Greve dos rodoviários segue em Natal e população desabafa nas redes sociais

Terminou sem acordo a audiência no TRT na manhã desta quarta-feira(18) entre sindicato dos rodoviários e empresários, com isso, a paralisação da categoria segue causando prejuízo ao usuário e diversos segmentos da cidade. O encontro em porta fechada contou com a participação de representantes da Prefeitura do Natal e Advocacia Geral da União (AGU). O que se sabe até o momento é que o desembargador Carlos Newton Pinto sugeriu reajuste superior à inflação e o sindicato patronal disse que não tem condições de acatar. Segundo informações da Tribuna do Norte, a sugestão apresentada pelo desembargador foi que o Seturn concedesse o reajuste com base na inflação e 1,5% a mais, o que resultaria em um reajuste de aproximadamente 7,3% nos salários atuais dos motoristas e cobradores. O Seturn, por outro lado, disse que não havia a possibilidade de conceder o benefício sem que houvesse desoneração tributária ou reajuste na tarifa.

Untitled-3 Untitled-4Reprodução: Twitter

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Afra Andrade disse:

    Acho legítimas as GREVES já que o poder público mostra-se, ao meu ver, NEGLIGENTE. Somos a sétima maior potência econômica do planeta, então baixem os salários e exclua as bonanças da miserável classe política e sobrará dinheiro para valorizar os servidores e serviços públicos. TOME GREVE! CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE! EU ACHO É POUCO! É PEIA! TOMEM CHÁ!

  2. Michel disse:

    Por que o governo do estado não estuda a possibilidade de termos um metrõ, ao inves disso temos que sofrer com essa greve.

COMENTE AQUI