Estado de Rondônia vai editar novo decreto com retorno gradual das atividades

Foto: Reprodução

O Governo do Estado de Rondônia publicará um decreto nas próximas horas flexibilizando o retorno de algumas atividades do comércio, paradas até o momento, seguindo movimento nacional, em decorrência da prevenção ao coronavírus.

A decisão se deu após uma reunião on-line entre associações do comércio e industrial do estado, federações e sindicatos.

Com a decisão, o Governo de Rondônia editará novo decreto com a flexibilização do comercial, com retorno gradual entre esta quinta(26) e sexta(27), com novas medidas de reabertura de outras atividades até a próxima terça-feira(31).

Entre os segmentos, de forma ainda moderada, deverão retornar o comércio e indústrias prestadoras de serviços.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LEO disse:

    Parabéns,Presidente,tem que voltar e rápido,preciso trabalhar pra sustentar minha família,cansei de encaixotar vento nessa quarentena………..

  2. Eduardo Peixoto disse:

    Caso haja um prolongamento excessivo na quarentena, os governos dos estados não podem impedir os empresários de promoverem demissões, pois serão por justa causa, com base em caso fortuito e força maior. O trabalho informal não tera como suprir a falta de arrecadação que deixará de ser gerada pelos empregos formais. O caminhoneiro precisa do produtor, o dono do supermercado precisa dos dois, mas precisa também do trabalhador. O trabalhador precisa de todos eles, pois está na parte final da cadeia de produção, mas os anteriores também dependem dele para a cadeia funcionar. Resta saber se a queda na arrecadação vai manter o pagamento dos atuais salários dos servidores públicos nos estados e municípios.

  3. Ricardo Cruz disse:

    Rondônia, onde fica ? Como vivem? Por mim voltaria a funcionar tudo, e depois arranjaríamos lugar suficiente para enterrar o que sobrar, cansado disso, mas será q a economia vai mesmo crescer com um monte de gente morta, até onde eu sei, morto não trabalha e nem tão pouco compra e vende nada.

    • Fran disse:

      Fique em casa. Como você mesmo disse, não se incomode com os outros. Você tem renda extra? Tem uma boa reserva financeira? Ou vive as custas do pai e da mãe? Sua realidade talvez não seja a do resto das pessoas. Se ligue nisso.

COMENTE AQUI