o branco, que o mulato, que o caboclo ?
    Vão estudar bando de vagabundos .

  8. Se todos (brancos, pardos, amarelos, índios e pretos) tem as mesmas oportunidades, porque que, em que pese a maior quantidade de negros na sociedade (no Brasil), esses não tem essa mesma proeminência nos cargos? Quantos Deputados negros se conhece? Quantos médicos negros? Quantos engenheiros? Advogados? Empresários? O certo é que as oportunidades não são iguais. quantos negros estudam no Marista? No CEI? No Salesiano? Até mesma na UFRN que tem cotas? É importante e necessário, sim o projeto de Lei da Deputada. Ela tem sensibilidade, coisa que esses que dizem que não há discriminação racial nesse país, não tem!!!

  9. Olha, não vou simular surpresa porque de petista só espero o que não presta. É a certeza que sempre tenho. Demagogia, populismo barato, RACISMO (de sinal trocado), essa porcaria será mais uma medida petista tendente a criar uma sub raça. E os pobres não negros, não mereceriam essa benesse? Sou contra esses artificialismos racistas. O que deveria ser feito essa corja não faz nem propõe: seria a melhoria do ensino público, notadamente do básico e fundamental, que melhoraria as oportunidades para os mais carentes DE QUALQUER COR. Mais uma palhaçada esquerdopatas. Petista, claro.

  10. Meu Deus do ceu! e te gente que ainda vota nesse partido de loucos! Negros tem a mesma capacidade que todos.
    So nao digo palavrão aqui pq nao pode! Ei PT Vai ….

  11. Instrumento político-demagógico de pseudo inclusão/reparação social, o qual não resolve o problema que diz ser sua razão, pois não ataca sua verdadeira causa, e que ainda fere a autoestima do beneficiado que tem a verdadeira consciência social ao fazê-lo julgar-se incapaz de alcançar objetivos com sua própria capacidade, se caso tivesse oportunidades iguais a partir do ataque à real causa do problema, constituindo-se, portanto, com a sutil e indireta segregação que realmente representa, numa discriminação às avessas.

    1. Eis o que transparece ser o verdadeiro significado de "COTAS" no nosso país.

  12. Aí depois virá o alfabeto de minorias LGBTQI+…
    Caso esse povo quisesse inclusão, A cota seria econômica.
    Ou o filho de Pelé merece prioridade?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Deputada Natália Bonavides defende que famílias possam plantar maconha para uso medicinal

Foto: Reprodução/Twitter

“Democratizar o acesso ao uso medicinal da Cannabis é garantir o direito constitucional à saúde de todas e todos. Existe a necessidade de o Congresso Nacional debater a regulamentação, pois diversas pessoas necessitam do tratamento, e no cenário atual as famílias de baixa renda não possuem condições econômicas de obter as medicações que podem melhorar a vida do paciente e de seus familiares”, declarou a deputada federal Natália Bonavides (PT-RN).

A deputada petista foi a primeira a protocolar, na Comissão Especial,  em que faz parte, emendas ao Projeto de Lei nº 399/2015, que permite a comercialização de medicamentos à base de Cannabis. Para a parlamentar, as alterações apresentadas visam ampliar as possibilidades de acesso ao tratamento medicinal com Cannabis, devidamente registradas na Anvisa, conforme aprovação recente da Agência, que aprovou  resolução que permite venda nas farmácias brasileiras de produtos à base de Cannabis para uso medicinal.

Na resolução, por outro lado, vale destacar que a a medida aprovada pela Anvisa, coloca restrições aos produtos com THC, componente importante para o tratamento de muitas doenças, além de restringir o acesso apenas por meio de farmácias.

Opinião dos leitores

  1. Quando vocês tiverem um parente que tenha mais de 30 convulsões por dia e, quando usam canabis, esse números cai para menos de 5 convulsões por dia, vocês compreenderão o alcance dessa iniciativa

    1. O remédio tudo bem.
      Mas sabemos que a maiorias dos interessados não estão preocupados com doenças nem cura.
      Se fosse o remédio, ninguém nem falava ou defendia.
      Poderia um órgão público plantar e tirar o extrato pra vender barato…
      Desde que não seja nas universidades.

  2. Plantar, usar e VENDER o excedente da produção na porta das escolas. Na rede pública tem desconto, é só mostrar o vale Canabis chancelado pela esquerda e assinado pelo PT.

  3. Vocês não devem ler apenas o título da matéria.
    Lendo vc não vai encontrar nada falando de plantio.

  4. Quero saber a carteira de trabalho dessa TRABALHADORA ?? Isso nunca teve carteira assinada, nunca gerou 1 real de imposto , uma defensora dos trabalhadores sem nunca ter trabalhado , hipocrisia

  5. Kkkk é muita hipocrisia, essa boyzinha é do partido dos trabalhadores sem NUNCA ter TRABALHADO, não sabe a cor da carteira de trabalho

    1. Natália Bastos Bonavides (Natal, 15 de junho de 1988), é uma advogada popular, mestre em direito constitucional, feminista, militante dos direitos humanos e dos movimentos sociais e política brasileira, eleita à Câmara Municipal de Natal pelo Partido dos Trabalhadores em 2016. Foi eleita deputada federal nas eleições gerais de 2018.[1]

      No movimento estudantil foi o início da sua militância. Foi dirigente do Centro Acadêmico Amaro Cavalcanti, representante dos estudantes do curso de Direito da UFRN.[2] Nos movimentos sociais foi advogada do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra, do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), do Movimento de População em Situação de Rua e atuou politicamente junto à Marcha Mundial das Mulheres. Foi uma das fundadoras do Escritório Popular, primeira organização de assessoria jurídica de movimentos sociais do estado[1][3]

      Em 2016 foi eleita a quinta vereadora mais votada da capital potiguar, com 6.202 votos.[4] Acabou eleita deputada federal em 2018, pela coligação PT/PCdoB/PHS com 112.998 votos, a segunda mais votada do estado e a mais votada de Natal onde obteve 43.714 votos.[5]

  6. Fica praticamente dificil num pais Continental como o Brasil, com o avançado arcabouço jurídico q prestigia bandido, separar joio do trigo.

  7. Substâncias existentes na maconha são utilizadas pra produzir remédios com fim medicinal, alguém precisa explicar a deputada, que fumar maconha não é remédio mas vício e ainda alimenta o tráfico de drogas.

  8. É essa coisa que pretende ser prefeita da nossa capital? Deus nos livre, isso pra mim é apologia as drogas.

  9. Essa criatura é uma das provas vivas dos motivos que seguram o RN no atraso, na desgraça. Se o povo potiguar nào tomar juízo e continuar votando nessas porcarias, o destino deste estado será muito sombrio. Que Deus proteja o RN.

  10. Verdade seja dita: “Quando uma mulher avança, nenhum homem retrocede”
    Parabéns deputada. Não sou ptista mas apoio a idéia.
    A legalização da comercialização e do consumo da maconha combaterá o crime organizado e o tráfico de drogas.

    1. O cigarro eh legalizado. Nem por isso acabou com o contrabando e com o crime organizado que fatura milhoes trazendo do paraguai.

    2. Isso é discurso pronto da esquerda.
      Drogas são proibidas porque fazem mal.
      Legalizar o que faz mal vai facilitar o acesso.
      Quem apoia a liberação das drogas usa esses discursos prontos.
      Não preocupados com segurança pública.
      Até porque se liberar a maconha os traficantes vão continuar vendendo cocaína etc ou vão assaltar…
      Traficante tem de ser preso
      No desgoverno do PT, a droga e a violência se espalhou pelo Brasil, especialmente pelo nordeste, com o discurso de Lula de que adolescentes assaltam para comprar tênis etc.
      Papo manjado da esquerda.
      O comunismo é uma seita.
      Quem segue é fanático e segue.

  11. Essa é do partido dos trabalhadores sem NUNCA TER TRABALHO , não sabe a cor da carteira de trabalho,

    1. Crie vergonha e crie um pseudônimo prá vc, "cumpanhero". Corja sem estilo e decência, são canalhas nas mínimas coisas. Não apoio maconheiro, "cumpanhero", isso é coisa de gente da sua laia, esquerdopatas vagabundos. É pelo que já vi até agora, NUNCA apoiarem algo dessa triste pessoa. Pobre Rio Grande sem norte e sem sorte. Aprendam a votar, potiguares.

    2. Potiguar aprender a votar?
      Só pode ser piada pronta.
      De pé no chão ele ainda conseguiu aprender a soletrar…
      Agora aprender a votar, aí já é querer demais.

  12. Um discurso generalista em pro de uma droga, passa a ideia que essa substancia cura qualquer doença, e nao tem efeitos colaterais, ao contrario do que se vem provando em centros universitarios serios em todo o mundo.. Neste discurso perigoso, poderia incluir ate a cocaína que tambem tem efeito medicinal, o opio, etc… ou ate o cigarro, que alivia as dores de enxaqueca, sem pensar nas consequencias desse tipo de propaganda irresponsavel.
    Contraditório esta pessoa, vindo de um partido que defende a intervençao do estado na vida das pessoas… quando na verdade ela ta defendendo o liberalismo: que se produza e venda em casa uma droga que causa muito mais males diversos a saude do que beneficios. Qual seria o objetivo vindo de uma pessoa rica , um pensamento desses? Desmoralizar o combate as drogas e integrar as familias ao narcotrafico com naturalidade? aumentar o consumo de drogas psicotropicas para lazer?

  13. É do PT? Normal. Continuem com essas pautas. As eleições estão proximas e quem não é usuário saberá dar troco.

  14. Já no caso do partido que virou quadrilha e seus puxadinhos é para consumo próprio! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  15. Essa pauta maconhista é muito bem financiada por bilionários globalistas como Soros. O que eles querem com isso?

    1. Amigo, podemos investir em empresas que usam canabidiol para medicamentos, isso não é crime nem pecado. Você está confundindo xarope de canabidiol com a pauta maconhista da esquerda. No brasil tem um fundo da Vitreo que investe em ações de canabidiol, é aberto pra qualquer investidor

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Deputada Natália Bonavides será integrante da CPMI das Fake News

Foto: Divulgação/Assessoria

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) será suplente na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News. A Comissão foi instalada hoje no Congresso Nacional, tendo como presidente o Senador Ângelo Coronel (PSD-BA) e Relatoria da deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

A CPMI vai investigar a criação de perfis falsos para influenciar as eleições de 2018, ataques virtuais contra a democracia, além de outros crimes contra a ordem pública. Composta por 15 senadores e 15 deputados titulares e igual número de suplentes.

“Quero me somar as colegas e os colegas que concordam que esse é um tema absolutamente importante, é um tema que tá na ordem do dia não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Existe o reconhecimento da comunidade acadêmica, cientifica, política e jornalística de que não podemos ignorar como as novas tecnologias amplificaram a massificação de mentiras e isso tem interferido sim na nossa democracia nos períodos eleitorais”, declarou a parlamentar.

O trabalho da Comissão será fundamental para a ampliação do debate sobre como as novas tecnologias permitem a massificação da desinformação. Natália destacou também sobre a importância da atuação do Congresso Nacional nessa pauta: “Não haveria como Câmara e o Senado ficarem alheios a um tema que tem estreita relação com a nossa democracia. Eu acho que essa Comissão tem um papel importantíssimo, não podemos fugir desse debate e não fugiremos”.

Uma CPMI atua na investigação de fatos com relevância pública que interfiram na ordem legal, social, econômica ou política do país, e deve tirar das investigações proposições que restabeleçam a ordem novamente.

Opinião dos leitores

  1. Alguém aqui já parou para avaliar um pouco o desempenho político dos "queridinhos do peito" da (des)governadora Fatão GD?
    Como é que alguém que se diz preocupar com o destino do RN coloca como seu suplente de senador um arrivista forasteiro como João da Prata?
    Qual a justifica de uma petista de primeira hora congelar a trajetória de um 'cumpanhêro' como Fernando Mineiro só para chegar junto do "rosto lindo e um sorriso encantador" de uma estagiária de luta como Natália Bonavides?
    Pelo visto, a política 'cumpanhêra' tem razões que a própria razão desconhece.

  2. BG
    O eleitor precisa se conscientizar que precisa eleger políticos que trabalhem pelo estado , essa ai não disse a que veio, infelizmente é um zero a esquerda.

  3. É vai ser suplente.
    Muito importante, importantíssimo.
    Não fez nada até agora, a não ser participar de uma invasão de terra, junto com o MST, no Goiás.
    Se não tiver nada pra publicar é melhor deixar a página em branco do que publicar uma matéria dessa.

  4. Até agora não disse pra que veio.
    Bota essa moça pra trabalhar, pra vê se produz alguma coisa.

  5. E pode sendo do PT, cujo candidato a presidente na última eleição foi condenado justamente por isso?

  6. Atire uma carteira de trabalho nessa moça que ela sai correndo, essa é dos PTralhas mas NUNCA TRABALHOU NA VIDA

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO – Deputada anuncia “bomba” em rede social: advogado de Adélio Bispo responde sobre “mandante” e que “emissoras de televisão” estão pagando defesa

Reprodução

Reprodução: Twitter/Carla Zambelli

Através do microblog Twitter, a deputada Federal pelo PSL-SP, expõe trecho de entrevista nesta terça-feira(11) em que pede que internautas “espalhem ao máximo”.  Na ocasião, a jornalista Roberta Lopes, do Direita Minas, entrevistou Zanone Júnior, advogado de Adélio Bispo, que responde pergunta de mandante de atentado contra Jair Bolsonaro. Ainda no vídeo, também fala de emissoras de televisão que estariam pagando a defesa.

Vídeo aqui no Twitter da deputada:

 

Opinião dos leitores

  1. Vai faltar cadeia, agora é o PP na linha de tiro. Mesmo Gilmar Mendes defendendo todos os bandidos, agora vem mais cadeia pra esses bandidos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Deputada pede à Procuradoria Geral da República confisco de eventuais bens de Maduro no Brasil

A deputada Joice Hasselmann disse a Crusoé que pediu à PGR que solicite a Justiça o confisco dos bens de Nicolás Maduro. Confira abaixo repercussão na rede social Instagram, com vídeos.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Peço agora na PGR o rastreamento e bloqueio de bens de Maduro no Brasil. #venezuelagritalibertad #venezuelalibre #joiceadeputadadobrasil #joicehasselmann

Uma publicação compartilhada por Joice Hasselmann (@joicehasselmannoficial) em

Opinião dos leitores

  1. Essa senhora foi eleita para quê? Vai trabalhar pelo Brasil deixe a venezuela cuidar dos seus probremas.

  2. O pt é de uma pilantragem sem limite, lembro bem quando lula comemorou a declaraçao do presidente da Venezuela, em que enfatizava que a empresa petrolífera da venezuela iria construir a refinaria de pernambuco. No entanto o brasil foi quem bancou essa obra e mais outras na venezuela, pior, sem o devido lastro, na verdade a corrupção se generalizou nessas obras, alcançando níveis inimaginaveis nesses e em todos os projetos de uma forma estarrecedora.

    1. É verdade!
      Arábia Saudita, tentou bancar com recursos próprios, mas o EX-PRESIDENTE, Luiz Inácio , optou para VENEZUELA e sem êxito total.

  3. Além disso deveriam cobrar todos os BILHÕES que os governos do PT enviaram a Venezuela para ajudar e manter as DITADURAS que se estabeleceram naquele país e acabou com o povo.
    Mesmo com toda evolução dos meios de comunicações, mesmo diante da oportunidade de diversificação de opiniões, mesmo os fatos sendo expostos de forma incontestável, tem pessoas que fazem questão de se prender as versões e as ficções criadas para justificar o injustificável.
    A situação na Venezuela que criou os mais novos DITADORES no mundo, que deixou o povo venezuelano sem comida, sem trabalho, sem direitos, com mortes brutais aos opositores do governo ainda encontra mentes atrofiadas que os defendem.
    Com a atuação de 02 DITADORES que deixaram o povo na igualdade, TODOS NA MAIS ABSOLUTA MISÉRIA.
    A Venezuela entrou em decadência a mais de 15 anos e só agora, depois de mais de uma década de desgraça, caos, fome e miséria os EUA resolveram intervir, tem zumbi esquerdopata que culpa os americanos por toda desgraça daquele povo oprimido por DITADORES.
    Esses doentes mentais deveriam ir para o fronte do exército venezuelano, defender a “democracia” de Maduro, dois ditadores apoiado e idolatrados pelo PT.
    Qual a razão do heterofóbico Jean Wyllys não ter saído do Brasil para viver na Venezuela ou em Cuba? Qual o sentido dele buscar refugio na Europa, primeiro na Espanha, onde foi convidado a se retirar e agora vai para Alemanha, um país capitalista e contra o socialismo?
    Nem quando correm com medo do preso que tem a pagar, praticam e vão vivenciar as asneiras que tanto vomitam?

  4. O PT alimentou o monstro, agora o mostro cresceu e está mostrando os dentes. Só vai na bala, estão esperando o que para matar esse ditador?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Zenaide encerra seu mandato de deputada sendo reconhecida como Municipalista

A deputada federal Zenaide Maia (PHS/RN), que assumirá o Senado em fevereiro, encerra seu mandato na Câmara dos Deputados sendo mais uma vez considerada uma parlamentar municipalista. De acordo com a última pesquisa do Observatório Político, Zenaide Maia ficou na 62ª posição no ranking geral e a 2ª no Rio Grande do Norte, obtendo 71% de aprovação com 128 pontos.

A pesquisa objetiva identificar e classificar os deputados federais e senadores com o perfil Municipalista, ou seja, os que atuam em consonância com os interesses dos Municípios.

A atuação dos parlamentares é avaliada por meio de dois parâmetros: Primeiro as votações de proposições de alta relevância para os Municípios. Em segundo através das ações realizadas pelo parlamentar que impactem, de forma positiva ou negativa, o andamento ou o resultado dessas votações.

Para deputada, a colocação na pesquisa é um reconhecimento do seu trabalho em defesa dos municípios. “Quero agradecer pela avaliação e reafirmar meu compromisso com o povo do Rio Grande do Norte e com o Brasil, pois é nos municípios que as pessoas nascem e vivem”, declarou.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *