Guardas caem com carro dentro de um rio ao perseguirem ladrões em Guamaré

Rafael Barbosa Do G1 RN

Dois guardas municipais da cidade de Guamaré, distante 165 quilômetros de Natal, caíram com a viatura dentro do Rio Aratuá, durante uma perseguição a um grupo de supostos assaltantes de banco na madrugada desta quinta-feira (30). Um dos guardas conseguiu saltar do carro e escapou sem ferimentos. O outro só foi encontrado quando o dia amanheceu. Ele passa bem, segundo informações da Polícia Militar.

De acordo com o sub-tenente Luiz Carlos, comandante do policiamento de Guamaré, a viatura da Guarda Municipal ultrapassou uma barreira de cimento para atravessar um dique sobre o rio, que fica na saída da cidade. “Eles perderam o controle e caíram na água”, disse o PM. Depois da perseguição, os suspeitos conseguiram fugir.

O sub-tenente contou também que os criminosos estavam em dois veículos – um Vitara e um Sandero – que cruzaram pelos guardas e começaram a atirar. Ainda segundo o comandante, os oito homens que estavam nos dois automóveis já haviam rendido um vigia noturno no momento em que se depararam com a viatura da Guarda Municipal. “O vigia contou que o bando questionou sobre o número de policiais que a cidade dispõe”, revelou o PM.

Assalto a banco

A polícia acredita que a quadrilha tinha intenções de realizar um assalto à agência do Banco do Brasil de Guamaré. “É o maior estabelecimento da cidade. Eu acredito que, pela quantidade de envolvidos, não seria uma ação de pequeno porte. Hoje (quinta-feira) é dia de pagamento dos funcionários da Prefeitura de Guamaré, do Governo do Estado e das empresas que trabalham para a Petrobras na extração de petróleo na região”, informou o sub-tenente Luiz Carlos.

A Polícia Militar realiza diligências pela região na tentativa de localizar os suspeitos