Barcelona vai à França para reunião com PSG, e catalães veem chance de acordo por Neymar nas próximas horas

 (Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP)

Após o Real Madrid ganhar força como possível destino de Neymar, o Barcelona contra-atacou e agora parece estar bem posicionado na corrida pelo brasileiro. Diversos veículos da imprensa catalã afirmam que uma comitiva de diretores do Barça embarcou na manhã desta terça-feira para a França, onde terão uma reunião com o PSG para tratar sobre a contratação do astro.

Estariam na comitiva o diretor esportivo Javier Bordas, o secretário-técnico Eric Abidal e o empresário brasileiro André Cury, que costuma representar o clube catalão em negociações. O clima, desta forma, seria de otimismo para o retorno de Neymar ao Camp Nou. O jornal “Sport” chega a dizer que o clube blaugrana pode chegar a um acordo com os parisienses “nas próximas horas”.

A rádio “Cadena COPE”, inclusive, publicou em seu perfil no Twitter uma foto de Abidal em um avião, que teria saído de Barcelona às 5h35 (de Brasília). A rádio “RAC1”, primeira a informar sobre a viagem da delegação blaugrana, afirma que há duas possibilidades pelas quais os diretores negociarão. A primeira seria um empréstimo com obrigação de compra ao fim da temporada, e a outra seria uma troca envolvendo mais de um jogador, além de um valor de até € 100 milhões (R$ 446,5 milhões).

O “Sport” diz que o acordo pode sair nas próximas horas também por conta da postura do PSG. O clube francês estaria desejando resolver o futuro de Neymar o quanto antes, depois de a torcida se manifestar contra o jogador durante a partida contra o Nimes, no último domingo. O jornal afirma que o presidente do clube, Nasser Al Khelaifi, deu ordem ao diretor esportivo, Leonardo, de resolver tudo “o mais rápido possível”.

Enquanto isso, Neymar vivencia a novela longe das partes envolvidas. Fora da estreia do PSG no Campeonato Francês, o brasileiro treinou em separado na segunda-feira e logo depois embarcou para Portugal, onde se encontrou com a cantora Paula Fernandes, que fez um show na região do Algarve. De folga nesta terça, o brasileiro ainda não está 100% recuperado da lesão no tornozelo direito e não atua desde o amistoso entre Brasil e Catar, no começo de junho.

Globo Esporte

 

FOTO: Após troca de experiências na França, produtor de queijo do Seridó sonha alto

Foto: João Vital

 

A primeira vez que o legítimo queijo do Seridó do RN cruzou o Oceano Atlântico já foi suficiente para render frutos. Estreando na Mondial Du Fromage em Tours, na França, competição mundial de queijo, representado pelo produtor Lucenildo Firmino de Tenente Laurentino, o queijo seridoense deve ganhar novo sabor em um futuro próximo. Ao trocar experiências com quase mil produtores do mundo inteiro, Lucenildo já tem uma meta para quando sua queijeira estiver pronta: quer maturar queijo e, assim, agregar mais valor ao produto.

“Experimentei queijos maturados em cavernas, que passaram até quatro anos nesse processo até ficarem prontos e todos têm um valor agregado em cima disso. Estamos com essa ideia de implantar a produção de queijo envelhecido, com sabor mais apurado. Já estamos em contato com compradores de São Paulo e Minas Gerais. Assim que a queijeira estiver pronta, vamos correr atrás do certificado para vender para fora do RN”, projeta.

Participando da competição graças ao apoio do Governo do Estado via Governo Cidadão e Banco Mundial, Lucenildo, mais conhecido como Galego, voltou cheio de entusiasmo. Não trouxe nenhuma medalha da competição, mas a mala voltou cheia de ideias e planos. “Só de estar lá, representando os queijeiros do RN e o pequeno produtor rural, já é um prêmio. Levar nosso produto e nosso nome a um patamar mundial já foi uma grande conquista e vitória para mim”, diz.

Vinculado à Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa), Galego é um dos 39 beneficiários do Edital de Leite e Derivados do Governo do Estado, que vai construir, equipar e regulamentar queijeiras no Seridó. A primeira mudança que o evento na França proporcionou a ele foi pensar em incluir uma câmara de maturação na sua queijeira.

A de maturação é diferente de uma câmara fria tradicional. O equipamento conta com controle de temperatura e umidade e inicialmente não está previsto no projeto de Galego, que vai receber R$ 365 mil para construir seu empreendimento. Mas ele já adiantou conversas com a assistência técnica responsável pelo projeto para discutir a viabilidade da ideia. “Queremos investir cada vez mais em produtos diferenciados”, finaliza.

O secretário de Gestão de Projetos Fernando Mineiro foi quem articulou, através do projeto Governo Cidadão, a ida do queijeiro até a França, e comemora os resultados que a troca de experiências proporcionou.

“O entusiasmo dele em agregar valor ao seu produto, levar algo diferente ao mercado, é uma demonstração clara de como foi importante apoiá-lo na ida ao evento. Significa que, como governo, estamos cumprindo nossa missão de incentivar o pequeno produtor e fortalecer a agricultura familiar do Estado. Assim como o Galego, temos outros queijeiros no estado que produzem queijos de excelente qualidade e só precisam de oportunidade e apoio para mostrar seus produtos”, enfatiza.

A maior mesa de queijo do mundo

Além do estande brasileiro com produtos de várias partes do país, a iguaria de Galego também participou da maior mesa de queijo do mundo, que com 160 metros de comprimento passou a integrar o Guiness Book. A mesa foi montada para um jantar vip, com queijos de 987 produtores de 38 países, totalizando mais de mil variedades do produto. “Foi um prazer muito grande participar de um evento desse porte e eu tive orgulho de estar numa mesa como essa com nosso queijo de coalho”, pontua.

O evento de alcance mundial foi um marco para o queijo do Rio Grande do Norte, mas também na história do produtor, que coloca na rua 160 quilos de queijo de coalho diariamente. O item é produzido de maneira artesanal, na zona rural de Tenente Laurentino Cruz, com ajuda da esposa e de dois funcionários. Mas esse número vai mais do que dobrar quando a queijeira de Galego estiver construída e certificada.

O equipamento terá capacidade para processar até dois mil litros de leite, podendo ser em dois circuitos em turnos diferentes, totalizando quatro mil litros diários. O que na produção de Galego significa em torno de 360 quilos de queijo de coalho, além de uma pequena parcela de queijo de manteiga e manteiga de garrafa. Um dos maiores sonhos do produtor é ampliar mercado e conseguir eliminar a figura do atravessador de seu negócio.

Quando a nova queijeira estiver pronta, ele quer ampliar a produção e gerar mais empregos. “Hoje onde trabalho não é um lugar bonito de se ver, o ponto não é meu. Com esse projeto, abriu-se uma baita de uma porta, uma coisa que não sei nem explicar o que significa. Vou receber uma queijeira pronta, toda bonitinha, que eu só vou entrar pra fabricar meu queijo. É um sonho realizado”, comemora.

Saiba mais

No total, os recursos aplicados nas 39 queijeiras somam R$ 23 milhões e são oriundos do Edital de Apoio à Cadeia Produtiva do Leite e Derivados da Agricultura Familiar, lançado com intuito de dar apoio financeiro e técnico às organizações que produzem leite e derivados no Seridó. Nas próximas semanas as licitações para construção das queijeiras devem ser lançadas pela Capesa e Coafs – Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares de São João do Sabugi.

O objetivo é a regularização sanitária das queijeiras por meio da adequação da infraestrutura, aquisição de maquinário e equipamento necessário, melhoria na logística do transporte, comercialização e capacitação dos funcionários da comunidade. A regularização é importante para que as cooperativas recebam o selo das instituições sanitárias vigentes: Serviço de Inspeção Municipal; Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária (IDIARN); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lino disse:

    Parabéns pro rapaz!!
    Ser emprendedor no Brasil não é fácil.
    Parabéns pro Guerreiro, é de cidadões assim que o pais precisa.

FOTOS E VÍDEO: Cena explícita de sexo faz plateia abandonar exibição no Festival de Cannes, na França

Cena de ‘Mektoub, My Love: Intermezzo’ (Foto: Divulgação)

Seis anos depois que ‘Azul É a Cor Mais Quente’ gerou controvérsia no Festival de Cannes, o cineasta Abdellatif Kechiche está sendo criticado novamente. Dessa vez, por ‘Mektoub, My Love: Intermezzo’. Abdellatif está sendo “massacrado” pelo conteúdo sexual prolongado de seus filmes em várias frentes. ‘Mektoub, My Love: Intermezzo’ estreou no Festival de Cannes nesta semana inspirando reações negativas de críticos, jornalistas e membros da audiência.

‘Intermezzo’ é a sequência de ‘Mektoub, My Love: Canto Uno’, que estreou em Cannes em 2017. Ambos os filmes, baseados no romance de François Bégaudeau, ‘La Blessure, la vraie’, apresentam Ophélie (Ophélie Bau) e Amin (Shaïn Boumédine) no centro de uma complexa teia de atração. Uma cena de ‘Intermezzo’ depois de cerca de dois terços do filme (que tem quase quatro horas de duração) mostra um longo e consensual encontro sexual em um banheiro entre Ophélie e um homem. A cena, segundo o portal IndieWire, apresenta o que parece ser um sexo oral não simulado e dura muito mais do que a cena de sexo mais extensa do filme ‘Azul É a Cor Mais Quente’, de 2013.

Abdellatif Kechiche (Foto: Getty Images)

‘Azul É a Cor Mais Quente’, que ganhou o prêmio Palme d’Or do festival, apresentou vários momentos íntimos entre as personagens de Lea Seydoux e Adèle Exarchopoulos. Ambas as atrizes detalharam mais tarde as condições inóspitas de filmagem no set, denunciando o comportamento de Kechiche ao supervisionar várias de suas cenas. No outono passado, Kechiche foi acusado de agressão sexual, acusações que seus advogados disseram que o diretor “categoricamente nega”.

Comentários sobre o polêmico filme Mektoub My Love: Intermezzo (Foto: Reprodução Twitter)

As reações do público nas redes sociais foram predominantemente negativas, com alguns espectadores dizendo que saíram da exibição de ‘Mektoub, My Love: Intermezzo’ e um seguidor postou até uma foto da sala de cinema com muitos lugares vazios. David Ehrlich detalhou muitos dos problemas em sua crítica: “Enquanto o conteúdo sexual explícito em ‘Canto Uno’ é menos freqüente e hostil do que em ‘Azul É a Cor Mais Quente’, a natureza maliciosa do seu trabalho de câmera [em ‘Intermezzo’] é mais pronunciada; o olhar masculino é praticamente a única lente que Kechiche usa”.

Assim como aconteceu com ‘Canto Uno’, ‘Intermezzo’ está competindo no festival e é elegível para os prêmios do júri – os vencedores das categorias de roteiro, atuação e direção serão revelados no encerramento do festival no sábado à noite. Confira o trailer do primeiro filme, que conta com os mesmos personagens:

Globo, via Revista Monet

 

Banco usa inteligência artificial, crava semifinais com Brasil, França, Portugal e Alemanha, e título da Seleção Canarinho

O Brasil será campeão da Copa do Mundo na Rússia, vencendo a Alemanha na final e trazendo para casa o tão aguardado hexa. Pelo menos é este o resultado de simulações feitas por uma inteligência artificial criada pelo banco Goldman Sachs.

A instituição bancária usou quatro modelos de machine learning, alimentados com dados sobre todas as 32 seleções classificadas para o Mundial, e concluiu que França, Portugal, Brasil e Alemanha chegam às semifinais do torneio, com o time canarinho vencendo os alemães na final.

Os quatro modelos de machine learning foram alimentados com dados como as características dos 32 times, informações sobre cada jogador individualmente, resultados recentes de partidas e performance coletiva em jogos oficiais.

Em seguida, o sistema comparou os números com os resultados de todas as partidas em Copas e Eurocopas desde 2005. Mais de um milhão de simulações foram feitas com base no algoritmo, que concluiu que o Brasil será hexacampeão mundial.

No entanto, não é a primeira vez que o banco Goldman Sachs faz esse tipo de estudo. Na Copa de 2014, essa mesma inteligência artificial previu que o Brasil seria campeão, mas a seleção acabou derrotada por 7 a 1 na semifinal contra a Alemanha.

“As previsões permanecem altamente incertas, mesmo com as mais sofisticadas técnicas e estatísticas, simplesmente porque o futebol é um jogo bastante imprevisível”, disse um representante do Goldman Sachs ao Business Insider.

Olhar Digital

Atropelamentos deixam um morto e um ferido na França

Uma mulher morreu e outra ficou ferida em um dos dois atropelamentos ocorridos hoje (21) em diferentes pontos de ônibus de Marselha (Sul da França), feitos por um homem que conduzia um furgão e que foi detido, informou à Agência EFE uma porta-voz da polícia.

Ela não quis comentar os motivos do autor do atropelamento, alegando que cabe à Justiça divulgá-los.

O primeiro atropelamento aconteceu por volta das 8h30 local (3h30 em Brasília) em um ponto de ônibus no Distrito 13 e o segundo, meia hora depois no Distrito 11 com o mesmo furgão, um Renault Master branco que, segundo a emissora France Indo, tinha sido roubado.

Após o atropelamento, forças francesas iniciaram uma operação policial na cidade, que acabou com a detenção do autor no porto velho de Marselha.

No local da detenção estiveram presentes peritos, que verificaram que não havia explosivos no interior do veículo.

Julien Ravier, prefeito de um dos distritos de Marselha onde ocorreu o incidente, disse à televisão BFMTV que a mulher que morreu tinha cerca de 40 anos.

Tanto a BFMTV quanto a France Info informaram que o detido é um homem de 35 anos, com problemas psiquiátricos e antecedentes por fatos comuns (tráfico de drogas, roubo e porte de armas), mas sem vínculo com o terrorismo.

BATACLAN – (França): ‘Quero terminar aquele show’, diz baterista do Eagles of Death Metal

201511200503326561_APFoto: Frank Augstein / AP

“13 de novembro de 2015. Eu, junto dos meus amigos do Eagles of Death Metal, tive o privilégio de tocar para uma das mais vigorosas plateias da nossa turnê quando, perto da metade do show, o inimaginável aconteceu. O mal absoluto e desnecessário virou nosso mundo de cabeça para baixo”. O relato foi publicado por Julian Dorio, baterista do Eagles of Death Metal, na última terça-feira no Instagram. Na mensagem, o músico comentou a tragédia em Paris e disse querer terminar a apresentação interrompida.

O grupo americano tocava no Bataclan quando a casa de shows foi invadida por terroristas em meio a atentados coordenados na capital francesa que deixaram 129 mortos e 350 feridos. Recentemente a banda divulgou uma nota se pronunciando pela primeira vez desde os ataques e se dizia ‘unida no luto’ a vítimas, fãs, famílias e parisienses. Desta vez, Dorio agradeceu às pessoas que o ajudaram e lembrou de detalhes da noite do dia 13.

“Agora eu tenho uma família no exterior. Para Arthur, que correu por sua vida ao meu lado e de forma altruísta nos colocou num táxi antes dele mesmo, obrigado. Ao Fabrice, um fã que me emprestou seu telefone mais tarde naquela noite para que eu pudesse ligar para a Emily (mulher do baterista) e tentar acalmá-la, obrigado”.

Assim como no primeiro comunicado da banda, Dorio homenageou o amigo Nick Alexander, empresário do Eagles of Death Metal, uma das vítimas do Bataclan. Ao fim do post, ele se disse ainda “eternamente modificado” pela experiência e deixou uma mensagem para os fãs: “Estou contando os dias para terminar aquele show. Paz e amor”.

A banda cancelou todos os shows restantes da turnê depois dos eventos em Paris.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Se me pagassem passagens aéreas, hospedagem, e o ingresso do show, eu ainda não ia…quem tem coragem????

  2. Como você, servo do império disse:

    Rock and Roll!!!

Estado Islâmico ameaça fazer mais atentados em países da coligação internacional

Foto: RTP
Foto: RTP

O grupo extremista Estado Islâmico ameaçou hoje (16) fazer mais atentados, semelhantes aos de Paris, na sexta-feira (13), em outros países que integram a coligação internacional que bombardeia as posições do movimento no Iraque e na Síria.

Em um vídeo difundido na internet pela filial do Estado Islâmico na região iraquiana de Kirkuk e cuja autenticidade não pode ser confirmada, o grupo extremista afirmou que vai atacar os Estados Unidos, Austrália, Canadá e Bélgica, entre outros, “se continuarem os bombardeios contra os muçulmanos”.

“Digo aos países da coligação [liderada pelos EUA] que não vão continuar a viver em segurança até que os muçulmanos vivam em segurança nos seus países”, declarou um combatente do Estado Islâmico na gravação.

Sob o título “Até que chegou o castigo”, o vídeo começa com imagens dos meios de comunicação social sobre os atentados de Paris, seguindo-se as advertências de vários jihadistas jovens, que não se identificam.

Um deles pediu aos “crentes que sigam o exemplo dos irmãos [franceses] e ataquem os infiéis nos seus próprios lares [países]”. “Dizemos aos cruzados, especialmente à França, que não estarão seguros enquanto os seus aviões sobrevoarem os países dos muçulmanos. Isto [os ataques de Paris] foi uma simples resposta”.

Outro jihadista, armado com uma espingarda, sugeriu que os ataques podem ser feitos “com engenhos explosivos, tiros, facas, veículos, pedras…”. Ele lembrou os ataques feitos no passado no Canadá, Bélgica e Austrália e prometeu que o grupo vai continuar a espalhar o terror nesses países: “O que vem aí é pior e mais amargo”, avisou.

O terceiro combatente referiu-se aos EUA, onde – sublinhou – a população “não vai ter segurança até que os muçulmanos vivam em segurança”.

O vídeo foi difundido após um bombardeio, esta madrugada, da Força Aérea francesa contra a cidade de Raqa, principal reduto do Estado Islâmico na Síria, em resposta a vários atentados terroristas perpetrados em Paris e nos quais morreram pelo menos 129 pessoas e mais de 400 ficaram feridas.

Fonte: Agência Lusa

França: irmãos Kouachi foram mortos durante invasão da polícia, segundo Le Monde

Por interino

Segundo o site do jornal francês Le Monde, os irmãos Chérif e Saïd Kouachi foram mortos durante a invasão do local onde estavam escondidos, em Dammartin-en-Goële. O jornal cita informações da direção da Polícia Nacional da França.

Citando fontes dentro da polícia, o jornal também afirma que o suspeito que fazia reféns em um supermercado de Paris também foi morto pela polícia. Os reféns estão sendo resgatados neste momento.

fonte: Estadão Conteúdo

FOTOS: Confira charges polêmicas de revista atacada por terroristas na França

Por interino

Untitled-2Homem lê edição de “Charlie Hebdo” de setembro de 2012 com sátiras a Maomé, chamando-o de “Intocável”, em referência ao filme francês “Os Intocáveis”.

Untitled-3Em 2011, o jornal já havia enfrentado um incêndio causado por uma bomba. Na foto, o diretor de redação, Stephanie Charbonnier, conhecido como Charb, fala ao celular enquanto mostra edição especial de jornal em frente à sede destruída pelo fogo.

Untitled-4Capa de jornal satírico “Charlie Hebdo” traz Maomé beijando cartunista com o texto “o amor, mais forte do que o ódio”.

Untitled-5Capa da Hebdo que publicou história em quadrinhos de Charlie Hebdo sobre a vida de Maomé; representação do profeta é tabu entre muçulmanos.

Folha Press

França chocada com bebê que era criado num porta-malas

20131028151653347107iA França ficou em choque nesta segunda depois que veio a público a história de uma menina desnutrida e desidratada que tinha sido mantida no porta-malas de um carro aparentemente desde o seu nascimento.

O bebê, que tem entre 15 e 23 meses, foi encontrado pelos mecânicos na sexta-feira, quando sua mãe levou o carro para uma garagem de Terrasson, na região central da França.

A polícia disse que um dos mecânicos ouviu “barulhos estranhos, como gemidos” vindos do porta-malas de um carro, que, quando aberto, revelou a menina, nua, deitada em seu próprio excremento, desidratada e febril.

O bebê foi levado para um hospital, onde os médicos disseram que ele estava sofrendo de atraso de crescimento e problemas mentais.

“A menina aparentemente estava escondida desde o nascimento, e o mais sério é que ela sofre de atrasos significativos em seu desenvolvimento”, disse à AFP o promotor local, Jean-Pierre Laffite. A situação é “inacreditável”, afirmou.

A mãe da menina, de 45 anos, e o seu companheiro, de 40 anos, foram presos no domingo, acusados pelos crimes de abuso infantil e exposição de menor ao perigo.

Os dois podem ser condenados a até 10 anos de prisão.

A mãe disse à polícia que tinha dado à luz escondido e mantinha a existência do bebê em segredo para todos, incluindo o seu companheiro, o pai da menina.

O casal tem outros três filhos – uma menina de quatro anos e dois meninos de nove e dez anos -, que foram entregues aos serviços sociais após a detenção dos seus pais.

O casal é de origem portuguesa e estão ambos desempregados.

O mecânico que encontrou a menina, Guillaume Iguacel, disse à AFP nesta segunda-feira que ainda estava se recuperando da descoberta.

“Ainda estou tendo problemas para dormir. Ver aquela menina deitada em suas fezes, sem ser capaz de sequer manter a cabeça erguida, branca como uma folha foi uma visão horrível”, afirmou.

Iguacel informou que a mãe da menina parecia ter pouca preocupação com a filha.

“Ficamos profundamente chocados porque ela não achou isso anormal. Nós mandamos que ela tirasse a menina do carro e desse algo para ela beber imediatamente”, contou.

AFP

Espanha vence e se aproxima de vaga na Copa de 2014 com tropeço da França

A Espanha teve uma boa rodada nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014. Contra a Finlândia, fora de casa, os espanhóis conseguiram a vitória e ainda viram o tropeço dos franceses, abrindo vantagem no grupo I.

Com gols de Jordi Alba e Alvaro Negredo, a Espanha bateu a Finlândia por 2 a 0 e abriu três pontos de vantagem sobre a França, pois seu principal adversário da chave ficou no 0 a 0 contra a Georgia, fora de casa.

Agora, para se garantir na Copa do Mundo, os espanhóis necessitam apenas de uma vitória e um empate nos dois jogos que restam. Na próxima vez que entrar, a Espanha poderá se garantir no Mundial, onde defenderá o título de 2010, caso triunfe e seus rivais voltem a tropeçar.

Na próxima rodada, os espanhóis ficarão apenas na torcida contra a França, que enfrentará a Bielorrússia, novamente fora de casa.

Apesar de ter visto seu rival abrir vantagem, a França precisará de só mais dois pontos para se garantir na repescagem do Mundial, pois está com cinco pontos de vantagem para os finlandeses, terceiro colocado.

UOL ESPORTE

Seleção volta a vencer uma grande seleção no último teste para a Copa das Confederações

Em seu último amistoso antes da Copa das Confederações, a seleção brasileira voltou a vencer uma potência do futebol. Superou a França por 3 a 0, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

O resultado deve ajudar a aliviar a pressão. A última vez que o Brasil tinha vencido uma grande seleção, em um jogo em que os times puderam usar a força máxima, foi em 2009 quando bateu a Inglaterra por 1 a 0.

Desde que Felipão voltou ao comando da equipe, o Brasil perdeu para a Inglaterra, empatou com Itália, Rússia e Chile, ganhou da Bolívia e voltou a empatar com a Inglaterra.

O próximo desafio da equipe será para valer: contra o Japão, no sábado, às 16h, em Brasília, na abertura do evento que é considerado teste para a Copa do Mundo de 2014.

Na reta final rumo à Copa das Confederações, a CBF programou um amistoso contra um rival duro.

O Brasil não vencia a França desde 1992, quando fez 2 a 0, em Paris. Depois daquele duelo, os franceses provocaram traumas na seleção. Eles saíram vitoriosos nas quartas de final dos Mundiais de 1986 e 2006, e ganharam a final de 1998.

Na partida em Porto Alegre deste domingo, a única novidade na equipe titular do Brasil foi a escalação de Marcelo na lateral esquerda, no lugar de Filipe Luis, que foi titular no empate contra a Inglaterra.

Já a França não contou com o seu principal astro, Ribéry. Ele não foi chamado para descansar, pois seu time, Bayern de Munique, participou com sucesso das finais da Copa dos Campeões da Europa, dia 25 de maio, e da Copa da Alemanha, dia 1º de junho.

O primeiro foi muito equilibrado. O Brasil não conseguiu pressionar o rival, mas se movimentou bastante, e explorou as pontas para avançar.

A melhor chance da primeira etapa foi criada logo aos 30s. em uma lambança do goleiro francês. Lloris driblou Fred, mas Neymar roubou a bola, só que tentou driblar o goleiro e acabou desarmado.

A França aplicou uma forte marcação. Não deu sossego para os principais atletas brasileiros e mostrou muita qualidade para trocar passes quando avançava ao ataque.

O segundo tempo também começou equilibrado até que, aos 8min, Oscar abriu o placar. O contra-ataque brasileiro começou com um desarme de Luiz Gustavo sobre Valbuena, que ficou caído no gramado. Fred foi ligeiro e fez a assistência para Oscar, que tocou na saída do goleiro para fazer o gol.

Jogadores da França reclamaram de falta de Luiz Gustavo, mas o árbitro peruano Victor Carillo interpretou que o lance foi normal

Aos 39min, o Brasil aproveitou outro ótimo contra-ataque e, após bela troca de passe, Hernanes chutou cruzado para fazer 2 a 0.

O gol final saiu aos 47min, em cobrança de pênalti, batida por Lucas.

Da Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. roberto disse:

    A França estava com o time quase todo reserva e a imprensa esta escondendo isso, do time que enfrentou a espanha pela eliminatorias da europa so tinha tres jogando que jogaram e assim mesmo Deisemar sem condiçoes de jogo, nem jogou contra o uruguai porque não estava em condições, ca pra nos se o juiz tivesse marcado aquela falta no primeiro gol do Brasil talves o resultado tinha sido outro

Seleção: Contra algoz, Brasil de Felipão terá última chance para errar

Quando o time do Brasil deixar o campo da Arena do Grêmio no final da tarde deste domingo, independentemente do resultado, terá usado sua última chance de errar. Depois do amistoso contra a França, que começa às 16h (horário de Brasília) e terá acompanhamento pelo Placar UOL Esporte, Luiz Felipe Scolari e seus jogadores irão encarar o que o técnico mais gosta e se consagrou na carreira: um torneio curto, a Copa das Confederações, com mata-mata, onde não há tempo nem chances para conserto de erros.

Os últimos ajustes do técnico para o time serão feitos no novo estádio gremista. Numa seleção que nos últimos tempos se acostumou a responder sobre queda no ranking da Fifa, falta de vitórias contra grandes seleções e vaias dentro de casa, Felipão espera testar o prestígio na sua terra. Gaúcho e gremista, crê num ambiente favorável.

“Parece-me que, por enquanto, ainda sou benquisto aqui”, ironizou o técnico, antes de completar. “Tenho bons amigos em ambas as equipes, Inter e Grêmio, e passei parte da carreira como técnico. Em 2001, estávamos em situação difícil e trouxemos para aqui o jogo contra o Paraguai. Foi aqui que começamos a dar os passos para o Mundial”.

Se ainda não conquistou o clima de paz com a torcida, já que houve vaias tem todos os últimos jogos em casa da seleção, Felipão parece ter domado bem o ambiente interno. No quesito disciplina, Scolari deu o recado aos comandados que o rigor seria alto quando excluiu Ramires e Ronaldinho Gaúcho da lista de jogadores que disputam a Copa das Confederações.

Quem foi chamado mostrou ter entendido que deslizes não seriam tolerados. No discurso, também já há uma linha clara passada pelo treinador aos jogadores. União, exaltações nacionalistas e promessas de dedicação e entrega viraram mantras.

Durante as quase duas semanas de convívio, Scolari também deu agrados aos atletas. Na programação, incluiu duas folgas, ambas após os amistosos. Além disso, liberou Neymar para sua apresentação em Barcelona e Jefferson e Filipe Luis para verem os nascimentos dos seus filhos.

“Temos visto o esforço que eles estão fazendo, a boa vontade, a disciplina, a amizade. Por isso esses 10 dias foram excelentes. Parte tática, parte física, a parte da amizade, observamos que eles estão formando um grande grupo, então estamos felizes”, afirmou Scolari.

Até agora, Felipão acumula seis jogos à frente da seleção desde o seu retorno. Foram quatro empates (Itália, Rússia, Chile e Inglaterra), uma única vitória, contra a fraca Bolívia e uma derrota, na estreia com a Inglaterra.

Tabu à francesa

Contra uma França que veio a passeio, os jogadores da seleção brasileira atuarão com um peso ingrato nas costas. Há 20 anos o Brasil não consegue vencer o rival deste domingo. O último triunfo brasileiro foi num amistoso em 1992, quando o atual coordenador técnico Carlos Alberto Parreira era o treinador.

Desde então, as duas seleções se enfrentaram seis vezes, com dois empates em amistosos e quatro vitórias dos franceses. Dessas, as mais importantes foram em 1998, na final da Copa, e em 2006 nas quartas. O retrospecto de fracassos diante dos franceses inclui ainda a eliminação no Mundial de 86 para o time de Platini e a derrota na final das Olimpíadas de 1984.

BRASIL X FRANÇA

LOCAL: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
HORÁRIO: 16h (horário de Brasília)
ÁRBITRO: Victor Carrillo, auxiliado por Jonny Bossio e Cesar Escano

BRASIL: Júlio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz, Marcelo, Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar, Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari
FRANÇA: Llorris; Debuchy, Rami, Sakho e Mathieu; Guilavogui, Matuidi e Cabaye; Valbuena, Benzema e Payet. Técnico: Didier Deschamps

Do UOL Esporte

Secretaria de Turismo de Natal recebe consulesa honorária da França

A consulesa honorária da França no Rio Grande do Norte, Sylvie Gradel reuniu-se pela manhã, com o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), Fernando Bezerril, para iniciar um trabalho de parceria no campo social com o projeto da Marina de mar aberto que um grupo de empresários franceses se propõe a construir na Via Costeira. A ideia do secretário ao convidar a consulesa é procurar reunir instituições envolvidas com o treinamento de mão de obra no segmento turístico e para isso irá buscar apoio da Federação das Indústrias, Sebrae, Fecomércio (Sesc e Senac), além da Marinha que tem uma larga experiência nesse campo visando otimizar a geração de emprego e renda. “Vamos buscar o apoio do Hotel Escola Barreira Roxa que tem expertise no treinamento profissionalizante com a colaboração das outras instituições para articularmos o treinamento em todas as áreas”, ressaltou Bezerril.

A consulesa francesa, informou ao secretário que poderá trazer a Natal o diretor da escola de profissões ligadas ao mar, localizada na cidade de Toulon (França) para fazer uma palestra sobre as oportunidades que serão abertas com a Marina no treinamento de jovens.

O Nordeste, pela quase inexistência de Marinas, dispõe apenas uma em Salvador não tem oficinas de reparos de barcos e estes quando têm problemas são obrigados a se dirigirem a Belém (Pará), para poder atender as suas necessidades. Para o secretário, a Marina abre uma janela de oportunidades e uma escola ligada à indústria náutica é importante para o treinamento de jovens nessa atividade.

Sarkozy perde e François Hollande é o novo presidente da França

Stephane Mahe/Reuters

O candidato socialista François Hollande é o novo presidente da França, após vencer o segundo turno das eleições para o Palácio do Eliseu, neste domingo. O presidente conservador Nicolas Sarkozy reconheceu a derrota para o adversário, que assumirá o cargo em 15 de maio.

Hollande teve 50,8% dos votos, ante 49,2% do rival e candidato à reeleição Nicolas Sarkozy, com 67% das urnas apuradas, conforme divulgou neste domingo a rede americana CNN. Em pesquisa de boca de urna da emissora France 2, o socialista tem 51,9%, contra 48,1% de Sarkozy.

Em discurso a seus partidários, o presidente conservador já admitiu a derrota para o socialista e afirmou que ligou para Hollande, desejando-lhe “boa sorte”.

“Aceito essa derrota por causa dessa França aberta, democrática”, disse ele, aclamado aos gritos de “Nicolas, Nicolas” por uma multidão em Paris.

“Tentei fazer o melhor para proteger o povo francês. Apesar dos milhões que votaram em mim, nós falhamos. Vocês me apoiaram, mas não tivemos êxito”, acrescentou.

Parlamentares

Sarkozy ainda pediu que o UMP, seu partido, permaneça unido para as eleições parlamentares, acontecerão em junho. “Não se dividam, permaneçam unidos. Temos que ganhar a batalha das legislativas”, afirmou o presidente em reunião fechada com partidários.

O chanceler francês do governo Sarkozy, Alain Juppé, foi o primeiro ministro a se manifestar sobre o pleito, e voltou a dizer que o foco do partido serão as eleições legislativas.

“Sarkozy fez uma campanha magnífica. Os milhões de franceses que votaram nele merecem essa consideração. Nós não o abandonamos, voltaremos na batalha das legislativas”.

Pouco antes do fechamento das urnas, pelo menos quatro institutos de pesquisa (CSA, TNS Sofres, Ipsos e Harris Interactive) já apontavam uma preferência eleitoral acima de 50% para Hollande.

Com essa virtual vitória, ele se torna o segundo presidente socialista da Quinta República Francesa fundada pelo general Charles De Gaulle em 1958, depois de François Mitterrand, chefe de Estado de 1981 a 1995.

Fonte: Folha

Brasil pode passar França e ser quinta economia em 2012

A economia brasileira se tornou a sexta maior do mundo no ano passado, deixando para trás a britânica, e deverá alcançar a quinta posição ainda em 2012, ultrapassando a francesa, informa reportagem de Érica Fraga, publicada na Folha desta quarta-feira.

Os prognósticos, da consultoria britânica EIU (Economist Intelligence Unit), indicam que o país avança no ranking de maiores economias a um ritmo rápido.

“Esses desenvolvimentos pareceriam improváveis há cinco anos, mas refletem como as economias avançadas foram atingidas pela crise e como a brasileira tem se expandido, impulsionada pelas exportações de commodities”, diz Robert Wood, economista sênior da EIU.