Madrugada violenta em Natal e Parnamirim. Três assassinatos

A madrugada do domingo foi violenta em Natal e região metropolitana. Os policiais da Delegacia de Plantão zona Sul registraram três assassinatos na na madrugada de hoje (10). Dois jovens, um de 18 e outro de 20 anos, foram alvejados enquanto urinavam na área externa de uma festa que ocorria próximo ao Posto Chianca, em Parnamirim. O rapaz de 20 anos morreu no local. O mais novo levou quatro tiros (nas costas, abdomên e peitoral). Ele foi socorrido ao Hospital Deoclécio Marques onde passou por intervenção cirúrgica. Devido à gravidade dos ferimentos, corre o risco de morrer.

Segundo testemunhas, Maxwell de Lima e Silva, de 20 anos, e Jamilson Quirino da Silva, de 18 anos, estavam no banheiro quando foram surpreendidos por um homem não identificado, que os alvejou e fugiu do local com destino desconhecido.

Maxwell foi atingido por cerca de 6 disparos e morreu na hora, já Jamilson, mesmo ferido por cerca de 4 tiros, conseguiu chegar até a residência de um tio e foi socorrido para o hospital, onde passou por uma cirurgia e permanece internado.

De acordo com a polícia, nenhum suspeito foi detido, porém pelo fato de ter sido encontrado um papelote de cocaína em um dos bolsos da calça do Maxwell, suspeita-se do crime ter sido motivado pelo envolvimento dele com drogas.

Em Natal, dois homens foram assassinados. Um dos crimes ocorreu no conjunto Gramoré, na zona Norte. A vítima foi atingida por uma espingarda calibre doze e morreu na hora. Em Mãe Luiza, um jovem foi baleado na Rua Atalaia, de acordo com informações dos policiais da Delegacia de Plantão zona Sul. Ele chegou a ser levado ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho, mas não sobreviveu. A Polícia não soube informar as causas dos crimes, mas acredita que todas estão ligadas ao tráfico e consumo de drogas.