Governo do Estado apresenta proposta aos policiais penais

FOTO: ASSECOM/GAC

 

Em reunião na tarde desta terça-feira (10), o Governo do Estado apresentou proposta aos policiais penais do Rio Grande do Norte, condicionada à suspensão do movimento paredista. Pela proposta, o índice total é de 23% a ser aplicado aos salários conforme o seguinte escalonamento: 2,5% a partir de março de 2020; 2,50% a partir de novembro de 2020; 3,5% a partir de março de 2021; 3,50% a partir de novembro de 2021; 4,5% a partir de março de 2022; e 4,58% a partir de novembro de 2022.

Segundo o secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, o índice apresentado é igual ao acordado anteriormente com a Polícia Militar porque se trata da única instituição da Segurança Pública com carreira em formato linear, semelhante à Polícia Penitenciária. “Observamos a sistemática das carreiras de Segurança Pública do Estado, apesar de reconhecer as atribuições específicas de cada categoria de polícia”, explicou.

A presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN), Vilma Batista, afirmou que irá levar a proposta para assembleia da categoria, que deverá ser realizada nesta quarta-feira (11).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. M.D.R. disse:

    Está a hora do funcionalismo cruzar os braços.
    Dez anos sem reposição salarial, e sem perspectiva, contar com o SINDICATO nestas alturas é inconfiavel, até por que, os últimos acontecimentos a atual gestão tem gruzados braços e sem definição em prol dos BARNABÉS.

  2. Augusto disse:

    Aumento? PM recebe 23% + promoções. PC recebe de uma vez um grande aumento (salário inicial 4700). Aí o cara que sofre lá nos presídios vai receber 23% dividido em 24x… Já vi que esse governo tá tratando desigualmente os operadores de seg pública. Orçamento da Pm 49 milhões, da PC 18 milhões e seap 8. Bacana né? Continua operação!!!

    • Juca disse:

      A solução é cortar o salário de PM e Civil pela metade. Pronto está feita a equiparação.

  3. José disse:

    Devia diminuir esses salários. Só no Brasil para um servidor desses ganhar esses aumentos.
    Para completar ainda são incompetentes

  4. Zanoni disse:

    Proposta ridícula!Será que cumprirão? E a reposição salarial, vai haver nesses anos?

  5. Th disse:

    Foi com esses aumentos, categoria a categoria, que a Dona Wilma quebrou o Estado. É uma tragédia sem fim. Pelo menos naquela época havia a ilusão de crescimento, agora é só tragédia, mesmo.

    • Alaca disse:

      Diga a ninguém não, deixe a galera acreditar que vem de pouco tempo.

COMENTE AQUI