Rogério Marinho diz que juiz que ofendeu governo e ministros “desonra a profissão com linguagem chula”

Foto: Reprodução/Twitter

O Secretario Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, Rogério Marinho, responsável pelo reforma trabalhista de Michel Temer, comentou as ofensas do juiz Jerônimo Azambuja Franco Neto ao governo brasileiro e ministros, segundo o qual vivemos numa “merdocracia neoliberal neofascista”.

“Eu diria que militantes em regra são mais educados, esse Juiz desonra a profissão com linguagem chula e escatológica”, disse Rogério Marinho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giba disse:

    Quem és tu Rogério Marinho pra reclamar de alguém seu fim político acabou aqui no RN, vá puxar o saco do banqueiro Guedes que é o melhor que você faz,

  2. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    A verdade dói e ponto final.

  3. Francisco disse:

    E A LINGUAGEM DO SEU PRESIDENTE, SEUS FILHINHOS INDUCADOS, DO SINISTRO DA INDUNCASSÃO, ORVALHO DA CAVALO E DEMAIS MINISTROS ALOPRADOS (INCLUINDO DAMARES)?
    JACARÉ PARECE NÃO QUERER OLHAR PRO PRRRÓPRIO RABO, NÉ NÃO ROGÉRIO?

    • Espelho Invertido disse:

      Aiiimmm a linguagem do homem que exige ação das "mulheres do grelo duro" é um ótimo exemplo não? A linguagem da fantoche colocada na presidência que faliu a loja de R$ 1,99 também é elogiável. Interessante como os zumbis amestrados continuam vendo os outros, sem lembrar dos ídolos deles.

Ucrânia não descarta ataque com míssil a avião que caiu em Teerã

FOTO: WANA NEWS AGENCY

O governo ucraniano não descarta a hipótese de o avião civil, que transportava 176 pessoas e que caiu nessa quarta-feira (8) na capital iraniana, ter sido atingido por um míssil russo.

O secretário de Segurança de Kiev disse que está analisando vários cenários, como um ataque terrorista, a explosão do motor ou a possibilidade de o boeing ter sido alvo de um míssil antiaéreo.

Os investigadores ucranianos pretendem fazer buscas no local da queda do aparelho, à procura de destroços de um míssil.

O secretário de Segurança da Ucrânia, Oleksi Danylov, informou que participam do inquérito peritos que estiveram envolvidos na investigação da queda do voo MH17, da companhia aérea da Malásia, avião que foi abatido em 2014 por um míssil terra-ar disparado por separatistas russos em território ucraniano. O desastre provocou a morte a 298 pessoas.

Na análise do jornalista José Milhazes, especialista da Antena 1 para assuntos do Leste Europeu, a resposta estará nas caixas-pretas.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, decretou dia de luto nacional, em homenagem às 176 pessoas mortas. Ele prometeu apurar toda a verdade sobre a tragédia.

Canadá

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse que os canadenses merecem uma resposta sobre as causas do acidente aéreo em Teerã, capital iraniana. Morreram na queda do avião 63 canadenses.

Luto nacional

O governo ucraniano decretou hoje luto nacional pelas vítimas do acidente aéreo perto de Teerã, a maior catástrofe desse tipo na história recente do país.

“A fim de honrar a memória dos mortos, o presidente decretou que as bandeiras sejam baixadas a meio-mastro nos órgãos estatais, regionais, empresariais, estaduais e governamentais”, diz comunicado.

Zelensky prometeu uma investigação completa e independente das causas do acidente. “É uma prioridade para a Ucrânia estabelecer as causas”, acrescentou.

RTP – Emissora pública de televisão de Portugal

 

Quem era o general iraniano morto em ataque dos Estados Unidos

Qassem Soleimani, em foto de 2016 Office of the Iranian Supreme Leader/AP

Qasem Soleimani, general morto em um ataque aéreo americano em Bagdá na noite de quinta (2), era conhecido como um dos homens de maior poder no cenário iraniano. O homem de 62 anos, de baixa estatura e comportamento silencioso, chefiava a unidade Quds, da Guarda Revolucionária, e era apontado como o mentor das estratégias militares do país.

Soleimani era próximo do líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei. Ele sobreviveu a várias tentativas de assassinato nas últimas décadas. Sua morte deve aumentar ainda mais a tensão entre Irã, Iraque e Estados Unidos. Ao estender o alcance militar do país, em conflitos como os da Síria e do Iraque, passou a ser idolatrado por partidários iranianos. Para especialistas na região, ele tinha mais influência diplomática que o ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif.

Na terça-feira, militantes pró-Irã invadiram uma parte da embaixada americana em Bagdá em represália a ataques aéreos dos EUA que deixaram 25 integrantes das milícias paramilitares mortos.

Em abril de 2019, os Estados Unidos designaram a Guarda Revolucionária do Irã como uma organização terrorista. Foi a primeira vez que Washington rotulou formalmente uma unidade militar de outro país como terrorista.

A Guarda Revolucionária Iraniana é uma organização criada após a Revolução Islâmica de 1979.

Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Ele só executou isso:

    – Irã atacou as refinarias de petróleo sauditas.

    – Irã sequestrou petroleiro britânico.

    – Irã derrubou drone americano de US$220 mi em águas internacionais.

    – irã atacou a embaixada dos EUA no iraque.

    E é Trump que está causando a terceira guerra mundial?

    Trump tem razão.

Petróleo sobe mais de 4% após ataque dos EUA matar chefe de força de elite do Irã

Os contratos futuros do petróleo subiam cerca de 3 dólares nesta sexta-feira, depois que um ataque aéreo dos Estados Unidos em Bagdá matou o chefe da força de elite Quds, do Irã, provocando preocupações sobre a escalada das tensões regionais e a interrupção do fornecimento de petróleo.

O petróleo Brent subia 2,95 dólares, ou 4,45%, a 69,2 dólares por barril, às 8:19 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 2,62 dólares, ou 4,28%, a 63,8 dólares por barril.

Um ataque aéreo no aeroporto de Bagdá matou o major-general Qassem Soleimani, arquiteto da crescente influência militar do Irã no Oriente Médio e um herói entre muitos iranianos e xiitas da região.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse que uma dura vingança aguarda os “criminosos” que mataram Soleimani.

“Esperamos que confrontos de nível moderado a baixo durem pelo menos um mês e provavelmente fiquem limitados ao Iraque”, disse Henry Rome, analista do Irã na Eurasia.

A embaixada dos Estados Unidos em Bagdá pediu nesta sexta-feira a todos os cidadãos norte-americanos que deixem o Iraque imediatamente devido à escalada nas tensões.

O Iraque, o segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), exporta cerca de 3,4 milhões de barris de petróleo bruto por dia.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    País é auto suficiente, injustificável para o consumidor brasileiro pagar aos acionistas da Petrobrás lucros de um conflito instantâneo. Vão roubar a mãe, bando de fdp.

  2. Verdade disse:

    Interessante que sobe na velocidade da luz e não baixa na velocidade do andar de uma tartaruga.

  3. Clodoaldo disse:

    4%??? Não deve subir menos que 10% nos postos! Falo de Natal!

Bolsonaro diz que ataque dos EUA no Iraque deve “impactar’ preço dos combustíveis no Brasil e tenta alternativa para “amenizar”

Foto: Adriano Machado

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (3) que o ataque dos Estados Unidos no Iraque, no qual foi morto o general iraniano Qassem Soleimani, “vai impactar” o preço dos combustíveis no Brasil.

A ação norte-americana foi ordenada pelo presidente Donald Trump. Soleimani, considerado um herói nacional e maior líder militar do país, chefiava a Guarda Revolucionária do Irã. De acordo com os EUA, o ataque aéreo em um aeroporto de Bagdá foi uma resposta a mortes de norte-americanos no Oriente Médio atribuídas pelo governo Trump às autoridades iranianas.

O preço do petróleo no mercado internacional reagiu de imediato e teve forte alta após o ataque. O Irã e o Iraque estão entre os maiores produtores mundiais.

Bolsonaro foi questionado por jornalistas que acompanharam sua saída do Palácio da Alvorada se avalia alguma medida para conter a subida dos preços dos combustíveis no Brasil.

“Que vai impactar, vai. Agora, vamos ver nosso limite aqui. Porque, se subir, já está alto o combustível, se subir muito complica. Agora, o que eu gostaria que vocês fizessem é que mostrasse para o povo duas coisas: primeiro que eu não posso tabelar nada. Pediram para tabelar carne. Já fizemos essa política de tabelamento no passado e não deu certo”, disse o presidente.

Bolsonaro informou que tentou falar sobre o impacto nos combustíveis na manhã desta sexta com o ministro da Fazenda, Paulo Guedes, e com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, mas ambos não atenderam o telefone.

Os jornalistas perguntaram a Bolsonaro se havia alguma alternativa, que não fosse o tabelamento, para amenizar uma possível alta no preço dos combustíveis. O presidente disse que vai “conversar com quem entende” para encontrar uma solução.

“Vou conversar com quem entende. O Brasil está dando certo porque eu não meto o bedelho em tudo. Busco informações”, concluiu.

Ele disse ainda que vai se reunir com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, para se informar sobre detalhes do ataque dos EUA.

“Tive algumas informações ontem [quinta-feira] à noite, de madrugada. Vou me encontrar agora com o general Heleno para me inteirar do que realmente aconteceu. Daí por diante, emitir o meu juízo de valor”, completou Bolsonaro.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Plínio disse:

    Pode perguntar a quem é dono de posto de gasolina.
    O governo do RN, aumentou a pauta PMPF, desde o dia 02/01/20. O aumento já está sendo praticado pelas distribuidoras, algo em torno de 10 centavos.
    Pra quem é militonto, petralha, cabe aqui um comentário sobre a já fracassada governdora Fátima Lula Bezerra.
    Vão lá petralhada na governadoria, e pergunte a cumpanheira.
    Que isso!!

  2. Verdade disse:

    Dolarize tudo e arrocha o colorau Miiiito. Os seus seguidores gostam desse teu jeito de ajudar.

  3. JBBatista. disse:

    A alternativa é andar a pé e os políticos de carros blindados pagos por nós otários

    • Anti-Político de Estimação disse:

      e ainda aplaudindo e idolatrando esses "mitos" e "heróis", kkkkkkkkkkkkkk

  4. Santos disse:

    Tudo é motivo pra aumentar os preços dos combustíveis.

    • Minion de Peixeira disse:

      Tudo é o preço do Brent e do Dólar. Quando eles caíram no ano passado o preço nas bombas também caiu.

    • Hebert disse:

      Onde foi que caiu que eu não vi isso!?

Irã promete ‘vingança’ após morte de general em ataque dos EUA

Foto mostra veículo em chamas após ataque contra o Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque — Foto: AI do Primeiro Ministro do Iraque via AP

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e o presidente iraniano Hassan Rouhani falaram em vingança nesta sexta-feira (3) por causa da morte de Qassem Soleimani, chefe de uma unidade da Guarda Revolucionária iraniana. O general foi vítima de um ataque aéreo americano no Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque, na quinta (2).

O Pentágono informou que o bombardeio tinha a missão de matar o general iraniano e foi uma ordem do presidente Donald Trump.

“O martírio é a recompensa por seu trabalho incansável durante todos estes anos (…) Se Deus quiser, sua obra e seu caminho não vão parar aqui e uma vingança implacável espera os criminosos que encheram as mãos com seu sangue e a de outros mártires”, afirmou o aiatolá Khamenei em sua conta no Twitter em farsi.

Em comunicado divulgado pela TV, Ali Khamenei declarou que “todos os inimigos devem saber que a jihad de resistência continuará com uma motivação dobrada, e uma vitória definitiva aguarda os combatentes na guerra santa”. O Irã geralmente se refere a países e forças regionais opostos a Israel e aos EUA como uma frente de “resistência”.

Qassem Soleimani, de 62 anos, era general da Força Al Quds, unidade especial da Guarda Revolucionária, e apontado como o cérebro por trás da estratégia militar e geopolítica do país. Ele era muito próximo do líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e sobreviveu a diversas tentativas de assassinato nas últimas décadas.

Sob liderança de Soleimani, o Irã reforçou o apoio ao Hezbollah (no Líbano) e outros grupos militantes pró-iranianos, expandiu a presença militar do Irã no Iraque e na Síria e organizou a ofensiva da Síria contra grupos rebeldes durante a guerra civil que assola o país.

‘Vingança’

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, disse que agora o país estará mais determinado a resistir aos EUA e também prevê vingança.

“O martírio de Soleimani tornará o Irã mais decisivo para resistir ao expansionismo americano e defender nossos valores islâmicos. Sem dúvida, o Irã e outros países que buscam a liberdade na região se vingarão”, afirmou Rouhani.

O ex-comandante da Guarda Revolucionária do Irã Mohsen Rezaei prometeu “vingança vigorosa contra a América” pelo assassinato de Qassem Soleimani.

“Suleimani se juntou a seus irmãos martirizados, mas nos vingaremos vigorosamente dos EUA”, disse Rezaei, que agora é secretário de um órgão estatal.

A morte do general iraniano é uma “escalada extremamente perigosa e imprudente”, advertiu o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif.

O ataque

O bombardeio americano teve como alvo um comboio de veículos dentro do perímetro no Aeroporto Internacional de Bagdá e matou pelo menos sete pessoas, de acordo com fontes das forças de segurança iraquianas. Entre as vítimas, está Abu Mahdi al-Muhandis, chefe das Forças de Mobilização Popular do Iraque, milícia apoiada pelo Irã.

Os dois serão enterrados no sábado. Iraque e Irã decretaram três dias de luto.

A embaixada dos Estados Unidos em Bagdá recomendou a seus cidadãos que deixem o Iraque “imediatamente”.

Alta no petróleo

A notícia do ataque provocou uma alta dos preços do petróleo na Ásia. O petróleo iraniano está submetido a sanções americanas desde que o presidente Donald Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear de 2015.

Acrescente influência de Teerã no Iraque, o segundo maior produtor da Opep, gera o temor entre os especialistas de um isolamento diplomático e de sanções políticas e econômicas.

G1

Suspeito de ataque ao Porta dos Fundos é filiado ao PSL desde 2001; armas e mais de R$116 mil em dinheiro apreendidos

Eduardo Fauzi, identificado nesta terça (31) pela Polícia Civil do Rio como suspeito pelo ataque ao Porta dos Fundos, é filiado ao PSL desde 2001.

A informação consta dos registros do TSE.

Armas e dinheiro na casa de suspeito de autoria do atentado ao Porta dos Fundos

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio divulgou fotos do material apreendido na casa de Eduardo Fauzi, suspeito de ser o autor do atentado à produtora do Porta dos Fundos.

Foram apreendidos R$ 116 mil em notas, além de computadores, um HD externo, armas de airsoft e duas adagas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LUIZ MARCOS disse:

    Interessante que sempre que encontram um malfeitor, um bandido vinculam a um partido político. Isso só reforça o verdadeiro objetivo dos partidos/dovididos/. Assim foi com Adélio, com o Lula e outros. Ora, bandido, ladrão ou qualquer outro crime devem ser julgado e se errados condenados. Aliás tem que se preocupar. Tem o STF pra soltar. O chato é a fama. Mas, afinal tem que ter o preço. Literalmente.

  2. Maria disse:

    Por que será que os seguidores do novo Cristão Bolsonaro e sua família envolvida com Milicianos do RJ, estão constantemente envolvidos em notícias de agressões, violência e ataques furiosos contra aqueles que odeiam e alimentam sua fúria incontida pela banalização do mal de um Governo que sinaliza com seu apoio e não faz uma declaração contrária, que contenha uma mensagem de paz, conciliação e convivência pacífica na diversidade, com respeito as diferenças?

    • Bia disse:

      E voce acha que nos governos Sarney, Itamar, Lula, Dilma ou Temer nao teve atos de intolerancia?
      Se vc acredita qie nao, eh porque nao viveu nesses governos.

  3. Ujuara disse:

    Tudo patrocinado pelos esquerdopatas com o intuito de jogar a culpa na direita. O erro: esse esqueceu de cobrir o rosto. É a velha máxima: "NÃO EXISTE CRIME PERFEITO"!

  4. Delano disse:

    Será se conseguirão encontrar os responsáveis pelo ataque a loja havan em sp hoje?

    • Bicha bixerrima potiguar disse:

      Foi alguém da propria direita para criar clima de vitimazação…. bem como Hitler fazia na alemanha nazista, esse filme o mundo ja viu.

VÍDEO: Homem salva menino de 5 anos de ataque incensante de pitbull no Rio de Janeiro

ASSISTA VÍDEO AQUI em texto na íntegra

Um homem tem sido chamado de herói desde a última quinta-feira depois de salvar um menino de 5 anos de um ataque de pitbull na Zona Norte do Rio de Janeiro. Patrick do Céu contou que ao ver o menino sendo atacado, só conseguiu pensar na sua filha e por isso agiu tão rápido.

Imagens de câmeras de segurança mostram a criança passando com a babá quando o cachorro começa a atacar. A mulher tenta afastar o cão, mas sem sucesso. Patrick então entra em cena e começa a lutar para que o pitbull soltasse a criança.

Quando finalmente conseguiu afastar o cachorro do menino, Patrick o colocou em cima de um carro. O cão então voltou os ataques a ele e ele próprio subiu no veículo para fugir.

Ao jornal “Extra” ele contou que não teve esta atitude para ser chamado de herói e sim porque lembrou de sua filhinha. “Não sou herói, longe disso. Quando vi o que estava acontecendo, só consegui pensar na Lara. Fiz por aquele menino o que eu faria por ela. Não pensei em mim em nenhum momento, só queria fazer com que ele ficasse seguro. Agi por instinto”.

Segundo ele, o cão não é de ninguém da vizinhança e apareceu naquele mesmo dia do ataque. “Quando ele chegou eu nem queria que ele ficasse por perto, porque sei que o pitbull pode ser perigoso. Mas depois dei água, ração e carinho porque achei que algum dono poderia estar procurando por ele. Quando ele se agitou ao ver a criança, pedi pra todo mundo tentar não demonstrar medo, mas ele avançou. Foi quando corri pra fazer alguma coisa”.

O animal foi levado pelo Corpo de Bombeiros e o dono ainda não foi identificado. Patrick, a babá e a criança foram ao hospital para tratar os ferimentos do ataque. De acordo com o “Extra”, o menino teve ferimentos em várias partes do corpo e levou cinco pontos no pescoço, a babá ficou com um machucado no braço por conta da queda e Patrick levou um ponto na mão, e teve ferimentos nas pernas e braços, causados pelas mordidas.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SHUBUGO disse:

    Parabéns , é sim um herói

  2. Flavio disse:

    A raça é perigosa de fato, é ter cuidado e adestrar de forma carinhosa, porém todo cuidado é pouco. Semana passada, meu amigo aqui da Zn foi atacado por um Pitbull e levou uma mordida nós órgão genitais (ovos) e levou cinco pontos, qdo ia entrar na casa de um parente o cachorro o atacou. Portanto quem tem um tem que ter cuidado.

  3. ABC disse:

    Essa raça deveria ter sido eliminada, não existe Pitbull manso, isso já comprovado, é uma máquina de matar.

  4. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Herói de verdade.
    Não sei se teria tanta coragem.
    Parabéns Patrick.

  5. Maria disse:

    Isso é heroísmo que dar gosto de ver. parabéns belo rapaz. Que Deus te proteja.

Itamaraty nega envolvimento brasileiro em ataque a bases militares na Venezuela

Foto: BRUNO MANCINELLE / AFP

O Ministério das Relações Exteriores negou, nesta segunda-feira, qualquer envolvimento brasileiro nos ataques a bases militares venezuelanas ocorridos no domingo, que deixaram um militar morto e outro ferido. A resposta veio depois que o ministro da Comunicação venezuelano, Jorge Rodríguez, acusou o Brasil de dar apoio aos grupos responsáveis pelos ataques a unidades militares no sul do país.

No Twitter, Jorge Rodríguez disse que os responsáveis pelo ataque “treinaram em acampamentos paramilitares amplamente identificados na Colômbia e receberam a colaboração desonesta do governo de Jair Bolsonaro”.

Rodríguez revelou que seis pessoas foram detidas e que algumas armas foram recuperadas: 83 fuzis AK-103, 60 granadas, um lançador de foguetes, uma bazuca, uma metralhadora e seis caixas de munição. Há uma operação em andamento para tentar capturar os demais responsáveis e reaver o armamento. Ao todo foram levados 112 fuzis, 120 granadas, três lançadores de foguetes, três metralhadoras, dez bazucas e dez caixas de munição.

Os ataques ocorreram na madrugada de domingo, quando um grupo de cerca de 12 indígenas da etnia pemón, liderados por um oficial desertor das Forças Armadas, atacou uma base de infantaria na região de Gran Sabana, no estado de Bolívar, que faz fronteira com o Brasil. Além das armas eles levaram um caminhão e fizeram um refém. Depois atacaram dois postos policiais na região, onde roubaram mais armas antes de tentar atacar mais uma guarnição militar, desta vez sem sucesso.

Na cidade de Luepa houve confronto com civis e militares, resultando na morte do soldado. Há relatos de que pelo menos um sargento tenha sido levado como refém. Segundo o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, a ação foi realizada por “setores extremistas da oposição”.

Relação difícil

No dia 14 de dezembro, o governo de Nicolás Maduro acusou dois parlamentares da oposição, Yanet Merín e Fernando Orozco, de tentar um golpe contra o presidente, algo que teria ocorrido com o apoio do presidente autoproclamado Juan Guaidó. De acordo com a versão oficial, o plano incluía a tomada de dois quartéis no estado de Sucre, algo que seria o primeiro passo para ações semelhantes em unidades em Caracas e outras regiões.

Outrora aliados, as relações entre Brasil e Venezuela mudaram de cara depois do impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2016, e a chegada de Michel Temer ao poder. Com a eleição de Jair Bolsonaro, o Brasil reconheceu Juan Guaidó como presidente venezuelano e agiu para efetivamente isolar Nicolás Maduro.

O primeiro contato direto entre os dois governos só aconteceu em novembro, em meio à invasão da embaixada do país em Brasília. Na ocasião, o encarregado de negócios Freddy Meregote se encontrou com Maurício Correia, coordenador-geral de Privilégios e Imunidades. Isso em meio a uma crise migratória na fronteira do estado de Roraima com a Venezuela, com milhares de pessoas fugindo da grave situação econômica e social enfrentada pelo país.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    IGUAL A HISTÓRIA DO ÓLEO DERRAMADO NO MAR, QUE disseram que tinha sido "a" e depois "b", E ATÉ HOJE, COM TODOS OS RECURSOS E TECNOLOGIA, NÃO SE SABE QUEM FOI E NEM DE ONDE VEIO. OU NÃO QUEREM DIVULGAR A VERDADE E ESTÃO DEIXANDO O TEMPO PASSAR PRA CAIR NO ESQUECIMENTO.
    SHELL

  2. Pedro disse:

    Maduro está igual ao pateta e aos petistas, desacreditado, sem moral, dinheiro (isso nove dedos tem), e precisando de uma boa surra e correr igual ao outro amigo do peito "Evo Morales", enfim, a história reserva para vcs um fim trágico. O socialismo bacana de vcs, já desapareceu faz tempo e as derrotas recentes vão levar vcs mais ainda para o buraco.

  3. Carlos disse:

    Se teve envolvimento brasileiro, aí eu digo Só Faltava essa para completar as loucuras desse governo de vcs. Mas se for verdade, tudo bem, a turma Bolsonaro tem armas e coragem, pois eles que devem ir na linha de frente do combate, os quatro patetas, de uma coisa tenho certeza eles têm habilidades com armas, cresceram e são íntimos de milicianos e por isso que devem ir na linha de frente nos próximos combates, que com certeza, os venezuelanos não deixar barato.

    • Bruno disse:

      Será que não seria mais racional, você dizer que quem está fazendo isso, embora eu não concorde, está tentando salvar a população desse governo ditador, miserável, apoiado por lulaladrão. ?

PF indicia por associação criminosa todos os presos por ataque hacker contra autoridades

Foto: Reprodução/Internet

A PF indiciou por associação criminosa todas as seis pessoas presas pela invasão de celulares de autoridades, informa Mateus Coutinho na Crusoé.

Walter Delgatti Neto, Thiago Eliezer Martins, o DJ Gustavo Elias Santos e o motorista de Uber Danilo Cristiano Marques também irão responder por invasão de dispositivos telemáticos e interceptações, acusação que não foi feita a Suelen Priscila de Oliveira e Luiz Henrique Molição.

 

‘Quem apoia Bolsonaro tem desvio de caráter’, diz presidente da OAB

Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, fez suas mais fortes críticas a Jair Bolsonaro há pouco, em um café da manhã com jornalistas, na sede da Ordem, em Brasília.

Santa Cruz afirmou que quem apoia o governo “tem desvio de caráter”, e disse “não duvidar” da participação da família Bolsonaro no caso Marielle.

“Quem apoia o governo Bolsonaro tem desvio de caráter. São ideias racistas, homofóbicas e machistas. Os piores sentimentos da sociedade brasileira. Bolsonaro segue o manual do fascismo”.

Veja mais – Moro prega respeito pela OAB, e responde crítica do presidente Santa Cruz: “postura de militante político-partidário”

Indagado sobre a possibilidade de algum integrante da família Bolsonaro ter envolvimento com o caso Marielle Franco, respondeu Santa Cruz: “Não duvido”.

Santa Cruz afirmou que este é o pior momento na história da relação entre a OAB e o Ministério da Justiça. Ele disse não ser recebido por Sérgio Moro.

“Não tem diálogo nenhum. Na na ditadura isso acontecia”.

A política de segurança de Wilson Witzel também foi alvo do presidente da OAB: “Política de genocídio das populações da periferia“.

Guilherme Amado – Época

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Felipe disse:

    Esse vagabundo deveria ir para a guilhotina… deveria passar pelo menos umas 10 vezes a mais que o vagabundo do pai dele… cacete nesse lixo.

    • Comprovação disse:

      Essa sua resposta só comprova o desvio de caráter que ele afirma.

  2. gilberto disse:

    Essa OAB depois dessa corja do PT virou um órgão político partidário. Não defende nada da classe .Faz o jogo sujo dessa corja do PT. Mau caráter é esse crápula desclassificado. Fora com essa carniça.

  3. o lobo disse:

    Quem tem desvio de caráter é esse fdp, fascista comunista, que está denegrindo imagem da OAB. A varredura tem ser geral . Fora com essa pústula.

  4. Josivan disse:

    Quem apoia Bolsonaro é pilantra em último grau

  5. CURITIBA JÁ disse:

    Quem esse papudo???? mais um militonto???

  6. ERI disse:

    Bolsonaro, Lula, PSL, PT, stf, oab, mp, tce, al… temos que resetar o Brasil para sair desse discurso mequetrefe.

  7. ERI disse:

    lava a boca ladrão! Escória….esse car tem moral de falar de ninguém?

  8. Rodrigo Duarte disse:

    Pois é quem apoia o Bolsonaro não tolera roubalheira, para esse povo da OAB isso é inaceitável.

  9. Mauro Filgueira disse:

    ASSISTAM TROPA DE ELITE 1 E 2 E TIREM SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES SOBRE O PODER, A FORÇA, OS MÉTODOS E AS FORMAS DE AÇÃO E DE ESTORÇÃO DA SOCIEDADE DOS MILICIANOS, INCLUSIVE SE INFILTRANDO E APARELHANDO INSTITUIÇÕES PARA ATINGIR SUAS FINALIDADES DE DOMINAR OS TERRITÓRIOS TOMANDOS-OS DOS CRIMINOSOS PARA SUBSTITUÍ -LOS COBRANDO PEDÁGIO CARO, ESPALHANDO MEDO E TOCANDO O HORROR NOS MORADORES DE QUALQUER REGIÃO PIR ELES OCUPADA.
    FORAS DA LEI ARMADOS E COM APOIO DISSIMULADO DE DETERMINAFOS ÓRGÃOS E AUTORIDADES, CRIANDO UMA ESPÉCIE DEESTADO PARALELO QUE MATA AQUELES QUE NÃO SEGUEM SUAS DETERMINAÇÕES.

  10. Greg disse:

    "Quem apoia Bolsonaro tem desvio de caráter"…ai a pessoa vem falar de Lula, a pessoa acha que só existe 2 políticos no Brasil…vive num bolha…parabéns presidente da OAB…por achar que a pessoa odeia o Lula tem que ficar preso num maluco como Bolsonaro, eu não caio nessa.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Exatamente. Essa polarização só é interessante para os dois grupos de fanáticos, que se matam por essas figuras enquanto o fundão partidário, para citar só um exemplo mais conhecido, não para de crescer.

  11. Sandro disse:

    Cadê o cabo e o soldado que não fecharam o stf? Cadê a condenada juíza moro de saia por corrupção? Vocês só são contra os seus desafetos. No time de vocês podem pintar e roubar que vocês não falam nada.

  12. Dilma disse:

    Lógico, o escritório desse CANALHA tinha contratos milionários com a administração petralha, sem nunca ter participado de uma licitação, tudo caia como presente nas sua mãos, igualzinho aos que eram favorecidos, como os artistas pela lei Rouanet, sindicatos, ongs, mst, blogs e imprensa esquerdalha. Que é lamentável

  13. Silvia disse:

    Bolsonista revoltados

  14. carlúcio disse:

    Está coberto de razão, é assustador pessoas concordar com quem discrimina mulher, negro, pobre, índios, minorias, além de destruir o meio ambiente.

  15. JOSE MEDEIROS disse:

    Essa raiva todinha é porque deixou de advogar pra Petrobras e receber bons honorários ?

  16. Bento disse:

    A que ponto chegou a "OAB" .
    Escolher um individuo desse para presidir tão grandiosa instituição.
    Deselegante, parcial, mal intencionado e com muitos desvios de caráter.
    Como será que passou na prova da OAB.
    Você é pequeno, covarde, fraco de caráter, quando concluir o mandato vamos ver como você será lembrado..
    O outro que você ataca é simplesmente e somente Presidente do Brasil.

  17. LAMPIÃO disse:

    MAL CARÁTER É O SENHOR: UM HOMEM COMPROMETIDO COM O IMPÉRIO DAS TREVAS.

  18. Pedro disse:

    Como advoga ele é sofrido, como homem um trapo. Na verdade um sem moral.

  19. Th disse:

    Triste para um advogado ser obrigado, para trabalhar, a sustentar uma cambada dessas. É deprimente. Pode-se ser governo, ou ser oposição, mas isso não o credencia a vilipendiar a honra de milhares de advogados que pagam as suas mordomias e apoiam este governo, quer ele goste, quer não.

  20. Silvio. disse:

    Idiota.

  21. ALEX disse:

    O estilo do Ilustre presidente da OAB demonstra a origem da sua genética. O pai se dizia vitima da "ditadura", mas, ficou conhecido pelas ações contra a ordem pública. Na verdade quem apoia 100% qualquer politico deve rever tais conceitos. Agora, quem apoia 100% qualquer politico e ainda defende abertamente os crimes do colarinho branco aí deve ser considerado um criminoso ao ².
    Apoiar um ou outro governo, uma ou outra politica de Estado que tem por objetivo o bem da coletividade é algo sensato, razoável, independente da cor da sua bandeira.
    Verdade que um % da sociedade está entorpecida e prefere que o presidente que aí está, ou melhor, o país vá para o buraco.
    Será que é isso mesmo que o brasileiro nativo quer para o seu país!?
    É a falência do atual governo que nós queremos!?
    É a falência do atual governo que fortalece a necessidade de mudança da presidência!?
    Ou é a demonstração de capacidade e compromisso com o bem comum do país e de seus cidadãos que deve alimentar o interesse daqueles que querem governar no futuro!?

  22. João Dantas de lima disse:

    E quem apoia ladrão, chefe de quadrilha, condenado em 3º instância tem o que?

  23. Clidenor Pereira disse:

    Perdeu completamente a noção das palavras. Sou advogado e apoio sim o governo Bolsonaro. Desvio de caráter tem quem apóia o ex presidente Lula, já condenado pela justiça.

    • Marcelo disse:

      Sr. Advogado, nem todos os que desaprovam a Gestão do Sr. Presidente da República, é a favor do Sr. Ex presidente julgado e sentenciado em 2 estância, nós Brasileiros conscientes e não manipuláveis temos nosso discernimento de que o Brasil nunca esteve nem está no caminho correto, e não vislumbramos nenhum futuro chefe de estado que tenha características de Estadista.
      Por este motivo existe milhares de Brasileiros morando fora do Brasil, inclusive este que vos escreve, moro em lousane na Suiça a seis anos, tenho um padrão de vida de classe média aqui,(saúde, educação,lazer )de qualidade, coisa que no Brasil mesmo com minhas qualificações de Doutorado na conseguiria.
      No mais torço muito para que minha pátria um dia acorde e seja um lugar digno de se morar.
      Falo isso porque exerço sempre minha cidadania nas eleições presidenciais.
      Deus abençoe o Brasil

  24. Papa Jerry Moon disse:

    Honesto pra valer é quem apoia Lula e o PT.

  25. mauricio disse:

    desvio de caráter tem que aceita ele como presidente de uma instituição que ja foi respeitada pelo povo brasileiro, quem apoia bolsonaro são as pessoas de bem,honestas , que querem o melhor para o brasil, ele numca deu uma palavra sobre o assassinato da juiza de niteroi, porque?

  26. Xô PT disse:

    Caráter tem quem apoia LulaDrão!!!! Canalhas….kkkkkkk

Ciro Gomes: “Represento uma coisa muito diferente do lulopetismo corrupto”

Foto: Kleyton Amorim/UOL

Em entrevista a Andréia Sadi exibida ontem à noite pela GloboNews, Ciro Gomes voltou a atacar Lula.

O pedetista afirmou que não faria campanha pelo ex-presidiário — mas também não recusaria um eventual apoio.

“Não [faria campanha por Lula], pela seguinte circunstância: eu represento uma coisa muito diferente do lulopetismo corrupto. Se ele quiser me apoiar, eu evidentemente não posso ser arrogante porque quero unir o Brasil. Evidentemente que eu não vou dizer: ‘não aceito’. Eu não tenho esse direito nem cultivo isso. Eu cultivo muito a humildade. Agora, estou só por apreço à sua pergunta dizendo que não faria campanha porque nós representamos valores muito distintos”, disse Ciro.

E mais:

“Isso [o apoio de Lula] é completamente impossível. O Lula prefere o Bolsonaro do que eu. Já demonstrou isso.”

O Antagonista, com G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. aof disse:

    Autêntico como uma nota de 3.

  2. Antenado disse:

    Lulopetismo corrupto: correto

    Não apoia: correto

    Aceita o apoio: imoral, cara de pau, sem vergonha.

  3. Chico disse:

    Esse coroné ta precisando levar uma lapada igualzinho a Geraldo Alckmin pra se colocar no seu lugar.
    3% dos votos dos brasileiros, ja da pra sair de rabo entre as pernas.
    Esse cara é um safado, 30 anos apoiando Lula, agora se sai com essa de discutir o Brasil.
    Que história e essa meu caro coroné??
    Vai passando pra não enganxar… falastrão.

  4. Ivan disse:

    Lulopetismo currupto apoiado por ele mesmo…çey…

  5. Francisco disse:

    Representante da corrupção no Brasil não tem quem bata o pt, nem gedel vieira com seus míseros 80 milhões, isso foi roubado de um órgão mixuruca do governo petralha, imagine o que essa esquerdalha roubou, o que eles arrecadaram da corrupção. O que Palocci delatou não foi 1%, com certeza tem muito mais sujeira por debaixo do tapete.

  6. Rodrigo Duarte disse:

    Representa a enganação em pessoa, só sendo muito inocente pra cair no papinho do Ciro.

Jovem de 25 anos é preso suspeito de planejar ataque a Bolsonaro

Foto: Ana Gomes / R7

Um jovem de 25 anos foi preso em Três Corações, cidade do Sul de Minas Gerais que fica a 287 km de Belo Horizonte, suspeito de planejar um ataque ao presidente Jair Bolsonaro. A prisão aconteceu na sexta-feira (29 de novembro), na mesma data em que o chefe de Governo participou da formatura de militares em uma unidade do Exército na cidade.

De acordo com a PM (Polícia Militar), o suspeito foi preso após publicar fotos e vídeos em uma rede social que “comprometiam a segurança nacional e ameaçava, ainda, com efeito, frustrar a solenidade”.

Em uma das fotos, o jovem aparece dentro do quartel do Exército e coloca a seguinte frase: “inicia-se aqui a sequência de histórias onde estou infiltrado na toca do lobo, melhor dizendo, Exército brasileiro”. Em outra gravação, o homem aparece lixando uma escova de dentes e coloca os dizeres: “preparando minha faca para o Bolsonaro e aqui era a regra da rua'”.

Após ser preso, P. V. S. R. F. D. disse à polícia que estava na unidade do Exército porque trabalha eventualmente na empresa que presta serviços de limpeza para o quartel. Segundo o boletim de ocorrência, o jovem confirmou as postagens, mas alegou que seriam “ironias”, já que não tem o mesmo posicionamento político do presidente Bolsonaro. O detido ainda destacou que não faz parte de nenhuma entidade de classe ou grupo político.

O suspeito foi levado para a Superintendência da Polícia Federal na cidade vizinha, Varginha. Segundo a corporação, também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e uma medida cautelar substitutiva de prisão sobre o assunto. A investigação, que analisa crime contra segurança nacional, segue em segredo de Justiça.

Procurada, a assessoria do Exército Brasileiro disse que não vai comentar o caso e afirmou que o pronunciamento oficial deverá partir da Presidência da República. O R7 fez contato com a GSI (Gerência de Segurança Institucional) da Presidência, mas aguarda retorno.

R7

 

“Milícia digital”: Renova Mídia condena acusação do deputado Alexandre Frota, e destaca “ameaça à liberdade de expressão”, como também “ataque ao empreendedorismo no Brasil”

RENOVA Mídia faz parte de uma ‘milícia virtual’?

Qual a possibilidade de um veículo de informação de pequeno porte competir em um cenário de igualdade com os grandes conglomerados midiáticos sem o advento da internet e, consequentemente, da redes sociais?

A resposta é simples: nenhuma. Não é à toa que tantos personagens seguem tentando encontrar maneiras de impor restrições à internet.

A rápida expansão do portal da RENOVA Mídia no ambiente digital abriu espaço para inúmeras teorias conspiratórias, campanhas de desinformação e calúnias de todos os tipos.

Por falar em calúnia, foi isto o que o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) fez na última quarta-feira, 30 de outubro, durante participação na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.

Ao nos categorizar como membro de uma suposta “milícia virtual” comandada pelo escritor Olavo de Carvalho, o parlamentar agiu de forma mentirosa, sem provas e sem escrúpulos.

A RENOVA é uma empresa com base no Nordeste composta por uma equipe bastante reduzida. Este que vos escreve, Tarciso Morais, CEO e editor-chefe, Bruna, gerente de mídias sociais, e Afrâneo, diretor de operações em São Paulo, além de outros colaboradores.

Não temos conexões com políticos nem tampouco conhecemos a cidade de Brasília. Nunca conversamos com Olavo de Carvalho, e também não frequentamos seus cursos. Quaisquer alegações que fujam destas premissas são mentirosas.

É extremamente lamentável que o deputado Alexandre Frota se utilize da sua imunidade parlamentar para fazer acusações levianas e irresponsáveis na CPMI das Fake News.

A movimentação do deputado tucano para incluir a RENOVA na categoria de “milícia virtual” não é apenas uma clara ameaça à liberdade de expressão, mas também um infeliz ataque ao empreendedorismo no Brasil.

Ver o nome da nossa empresa em uma comissão no Congresso Nacional após citação caluniosa de um deputado, no entanto, não causa indignação, pelo contrário, é sinal de que todo esforço implementado nesta empreitada está surtindo efeito.

A RENOVA Mídia leva muito a sério nossa missão de oferecer um fluxo constante de informação, prezando pela qualidade e transparência, sem imposição de ponto de vista, permitindo que os leitores formem opiniões próprias sobre os acontecimentos globais.

Não abrimos mão de trabalhar de maneira independente e transparente, e não há na nossa breve história nada que nos desabone, moral ou juridicamente. De maneira que nos sentimos absolutamente confortáveis para desafiar qualquer pessoa a comprovar a veracidade de acusação do parlamentar Alexandre Frota.

Tarciso Morais
CEO e editor-chefe da RENOVA Mídia

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    ….. Encontra-se com a DPF, todo o material e pelo que foi enviado existe provas contundentes sim, faltando apenas os peritos avaliarem. Inclusive ja com delação de colaboradores….. Pronto só posso ir até aqui, para não comprometer as investigações….

Renan Calheiros diz que Moro ‘está sem saber o que fazer’ e chama Janot de ‘psicopata’

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O Uol levantou a bola para Renan Calheiros, querendo saber o que o senador acha de Sergio Moro se candidatar ao Planalto.

O alagoano, claro, adorou a pergunta.

“Ele age como alguém que está à beira de um vulcão que começa a ter uma erupção. Acho que está sem saber o que fazer porque vai ter que se explicar de muitas coisas inexplicáveis. Ele teve projeto político e já pensou em ser candidato a presidente? Sim. Depois aderiu à campanha do Bolsonaro? Sim, porque o Bolsonaro representava circunstancialmente a mudança e a nova política. Como juiz, submeteu-se a influir na eleição e tirar o Lula do processo político. É evidente que ele pensa nisso. Mas agora pensa mais em como vai sair dessa situação e manter o posto de ministro depois de ter sido escancarada a tentativa de aparelhamento do Coaf e da Polícia Federal.”

Renan também disparou contra Rodrigo Janot.

“O Janot me causa asco. Esse caráter homicida que ele desvenda no seu livro é uma coisa indicativa do que representou você ter um psicopata à frente da Procuradoria-Geral da República.”

O Antagonista com UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flávio A disse:

    Esse senador é um pouco do muito que as limpadores de fossa despejam diariamente no Rio Potengi. Era para estar preso num país decente.

  2. Natalense disse:

    Sem palavras p definir esse senador fdp

  3. VTNC disse:

    Calhorda,canalha,representante do que tem de pior neste repugnante Senado !!!

  4. Ivan disse:

    Ser xingado por pessoas como essa, na verdade, é um elogio…Se esses corruptos (Renan, Lula, Gleisi, Jucá…) falarem mal de alguém, sinal que o cara é bom!!!!!! Quando bandido se une para combater o pacote anti-crime, é pq o "bagulho é cabuloso"…kkkk

  5. joaozinho disse:

    Esse Renan deveria ir logo pra o PT, onde esta os pares dele.

  6. Carlos disse:

    Um picareta como renan.dando licao de moral.somente no brasil.janot e um frouxo ou a historia da arma e mentira.janot colocou na midia a figura do fanfarrao corruoto.gilma

  7. nasto disse:

    Esse é um dos políticos MAIS SAFADO que o BRASIL TEM. Esse CABRA DE PEIA devia ser BANIDO da política brasileira . Não tem moral para criticar ninguém.

  8. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Ladrão descarado que contou e conta com o apoio do PT e seus seguidores.
    Esquerda não ver erros na atuação de Renan mas persegue Bolsonar.
    Vergonha do Brasil, Renan já deveria está na papuda se não fosse a conivência de parte do STF. Os que apoiam o PT.

  9. Anti-Político de Estimação disse:

    Canalha !!!

  10. Edmilson disse:

    Até quando o povo brasileiro vai continuar elegendo esses malas? O que foi que esse cidadão fez pelo Brasil? E ainda tem a petulância de criticar o ministro Sérgio Moro, mesmo tendo pouco tempo já fez milhões de vezes mais que o cidadão acima.

  11. jv disse:

    Esse senador sem futuro tem condições de atacar ninguém, mais de dez inquéritos no supremo. Não fosse senador estaria atrás das grades há muito tempo. Lave a boca pra falar mal do Moro,

  12. Bento disse:

    Qual o legado deixado por este Senador ao País?
    Não tem moral para acusar que tem.
    Nosso Herói Nacional Ministro Sérgio Moro está muito tranquilo,
    sabedor que quem o ataca tem problemas com a justiça.

Em discurso na ONU, Bolsonaro garante ‘compromisso solene’ com meio ambiente e acusa líderes estrangeiros de ataque à soberania do Brasil

O presidente Jair Bolsonaro durante discurso na 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA) — Foto: Carlo Allegri/Reuters

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta terça-feira (24) durante discurso de abertura na 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA), que tem “compromisso solene” com a preservação meio ambiente e acusou líderes estrangeiros de ataque à soberania do Brasil.

Tradicionalmente, desde 1949, cabe ao representante do Brasil abrir o debate geral da assembleia das Nações Unidas. Foi o primeiro pronunciamento de Bolsonaro como chefe de Estado no encontro.

“É uma falácia dizer que a Amazônia é um patrimônio da humanidade e um equívoco, como atestam os cientistas, afirmar que a Amazônia, a nossa floresta, é o pulmão do mundo. Valendo-se dessas falácias um ou outro país, em vez de ajudar, embarcou nas mentiras da mídia e se portou de forma desrespeitosa e com espírito colonialista. Questionaram aquilo que nos é mais sagrado, a nossa soberania”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro afirmou, ainda, que tem “compromisso solene” com a proteção da Amazônia. Disse que a Amazônia é maior do que toda a Europa ocidental e “permanece praticamente intocada”, o que seria prova, segundo o presidente, de que o Brasil é “um dos países que mais protegem o meio ambiente”.

“Em primeiro lugar, meu governo tem o compromisso solene com a preservação do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável em benefício do Brasil”, declarou o presidente.

O discurso do presidente tem o contexto da crise provocada, em agosto, pela alta das queimadas na floresta amazônica.

Bolsonaro trocou farpas com o presidente da França, Emmanuel Macron, que deixou em aberto a discussão sobre um possível status internacional na Amazônia.

Com a fala desta terça, Bolsonaro é o oitavo presidente brasileiro a abrir os debates. O primeiro chefe de Estado do país a discursar no encontro foi João Figueiredo, em 1982. Desde então, apenas Itamar Franco não se pronunciou ao menos uma vez na assembleia geral.

Terra indígena

Bolsonaro afirmou no discurso que não ampliará o percentual do território brasileiro com terras indígenas e disse que a “visão de um líder” não representa o pensamento de todos os índios do país.

“Quero deixar claro: O Brasil não vai aumentar para 20% sua área já demarcada como terra indígena, como alguns chefes de estado gostariam que acontecesse”, afirmou.

Bolsonaro afirmou que, “muitas vezes”, líderes indígenas como o cacique Raoni, são “usados como peça de manobra” por governos estrangeiros. Ele não citou quais seriam os governos, contudo, recentemente Raoni se encontrou com o presidente da França, Emmanuel Macron.

“A visão de um líder indígena não representa a de todos os índios brasileiros. Muitas vezes, alguns desses líderes, como o cacique Raoni, são usados como peça de manobra por governos estrangeiros na sua guerra informacional para avançar seus interesses na Amazônia”, afirmou Bolsonaro.

Segundo Bolsonaro, pessoas dentro e fora do Brasil, com apoio de organizações não-governamentais, “teimam em tratar e em manter” os índios brasileiros “como verdadeiros homens das cavernas”.

“O Brasil agora tem um presidente que se preocupa com aqueles que lá estavam antes da chegada dos portugueses em 1500. O índio não quer ser latifundiário pobre em cima de terá rica”, afirmou.

Agenda da viagem

Antes do discurso, Bolsonaro se reuniu com o secretário-geral da ONU, António Guterres. À tarde, Bolsonaro está prevista uma visita ao ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani. À noite, o presidente embarca de volta para Brasília.

Bolsonaro chegou a Nova York na tarde de segunda-feira (23), acompanhado de uma comitiva que reuniu, entre outros integrantes, ministros, a primeira-dama Michelle Bolsonaro e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), um dos cinco filhos do presidente.

Eduardo, que preside na Câmara a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (Creden), foi escolhido pelo pai para ser embaixador do Brasil em Washington. No entanto, a indicação ainda não foi enviada ao Senado, que terá de aprovar o nome do parlamentar.

O presidente viajou uma semana depois de receber alta hospitalar. No dia 8, ele passou por uma cirurgia para corrigir uma hérnia, o quarto procedimento desde que sofreu uma facada no abdômen em 2018.

Bolsonaro viajou com orientação de manter uma dieta leve e de evitar longos períodos sentado no avião.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Boris Bob disse:

    Quem estiver achando ruim e envergonhados com verdade, verdadeira, peguem o beco pra Venezuela , não vao fazer igual a o outro, que dizem que vendeu o mandado, foi morar nos Estados Unidos o certo era Venezuela ou Cuba.
    Se é por falta de uma despedida, ADEUS!!
    Suma, xispa kkkkkkk
    Tchau corruptos.

  2. victorino disse:

    Chora Petezada, o choro é livre. Vergonha é seu presidente preso por corrupção e lavagem de dinheiro se Ricardo e Curiosa. Aceitem por que estar só começando…

    • Riva disse:

      Bolsonaro conseguiu mostrar ao mundo todo como o governo brasileiro usa da mentira para avançar sua agenda.

      "Visitem a Amazônia". Os líderes do mundo já têm acesso às fotos de satélite, à Nasa. A Nasa tá mentindo?

      Bolsonaro é fake news.

  3. André Fortes disse:

    Discurso do presidente do Brasil na ONU termina sem aplauso, nem dos aliados. Foi um dos momentos mais vergonhosos que eu ja vi como brasileiro. Eu nao imaginava que ele iria falar as bobagens que fala lá no twitter para o mundo todo.

    • Antenado disse:

      Realmente. Falou muito pouco sobre a corrupção e os corruptos, inclusive os presos; sobre o assalto à PETROBRAS; sobre o maior caso de corrupção do mundo. Falou pouco. Lamentável.

    • Ricardo disse:

      Petista revoltado detectado.

    • Rivanaldo disse:

      Gente, o cara tava na ONU.

  4. Visão natal disse:

    Orgulho do meu presidente !!
    Me representou e tb a maioria do nosso país .
    Obg presidente patriota

  5. Visão mundo disse:

    Me representou, orgulho do nosso presidente !! Eleito pela maioria do nosso país então representando a maioria do Brasil.
    Orgulho do nosso presidente, patriota !!

  6. Fabio Cardoso disse:

    Foi muito bem! BG deveria postar a íntegra do discurso.
    #BrasilacimadetudoDeusacimadetodos!

  7. fabio soares lins disse:

    O retardado foi falar de PT e Cuba na assembleia geral da ONU. Não tem jeito para jumento que está na presidência!

  8. fabio soares lins disse:

    grande estadista o nosso presidente bolsonaro, mostrou as autoridades do mundo que não abre de mão da nossa soberania, parabéns, vale apenas ouvir e refletir

  9. Vitor Filho disse:

    Enquanto isso, em passado recente, um presidente da Bolívia se apropriou de uma refinaria da petrobrás e o governo brasileiro se calou, se acovardou, deixou pra lá, fez de conta que não aconteceu.
    Para fechar o circo, comprou uma refinaria nos EUA sucateada, sem condições de operar e a um custo que segundo as publicações, estava hiper faturada. Isso não faz muito tempo, basta ver nossa história do ano 2000 até hoje.
    Já negar o passado e e adivinhar o futuro, faz parte da turma que trabalha por dinheiro, pela divisão dos recursos público até que ele acabe e sejamos todos iguais na miséria, como vive o povo da Venezuela

  10. Iranilson disse:

    Não conseguiram por vergonha dos governos anteriores né.

  11. Vitor Filho disse:

    APENAS REPASSANDO:
    O discurso de Jair Bolsonaro foi forte: disse que o Brasil se encontrava ameaçado pelo socialismo, atacou a corrupção que assolava o país nos governos petistas, com elogio explícito a Sergio Moro, partiu para cima do regime venezuelano, do Foro de São Paulo, da ação cubana na América do Sul e do ambientalismo manipulado por uma visão colonialista.

    O presidente afirmou que a Amazônia não está em chamas, ao contrário do que diz a mídia internacional, e criticou a tentativa de tolher a soberania brasileira na região. Atacou o cacique Raoni, dizendo que ele não é o único representante dos povos indígenas, e leu uma carta assinada por representantes de mais de 50 tribos que pediam desenvolvimento nas reservas e legitimavam a índia Ysani Kalapalo, que integra a comitiva brasileira. Bolsonaro também reforçou o compromisso do Brasil com o livre-comércio e o respeito a acordos internacionais, que disse pretender multiplicar. Ele defendeu a democracia de expressão e informação.
    Na última parte, “terrivelmente evangélico”, criticou a perseguição de caráter religioso e atacou transversalmente a chamada ideologia de gênero.
    A verdade causa estragos que os corruptos repugnam, contestam, sofrem e tentam manipular a qualquer custo, pois pra eles, "quanto pior melhor"

  12. Vitor Filho disse:

    Enquanto isso, em passado recente, um presidente da Bolívia se apropriou de uma refinaria da petrobrás e o governo brasileiro se calou, se acovardou, deixou pra lá, fez de conta que não aconteceu.
    Para fechar o circo, comprou uma refinaria nos EUA sucateada, sem condições de operar e a um custo que segundo as publicações, estava hiper faturada.

  13. Ricardo disse:

    Nem consegui assistir todo com vergonha.

    • Vitor Filho disse:

      Ficou acostumado com as mentiras que vendiam o Brasil como tudo e estava sendo levado ao nada? Tá ruim? Vá para Venezuela, lá tem igualdade social.

    • Cigano Lulu disse:

      E qual é a novidade, o Brasil sempre foi mesmo uma vergonha. Desde a descoberta de Pindorama até os dias de hoje, nunca passamos de mero exportador de commodities como grãos e minerais brutos. Não agregamos nada ao que a natureza generosa nos dá. E achamos isso a glória, alegamos de peito estufado que somos a sétima economia do mundo, o país do futturo… essas e outras bobagens absolutamente irrelevantes.

    • Eliana disse:

      A solução pra vcs é ir a Venezuela

  14. Curiosa disse:

    Só foi fazer vergonha ao povo brasileiro. Aqueles q acreditavam que um politico 28 anos sem fazer nada seria uma boa idéia para o país, é melhor JAIR se arrependendo, pq o negocio esta ficando sério.

    • DesacocheiocomoBrasil disse:

      Pois é…..ter deixado nas mãos da corja que estava assaltando o Brasil teria sido melhor, né!?