Liminar suspende pagamento retroativo de auxílio-alimentação a desembargadores e juízes de PE

O corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, expediu liminar suspendendo o pagamento retroativo a 2011 de auxílio-alimentação para desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), informa o Blog do Magno.

Ontem, O Antagonista replicou a notícia — veja aqui –, divulgada pelo blog, de que o presidente do TJ local, desembargador Alberto de Oliveira Melo, havia assinado ato autorizando o benefício no estado.

Humberto Martins alegou que a medida poderia causar “um prejuízo de difícil reparação” ao erário.

“Diante do exposto, defiro a medida liminar para determinar a suspensão dos efeitos da decisão administrativa do TJPE, a fim de IMPEDIR que sejam feitos os pagamentos de quaisquer diferenças de auxílio-alimentação, retroativo a 2011, a desembargadores e juízes daquele Tribunal.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joao Silva disse:

    ISSO É SO PARA OS JUIZES DE PE…. E OS QUE FICAM SENTADOS TAMBÉM?

  2. Gu disse:

    Dar nojo desses seres superiores togados que so visam privilégios!
    E as ferias 60 dias quando acabar????
    Pense numa depressao!!!!
    Ridículos

  3. Gustavo disse:

    Pqp
    Ow povo condenado pra gostar de dinheiro!
    Merecem um castigo, paraece que vivem outra realidade

  4. Mário disse:

    No Maranhão já queriam aumentar de 800 para 3500 reais. Esse povo não tem limite para desfaçatez. Meu amigo, o cara ganha mais de 30 mil reais em um estado falido, e não se contentando, ainda fica fazendo essas manobras abjetas para sangrar mais ainda os cofres públicos em detrimento de milhões de desempregados que precisam de investimento do governo.

  5. João b disse:

    Alguém tem que resistir a esse assalto a moralidade e erário.

COMENTE AQUI