IBOPE: Popularidade de Bolsonaro sobe para 40%, mais 29% que consideram regular; índice positivo é maior desde o início do mandato

Foto: Marcos Corrêa / PR

A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro atingiu em setembro o maior índice desde o início do mandato. É o que mostra a pesquisa de divulgada nesta quinta-feira pelo Ibope. A taxa passou de 29% em dezembro do ano passado (menor avaliação desde janeiro de 2019) e chegou aos 40% neste mês. Os que consideram o governo ruim ou péssimo somam 29% dos entrevistados. Em dezembro, eram 38%. Já os que classificam o governo como regular continuam a representar cerca de um terço da população: 29%.

O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e tem nível de confiança de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ao todo, duas mil pessoas foram entrevistadas pelo instituto na semana passada, entre os dias 17 e 20 de setembro em 127 cidades. Portanto, o questionário foi aplicado em um período de alta no preço dos alimentos e antes do início do pagamento das parcelas residuais do auxílio emergencial, que começaram a ser repassadas aos beneficiários nesta quinta, e cujo o valor foi reduzido para R$ 300.

Uma das maiores altas na popularidade do presidente foi registradas entre os entrevistados com renda familiar de até um salário mínimo. Nesse caso, a avaliação do governo como ótimo ou bom passou de 19% para 35%.

Quando observado o grau de escolaridade dos entrevistados, foi entre os que estudaram até a 8ª série que mais aumentou a aprovação de Bolsonaro: o salto foi de 25% para 44%.

Os entrevistados também demonstraram que estão mais satisfeitos com a maneira de Bolsonaro de administrar o país: 50% aprovam a gestão, enquanto 45% a desaprovam. Em dezembro, esses índices eram de 41% e 53%, respectivamente.

Em geral, a pesquisa do Ibope é feita a cada três meses, mas por causa da pandemia do novo coronavírus, a última pesquisa de avaliação do governo ocorreu no fim de 2019. Desde então, o quadro geral da confiança da população no presidente manteva a tendência das pesquisas anteriores: mais da metade dos entrevistados (51%) disseram que não confiam em Bolsonaro, apesar do aumento no número de pessoas que confiam nele: agora são 46%.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    Esse ibope não merece confiança.
    O véi Bolsonaro ta estourado em todo Brasil sil sil sil.
    75% no mínimo é o certo.
    Bolsonaro não tem adversário.
    Reeleição tranqüila.

  2. Tobias disse:

    Está transformando o país na Venezuela

  3. Maria disse:

    É BOLSONAROOOOOOO!!!!!
    Mitooooooo!!!!!

  4. Cesar Bomone disse:

    PARABÉNS PRESIDENTE, os brasileiros começam a reconhecer o ótimo trabalho frente a pandemia, quando de forma corajosa combateu o PÂNICO que quiseram impor a população, que deixou muitos doentes de depressão ou até mesmo de problemas mentais.
    Quando socorreu com bilhões de reais os Estados e os Municípios, ajudando a estes a pagarem suas contas e manterem os salários de seus servidores.
    Quando ajudou as empresas a manter os empregados, salvando milhões de empregos.
    Quando socorreu milhões de brasileiros com o auxílio emergencial, tão necessário para a subsistência de muitos.
    Quando enviou respiradores para todo os Estados, ajudando a salvar muitas vidas.
    Quando não deixou a economia parar, permitindo que o país possa retomar rapidamente o crescimento, enquanto outros só repetiam fique em casa.

  5. mane disse:

    Lula, o presidiario sem cela, o maior cabo eleitoral de Bolsonaro.

  6. Samuel Uel disse:

    E o Queiroz gado??????

  7. Edison Cunha disse:

    O véio é duro, vou repetir, esse véio é duro.

  8. Lula na cadeia já disse:

    O presidente Jair MESSIAS Bolsonaro é igual a massa de bolo, quanto mais bate, mais ele cresce.

  9. Armário porto mirim flat. disse:

    O homem é espetacular.

  10. Pepe disse:

    Da mesma forma que sobe cai,basta voltar a normalidade.A cela de Moro ainda esta sendo preparada,para atropelar na reta final os cavalos paraguaios.

COMENTE AQUI