Desembargadora determina que Governo repasse recurso do MP integral

A desembargadora Zeneide Bezerra julgou a ação cautelar do Ministério Público do Rio Grande do Norte contra o Governo do Estado para repasse do duodécimo. Na ocasião, foi determinado que o Governo repasse o recurso de forma integral ao órgão.

 A ação judicial rebate a medida do governo do Estado, que repassou o duodécimo do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público, só que com corte. No caso do MP, apenas 90%, foi enviado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. carlos alberto disse:

    Hoje, percebo que o mais sensato é uma INTERVENÇÃO FEDERAL. Esse desgoverno já mostrou para que o veio, não tem mais jeito. Ou então às "autoridades" vão pagar para ver o que vai acontecer! Não precisa ter bola de cristal, nem tampouco é uma incitação ou apologia a práticas ilícitas. Está estampado nos acontecimentos recentes. Estão esperando o que?

    • João Augusto disse:

      Até concordo com a intervenção. Desde que seja em todos os poderes. TJ, MP, e AL teem de explicar onde, com que e porque gastam tanto.

COMENTE AQUI