Segurança

FOTOS: Corpo de Bombeiros Militar do RN apresenta novo fardamento operacional

Fotos: Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) está em processo de troca de fardamento. Alem do uniforme padrão operacional, de cor caqui, a corporação passa a adotar ainda o laranja fluorescente. Os dois uniformes deverão continuar sendo utilizados no CBMRN, cada um em dias específicos determinados pelo comando da instituição. A expectativa é de que a nova vestimenta seja adotada a partir da próxima sexta-feira (05), como previsto na PORTARIA-SEI Nº 22, DE 15 DE JANEIRO DE 2021, em vigor desde 01 de fevereiro de 2021.

Pensando em uma maior segurança na execução da atividade operacional, foi publicada a Portaria Nº 121/2017-GAB. CMDO GERAL/CBMRN do Corpo de Bombeiros Militar do RN, que estabeleceu o novo regulamento, visando a modernização da identidade visual nos uniformes da Corporação. Para o Major Raffael Andrade, Presidente da Comissão de Planejamento e Instrução Processual de Contratações (CPIPC), o novo traje, por ser fluorescente, oferece mais segurança ao bombeiros e segue uma tendência de padronização nacional.

“Ao longo dos anos, a experiência operacional trouxe a percepção da importância de adotar mais critérios de segurança. Em ocorrências noturnas, principalmente envolvendo acidentes em rodovias, não era tão fácil reconhecer um bombeiro militar. Agora, a sociedade poderá nos identificar com mais facilidade em qualquer lugar”, disse.

Ainda de acordo com ele, o Corpo de Bombeiros sentiu a necessidade de acompanhar as mudanças que estão acontecendo em várias corporações pelo Brasil. “A mudança está ocorrendo em diversas corporações do país, que estão aderindo o laranja como cor padrão de serviço, além de ser a cor universal do salvamento”, finalizou o oficial do CBMRN.

Opinião dos leitores

  1. A boiada não respeita nada, nem ninguém.
    Quando vocês precisarem dos Bombeiros, liguem pra Urbana.

  2. A cor laranja é mundialmente usada como padrão de salvamento.
    Vamos se infomar melhor antes de falar asneiras.

    1. Rosa choque é visivel.. verde limao tb… ta na moda. Mas um cidadao nao enxergar um caminhao numa rodovia com luz de alerta é muita cegueira pra justificar um gasto neste momento com mudanca de uniforme. E isso é um passo pra passar pra o municipio esses servico de resgate de bichinhos e de salva vidas. Nas rodovias poderia ser a PRF, nas estaduais a policia. O apaga incendio poderia ser um servico temporario civil. Seria uma grande economia.

    2. Rosa-choque o verde-limão saíram mais baratos.
      A cor é mais para ganhar algum tempo para se visualizar, na hora de uma operação,
      no meio da fumaceira, por exemplo. Melhor do que o marrom.

  3. É a urbana? Vai ver foi um gênio militar que colou essa ideia achando fantástica, vermelho basico caia melhor no look na identidade dos bombeiros , ficou podreeee

  4. So falta desmilitarizar e passar a ser algum orgao ambiental subordinado ao Idema. Ja fazem praticamente funcoes de protecao ambiental como coleta de animais e apagam fogo.

    1. É ridículo, realmente… Mas, estão com dinheiro sobrando com a bendita taxa do Detran…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

ICMS do diesel será reduzido em 6,5% a partir de novembro, anuncia governo de MG

O Governo de Minas anunciou, nesta segunda-feira (25), que vai reduzir em mais de 6,5% o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do diesel. O novo cálculo começa a valer a partir do próximo dia 1º de novembro.

A divulgação ocorreu horas depois que o governador Romeu Zema (Novo) divulgou, em entrevista exclusiva à Itatiaia, o congelamento da alíquota do ICMS sobre o diesel no estado, que já é a mesma desde 2012.

De acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda, a base de cálculo do ICMS sobre o diesel – Preço Médio Ponderado Final (PMPF) – será alterada considerando uma pesquisa, que avaliou as notas fiscais emitidas por 4.272 postos revendedores distribuídos em 828 municípios mineiros, como determina a lei.

Com isso, a base de cálculo do ICMS do diesel em Minas Gerais que atualmente é de 15%, passará para 14%, o que irá reduzir o imposto em mais de 6,5%, segundo o governo do estado. Com a redução, o imposto ficará em R$ 0,708344 (diesel S500) e R$ 0,715764 (diesel S10) a partir de novembro.

Segundo a Secretaria da Fazenda, a decisão “vai representar R$ 29,6 milhões/mês (R$ 355,2 milhões/ano) de recursos que permanecerão na economia, em vez de se transformarem em aumento de arrecadação”.

Itatiaia

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

TRF-2 suspende decisão que permitia votação por inadimplentes da OAB-RJ

Pelo menos em princípio, a condição de que o advogado esteja adimplente para exercer seu direito de votação é imposição que se sustenta pelo poder regulamentar conferido à instituição pelo Estatuto da OAB (Lei nº 8.906/1994).

Com esse entendimento, o desembargador Reis Friede, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, deferiu liminar para suspender os efeitos da decisão também liminar da Justiça Federal fluminense que permitiu a todos os advogados votarem nas eleições da OAB marcadas para 16 de novembro.

Como mostrou a ConJur, advogados inadimplentes da seccional de Goiás também conseguiram limitar nos mesmos moldes, conferida pela 8ª Vara Federal Cível de Goiás.

No RJ, a ação original contestou trecho do artigo 1º do Provimento 146/2011 do Conselho Federal da OAB, que prevê eleições com “votação direta e obrigatória dos advogados regularmente inscritos na OAB e com ela adimplentes”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Kelps diz que adiar repasses ao Consórcio Nordeste não basta: “Permanecer é desrespeito ao povo do RN”

Foto: Eduardo Maia/ALRN

O presidente da CPI da Covid no Rio Grande do Norte, deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), voltou a defender nesta segunda-feira (25) que a governadora Fátima Bezerra (PT) determine a retirada do Estado do Consórcio Nordeste, em meio ao avanço das investigações sobre possíveis irregularidades na compra de respiradores durante a pandemia.

Em entrevista ao portal da 98 Fm, Kelps Lima disse que a decisão da gestão estadual de adiar os repasses ao consórcio – anunciada nesta segunda – não basta e que é preciso sair do grupo. “O Governo do Rio Grande do Norte ainda permanecer no Consórcio Nordeste, cogitar repassar recursos, é um desrespeito ao povo do Rio Grande do Norte”, afirmou o presidente da CPI.

Segundo o deputado, a governadora Fátima Bezerra já teve acesso a depoimentos sigilosos no qual pessoas delataram um suposto esquema ilícito envolvendo a compra dos respiradores.

“A governadora tem acesso a informações sigilosas, que eu tive, que demonstram claramente que o Consórcio Nordeste foi firmado com o objetivo de fazer conluio com o dinheiro do povo dos estados nordestinos. Os fatos demonstram que parte do dinheiro dos respiradores seria destinado à cidade de Araraquara (SP), a pedido de diretor do Consórcio Nordeste”.

Portal Grande Ponto com 98 FM

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emprego

Guedes adianta que Caged virá com saldo de mais de 300 mil empregos e diz que com a vacinação em massa avançando, “a economia está voltando com muita força”

Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO-22/10/2021

O ministro da Economia, Paulo Guedes, adiantou nesta segunda-feira (25) que o resultado do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, de setembro, que será divulgado na terça-feira (26), deve trazer um novo resultado recorde com a geração líquida de mais de 300 mil empregos.

“Amanhã, possivelmente, vamos soltar Caged com mais de 300 mil empregos”, disse, em cerimônia de lançamento do Plano Nacional de Crescimento Verde no Palácio do Planalto.

E afirmou: “O Brasil foi o país que caiu menos, voltou mais rápido e está crescendo mais do que a média de todos os outros países. Com a vacinação em massa avançando, a economia está voltando com muita força. À medida que avançamos com reformas, vai ficando claro para o mundo que seguimos com sua modernização.”

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

EUA divulgam regras para retorno de turistas estrangeiros, incluindo vacinação e testes antes do embarque

Foto: Kevin Mohatt / REUTERS

 O governo dos EUA detalhou as exigências que passarão a ser feitas a partir do dia 8 de novembro, quando o país vai eliminar a maior parte das restrições impostas a viajantes estrangeiros — incluindo as medidas especiais aplicadas a viajantes vindos da União Europeia e do Brasil. Entre as determinações, estão a vacinação dos passageiros, testes realizados antes do embarque e o acompanhamento dos viajantes.

O plano é dividido em três pontos centrais: o primeiro, como declara o texto da ordem executiva, é a vacinação. Os viajantes com mais de 18 anos a caminho dos EUA deverão providenciar, antes do embarque, prova de que concluíram o ciclo vacinal com uma ou duas doses, dependendo do tipo de imunizante, pelo menos duas semanas antes da data do embarque. As companhias aéreas, diz a ordem, serão responsáveis por conferir o documento e determinar se ele é válido.

No começo do mês, o Centro de Controle de Doenças (CDC) afirmou que as autoridades americanas aceitariam viajantes imunizados com as vacinas aprovadas para uso pela Organização Mundial da Saúde: Moderna, Pfizer/BioNTech, Janssen, Oxford/AstraZeneca, CoronaVac e Sinopharm. Dessas, só as três primeiras eram aceitas pelo governo americano. Pessoas imunizadas com doses de vacinas diferentes também poderão entrar nos EUA, desde que as duas doses constem da lista de vacinas liberadas. A Sputnik-V, do laboratório russo Gamaleya e aprovada para uso em mais de 70 países, não será aceita.

Exceções

De acordo com a Casa Branca, haverá algumas exceções: pessoas com menos de 18 anos e vindas de países com taxa de imunização abaixo de 10%, viajando por razões não turísticas, terão a passagem liberada, mas se permanecerem em solo americano por mais de 60 dias terão obrigatoriamente que se vacinar.

Outro ponto é a necessidade, essa válida para todos, de apresentar um teste com resultado negativo antes do embarque para os EUA. Pessoas já vacinadas precisam realizar o teste até três dias antes da data da viagem, mas aqueles que entrarem sem vacinação terão que se testar na véspera da viagem. Crianças com menos de dois anos e aqueles que comprovarem terem sido infectados pela Covid-19 até três meses antes do embarque não precisarão apresentar testes.

Por fim, o terceiro ponto é a apresentação de informações de contato, recolhidas pelas empresas aéreas antes do embarque. Segundo a Casa Branca, isso vai permitir uma melhor coordenação entre as companhias e agências públicas de saúde, para compartilhar informações quando necessário e identificar possíveis contágios.

Com as novas regras, os EUA efetivamente deixam de aplicar, a partir do dia 8 de novembro, as duras restrições impostas em especial a passageiros que tenham passado pelo território de 33 países, incluindo o Brasil, Índia e China, nos 14 dias anteriores ao voo.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

“Eu acho que ele não me matou lá, porque os meninos entraram no meio”, diz porteiro de condomínio em Ponta Negra agredido por policial penal

Foto: reprodução

O porteiro que foi agredido por um morador do condomínio Ecogarden, em Ponta Negra, cujo vídeo se tornou público nos últimos dias, conversou com a reportagem do g1-RN e deu detalhes sobre o ocorrido.

Segundo o porteiro de 53 anos, que preferiu não se identificar, o morador o agrediu ao sair e, depois de um tempo, voltou armado e fez novos ataques.

VEJA MAIS: VÍDEO: Policial penal invade guarita e agride porteiro de condomínio em Ponta Negra

“O rapaz foi saindo do condomínio já levando o portão na mão. Arrancou e jogou fora. Aí voltou, abriu a portaria, já me agredindo com socos, falando que eu não sabia trabalhar e me disse que eu ia morrer”, disse.

“Ele saiu pra uma reserva na churrascaria, conversou com um amigo dele, pegou uma pistola, voltou de novo e me agrediu de novo. Até cair eu caí, quebrando os dedos da mão”, completou.

O porteiro teve o punho, a mão e parte da face machucada. Mais dois outros porteiros presenciaram o fato. “Inclusive eu acho que ele não me matou lá, porque os meninos entraram no meio”, disse o profissional.

A reportagem do g1 não conseguiu contato com o policial penal. A Secretaria de Administração Penitenciária disse que não vai se manifestar sobre o caso.

O porteiro foi afastado pela empresa na qual trabalha por 30 dias para tratamento médico e acompanhamento do caso. Ele agora teme o retorno às atividades.

“Eu tenho que voltar a trabalhar. Como eu vou trabalhar num condomínio desse, sendo ameaçado de morte? Não tem como eu trabalhar num condomínio desse”, disse. Veja a matéria completa no g1-RN.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

MAIS SIMPLES E ÁGIL: Cai tempo médio para abertura de empresas no Brasil

Imagem: reprodução

O tempo médio para a abertura de uma empresa no país é três vezes menor do que no início de 2019, ficando em menos de dois dias. Em 2019, o prazo médio era de cinco dias e nove horas e, atualmente, está em 47 horas. Os dados constam da plataforma Governo Digital, ligada ao Ministério da Economia.

Segundo a plataforma, a redução deve-se a medidas de simplificação, à integração digital entre as 27 juntas comerciais e adesão à plataforma Gov.BR.

Os dados mostram que, atualmente, 23 das 27 juntas comerciais já usam a assinatura do Gov.BR para a formalização dos novos negócios. A medida, entre outros pontos, ajuda a reduzir tempo e custos, uma vez que não é mais necessário despender recursos com reconhecimento de firma ou com certificado digital para abrir ou alterar os registros de uma empresa.

Dados do boletim Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, revelam que, no segundo quadrimestre deste ano, foram abertas no país 1.420.782 empresas, o que representa aumento de 1,9% em relação ao primeiro quadrimestre de 2021 e de 26,5% na comparação com o segundo quadrimestre de 2020. O boletim mostra ainda que 328 mil empresas foram abertas em setembro deste ano, já com a redução do tempo.

“O tempo médio de abertura de empresas no país apresentou gradativa redução nos últimos meses, reflexo dos avanços obtidos pelos órgãos federais, estaduais e municipais, objetivando um processo de abertura de empresas mais simples e ágil. Os recordes em registro de novas empresas reforçam, cada vez mais, a opção do brasileiro pelo empreendedorismo e criação de novos negócios”, diz o boletim.

Segundo o ministério, em três das 27 unidades federativas brasileiras, já se abre uma empresa em menos de 24 horas, em média: Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal. Das três, Goiás apresentou o menor tempo de abertura de empresas no segundo quadrimestre deste ano: 1 dia e 2 horas, uma queda de 16 horas (38,1%) em relação ao primeiro quadrimestre de 2021.

No estado da Bahia, leva-se mais tempo para abrir uma empresa: 6 dias e 1 hora. Apesar de estar no fim da fila, a Bahia apresentou considerável redução de prazo e está com  2 dias e 17 horas, 31,0% a menos que no primeiro quadrimestre do ano.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Meu sonho é prender um. Eu gosto de prender vagabundo, odeio vagabundo”, diz Styvenson sobre prefeitos do RN que segundo ele não prestam contas

Imagem: reprodução

Em live realizada no Instagram, o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) afirmou nesta segunda-feira (25), sem citar nomes, que tem o desejo de prender prefeitos e demais gestores potiguares (como secretários) que, segundo ele, não prestam contas de recursos recebidos através de emendas parlamentares. A fala aconteceu nos últimos 3 minutos da transmissão (veja abaixo).

“O método que eu usei de distribuição de recursos não foi para ganhar voto, não foi para curral eleitoral. O meu método primeiro que eu pensei foi: uma hora um desse não presta conta, e eu vou prender um por um. Minha primeira ideia foi essa: eu vou dar dinheiro para todo mundo e os que não prestarem contas, eu vou ficar atrás. Meu sonho é prender. Eu gosto de prender vagabundo, odeio vagabundo. Eu vibro quando pego um. A gente já pegou dois, mas eu não posso prender como eu prendia antes”, disse o senador.

“Eu enviei recursos para todo o Rio Grande do Norte e todos os municípios ficaram na incumbência de prestar contas. Se não prestar contas, não recebe mais dinheiro. No próximo, poucos municípios vão receber”, finalizou.

Com informações de 98 FM

Opinião dos leitores

  1. Embora não seja nada simpático, o Senador está certo em cobrar o que fizeram do dinheiro que ele enviou para as prefeituras do RN.

  2. Só prendia bebum que não oferecia resistência. Nunca foi atrás de assaltante, muita mídia e pouca ação, e claro, mamata como senador.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

YouTube retira live de Bolsonaro do ar por associar vacinas da Covid-19 à Aids e suspende canal por uma semana

Foto: reprodução/YouTube

Na noite desta segunda-feira (25), o YouTube derrubou a live semanal do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) transmitida na última quinta-feira (21).

“Removemos um vídeo do canal de Jair Bolsonaro por violar as nossas diretrizes de desinformação médica sobre a COVID-19 ao alegar que as vacinas não reduzem o risco de contrair a doença e que causam outras doenças infecciosas. As nossas diretrizes estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais, e atualizamos as nossas políticas à medida que a orientação muda. Aplicamos as nossas políticas de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem for o criador ou qual a sua opinião política”, disse o YouTube, em nota.​

Painel – FolhaPress

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Preço da gasolina na refinaria acumula alta de 74% em 2021; diesel subiu 65,3%

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25/10) que irá elevar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel nas refinarias. É a segunda alta em menos de um mês. Com 15 reajustes no valor do litro da gasolina (11 para cima e quatro para baixo), o combustível acumula aumento de 73,4% apenas neste ano. O preço médio de venda passará, a partir desta terça-feira (26/10), de R$ 2,98 para R$ 3,19, alta de 7,04%.

O diesel teve o preço elevado de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, um aumento de 9,15%. Com isso, acumula alta em 2021 de 65,3% no valor exigido das distribuidoras.

Segundo a Petrobras, o reajuste foi necessário para “garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”.

A empresa afirmou ainda que a elevação nos preços é um reflexo da alta nos preços do petróleo no mercado internacional e da taxa de câmbio.

Em live feita na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já havia antecipado possível novo aumento no preço dos combustíveis.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Esses FDP vão vender a maior empresa brasileira a preço de banana. Guedes veio para o governo só prá isso. Bons empregos, bons salários, só entrava os competentes. Quem fala mal, é pq não teve competência pra entrar. Por má gestão, estão jogando tudo no lixo. Canalhas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *