HORROR: Ataque de piranhas na Argentina deixa 60 feridos; bebê teve fratura exposta

Mais de 60 pessoas ficaram feridas em um ataque de piranhas em Rosário, na Argentina, dentre elas uma menina de sete anos que teve parte de seu dedo amputado e um bebê que sofreu fratura exposta. A maior parte dos ferimentos, no entanto, foi de mordidas nos braços e pernas. As autoridades montaram uma operação para evitar que outros banhistas desavisados entrassem na água ao longo do dia.

O ataque de piranhas-vermelhas e da espécie Serrasalmus spilopleura aconteceu ao meio-dia em uma praia no rio Paraná, ao longo de um calçadão em Rosário – que na hora do ataque registrava de 38 graus. Segundo especialistas, as piranhas são bastante comuns no local, mas costumam ficar mais agressivas durante períodos de altas temperaturas. Os animais são carnívoros e costumam ser atraídos por sangue ou ferimentos. Alguns chegam a atacar a própria espécie.

O Globo