Lula e irmão são denunciados pela Lava-Jato de São Paulo

Foto: Jorge William / Agência O Globo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o seu irmão Frei Chico foram denunciados pela força-tarefa da Lava-Jato em São Paulo por corrupção passiva junto com os donos da Odebrecht, Emilio e Marcelo Odebrecht, e o ex-diretor da empresa Alexandrino Alencar.

De acordo com o Ministério Público Federal, Frei Chico recebeu R$ 1.131.333,12, por meio de pagamento de “mesada” que variou de R$ 3 mil a R$ 5 mil. Os procuradores dizem que o pagamento era parte de um “pacote” de vantagens indevidas oferecidas a Lula, em troca de benefícios diversos obtidos pela Odebrecht junto ao governo federal.

Militante sindical histórico, Frei Chico foi responsável por incitivar Lula a inicar a sua atuação no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Segundo a denúncia, o irmão do ex-presidente começou a sua relação com Odebrecht nos anos 1990. Na época, trabalhadores do setor químico e petroquímico apresentavam uma forte resistência ao Programa Nacional de Desestatização, que estava em curso.

O então presidente da Odebrecht, Emilio Odebrecht, buscou uma aproximação com Lula, que sugeriu a contratação de Frei Chico como consultor para intermediar um diálogo entre a empresa e os trabalhadores. O irmão de Lula foi contratado e passou a ser remunerado por uma consultoria efetivamente prestada para a Odebrecht no meio sindical.

Em 2002, após eleição de Lula, a Odebrecht pensou em encerrar o contrato porque o programa de privatização já havia sido concretizado. Mas, ainda de acordo com os procuradores, a cúpula da empresa resolveu manter os pagamentos com o objetivo de que interesses da companhia fossem atendidos. Segundo a denúncia, os pagamentos começaram em janeiro de 2003, no valor de R$ 3 mil, em junho de 2007 passaram a ser feitos de R$ 15 mil a cada três meses (equivalente a R$ 5 mil por mês), e só terminaram em 2015, com a prisão de Alexandrino Alencar, o executivo responsável por operar os repasses.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andinho disse:

    Eita o sapo barbudo já pode pedir música no Fantástico, com esta já são 03 processos, o triplex do Guarujá, o sítio em Atibaia, e agora o mesadão da Odebrecht.

  2. Jorge disse:

    Saber que um dia defendi esse FDP. Um cafezinho que tomava, pedia a nota para prestar conta. Não gastava um centavo, era pra causa. Enquanto isso esses canalhas torrando milhões, b ilhoes, e eu inocente nas mais desses fdp. Prisão perpétua é pouco pra esses canalhas corruptos e os defensores dele.

  3. Hulkenberg disse:

    Rapaz!
    Pelo andar da carruagem, daqui pra 2030 ninguém vai mais poder pedir musica no fantástico.
    A grade vai estar ocupado pela jararaca até lá.
    Vige maria!
    Como é que um ex presidente da república tem uma ficha criminal dessas homi?
    Pelas caridade!!

  4. Carlos Bastos disse:

    Toda vez que descobre uma sacanagem da lava jato contra o Lula, aí MPF inventa uma condenação.

  5. Gustavo disse:

    Mais uma. Tá quase empata do com o Cabral. Não adianta os zumbis espernear em. Esse daí é bandido da pior espécie. E chefia, não uma partido, mas uma organização criminosa.

  6. Justo Veríssimo disse:

    Deixa esse rato verme apodrecer…quebrou o país , e ainda tem imbecil que acredita nesse FDP

  7. Justo Veríssimo disse:

    e ainda tem demente mental que chama esse cara de inocente… e vem encher nossos ouvidos com o mantra de lulalivre…. bota tudinho na Venezuela…

  8. Ivan disse:

    Bora lava-jatoooo!!!!!!!! Os corruptos e seus adoradores piramKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  9. Lulapreso disse:

    Novamente? Gente, alguém sabe informar a quantos processos esse elemento já responde na justiça? Que ficha corrida é essa minha gente?

  10. Pt Vergonha disse:

    Bora, bora! Cadê os defensores da jararaca? Amo os minions, olha aí seu bandido de estimação!!!

COMENTE AQUI