Sesed aponta continuidade na redução no número de homicídios em 2019; Natal registra a maior diminuição desde 2015

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou, nesta sexta-feira (02), a continuidade na redução dos números de Condutas Violentas Letais e Intencionais (CVLIs) ao longo dos meses em 2019. Dessa vez, os dados apontam um início de segundo semestre com diminuição nas estatísticas, quando comparado aos números de 2018.

Os dados, divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine), apontam uma redução significativa nas estatísticas de CVLIs até o mês de julho. Comparado ao ano anterior, as estatísticas da Sesed apontam um número de 383 vidas poupadas.

Entre os indicadores, a Secretaria destaca a redução em ocorrências diretas contra a juventude, faixa segmentada entre 16 e 29 anos. De janeiro a julho de 2019, em comparação ao mesmo período do ano anterior, houve uma diminuição total de 34,1%. O período etário que apresentou a maior subtração foi entre 16 e 17 anos, quando o estado saiu de 89 casos em 2019, para 49 registros em 2019, 44,9% de redução.

Outro importante quesito de redução ocorreu em municípios considerados polos no Rio Grande do Norte, são eles Natal, Mossoró e Parnamirim. Na capital potiguar, a maior diminuição desde 2015, com índice 45,7% casos a menos. Em 2018, foram 322 ocorrências, 147 a mais do que em 2019, quando foram registradas 175. De acordo com a Coine, Natal ficou, ainda, oito dias sem nenhuma ocorrência de CVLI durante o mês de julho. Além de Natal, Mossoró reduziu em 26,2% as suas ocorrências na comparação entre 2018 e 2019, dado semelhante ao registrado em Parnamirim, com uma redução de 27,9%.

Em relação aos tipos de ocorrências com melhores índices de redução, os dados de homicídio doloso obtiveram destaque, com 35,3%, assim como de lesão corporal seguida de morte, que apontou uma diminuição de 28,1% nos registros, e as estatísticas de latrocínio ficaram em 37,3% de redução.

De acordo com o Secretário da Sesed, Coronel Francisco Araújo, as significativas reduções em 2019 têm relação com alguns fatores. “Melhor planejamento e integração das forcas policiais, tanto as estaduais, municipais, quanto federais que atuam no RN (PF, PRF e ABIN), Guardas Municipais, além das Forças Armadas, maior apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público Estadual, maior controle do sistema prisional e o apoio inconteste do Governo do Estado a todas as ações dos órgãos do sistema de segurança pública”, aponta Araújo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. WASHINGTON disse:

    PRECISA REDUZIR A QUANTIDADE DE ASSALTO , TA ENORME , NÃO COSTA NOS REGISTROS POR QUE AS PESSOAS NÃO FAZ MAIS O BO , POIS NÃO DA EM NADA. É ASSALTO A ONIBUS, E ASSALTOS NAS RUAS E PARADAS , PEQUENOS COMERCIOS E RESIDENCIA. PRECISA ACABAR COM ISSO.

  2. Ted disse:

    Se a bandidagem souber que o cara tem uma arma, cai ainda mais, vão com medo, pensa duas vezes antes de enfrentar.
    Quem tem C… tem medo. Né mesmo???

Operação Lei Seca tem continuidade nesta quinta na zona sul e em abordagens diferentes em pontos da capital

A Operação da Lei Seca, desenvolvida pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em parceria com o Comando da Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), terá continuidade na noite desta quinta-feira (20). As blitzen vão acontecer na Zona Sul de Natal envolvendo as avenidas Roberto Freire, Ayrton Senna, Via Costeira, Rota do Sol e outras áreas e terá um caráter móvel, com abordagens em diferentes pontos da capital.

Segundo o chefe de gabinete do Detran, Manuel Ferreira, o objetivo é evitar a ocorrência de acidentes de trânsito envolvendo condutores alcoolizados. “Esperamos alcançar o que ocorreu em momentos anteriores, quando não aconteceram ocorrências no momento em que a operação estava sendo realizada. Se você for beber eleja o motorista da rodada ou volte de táxi. Você resguarda a sua vida, a dos amigos e a dos pedestres de uma forma geral”, alertou.

De janeiro a setembro deste ano a Coordenadoria de Educação e Fiscalização de Trânsito do Detran/RN autuou 2.541 motorista nas barreiras da Lei Seca. Deste total, 12,04% não portavam a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no momento da abordagem ou não possuíam o documento que permite dirigir veículo automotor.

Já 24,67% dos condutores advertidos, além das punições administrativas previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), vão responder a processo criminal por ser averiguado que o índice de álcool por litro de sangue no organismo era igual ou superior 0,34 mg/l, o que configura crime de trânsito.

As equipes do Detran e do CPRE contam também com apoio de uma Delegacia Móvel, que é deslocada para os locais de realização das barreiras. A Polícia Civil vem participando da Operação com um grupo composto por delegado, agentes e escrivães.

Assessoria Detran RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. NETO disse:

    e nós da Zona Norte, sempre escapando,. como é bom morar por aqui!
    a gente bebe numa legal e não tem ninguém pra perturbar. BELEZA!

Greve dos rodoviários segue em Natal e população desabafa nas redes sociais

Terminou sem acordo a audiência no TRT na manhã desta quarta-feira(18) entre sindicato dos rodoviários e empresários, com isso, a paralisação da categoria segue causando prejuízo ao usuário e diversos segmentos da cidade. O encontro em porta fechada contou com a participação de representantes da Prefeitura do Natal e Advocacia Geral da União (AGU). O que se sabe até o momento é que o desembargador Carlos Newton Pinto sugeriu reajuste superior à inflação e o sindicato patronal disse que não tem condições de acatar. Segundo informações da Tribuna do Norte, a sugestão apresentada pelo desembargador foi que o Seturn concedesse o reajuste com base na inflação e 1,5% a mais, o que resultaria em um reajuste de aproximadamente 7,3% nos salários atuais dos motoristas e cobradores. O Seturn, por outro lado, disse que não havia a possibilidade de conceder o benefício sem que houvesse desoneração tributária ou reajuste na tarifa.

Untitled-3 Untitled-4Reprodução: Twitter

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Afra Andrade disse:

    Acho legítimas as GREVES já que o poder público mostra-se, ao meu ver, NEGLIGENTE. Somos a sétima maior potência econômica do planeta, então baixem os salários e exclua as bonanças da miserável classe política e sobrará dinheiro para valorizar os servidores e serviços públicos. TOME GREVE! CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE! EU ACHO É POUCO! É PEIA! TOMEM CHÁ!

  2. Michel disse:

    Por que o governo do estado não estuda a possibilidade de termos um metrõ, ao inves disso temos que sofrer com essa greve.

Carlos Eduardo muda de ideia e mantém Secretaria da Mulher

Após a polêmica provocada em torno da extinção da Secretaria Municipal da Mulher, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) mudou de ideia e resolveu manter a pasta.

Em reunião na manhã de hoje com as vereadoras Eudiane Macedo (SDD), Eleika Bezerra (PSDC) e Júlia Arruda (PSB) e os vereadores Júlio Protásio (PSB) e Hugo Manso (PT), além da deputada Fátima Bezerra (PT), o prefeito prometeu rever o posicionamento.

Em vez de extinguir a autarquia, Carlos transformará em Secretaria Especial da Mulher, que funcionará nas dependências da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Na prática, vai diminuir os custos com aluguel de prédio próprio e reduzir a estrutura, mas a Secretaria continuará tendo representante. A pasta será subordinada ao Gabinete Civil.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Dias disse:

    Agradecem os Vereadores e suas pencas de ASPONES cujos salários dependiam da existência dessa nulidade.

  2. paulo kasinsk disse:

    Menos mau, prefeito Dom Carlos Eduardo Alves. Fui um dos que apontaram o que seria um erro desta administração. Rever conceitos é uma forma de inteligência, só quem não muda é poste. Em nome da boa coerência, só me resta lhe enviar esta raridade: parabéns!

Sinte-RN mantém greve e fala em "autoritarismo e desrespeito do governo Rosalba"

Em assembleia realizada na manhã dessa segunda-feira (10), os trabalhadores em educação da rede estadual decidiram manter a greve até que o governo cumpra com suas responsabilidades. “Até o SINTE/RN e a categoria comunicarem o encerramento da paralisação, o movimento está mantido e continuará somando forças em defesa da educação pública e contra o autoritarismo e o desrespeito do governo Rosalba”, declarou a coordenadora geral Fátima Cardoso.

Segundo nota publicada pelo sindicato, “não obstante em prejudicar a categoria com o não cumprimento dos acordos firmados em 2013, a SEEC tem se utilizado de estratégias vergonhosas para tentar descredenciar o SINTE/RN perante a população”.

A secretária Betânia Ramalho criticou recentemente o fato do SINTE/RN veicular anúncios nos jornais e na TV em horário nobre “equivocando a opinião pública”, classificou o sindicato. “A posição da secretária não surpreende, os comunicados à população emitidos pelo Sindicato tem denunciado os desmandos do governo e minado a pouca credibilidade da propaganda milionária que tenta mascarar a realidade com peças muito bem produzidas, mas que não condizem com a realidade”, finalizou a nota.

Na internet, a mobilização da categoria se torna cada vez mais expressiva. A página do SINTE/RN no Facebook tem quase 5 mil seguidores e o vídeo de deflagração da greve já foi visto por mais de 60 mil internautas.

Sinte-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Aurélio disse:

    Professor é tão valorizado que chega a dar pena. Basta vermos qualquer edital de concurso para nível médio que já percebemos como é valorizada a profissão de Professor. Como exemplo próximo, cito o edital do concurso de Macau/RN que se encontra aberto:Professor de Ciências – Nível Superior Licenciatura Plena
    em Ciências Naturais, ou em Ciências Biológicas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC – 1.254,15
    Professor de Educação Física – Nível Superior Licenciatura Plena em Educação Física, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC – 1.254,15
    Professor de Geografia – Nível Superior Licenciatura Plena em Geografia ,
    fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC – 1.254,15
    Técnico em Cadastro Imobiliário – Curso de Técnico em Contabilidade + registro no conselho competente – 1.866,65
    Técnico em Edificações – Curso de Técnico em Edificações + registro no conselho competente – 1.993,28
    Técnico em Recursos Pesqueiros – Curso de Técnico em Recursos Pesqueiros – 1.866,65
    COMPAREM E VEJAM A DISPARIDADE
    EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO No 001 / 2014 ANEXO I NO DE VAGAS PARA OS CARGOS DO CONCURSO PÚBLICO
    Advogado – Curso Superior em Direito + OAB – 3.000,00
    Assistente Social – Curso Superior em Serviço Social + registro no conselho Competente – 2.183,93
    Dentista – Curso Superior em Odontologia + registro no conselho competente – 3.630,00
    Enfermeiro – Curso Superior em Enfermagem + registro no conselho competente – 3.630,00
    Engenheiro Civil – Curso Superior em Engenharia Civil + registro no conselho Competente – 3.500,00
    Médico Clínico Geral – Curso Superior em Medicina + registro no conselho Competente – 9.000,00
    Médico Veterinário – Curso Superior em Medicina Veterinária + registro no conselho competente – 3.500,00
    Nutricionista – Curso Superior em Nutrição + registro no conselho competente – 2.200,00
    Psicólogo – Curso Superior em Psicologia + registro no conselho competente – 2.200,00
    Técnico de Nível Superior – Meio Ambiente – Curso Superior em Gestão Ambiental – 2.200,00
    Agente Fiscal de Tributos – Curso Superior em Contabilidade e/ou Curso Superior em Administração e/ou Curso Superior em Economia + registro no conselho competente
    2.349,25
    ESSE DISCURSO DE VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO TEM SIDO "CONVERSA PRA BOI DORMIR". Pois somente com a instituição do PISO NACIONAL, com a luta contra de vários Governadores e Prefeitos, inclusive o do RN, é que se vislumbrou um MÍNIMO de remuneração para os degredados filhos de Eva.

  2. caio fábio disse:

    A "greve" é casuística, e representa somente a meia dúzia de sindicalistas que não querem e nem gostam de trabalhar, os verdadeiros professores estão dando aulas.

Sesap garante continuidade dos serviços do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia

Funcionando desde abril sob a gestão de um interventor designado pelo Estado, o Hospital da Mulher Parteira Maria Correia, em Mossoró, passará a ser gerido pelo Governo do Estado, a partir da próxima segunda-feira (28).

Nesta fase de transição, foram convocados, em agosto, 221 aprovados no concurso público de 2010 para trabalhar na unidade hospitalar, os demais profissionais necessários para os serviços administrativos estão sendo remanejados de outras unidades. Além disso, a coordenadora de Operações de Hospitais e Unidades de Referência (Cohur), Camila Costa, explica que para a complementação do quadro de pessoal, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) está, em caráter emergencial, realizando um mutirão para renovação dos contratos de especialidades médicas não contempladas no concurso, bem como de serviços terceirizados responsáveis pela higienização, manutenção, segurança, entre outros.

“Por não ter no quadro efetivo da Sesap algumas especialidades como intensivista em neonatologia e intensivista de UTI adulto, não contempladas também no concurso, estão sendo renovados os contratos para não haver a descontinuidade dos serviços. A Sesap está ciente de suas responsabilidades constitucionais, no que se refere à preservação do direito do usuário aos serviços de saúde pública e reitera seu compromisso com a continuidade dos serviços prestados pelo Hospital da Mulher Parteira Maria Correa”, enfatizou Camila Costa.

De acordo com Camila Costa, os serviços essenciais e as partes contratuais para manutenção dos principais serviços do Hospital da Mulher já estão bem encaminhados e os recursos humanos para funcionamento das UTIs, enfermarias e centro cirúrgico já estão garantidos. “A própria direção do hospital está bem empenhada e atua, em parceria com a Secretaria, no sentido de manter a continuidade dos serviços prioritários, mesmo que haja alguns entraves no processo burocrático”, destaca.

Atualmente a unidade dispõe de 09 leitos de UTI Adulto, 10 de UTI Neo Natal, 07 de Cuidados Intermediários Neonatal, 03 de Pré-parto, Parto e Pós-parto, além de 33 leitos de internamento e duas salas de cirurgias. De acordo com Camila Costa, há um projeto para que no futuro o hospital venha a receber mais 01 UTI Pediátrica, 03 leitos de Cuidados Intermediários Neonatal, 05 de Pré-parto, Parto e Pós-parto e 30 leitos obstétricos.

HISTÓRICO – A referida unidade hospitalar foi implantada em 9 de março de 2012, para responder a um quadro de total desassistência da população da Região Oeste e Vale do Açu no tocante aos serviços de obstetrícia e neonatologia, com graves consequências sobre os índices de mortalidade materna e neonatal nas referidas regiões. Desde então, o Hospital da Mulher vem prestando atendimento de excelência a parturientes e recém-nascidos de 72 municípios. Somente no ano de 2012, foram realizados 1.117 partos e 8.546 atendimentos. Por ocasião da impetração de Ação Civil Pública pelo Ministério Público Estadual, o Governo do RN concordou com a alternativa de intervenção na unidade hospitalar com vistas à manutenção e garantia dos serviços prestados à população e ao pagamento dos profissionais, prestadores de serviços e fornecedores. O Hospital da Mulher se encontra em pleno funcionamento desde a intervenção.