FOTOS: Confira charges polêmicas de revista atacada por terroristas na França

Por interino

Untitled-2Homem lê edição de “Charlie Hebdo” de setembro de 2012 com sátiras a Maomé, chamando-o de “Intocável”, em referência ao filme francês “Os Intocáveis”.

Untitled-3Em 2011, o jornal já havia enfrentado um incêndio causado por uma bomba. Na foto, o diretor de redação, Stephanie Charbonnier, conhecido como Charb, fala ao celular enquanto mostra edição especial de jornal em frente à sede destruída pelo fogo.

Untitled-4Capa de jornal satírico “Charlie Hebdo” traz Maomé beijando cartunista com o texto “o amor, mais forte do que o ódio”.

Untitled-5Capa da Hebdo que publicou história em quadrinhos de Charlie Hebdo sobre a vida de Maomé; representação do profeta é tabu entre muçulmanos.

Folha Press