Freira se torna mãe e dá a bebê nome de Francisco

Uma freira de 31 anos, originária de El Salvador, deu à luz semana passada em Rieti (Itália). Roxana Rodríguez foi levada a um hospital da cidade após sentir “fortes dores abdominais”, segundo a versão oficial. A freira garante que não sabia que estava grávida.

A religiosa trabalhava no Convento das Pequenas Discípulas de Jesus, que cuida de idosos.

O bebê da freira nasceu com três quilos e meio. De acordo com a agência Ansa, a criança recebeu o nome de Francisco – o mesmo nome escolhido pelo Papa argentino.

“Decidi chamá-lo de Francisco em homenagem ao nosso maravilhoso Papa sul-americano”, comentou a religiosa.

Irmã Herminia, a madre superiora do convento, comentou o caso:

“Ela não soube resistir à tentação, mas não fez nenhum mal a ninguém. Não entendo por que um caso como este tenha tanta atenção da mídia”.

De acordo com o padre Benedetto Falcetti, da paróquia da Igreja de São Miguel, em Rieti, a freira ficou grávida em El Salvador, em março ou abril, quando regressara ao país centro-americano para renovar o passaporte.

“É um presente de Deus. Estou um pouco preocupada com a publicidade, não apenas na Itália como em El Salvador e no restante do mundo. Todos estão falando sobre isso e acho que não terei como regressar ao meu país”, disse a freira, de acordo com o “Corriere Della Sera”.

Companheiras de convento começaram a recolher donativos para a freira, que deverá manter a criança com ela.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MARCOS disse:

    Bruno, não gostei de você ter postado o comentário desse tal de Rafael Vale. Uma coisa é a plena liberdade de comentar, o que deve ser publicado. Outra é querer pautar o blog, colacando comentários que não têm nada a ver com o assunto tratado (o Bebê de uma freira). Não gosto do PSDB e até acho que as notícias que envolvem o escândalo referido devem ser aqui tratadas, ainda que infinitamente menores que os escândalos que surgem dia a dia no atual governo e as catastróficas perspectivas acerca dos rumos que estão sendo dados ao nosso país (social, econômico, de ordem pública) e que o marketing não mais consegue esconder, Mas acho absurdo que tal sujeito, visivelmente conduzido por fanatismo e cegueira política, paute o Blog, forneça ele mesmo a notícia. Acho isto inadmissível. Nem sempre concordo com suas posições, mas se leio o seu Blog tenho que respeitar as suas opiniões e, principalmente a sua pauta. Por favor não caia na besteira de entregar o seu Blog a quem quer que seja, principalmente se com objetivo de fazer a política pessoal e tentar fazer prevalecer os posicionamentos de pessoa estranha ao Blog.

  2. Rafael Vale disse:

    E no blog da juventude do PSDB continua a seletividade e nada a respeito do propinoduto tucano no metrô se SP.

    Documento apreendido na sede da Alstom aponta que integrantes da Secretaria de Energia, na gestão de Mario Covas (PSDB), em 1998, e três diretorias da EPTE (Empresa Paulista de Transmissão de Energia) receberam propina por contrato de US$ 45,7 milhões; pasta era comandada por Andrea Matarazzo; Suíça já apontava pagamentos para Robson Marinho, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado; denúncias ligam esquema com reeleição de FHC (CAIXA 2 NA CAMPANHA DE FHC).
    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/148527-documento-mostra-como-alstom-distribuiu-propina.shtml

    O colunista da Folha de S.Paulo e do UOL, Josias de Souza, ressalta hoje o fato de que o PSDB age como quem não sabe de nada no caso do propinoduto tucano. E define a atitude do partido, de negar que qualquer um dos três governadores paulistas, Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, sabia do esquema de cartel e propina, como "hipocrisia".
    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/01/20/psdb-reage-em-sp-como-lula-ninguem-sabia/

COMENTE AQUI