Ranking coloca Natal como 4ª mais violenta do mundo e a primeira do Brasil

Por Dinarte Assunção

 

A ONG mexicana Segurança, Justiça e Paz divulgou a lista anual de cidades mais violentas do mundo com base em taxas de homicídios por 100 mil habitantes.

Natal é a cidade mais violenta do Brasil, segundo o levantamento, e a quarta do mundo, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera uma taxa acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes como característica de violência epidêmica.

No total, 17 cidades brasileiras aparecem no ranking. A capital potiguar só perde para Los Cabos (México), Caracas (Venezuela) e Acapulco (México).

A guerra de facções criminosas, avanço do tráfico de drogas e crescimento urbano sem a oferta de serviços de segurança eficazes são apontados como alguns dos motivos mais prováveis para a explosão da taxa de homicídios em cidades outrora pacatas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. natalenseconsciente disse:

    Eu nasci e passei 28 anos de infelicidade nesse inferno, natal é MUITO VIOLENTA SIM EM TODOS OS ASPECTOS principalmente por causa dos politicos e de outros que sao corruptos nao fazem o que deveriam permitindo que a violencia aconteça, uma garota tentou me estorquir dizendo que tinha que pagar uma taxa que eu nao deveria gritando me ameaçando falando com muita violencia, cade os servidores publicos da segurnaça para dar uma lição nessa mau carater que esta solta ai ela nao é mau carater? Natal é violenta porque a propria população é violenta e cultua a violencia, sao imorais, se tu sofre uma agressao seja menor ou maior voce nao nao passa de um otario que nao levou vantagem sobre o "homem", se um cara agredir outro seja menos ou mais grave, é porque ele foi mais forte, mais cabra macho, nao esta errado nao; a cidade mais pobre do brasil e o povo se acha rico para caralho, ponta negra que é considerado o melhor bairro da cidade e fede a buceta de vagabunda FEDE A ESPERMA, bairro de puta do caralho, é um point de turismo sexual nordestino, para se ter uma ideia do baixo nivel do lugar, quando alguem agride uma pessoa alega que é mentira e que é rico e rico nao agredi os outros por ser desenvolvidos, e nao é porra nenhuma, so um bando de arrogantes mau carater, quando uma vitima vai denunciar alguem este é debochado o povo fala que se um otario foi agredido ´porque ele é um otario mesmo, e ninguem comete crime porque todo mundo é muito rico poder aquisitivo, e ninguem é porra nenhuma uma das piores economias do pais a 18ª economia do pais, e os agressores ficam impunes, porque a cidade nao tem violencia esta tudo em ordem porque a cidade ja e rica e nao precisa de mais nada, para ser mulher nessa porra bastar dar o cu rodado, e se a mulher rejeitou o cara honesto e trabalhador que tem alguns nessa cidade, e dar o cu para um marginal ela esta certa porque ela ja e uma mulher, e o cara rejeitado, é um otario que calunia difama e injuria aquela mulher.

    Homem em natal = marginal.
    Mulher em natal = puta.

    Praticam todas as formas de imoralidade, o povo de humilde nao tem nada sao pobres retarados, fala como te conhecesse mas é cada um por si, capitalismo, voce nao pode mostrar nem ficar doente porque o povo vai se aproveitar do fato de voce nao poder se defender para tirar tudo que tem moralmente e fisicamente, alegando que nao tem qualidade que é um menino que se for agredido nao vai sentir porque ainda nao tem maturidade para sofrer na vida que tem muito para viver e chances de ser feliz, e nisso tentando tirar tua feliciade, para ficar com dano psicologico e nao crescer na vida, quem tira o que os outros tem sao marginais pelo que sei, e só é homem se for marginal.

    Quanto a violencia, esse povo mau carater vao dizer que violencia tem no rio kkkk, sem conhecimento, ja que arrogante arroga o saber a propriedade que nao tem.

    Natal é mais violenta do que rio e sp juntas brincando!!!! tenho varios exemploes de imoradalidade que presenciei to cheio de dano psicológico devido a agressoes que eu escutei ao meu respeito, que foi causada por pessoas da cidade, nao do assalto que sofri a mao armada na praia do forte, falo desse povo apesar de ser potiguar pqorque nao faço parte dessa quadrilha, nao saio por ai ofendendo os outros alegando que a violencia aontece em todo pais e no mundo achando que isso justifica uma fala dessrespeitosa.

    Vao tomar no cu, tive a infelicidade de nascer nesse lugar, a minha sorte é que nao vim do interior onde as imoralidades sao muito maioreis, onde o povo vive como bicho, maltratando os filhos e mais uma vez achando adotando a violencia como alternativa.

    A noticia boa é que sao poucos mas tem, a minoria mas tem que ter sorte e procurar para achar alguem honesto e inteligente nesse inferno.

    • natalenseconsciente disse:

      Até nos comentários abaixo nesse texto dar para ver o quanto muitos natalenses sao imorais, o cara numa das cidades mais pobres com o pior IDH do pais, dizendo que é injusto falar que uma porra dessas é violenta defendendo a imoralidade, nao tem humildade e carater para reconhecer que nesse inferno tem inúmeras falhas, http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2014/11/idh-da-grande-natal-cresce-mas-e-4-pior-entre-regioes-metropolitanas.html

      Nas outras regioes se ver muita imoralidade, em sao paulo tem muita gente mediocre apesar de que as favelas de sao paulo sao a zona sul de natal!!!! diferença que lá muito mais dificil tu achar alguem mau educado, ja natal é o contrario, é dificl achar alguem honesto.

      Nao me sinto potiguar, só de corpo mesmo de alma nao, nem de coração, nem de mente que ta cheio de dano das agressoes que ja sofri do "meu proprio povo".

  2. Magnus Augusto Macedo (popó ) disse:

    Tudo isso são outras capitais com turismo intenso q querem denegrir a bela capital dos Potiguares!

  3. PAÍS DA PUTARIA DO CÃO INFINITA disse:

    Natal em rota de destruição!

  4. Andre disse:

    Natal está pior que Medellin na época de Pablo Escobar!

  5. Santos disse:

    Moro no Rio há 29 anos,sou de Natal, aqui no Rio nunca fui assaltado durante esse tempo todo,e olha que eu moro na baixada Fluminense,tido como violenta,as duas vezes que fui a Natal visitar familiares,fui assaltado,repenso duas vezes antes de Voltar a visitar mconseguiram acabar com a cidade

  6. Antonio disse:

    Que título lindo.

  7. felipe mateus disse:

    pelo que vejo, essas mortes são traficantes, viciados. assaltantes… isso é uma limpeza na nossa cidade. era pra matar todos esses vermes que vivem as nossas custas. ONG de bosta essa mexicana. E esses que falam mal do governo, são uns ineptos e sem conhecimento de causa.

  8. Salve o RN disse:

    Com a palavra o Governador da segurança!

  9. Mauricio Neves disse:

    A meu ver esses parâmetros são completamente distorcidos. Será que esses mexicanos já foram a Lagos na Nigeria?? Realmente há violência em Natal a níveis nunca vistos. Mas a quarta do mundo??? Vivo em Natal há 35 anos, sou natalense por insistência! Nunca presenciei ou fui assaltado, entretanto eu e minha mulher sofremos tentativa assalto em Barcelona e ela em Roma!!! Pelas estatísticas mais de 80% das mortes são de bandidos e envolvidos em drogas, por que considerar esses dados nas estatísticas? Há quem avalia isso como “ assepsia social “. A divulgação difamando Natal de forma injusta prejudica um dos mais importantes vetores de nossa economia.

  10. Zacarias potiguar disse:

    Parabéns ao DESgovernador da segurança!!!!

    Merece mais 4 anos.

  11. Rafael disse:

    Interessante que todos sabem/ conhecem pelo menos uma "boca de fumo" em Natal. Cidade com pequenas dimensões, sendo o controle da criminalidade facilmente manejável. Estou errado? Será que nossa doença é parecida com a do Rio de Janeiro? Sera que existe conivência, corrupção por aqui? Será??? Alguém tem dúvida? Apenas uma reflexão.

    • POLITICOPROFISSAONAO disse:

      Não temos inteligência policial….temos sim um bando de desorientados ……até o meu filho de 8 anos sabe que não temos MORRO COMO NO RIO …é só fechar os 4 cantos da favela e entrar com exército,BOPE,DRONE NO AR,FORÇA TAREFA …etc e fazer uma varredura

    • Nially disse:

      Uma vez ouvi de alguém influente que o governa a nível federal não quer evitar que as drogas entrem em nosso país. Pois de uma forma ou de outra eles também 'ganham'. Aécio Neves é um dos traficantes no meio da política…e existem tantos outros talvez, que nós como população não sabemos…Mas claro! É preciso mostrar a população que algo está sendo feito para 'combater'. No entanto as drogas 'sempre' entrarão em nosso país. E a violência desgovernada junta a ela.

      É ir contra uma força maior que nós, meros homens e mulheres de bem.

      Temos que nos proteger em oração junto a Deus e ficarmos atentos para não nos deixarmos cair nessa onda de violência, com tantos assaltos e mortes!

  12. Luiz Fernando disse:

    Resquícios do Governo da Segurança

O ministro da Defesa e o ‘déjà vu’ do massacre de Alcaçuz

Por Dinarte Assunção

Raul Jungmann (Defesa) falou à imprensa que a intervenção federal no Rio deve fazer o crime migrar para outros estados.

MG, SP e ES já estão em alerta.

Pode não parecer nada, mas quando dezenas foram mortos noa presídios do Amazonas ao fim de 2016, o alerta, que também partiu da inteligência palaciana, foi esse: vai se replicar noutros estados.

O resto da previsão está materializada no arquivo deste blog e na imprensa nacional e internacional.

Em morte brutal em Mossoró, idoso tem braços quase decepados e rosto deformado por golpes de facão

Barbaridade, crueldade, maldade sem limite, brutalidade: É assim que foi tratada por técnicos da segurança e da criminalística, a morte de Luiz Gonzaga de Souza de 61 anos de idade, encontrado morto dentro de casa na Rua Manoel Firmino, no bairro Belo Horizonte no final da tarde dessa-feira (12). A família foi avisada através de vizinhos que sentiram sua falta, informou O Câmera.

Quando um filho da vitima chegou ao local encontrou o pai morto com marcas de violência e acionou a Central de Operações da policia militar. A porta de trás da casa estava só encostada e não havia sinais de arrombamento. Segundo o filho, seu Luiz sempre deixava a porta aberta para entrada de vento. Ele era uma pessoa bem relacionada com vizinhos e aparentemente não tinha inimigos.

Segundo o perito criminal Renildo Marcelino, Luiz Gonzaga foi morto a golpes de facão ou foice. Ele teve os dois braços praticamente decepados e o rosto deformado pelos golpes do instrumento.

O perito acredita que o idoso estava dormindo no momento que foi agredido, mas existem indícios de que ele teria tentado se defender dos golpes. As marcas da violência nos braços indicam movimentos de defesa da vitima.

O filho disse que esteve com o pai na noite anterior e como ninguém o teria visto durante o dia, os vizinhos resolveram procurá-lo no final da tarde dessa terça.

Ninguém sabe a que horas o crime aconteceu, mas pelo estado da rigidez do corpo, o perito acredita que Luiz Gonzaga de Souza tenha sido morto no final da manhã ou inicio da tarde da segunda de Carnaval.

Especialistas atribuem escalada da violência à guerra de facções e descontrole nos presídios

Especialistas e as próprias secretarias de segurança dos Estados que registram as maiores taxas apontam que a violência sem freio tem pelo menos três explicações: o descontrole aos presídios, a guerra de facções e o tráfico de drogas.

Para o presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sergio de Lima, a questão da violência no Nordeste está dentro de um contexto similar ao de todo o país. No entanto, diz, os três Estados que bateram recorde em assassinatos têm problemas carcerários graves.

“Quando a gente muitas vezes envereda dizendo que o problema é o crime organizado —e concordo que é, sim—, lembro que as principais organizações, incluindo PCC (Primeiro Comando da Capital), FDN (Família do Norte) e CV (Comando Vermelho) nasceram dentro das prisões”, afirma o especialista. “O Brasil não consegue resolver esse problema e está colocando em xeque investimentos de alguns anos em gestão de polícia. Só polícia não vai resolver.”

Para Lima, existem disputas marcantes no Nordeste pelo controle do fluxo da droga, de territórios e de quem controle das prisões. “Vários especialistas mostram que o crime organizado cresce na falta de ação do Estado nas prisões e, com isso, ganha poder até com controle moral de conduta. As periferias acabam sob julgo do crime organizado”, diz.

[VÍDEO] Tentativa de assalto em Mirassol termina com vítima baleada

IMG-20160413-WA0012Como o blog noticiou hoje a tarde em Mirassol, zona Sul de Natal, uma tentativa de assalto foi registrada na tarde de hoje e terminou com a vítima baleada.  Agora, o BG teve acesso às imagens das câmeras de segurança que flagraram o momento da ação criminosa. Confira mais abaixo.

Para saber mais, basta clicar no post “Vítima é baleada em tentativa de assalto na Zona Sul de Natal“.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Renato disse:

    Mais uma nova preocupação dos filhos da puta do governo com a vida humana e um bom motivo para encher o rabo de dinheiro, vamos ser obrigados a andar com faróis acesos durante o dia, se não a multa inicial será mais de 85 reais, mais a noite podemos ser assaltados e perder nossos bens e o principal que é a vida, por falta de iluminação pública que em mais de 70 % de todas as cidades não temos iluminação suficiente como deveríamos ter, exceto onde vive os homens de paletó, qual será a próxima fonte de segurança no trânsito para arrecadar? porque em relação a segurança criminal, liberdade é o nome da lei única para bandidos, porque eles tem a liberdade de nos assaltar, humilhar, torturar, mutilar, estuprar, matar e algo mais que eles queiram faze, as leis sempre as mesmas brandas e suáveis e nós de aceitar tudo porque, nós cidadãos de bem, somos os únicos a ter que seguir regras e leis que faz parte de um país de bandido onde o cidadão que paga seus impostos e vive correto é que tem que se colocar no lugar de errado e o errado está mais que certo como o que estamos vivenciando, esse escândalo do lava jato, cambada de bandidos que deveriam ser todos engolidos pelos grupos terroristas islâmicos, acorda Brasil!!!!!

  2. Renato disse:

    O problema não está só em praias, e sim nos quatro cantos do estado, é em granjas, no interior, nas cidades em fim em todos os lugares, até igrejas não estão respeitadas e tudo isso não é culpa da polícia que até trabalha, o problema é que só sabem mudar toda semana as leis de trânsito essa mafiosa fábrica de sugar dinheiro do cidadão chamada Detran, liderada por esses ladrões que lideram o país, porque preocupação com vidas humanas eles não tem nem uma, preocupam-se com o trânsito porque gera muito dinheiro, muito mais que no trânsito estão sendo ceifadas vidas por latrocínios e as leis continuam atrasadas, se o vagabundo já fichado é pego com uma arma, não era para pagar fiança e sair, menor vagabundo era pra responder pesado a partir dos 8 anos e nesses casos de latrocínios que foram palco de notícias nos jornais da cidade e a cada dia está aumentando, era pena de morte e logo quando fossem pegos, os direitos humanos só pra vagabundos que adotasse os que ainda ainda sobrassem, agora fazem blitz direto, não que eu seja contra mais é uma pressão com um cidadão no trânsito, vistoriando documentos se estão pagos em dia, se o cidadão atrasar um dia o seguro DPVAT perde o parcelamento, agora a infra estrutura da cidade é e sempre foi uma merda, pior que o Iraque, parece que foi bombardeada, buraco por toda parte, nunca tive conhecimento de nem um óbito porque deixou de encher o rabo do governo pagando IPVA, IPTU e outros impostos, agora já tive conhecimentos de várias vítimas mutiladas e mortas desviando de buracos e sendo assaltadas por falta de iluminação, porque não fazem uma super blitz de desarmamento nas casas desses vagabundos que já são fichados e a justiça tem todos endereço deles, porque todos que andam cometendo crimes de latrocínio e andando armado livremente, tem entrada na polícia, essa cambada de bandidos de paletó tem que esquecer mais o trânsito onde tem mais cidadãos de bem e pai de famílias que usam seu veículo para o lazer e trabalhar quando não são impedidos pelos vagabundos e até mortos e fazer uma campanha infinita para mudar essas leis e o vagabundo pensar duas vezes antes antes de virar vagabundo, porque vai saber que se errar vai morrer igual na Indonésia.

  3. José Ricardo disse:

    Muito tem se falado sobre a insegurança em Natal. Mas pouco se comenta sobre as praias ao sul como Pirangi e Búzios que no momento se encontram sob a intervenção de bandidos. O que era local de descanso passou a ser de preocupação. Assaltos constantes traduzindo em um clima de insegurança generalizado na área. Chamo a atenção que o presídio de Alcaçuz é na região onde tem ocorrido fugas constantes. Como pode estar havendo redução de criminalidade se existem mais de 170 foragidos? Este pessoal voltou ao mercado de trabalho ou pensam que todos se tornaram santos ou recuperados? Divulgar que está ocorrendo melhoria é desserviço à comunidade.

  4. Mila disse:

    Cadê o promotor que defendeu na televisão os bandidos que pularam da ponte? Não vai aparecer no jornal defendendo essa mulher?

  5. Apipucos disse:

    Kd a galera dos direitos humanos prá defender a mulher baleada? Se o baleado fosse uma "vítima da sociedade" eles já estariam na imprensa gritando pelos "direitos" dos marginais. Kd o governo da segurança? É revoltante a insegurança que vive o cidadão de bem do Estado do Rio Grande do Norte. Tá na hora de organizar um protesto contra essa falta de segurança. O governo do estado em vez de fazer tanta propaganda inútil deveria investir nos órgãos de segurança.

  6. Lalinha disse:

    Naquele momento que ela dobrou era pra ter passado por cima desses vagabundos, bandido tem que morrer essas pestes. Natal entregue aos bandidos!!

  7. Ricardo disse:

    Tem q afogar esses fdps. Kd o delegado falando alguma coisa agora? Mas pro de menor que botaram ora pular da ponte teve gente defendendo

  8. Sergio Nogueira disse:

    Tarso, você tirou a chance de qualquer pessoa de bem se manifestar sobre o fato.
    Realmente estamos a mercê dos bandidos e de seus defensores, Pior é que muitos destes são pagos, e muito bem pagos, com o dinheiro de nossos impostos e ao invés de nos defender, defendem esses vagabundos.

  9. Tarso disse:

    Aí quando a população pega um vagabundo desse e coloca ele pra andar nu na rua e manda ele pular da Ponte a população não presta e o bandido vira mocinho. Agora um vagabundo desse atira uma bala em direção a uma pessoa que batalhou por aquilo que conquistou e nem a polícia e nenhuma autoridade fala nada. Bandido bom é bandido morto!

  10. JR disse:

    Com bandido não tem boquinha. Não tem conversa de tomar banho de rio. Eles atiram para matar, sem dó nem piedade, porque sabem que o sistema é feito para protegê-los.

Crispiniano faz mea culpa e assume que passou do tom

crispiniano netoO secretário de Cultura, Crispiniano Neto, emitiu uma nota à imprensa acerca das declarações de incitação à violência contra a imprensa e contra a ordem pública. Na nota o secretário não fala em erros ou pedidos de desculpas, apenas reconhece que atuou em “tom acima do normal” e dá suas explicações sobre o fato. O Blog reproduz a nota na íntegra:

“Nota à imprensa sobre postagem no Twitter

Reconheço que atuei em tom acima do normal nas redes sociais em resposta ao excesso de provocações e de manipulação que ora atingem o partido a que dediquei a minha vida e os meus sonhos desde um ano antes de ser ele oficialmente fundado.

Minha relação com a imprensa, instituição com que convivo por dentro, há quatro décadas, sempre foi cordial e civilizada, mesmo tendo que exercitar por todas estas décadas, diariamente a mensagem de Evelyn Beatrice Hall, tão confundida como sendo de Voltaire: “Posso não concordar com nenhuma das palavras que você está dizendo, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”.

Quero isentar da minha atitude pessoal, a Fundação José Augusto, pois a postagem foi feita do meu computador pessoal, na minha conta pessoal do Twitter, durante um final de semana, da minha residência, portanto, fora do expediente. Nada a ver com a instituição. Todos os profissionais de imprensa que se interessam pelas notícias da cultura são testemunhas de como são bem tratados naquela instituição pública.

Quero deixar claro, que se carreguei nas tintas foi uma atitude isolada, pessoal, longe, porém do intuito de incitar quem quer que seja à violência. E afirmo peremptoriamente que em momento algum tratou-se de posição partidária, pois estive em reunião do PT na última sexta-feira (04.03.2016) e nada ouvi neste sentido por parte dos dirigentes e demais lideranças da sigla. Tampouco incitei ninguém a nada durante aquela reunião, pois sequer inscrevi-me para falar.

Tampouco tem sentido querer comprometer o governo Robinson Faria ou a pessoa do governador, pois, dentro deste governo, que é democrático e de coalisão, existem divergências ideológicas naturais e nunca questionamos a postura correta do governador, quando qualquer colega de equipe diverge do PT.

Espero que a democracia prevaleça para todos e que a verdadeira incitação à violência e agressão à democracia por parte de tantos, todos os dias, seja tão criticada quanto estou sendo.

Quanto aos que se preocupam com alguma suposta atitude da minha parte em relação aos atos públicos dos adversários do PT no próximo dia 13, que fiquem tranquilos, pois nunca marquei presença em nenhum dos que aconteceram, desde 2013. Meu mau gosto nunca me obrigou a tanto. E não será agora que irei me ocupar de assisti-los. Como das outras vezes, os tratarei com meu mais distanciado respeito.

Retiro toda e qualquer palavra ou frase que possa parecer incitação à violência e reitero todas as minhas preocupações e repulsa ao momento de agressão e ódio ao PT, ao Governo democrático de Dilma Rousseff, à democracia brasileira em geral e às conquistas dos milhões de brasileiros que melhoraram sensivelmente de vida nos últimos 13 anos.

Ao retirar as palavras inadequadas e desagradáveis a quem se sentiu ofendido, considero encerrado o assunto.

Saudações democráticas a todos

Crispiniano Neto”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elves Alves disse:

    Um petralha aloprado na condução da política cultural do Rio Grande do Norte.
    Nunca foi tão fácil explicar por que a Fundação José Augusto não passa de um depósito de nulidades.

  2. Felipe Lima disse:

    Não podemos admitir que esse senhor continue no cargo, aceitas as desculpas porém a péssima conduta deixa inapto para o cargo que ocupa, esperamos do governador Robinson Faria a exoneração, visto que Crispiniano Neto não tem mais condições morais para continuar à frente da diretoria da FJA.

  3. Isabel disse:

    Secretário de quê? Cultura? Chega a ser irônico! Não é de hoje que ele tem atos de desrespeito. …e com essa o Governador deve imediatamente exonerá-lo do cargo. Questão lógica! George Câmara ,quando Secretário de Esporte e Lazer do Estado ano passado , foi correndo à delegacia prestar solidariedade a um dos que atacaram o pixuleco ali próximo à árvore de Mirassol, que é companheiro seu do PC do B. O então secretário deu declaração dizendo que o ato foi corretíssimo! Sei não. …essa esquerda ainda acaba com Robinson. Quanto sapo ele está tendo de engolir. Pra fechar…seu ex-líder na Assembleia , Mineiro , é sempre lembrado pelo ato de escárnio que fez quando ocupou a Reitoria da Ufrn como estudante revoltado. O povo de nível! !

  4. Nosdliw disse:

    Sempre assim. Quando há repercussão e possibilidade de perda da boquinha, pedem desculpas. Mas, com certeza, é apenas da boca para fora. No íntimo, pensa do mesmo jeito.

  5. Antonio disse:

    Que a incitaação à violência e a agressão à democracia não sejam só criticados, como o Senhor escreveu, sejam punidas com os rigores da Lei. Que o Senhor responda criminalmente pela irresponsabilidade dos seus atos.

  6. Vasconcelos disse:

    Não obstante a "Nota", as folhas lançadas ao vento nunca serão totalmente recolhidas. Uma pessoa que representa instituições ou grupo de indivíduos não pode demonstrar desequilíbrio nunca. A eles não se pode dar o benefício da falha humana, pois suas palavras e ações são definitivas, para o bem ou para o mal. Nisso está incluído o governador do estado.

  7. José Avelino disse:

    A grande maioria dos petista eles não aceitam a crítica, pois eles tem comportamento de seguidores de seita, o PT pode tocar fogo no Basil e para eles é o correto.

  8. Verdade seja dita disse:

    Esses aloprados se acham o dono do Brasil e o meu direito de ir e vir. E quem cuida da segurança do povo Brasileiro são as Forças Auxiliares e as Forças Armadas e não essa turma de baderneiro que por qualquer parte com ameaça para a população que não compactua com desmandos e corrupção.
    Sr. Governador nomes como esse desgasta seu governo, não tem preparo, não tem equilíbrio, quando deu sua opinião deu um bico em sua canela.
    Como Toinho Silveira faz falta, era para estar a frente dessa Secretaria.

  9. isaac disse:

    Ficou com medinho de perder a mamata no governo. Esses petistas só sabem viver de cargos públicos.

  10. Ricardo Carvalho disse:

    Esse sujeito ainda tem a cara de pau de encerrar essa nota medíocre com, "Saudações democráticas a todos". Me causa ânsia de vômito.

  11. Anderson disse:

    O medo de perder o emprego prevaleceu, mais o bom senso não, continua com a arrogância e sarcasmo de antes !!!!
    Lamento que a cultura do meu Estado seja gerida por um ser como este!!!!

  12. Flávio Rezende disse:

    Quando um petista se refere hoje a democracia fico ressabiado. Vejo mais como diplomacia que realidade. O recuo é estratégia. Lá no fundo o camarada Crispa deve estar torcendo para que alguém faça mesmo o que ele sugeriu. Como ele não tem coragem, quer que alguém faça por ele. Esse recuo volto a dizer, é mais diplomático pelo cargo que exerce, que verdadeiro. Verdade aliás é ato raro no ninho das jararacas.

  13. Fernando Antonio R. Bastos disse:

    Alem da sua atitude radicalmente Petista, ainda vem chamar essa porcaria de governo de democracia. O remendo saiu pior do que o soneto.

  14. paulo disse:

    BG
    Isto é conversa BOI dormir é importante a sociedade Potiguar reagir ENERGICAMENTE a esse tipo de comportamento de incitação ao CRIME, essa mea culpa não cola não. Todo cuidado é pouco, ainda bem que já estão sendo tomadas providencias que o caso requer, inclusive o Ministério Público.

  15. Val Lima disse:

    Homi o "vermelho" amarelou ….agora vai ter q se entender com a justiça e ainda o corre o risco de perder a "boquinha" do estado…

  16. Carlos disse:

    Então, em razão de ter dedicado a sua vida a um projeto populista e corrupto, és agraciado com o direito de incitar a violencia?????
    Tá pensando que vai ficar por isso mesmo???
    Prepare-se para responder ação penal, seu irresponsável!!!
    Uma vergonha manter esse senhor na direção da FJA, a casa da cultura plural. Vê-se como o projeto de poeta entende de estado de direito.

  17. Leonardo disse:

    Depois do que disse esse senhor vai continuar comandando a pasta de cultura do estado? Que absuuuurdo! Mais do que exonerado devia responder a um processo criminal!

  18. caio fabio disse:

    Hipócrita, se fosse num país sério estaria preso.

  19. Observador disse:

    Que saudações democráticas , cara-pálida ! Despreparado para ocupar qualquer função pública . O Governador tem que demiti-lo imediatamente.

  20. Adílio disse:

    Robinson ainda não o demitiu? Tá esperando o quê????

  21. Bismarck P. Sátiro disse:

    Já tá com mêdo? esse é o problemas.

  22. FRASQUEIRINO disse:

    FORA DILMA, FORA LULA E DE QUEBRA LEVA CRISPINIANO COM VOCÊS.

  23. CAZUZA disse:

    Poeta sua carta resposta deveria ter sido versada como vc sabe fazer. Eu também não vou perder meu tempo em fazer protesto tendo juntos zé agripino, filhos e outros coronéis da política, parasitas de longas datas

    • paulo disse:

      Não precisa ir, quem irá são cidadãos de bem. Defensor de pelegos estarão fora

  24. Júnior disse:

    Essa nota é fraquicima, nem deveria ter soltado. Como é a história? Quer dizer que atuou em tom acima do normal foi? De jeito nenhum, o sr e despreparo e não pode fazer o que fez. O governador tem que punir, tem que exonerá já amanhã.

  25. Daniel disse:

    Ele é um ótimo gestor, os méritos não podem ser retirados por um erro que ele cometeu. Que sirva de lição e da próxima mês seja mais comedido nas palavras.

RUIM PARA TODOS: Jornalista inicia campanha para que turistas não visitem o RN por conta da violência

A jornalista Andréa Mousinho, que teve a irmã covardemente assassinada no início do mês durante um assalto em frente a uma padaria, decidiu tomar uma medida, no mínimo, questionável para cobrar mais segurança no Rio Grande do Norte. Ela iniciou uma campanha nas redes sociais para evitar que turistas visitem o Rio Grande do Norte devido à violência.

Em uma publicação no Facebook com o título “Turistas não visitem a cidade de Natal” em vermelho e preto, Andréa prometeu divulgar os dados e estatísticas sobre a violência e criminalidade do Rio Grande do Norte em agências de turismo de todos os cantos do mundo e em veículos de comunicação. De acordo com ela, “Natal está dominada pela organização do crime”.

Ninguém pode contestar que a violência que passamos tem aumentado nos últimos dias, que os boatos de crimes a pessoas próximas estão cada vez mais frequentes e que muitas pessoas realmente tem sentido cada vez mais medo de sair de casa. Mas esse não é um problema exclusivo do Rio Grande do Norte. O Brasil inteiro enfrenta crises com a segurança pública.

E, independente da situação, o turismo e a economia potiguar merecem realmente ser prejudicados? Milhares e milhares de famílias potiguares, que dependem da cadeia turísticas para sobreviver, merecem ser prejudicadas? A imagem que Natal tem em todo mundo, merece ser prejudicada?

Essa é realmente uma boa medida para cobrar mais segurança das autoridades competentes?

Outras medidas com menos impacto negativo para toda a população não seriam mais eficazes?

Você não vê cariocas, baianos, pernambucanos e cearenses fazendo esse tipo de movimento prejudicando sua própria população. E olhe que nesses estados o desmantelo é grande.

A dor de Andréa deve ser terrível, dos familiares e amigos idem, mas acredito que essa atitude merece uma reflexão e uma forma diferente de protesto deva ser pensada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FONSECA disse:

    RELAXA PESSOAL, O CARNAVAL ESTA CHEGANDO E A POLÍTICA DO PÃO E CIRCO VEM AI. PORQUE DINHEIRO PARA SEGURANÇA NÃO TEM, MAS FESTA NÃO PODE FALTAR!!!!

  2. Paulo disse:

    Concordo. Quando a cidade é dos turistas, deixa de ser dos moradores. É uma cidade cara e sem estrutura adequada para receber ninguém. Ponta Negra é dos ambulantes, as dunas dos bugreiros e por ai vai.

  3. Consciência disse:

    As cobranças, os protestos, as lutas em favor de muito mais segurança efetiva para todos, são extremamente legítimas e necessárias, o caso da turismóloga e outros parecem ser a gota d'agua para que haja variadas formas de mobilização da sociedade, esta forma encontrada em específico pela irmã da turismóloga, de fato não é a mais prudente diante do direito de todos os outros cidadãos que sobrevivem do seu suor no campo do turismo, a exemplo do artesão que se pronunciou aqui nesse post. Inclusive, fico pensando, será que essa forma seria aceita pela própria senhora que foi vítima e que em vida soube valorizar o turismo, escolhendo-o como sua profissão, afinal a imprensa divulgou que ela era turismóloga. Fico pensando ainda se a outra jovem que, infelizmente também foi vítima desse cenário caótico de violência em Natal, será que ela como estudante de turismo também levantaria essa bandeira? Concordo que o foco no processo de cobrança e de luta em favor de uma cidade tranquila para se viver e que respeite o direito de ir e vir de todos os cidadãos de bem, deva ser na direção muito mais dos políticos que precisam acordar para aprovar/implementar políticas/ações públicas voltadas a cultura, a educação, ao lazer, ao trabalho, a reestruturação dos presídios, a valorização dos policiais e em determinados contextos à repressão consciente à criminalidade (isso tudo porque a segurança pública é um tema complexo e ninguém conseguirá resolvê-lo na face da terra sem enxergar e atingir os tantos aspectos que o envolvem).

  4. Flavio Andrade disse:

    Enquanto as oligarquias que dominam o nosso Estado e Municipios(INCLUSIVE NATAL) há anos a fio teremos sempre esse caos. Povo sem segurança,saúde e educação e as oligarquias oferecendo pão e circo. Só tomam providências quando o terror chegar na soleira de suas casas! Uma lástima viu. Proteste Andreia Mousinho é um direito seu e um dever nosso também!

  5. George Ferreira bastos disse:

    Pimenta nos olhos dos outros é refresco queria ver esses comentários contra a jornalista se fosse com a família de vocês sem contar que Natal é umas das cidades mais violentas do mundo no Brasil só perde para Fortaleza como noticiou o G1 essa semana aqui se vive como fosse o paraíso só falam que o Rio de Janeiro é mais perigoso enquanto nossos filhos e mulheres e chefes de família estão morrendo. Uma imprensa comprada que não noticia os números reais da violência e o povo achando que está tudo a mil maravilhas.

  6. karlo disse:

    Vejo a atitude da jornalista mais como uma forma de fazer com que as autoridades se mexam.
    Eu sou um dos que perguntado se minha cidade é segura costumo dizer que não, não venham, não é. Perigosa e cara, serviços precários, atendimento de terceiro ou quarto mundo e muitas mazelas mais. Um choque de realidade no povo do turismo fariam as coisas melhorarem.

  7. Silva disse:

    Ela tá errada o caminho não é esse. A bela cidade do Natal as pessoas de bem, que aqui vive não tem culpa do que está acontecendo. O protesto tem que ser feito e de forma veementemente DURA em cima de quem tem culpa. Os culpados são esses políticos ladrões que legisla em causa própria. Ministério público que faz vistas grossas, juizes e desembargadores, padres,postores, todos amordaçados não vejo nenhum com espírito em ajudar o seu semelhante, essa pessoal tem peso poderia protestarem juntos com a sociedade, mas não dão um passo. Não exercem cidadania. E por ai vai. Natal o país não tem culpa.

  8. Alex Dubeux disse:

    Não só Natal como também outras capitais estão passando pelo mesma situação, alguém tem que dar um grito como este para que se faça algo de futura aqui no estado, pois não podemos nem sair de casa ou chegar sem ter que ficar olhando para os lados com medo de ser abordado por bandidos. e se alguém me perguntar se o RN e um lugar bom para o turismo ele é sim, mais muito violento!

  9. Marcio disse:

    Só existe um culpado para tanto! Nossos políticos, quem cria as leis para favorecer o crime em detrimento das lotações das prisões, polícia, juízes, promotor, advogados, e outros, só cumprem o que está na lei criada pelos políticos. Enquanto o nosso maior cargo político, o chefe de governo, o governador, não se integrar com os outros poderes para destinar os recursos necessários à segurança pública, nada adianta fazer e viver de medidas paliativas. Aliás, isso os outros governos já faziam. Cobrar dos políticos e destinar as verbas necessárias e essências são a solução, sem isso vamos continuar piorando. As verbas da segurança pública são as primeiras a serem reduzidas. Nunca dão o devido valor para a importância nessa área, por isso estamos no caos. Somos o 6 país mais violento do mundo e só ganhos para aberrações como Colômbia e países da África. Quer dizer, nossos governantes gostam de conviver com isso. A primeira coisa que o PT, fez há anos atrás foi cortar uma bolsa para os policiais fazerem um cursos na rede senasp, no estado, os policiais militares vivem trabalhando dobrado por meio de diárias, fiado e muitas vezes não recebem, como no caso da copa 2014 que até agora nada. Enfim, um dia quando perceberem que em nenhum país democrático funciona sem autoridades respeitadas e qualificadas, aí saíram às ruas exigindo isso do governo e principalmente dos nossos representantes legislativos.

    • Ingenuo disse:

      Mas a bolsa foi o próprio PT quem instituiu. Sua sede de criticar o Pt é tão grande que nem percebe que antes do PT, essa bolsa não existia. Não vou entrar no mérito, mas não foi FHC quem deu a bolsa.

  10. Helio Motta disse:

    O raciocínio deve ser que se os turistas não vierem para o RN o crime vai desaparecer.
    Esse ato, e vou pensar que foi tomado sob abalo emocional ou sob crise de algum surto psiquiátrico, se assemelha a botar fogo na floresta para acabar com os cupins.
    Acho que essa moça deveria pedir desculpas o quanto antes.

  11. Taís disse:

    O Rio de Janeiro sempre foi uma cidade violenta e nunca deixou de receber milhares de turista, mesmo com a violência é mesmo a Cidade Maravilhosa, muitos aqui apoiando essa atitude com hipocrisia, pois mesmo sabendo da violência que assola várias cidades do país visitam essas cidades. Eu também quero uma cidade segura, sair de casa com segurança e andar tranquila na rua, mas não é agindo assim que se resolve o problema. Pois, não é apenas os empresários que lucram com o turismo, tem muita gente de baixa renda que precisa sustentar sua família de maneira informal, o estado também precisa dessa receita. O que ela quer, prejudicar todo o estado, "consertar" um lado e acabar com o outro? Assim como o turismo é bom para todos a criminalidade é péssima para todos e essa atitude pode até gerar mais criminalidade. A falta de turismo pode afetar financeiramente muitas pessoas e isso também é favorável para o aumento da violência, só acho.

  12. Iranilton fernandes disse:

    Eu venho aprendo que é necessário a cada dia que se passa gritar mais alto.
    E a maneira que a nossa conterrânea achou para dar esse grito foi essa, quanto maior o impacto, maior a chance de uma resposta, é difícil reunir muitos quando a dor é só nossa, e tendo essa arma nas mãos, que são as redes sociais e toda a internet, ela não perdeu tempo e eu a admiro por isso.
    Pode ser que agora tenhamos que pagar um preço financeiro com a redução do turismo, mas, o que se colherá mais tarde será de muito maior benefício, inclusive para quem a crítica, quando os números do turismo caírem alguém terá que tomar providência a esse respeito, aí eu e você que não perdemos irmãos para a crescente violência, talvez possamos continuar com nossos entes queridos ao nosso lado.
    Não conheço a moça, mas já agradeço o que ela está fazendo por minha família.
    Meus sentimentos de pesar por sua perda.

  13. Margarete Araújo disse:

    É verdade. A criminalidade está em todo o país; creio que esta jornalista não soube fazer sua matéria, ela deveria ter falado da violência de forma universal, abrangendo todo o país, sem especificar tais estados.

  14. Felipe disse:

    Campanha contra o turismo no RN ? Quanto maior o desemprego, maior a criminalidade.

  15. Angelo junior disse:

    Vamos mandar os turistas pra França, lá o clima é outro, não há violência. Gente não é atitude como esta que vai resolver o problema e a dor, da perda de um ente querido. A violência urbana tá presente em todos os centros urbanos, uns mais e outros menos, vivemos num País em que aceitamos, passivamente, a elaboração de leis que não tem o devido alcance social e assim, tem favorecido a bandidagem, a jovem que matou a turismóloga, se fosse num País sério, era pra tá presa quando ocorreu o fato sinistro, pois já era infratora contumaz quando adolescente, isso tem nome impunidade. Portanto, a questão da segurança pública perpassa pelo manto da lei, em razão do seguinte principio: "ninguém faz ou deixa de fazer alguma coisa senão em virtude de lei".

  16. Nerivan disse:

    E se os Turistas deixarem de visitar Natal a violência vai acabar se tiver essa garantia eu apoio, mas acho que vai piorar porque muita gente irá ficar desempregado, até porque as autoridades não estão nem aí eu sei que o objetivo dela é chamar atenção das autoridades p ver se o Governo toma vergonha e Tomé decisões mais rígidas contra a violência que toma conta de todo RN!

  17. Anderson disse:

    A imensa dor que corrói o peito desta jornalista, parece que também está corroendo sua racionalidade, e a mesma em uma atitude típica de vingança se volta contra o Estado e não mensura que seus atos podem prejudicar milhares de cidadãos honestos e trabalhadores, que assim como a irmã dela são vítimas de políticos inescrupulosos que só visam, seus interesses e em razão disto fizeram governos medíocres e inoperantes em todas as áreas, não somente na segurança. Essa fatura tem que ser cobrada não só de Robinson, mais também de Rosalba, Wilma, Garibaldi, Vivaldo, Zé Agripino, Fernando Freire entre outros estes sim são os verdadeiros responsáveis pelo caos no RN.
    Some-se a eles uma Polícia que precisa se modernizar e repensar seu "modus operandi", um judiciário inerte e que dó pensa em vantagens e benefícios, uma população que se acovarda e não denúncia seus criminosos e ainda tem o péssimo hábito de ser contra a sua polícia, advogados que fazem tudo por dinheiro e não teluta memo soltar seus clientes mesmo que para isso tenham que distorcer os fatos, uma imprensa parcial que adora manchetes a qualquer custo e que adora o sensacionalismo mesmo que a custas dos outros., uma criminalidade que cresce a cada dia e se moderniza em uma velocidade absurda financiada pela rentabilidade e impunidade dos seus atos.
    Ou mudamos todos, ou estamos perdidos e o mal triunfará como vem acontecendo !!!!

    • Neto disse:

      Tomara Anderson que você nunca passe pela situação que a família Mousinho passou. Não desejo isto pra ninguém. Dizer que a dor que a jornalista Andreia está passando corroeu a sua racionalidade é desumano. Deus te proteja!

    • beto costa disse:

      vc não sabe o que é perder um parente de forma vil e cruel. Foi uma recém "de menor" adulta, que já tinha sido presa que eliminou esta vida. Parem de julgar o sentimento dela..

  18. Vinícius disse:

    O Rio Grande do Norte não é um local seguro para se viver, tampouco visitar.

    Não faço campanha contra o turismo, mas também não recrimino a atitude da mulher. Digo mais, se me perguntarem, pedirem uma dica, nesse momento, eu diria: venha não. Estamos em estado de guerra civil. O governo se buliu pelo menos. Deixe ver se a poeira senta.

  19. Pinheiro Dias disse:

    Está mais que certo! O índice de violência é altíssimo e diariamente, tanto turistas brasileiros quanto estrangeiros são assaltados.
    Agora se querem bajular o governador e fingir que a segurança está Nota Dez, é outra história. Tem que cumprir o que foi dito na campanha, NADA MUDOU. NADA.

  20. Neto disse:

    Nós que moramos nesta cidade, estamos vivendo apavorados o nosso dia a dia. Tenho familiares que estão acometidos pela síndrome do pânico, que quando necessitam sair de casa, começam a tremer, suar, chorar, pois residem em bairros com altos índices de crimes, e já foram vítimas dessa violência que assola nosso estado. Estão fazendo acompanhamento médico. Não acho justo vender as lindas imagens do RN, como se aqui fosse um paraíso. Acredito que se faz necessário um trabalho efetivo para que aconteça uma redução significativa da criminalidade, e aí sim, divulgar o nosso estado para atrair turistas para cá. Concordo com a atitude da jornalista Andreia Mousinho. Os turistas precisam vir ao RN para se divirtirem e não para serem vítimas da criminalidade que impera nas terras de Poti. Quanto às pessoas que sobrevivem do turismo, com a queda do número de turistas que deixarão de nos visitar, terão uma redução nos seus lucros, mas essa situação servirá para cobrarmos ações mais eficazes dos governantes, e quando esses índices forem revertidos, teremos um turismo com mais segurança e a divulgação positiva do RN e, principalmente, mais segurança para a população potiguar. Melhor do que atrair turistas com essa insegurança reinando aqui e queimar o turismo do estado. Parabéns Andreia.

  21. Carlos Medeiros disse:

    Parabéns à jornalista. Apoio totalmente a ideia.

  22. Fabio disse:

    Apoiada. Primeiro lugar é a vida. Vivemos sitiados e acuados sem poder sair de casa e os políticos e empresários ricos andando com carros blindados e seguranças particular e nós, humanos, a mercê da violência, na mão dos bandidos.

  23. Junior pinheiro disse:

    Porque nao protestar contra os politicos que se omitem todos os dias em relação a segurança e sistema prisional e ainda em relação as leis fuleiras de nosso pais???????porque nao mudam esssas leis que só beneficia o bandido? ???

  24. Aparecida disse:

    Parabéns Andrea. Deveriam fazer levantamento de quantos turistas já foram assaltados e até mortos no RN. Recentemente li que um casal de idosos europeus foi assaltado e covarde mente agredido. Há quem tem casa na praia tá pensando em vender.

  25. joao Mendes disse:

    Concordo com ela. Infelizmente algo tem que ser feito. Se perde aqui pra ganhar ali.

  26. Azevedo disse:

    Acho que essa jornalista está prestando um desserviço à cidade onde ela reside e trabalha, porque ela não fez ou iniciou esse movimento quando da perda de pessoas de outras famílias? Essa atitude em causa própria não resolve nada, só faz prejudicar muitas famílias que tiram seu sustento do turismo. Isso é legislar em causa própria, a mesma já pode entrar para a política sebosa desse País.

  27. Fabio disse:

    Apoiada. Os turistas veem a Natal porque os vendem uma coisa e quando eles chegam aqui se deparam com outra. Estamos sitiados, sem sair de casa, com medo, acuado, devemos tornar público o que está ocorrendo em Natal, não podemos fazer nada em relação as outras cidades mas Natal é a nossa casa, aonde nascemos e criamos nossos filhos. Não visitem Natal, essa cidade é uma faixa de gaza.

  28. Marcondes Morais disse:

    Fortaleza foi considerada mais violenta do que Natal? Há alguém vítima da violência fazendo campanha contra a cidade de Forteza? Violência há em qualquer lugar. Não tem jeito. Pela lista divulgada pela ONG, percebi que figuraram várias cidades localizadas até nos Estados Unidos, fato que demonstra que nenhuma cidade é 100% segura. Compreendo a dor dessa senhora, mas a meu sentir, esse parece não ser o caminho correto para buscar melhora na segurança.

  29. paulo disse:

    BG.
    A senhora tem toda razão estamos vivendo no País uma guerra civil que em grande parte tem a IRRESPONSABILIDADE da classe politica, OMISSA , CONIVENTE e sem força nenhuma para estancar esse descalabro administrativo nas três esferas de governo. O que esta acontecendo no Brasil são MELIANTES e PELEGOS infestado em todos os órgãos públicos e não há dinheiro que chegue para sustentar essa corja ptralha e seus asseclas. Como podemos ter educação saúde,segurança quando o dinheiro ARRECADADO É farreado por um bocado de parasitas encastelados no poder?????. O cidadão Brasileiro esta vivendo ENCLAUSURADO em suas casas,aptos,etc e os BANDIDOS soltos com Leis frouxas, judiciário impotente para julgar, "direitos humanos defendendo bandidos" enfim estamos VEGETANDO em um CAOS TOTAL.

  30. Osvaldo disse:

    Primeiramente, deveria o blog e os demais "comentaristas" de plantão respeitarem o direito constitucional da cidadã (ainda que jornalista) se manifestar. Querem amordaçar o direito de expressão da referida senhora? Quantas matérias oportunistas são publicadas diariamente sem que ninguém tolha seu direito de expressão? O desabafo é dela, é lícito, e deverá ser respeitado. Qualquer cidade que vive de turismo deve investir em segurança pública. Tapar o sol com a peneira é digno do pensamento mediano desses "comentaristas" de plantão. Ao invés do trade turístico contestar o teor das declarações, deveria cobrar com pujança que o governo invista cifras vultosas na segurança. Não queremos Arena das Dunas, não queremos um aeroporto "desnecessário". Queremos andar (ir e vir sem medo de morrer). Chega de falso moralismo. Tá na hora do povo saber o que está ocorrendo aqui. Eu também aconselho que não venham a nossa Cidade enquanto o caos estiver instalado. E mais, não faço turismo no Rio de Janeiro, tampoco Recife. Ora, se utilizar da desgraça alheia em comparação e detrimento ao direito de expressão e, no mínimo, irresponsável! Antes de tentar tolher a expressão fa referida senhora (que não a conheço), sejam mais inteligentes. Péssimo exemplo desse blog!

    • bruno disse:

      Caro Osvaldo, vc deve ter lido outro post. No meu, eu não tiro nenhum minuto o direito de Andréa protestar, pelo contrário. Agora levando a reflexão sobre a forma, apenas isso, até porque também tenho esse direito. Sobre o Trade Turístico, não vi ninguém nem opinar sobre isso.

    • Graça disse:

      Concordo, e acrescento veementemente : o R.G.N se encontra em estado de guerra, a tolerância zero que deveria ser aplicada aos bandidos chegou aos cidadãos, não dá mais pra se morar aqui, quanto mais fazer turismo. Já que as autoridades não tomam as providências necessárias para coibir a fuga dos presos, e dá segurança aos seus habitantes, não vejo outra saída, a não ser usar éstá forma de apelação. Perde o Estado. Perdem os empresários, quem sabe assim, sentindo na arrecadação e no bolso, eles se unam as famílias enlutadas, e partam para uma campanha mais agressiva exigindo providências. Quanto a imagem denegrida do nosso Estado, ela já vem sendo mostrada pela mídia diariamente em todo o Brasil, e no mundo. A Internet é uma arma poderosa também, e o cidadão comum só tem a ela para recorrer. Usaremos de todas as armas para pedir socorro, diante do caos que assola a nossa terra.

  31. Alcio disse:

    Concordo com a jornalista, trabalho na área e sei q hj segurança no RN é fantasia. Todo dia acordo rezando e pedindo a Deus q nada aconteça com os meus!

  32. Fernando disse:

    Vou na linhas dos comentários dos dois Ricardos. Lamentável esse tipo de atitude, quer dizer, fudendo todo mundo por causa do protesto, ai as coisas vão ter jeito? Eu que tenho uma banca de Artesanato em Ponta Negra, qual culpa tenho da insegurança em Natal ou Brasil? Mas vou ter que pagar porque estão defendendo como protesto que Turista não venha mais a Natal? Me perdoe, perdi uma esposa numa luta contra um câncer, apesar das mortes diferentes, a dor deve ser a mesma, esse não é o caminho.
    Vamos para as ruas, fechar ruas, protestar, mas não dessa forma.
    Meu registro.

    • SURPRESO disse:

      Razão de protestar essa senhora tem, mas acaba no momento em que ela prejudica a vida de outras pessoas que vivem do turismo..".O meu direito termina, quando começa o do outro"!

  33. marcelo disse:

    Sinceramente, acho que ela tem toda razão. É muito covarde de nossa parte deixar que turistas desavisados ponham as suas vidas em risco vindo visitar uma cidade violenta e entregue aos bandidos. Principalmente os europeus e americanos que vivem em países desenvolvidos onde é praticamente impossível de alguém assaltar com arma de fogo ou branca. Eu se fosse oriundo de algum país de 1º mundo não viria ao Brasil de forma nenhuma. Lá a gente pode andar a qualquer hora portando máquina fotográfica, celular, joias ou qualquer outro bem que o risco de ser assaltado é zero. Turista não venha ao Brasil pois a sua vida aqui não vale nada.

    • souza disse:

      Melhor comentário. O turista tem o direito de saber a real situação da segurança pública no RN, para que possa decidir se quer vir ou não.

  34. Almeida disse:

    Sinceramente não acho que esteja errada. Eu já faço isto boca a boca. Natal não tem segurança alguma e é bom mesmo que caia o fluxo de turista, cai o dinheiro a entrar no estado e assim este governo toma uma medida energica.Sou uma pessoa que vivo fora do País, sofri um grande arrastão dentro de casa aí é não tenho coragem nem de visitar meus parentes. A verdade tem que ser dita.

  35. Ricardo disse:

    Em um Estado que vive essencialmente do turismo nos dias atuais, essa Senhora vem lançar uma campanha para que turistas deixem de visitar o nosso Estado? Meu Deus do céu, quanta ignorância! Se turistas deixaram de vir ao nosso Estado, pessoas ficarão desempregadas e isso com certeza fará aumentar ainda mais a criminalidade aqui. Será que tem gente que ainda compartilha ou curte uma página desta?
    E isso ainda parte de uma jornalista! A que ponto chegamos… E tem gente que ainda reclama de pessoas não formadas que trabalham na área e se dão bem. Pelo visto, os formados não demonstram essa capacidade toda para exigir dos outros um diploma não…

  36. Ricardo disse:

    Não tenho noção da dor dessa irmã, e concordo que algo deva ser feito e algum tipo de protesto também, mas é lamentável esse tipo de atitude que ela se propôs a fazer, colocando na lama o nome de uma cidade que não tem culpa pelo problema de insegurança que estamos passando.

    Cara Andréa, repense isso.

    • marcos disse:

      Deixando milhares sem empregos os roubos,assassinatos crescerao rapidamente, talvez atingindo a propria senhora, PENSE

  37. Sandro Alves disse:

    Parabéns Andréa, neste país de corruptos e ladrões, as pessoas de fora do país, precisam saber a maquiagem que existe nestes estados falidos pela corrupção. As famílias do RN, precisam mais de segurança do que turismo. Pagamos nossos impostos e caros, para ter no mínimo respeito. Ajuste a casa e depois sim, trabalhem para poder trazer alguém de outros estados para nos visitar.

    • bruno disse:

      Sandro, não discordo de se protestar. Mas não a população não tem culpa, que vive do turismo também não, é o único questionamento que faço. Abraços

Ladrão mata jovem por causa de celular na Zona Norte

A jovem estudante Maria Karoline, de 19 anos, estudante do curso de Turismo na UFRN, foi assassinada no final da tarde desta quarta-feira (20). Ela foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte), na Avenida Itapetinga, no no bairro Potengi, zona Norte de Natal.

De acordo com informações obtidas pelo blog, a jovem estava caminhando juntamente com a irmã na Avenida Itapetinga, quando foi abordada por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os criminosos pediram os celulares das duas. As duas entregaram sem reagir. Mesmo assim, um dos bandidos atirou nela.

Maria Karoline foi alvejada com um tiro na cabeça e outro no tórax. Após os disparos, a dupla fugiu. O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi acionado, mas quando chegou a jovem estudante já estava sem vida.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Segundo disse:

    O GOVERNADOR DA SEGURANÇA FRACASSOU!!!

  2. paulo disse:

    BG
    Enquanto nós CIDADÃOS não extirparmos essa classe politica OMISSA,CONIVENTE,IRRESPONSÁVEL,NEGLIGENTE,CORPORATIVISTA,ENGANDORA,MENTIROSA,PODRE e uma infinidade de adjetivos, enterraremos nossos JOVENS e CIDADÃOS trabalhadores cumpridores dos seus deveres,pagadores da maior carga tributaria do MUNDO para sustentar esse MALANDROS escondidos nos "gabinetes" com ar-condicionado , motoristas, auxilio palito, auxilio moradia. ISTO É UM ESCARNIO com a população abandonada deste País chamado Brasil.

  3. caio fabio disse:

    Governo incompetente, inerte. Chega de "barbie" e embromations.

  4. Paulo disse:

    Culpa do "direitos dos manos" Que policial que vai agir preventivamente, se em uma abordagem não pode mostrar arma, não pode isso, não pode aquilo. Como é que você vai chegar pra fazer revista em alguém sem poder mostrar arma nem nada. Vida de policial é difícil, imagine a tensão de você pensar que ali pode ter um bandido armado e ainda é criticado nas abordagens? Aparece um monte de gente na hora pra filmar e tirar foto dizendo que é policia racista, policia assassina e no final o policial que responde a um processo administrativo.
    Tem é que acabar com esse mimimi de vitimismo e revistar mesmo as pessoas.

  5. Paulo disse:

    Culpa do "direitos dos manos" Que policial que vai agir preventivamente, se em uma abordagem não pode mostrar arma, não pode isso, não pode aquilo. Como é que você vai chegar pra fazer revista em alguém sem poder mostrar arma nem nada. Vida de policial é difícil, imagine a tensão de você pensar que ali pode ter um bandido armado e ainda é criticado nas abordagens? Aparece um monte de gente na hora pra filmar e tirar foto dizendo que é policia racista, policia assassina.
    Tem é que acabar com esse mimimi de vitimismo e revistar mesmo as pessoas.

  6. Diego disse:

    Alguém já viu a mídia brasileira exaltar um policial? Quando foi que o Fantastico mostrou pela ultima vez um policial heroi?
    É comum ver na CNN os americanos condecorarem policiais com honra como fizeram aos que mataram os terroristas de Boston.
    Aqui só se dá destaque aos corruptos e bandidos. Outro dia a corregedoria puniu dois soldados que obrigaram bandidos a carregar uma freezer que haviam roubado, porque isso era degradante. Tá de brincadeira?!
    Lamento mais o prognóstico é de que o atraso e mediocridade de nossa sociedade e todas as mazelas que resultam delas ainda vão levar gerações para desaparecer.
    Enquanto isso ainda vamos colher muito dos valores que plantamos.

  7. Chico disse:

    Inadmissível. Até quando? A sociedade natalense acompanha passivamente e os nossos governantes assinam mais um atestado de incompetência sem precedente. Natal, cidade linda por natureza e uma das mais violentas do Brasil. Quem tiver condições, pode arrumar a mala e morar em outras terras, pois quem está na rua corre perigo de morte. Estamos fritos!

  8. Claudinho disse:

    Como a vida aqui nessa bagaça não vale p…. nenhuma mesmo, não é? Fazer zoada por causa de centavos boa parte faz, mas lutar pela segurança, saúde, educação, VIDA, haha… ninguém nem se atreve jogar pedra na porta do Midway…

  9. Marcus disse:

    Nao vamos atrapalhar o veraneio… do Governador da seguranca….

  10. Bueno disse:

    O RN precisa de alguém de pulso , alguém que não tenha medo de enfrentar primeiro os defensores dos "direitos" mais conhecidos como hipócritas. Esses nunca perderam parentes vitimas de menores ou de bandidos que a policia prende e com meia hora tão soltos cometendo delitos novamente. Esse governador é fraco infelizmente. É igual aos outros políticos que sabem falar mas não sabem agir. Decrete calamidade na segurança, chame a força nacional o exercito mas faça alguma coisa ou ira começar uma matança sem precedentes no RN. Hoje tanto faz ser cidade grande, pequena ou um sitio da zona rural, não existe segurança, certo que temos uma legislação capenga mas pior é ser omisso, isso acentua muito mais a impunidade. Acorde governador ou o Sr poderá chorar as dores que muitos choram já que eles não escolhem mais a quem matar.

  11. Edu disse:

    Porque este caso não teve a mesma repercussão e comoção popular que o recente e lamentável assassinato da Gizela Mousinho, dois atos de pura crueldade e barbárie que mereciam o mesmo tratamento da opinião pública, imprensa e empenho da Polícia em punir os culpados.

  12. Sergio Nogueira disse:

    Vamos dar moleza pra vagabundo. Cheios de direitos, regalias e defensores fazem o que querem porque sabem que haverá quem lute para que o período na prisão, se houver, já que o Judiciário descobriu a roda com a Audiência de Custódia, seja o menor possível.
    O Estado não tem competência para manter presos essas nulidades mas tem para botar a Defensoria Pública para conseguir o menor castigo possível.

  13. José Avelino disse:

    Se não mudar tem que ter uma intervenção no estado, pois estamos sem comando, com um governo fraco, sem poder de reação.

  14. Lena disse:

    Gente isso ta um caso sério , não podemos usufruir de um direito que temos o de IR e VIR , ta faltando intervenção mais rígida , a bandidagem ta grande , só Deus pra cuidar da gente ….

  15. André disse:

    O governador em todos suas entrevistas de final de ano era dizendo que a segurança tinha melhorado, ridículo , está aí o resultado , fugas , mortes e assaltos nas praias , no centro na zona norte na zona sul , não conseguem fazer o básico que é deixar o bandido preso .

  16. Douglas Santana Meireles disse:

    Esses criminosos devem ser fichados e estão soltos matando covardemente as pessoas de bem. Da mesma forma como aconteceu com os turistas norueguêses os criminosos são fichados e estão soltos cometendo crimes que afetam sobetudo as vítimas diretamente e a sociedade em geral. Principalmente pra quem vive do turismo.

  17. Jiordano disse:

    Temos que reagir a essa situação, não podemos ficar de braços cruzados…

  18. Maria da Conceição disse:

    Gente, pelo amor de Deus!/Vamos suplicar leis mais severas ao nossos Deputados… É inadmissível uma situação dessa. Como esse pai, essa mãe, essa irmã estão agora? Leis e políticos frouxos deixam a população a mercê. Vamos nos revoltar! Que coisa mais absurda e triste! Caraaaamba!

  19. Larissa disse:

    Ou a polícia começa a matar esses monstros, ou não teremos paz nunca mais. Só assim vai resolver.

  20. JOAO MARIA disse:

    Enquanto não tiver pena de morte para este tipo de bandidos a situação já estar pessima e com certezxa vai piorar neste pais de impunidade

  21. roseane disse:

    Aonde vamos parar com tanta criminalidade aqui neste país e em especial o RN?.

  22. Osvaldo disse:

    Governador, dê uma justificativa à sociedade. Ninguém aguenta mais essa selvageria. Emita uma nota pedindo desculpas pela sua ineficiência… Seu fracasso como "governador da segurança". Bandidos cavando túnel à luz do dia e nada é feito? Arrastões, latrocínio e homicídio é o dia a dia dessa cidade.

  23. Rodrigues disse:

    Sinceramente eu não sei mais o que está faltando para as autoridades botar moral nessa merda. É revoltante, é casa de juiz sendo assaltada, é turistas assaltado é uma bagunça só, ninguém pode mais sair de casa que está vulnerável, tem que pedir a Deus para não está no lugar e na hora errada, porque se não vai acontecer. E esses bandos de calça frouxa não faz nada? Entregue a porra desse Estado por dois finais de semana, A quem tem CORAGEM ( MILITARES) que dão um jeito, tá faltando ORDEM, Governo civil é fraco, divulgam umas estatísticas fajuta e vão enrolando a população onde na prática o que se vê é o contrário, faltando ordem. Tá mais do que comprovado, de Norte a Sul do Brasil. Como está, não pode ficar. Tá imoral passando de todos os limites.

  24. Junior disse:

    O povo merece se fuder!

    E acredita que vai continuar assim e ninguém vai se mexer??
    Kkkkk

    O povo do RN é parado! Parado até demais!
    Tem preguiça até de lutar pelos seus direitos!

    Por isso que eu afirmo! Todos merecem se fuder!

  25. Adalbetto disse:

    RN sem controle. Governador, decrete a calamidade na segurança do estado do RN. Situação insustentável.

  26. charles disse:

    Cadê o governo da segurança?

  27. Potiguar disse:

    Pelo amor de Deus, os cidadãos do RN estão sendo CAÇADOS pela bandidagem. Tá na hora de uma revolta geral por parte da população porque ninguém sabe onde essa "guerra civil não declarada" vai terminar.
    A situação é muito preocupante.

Casa em Muriu é alvo de arrastão

Na noite desta quinta-feira (14) mais uma casa do litoral potiguar foi alvo de arrastão. Dessa vez o crime aconteceu na praia de Muriu.

De acordo com informações repassadas ao blog, três homens armados invadiram a casa, renderam as pessoas que lá estavam e iniciaram o arrastão. Todos os pertences foram levados das vítimas durante a ação dos bandidos.

As vítimas procuraram a polícia na delegacia e já identificaram um dos criminosos. A polícia está em diligências a procura dos suspeitos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. robert disse:

    para a segurança publica ter alguma mudança e preciso ter coragem de mexer na estrutura, fazer maquilagem e pedir para chorar o leite derramado…….

    o Estado que tem o menor efetivo proporcionalmente e SP e ja possui mais de 100.000 POLICIAIS….

    colocar a falta de segurança no simples motivo de falta de efetivo e muita incompetência…..

    no interior de SP temos cidades com mais de 1.000.000 de habitantes e apenas um BATALHÃO da PM e o índice de crime e baixo, no rio grande do Norte Mossoró tem dois BATALHÕES e o índice de crime e altíssimo.

    para fazer SEGURANÇA PUBLICA não existe segredo, nem formula magica. veja os resultados dos Estados RS, SC ,SP, PB,RO,AC, AL,MG,PR.., que fazem o trivial e tem bons resultados.

    Secretario de segurança não pode ser PC, PM ou BM pelo motivo obvio de ser passional……

    bandido tem que temer a policia…..

    delegacias tem que funcionar 24h todos os dias da semana, boletins de ocorrência, TCO, IP tem que ser digital em um sistema de informatica interligado aos tribunais de justiça para facilitar o acompanhamento dos procedimentos POLICIAIS.

    apenas nas sedes COMARCAS de comarca devem existir delegacias nas demais cidades apenas POLICIA OSTENSIVA (PM) o motivo obvio e a economicidade de meios e a demanda do judiciário se não e comarca não tem como processar.

    posso passar o dia todo elencando soluções que não tem custo e racionalizam as acoes de segurança publica, pelo simples motivo de ter mais de 30 anos de vivencia na segurança publica e de acompanhar os resultados em todos o pais.

    coisas muito simples pode ser operacionalizada, existem colegiado para tudo no Estado, ate para coisas sem importância para o clamor publico, um colegiado técnico formado apenas por servidores da segurança publica, MP e judiciário podem trazer soluções sem politicagem e empirismo.

  2. Ângelo Júnior disse:

    O problema não é a redução do números quanto a homicídios, os chamados CVLI, poderia até ser maior caso fosse somente com bandidos, porém, a nossa preocupação é o numero de mortes quanto a pessoas de bem, onde qualquer cidadão de bem pode ser a vítima e, não só os homicídios, mais também os roubos de toda espécie, arrastões e estupros etc. Tudo isso, vem causando pânico na sociedade, onde já não mais se pode sentar nas calçadas pra conversar, temos que andar desconfiado achando que algo vai acontecer e , finalizando as constantes fugas de presídio faz aumentar a nossa preocupação, haja vista, que vai aumentar o trabalho da polícia na captura, onde esta, já não dá conta dos que estão soltos.

  3. Luciana Morais Gama disse:

    O Rio G do Norte ficou 20 anos parado esperando o AEROPORTO DE SÃO GONÇALO, brilhante idéia do então Governador GARIBALDI ALVES, e agora estamos colhendo os frutos dessa paradeira, ausência de investimentos em tudo, inclusive em SEGURANÇA PÚBLICA.

  4. José Avelino disse:

    Com exceção do governo de Garibaldi, Robson participou de todos governos nos últimos 30 anos, de Zé Agripino, de Vilma era uma espécie de primeiro ministro, de Rosalba era vice, então ele também é responsável por tudo que acontece no estado, não é inocente não, é cúmplice de todos esta desordem atual.

  5. Edinaldo disse:

    Quem vive de passado e Museu. Governo novo gestão nova isso nos interessa

  6. Carvalho disse:

    Vale lembrar também que o governador não tomou nenhuma medida séria e efetiva para cortar gastos desnecessários e para garantir mais recursos na área da segurança.
    Comprar uns carrinhos não é o suficiente.

  7. Potiguar disse:

    Vale lembrar que este descalabro na segurança pública do RN também é resultado de DÉCADAS de desleixo e falta de atenção com a coisa pública, não é algo que começou ontem.
    Mas nunca é tarde para se buscar uma melhora, vamos continuar cobrando.

  8. José Avelino disse:

    Olha o governador da segurança aí gente !!
    Imagina se a segurança não fosse a prioridade deste governo, más as estatística vão mostrar redução na criminalidade..
    Acreditem !!

Bandidos assaltam loja climatização de carros e atiram no proprietário durante fuga

Notícia quente que acaba de chegar. O blog foi informado que agora há pouco três homens armados invadiram a loja Frioauto, assaltaram o estabelecimento e balearam o dono durante a fuga. O trio fugiu em um veículo Fox, de cor branca e placas não identificadas.

As informações ainda chegam ao blog sem detalhes, mas há a confirmação de que um dos bandidos foi baleado também. A Polícia está em diligências nesse momento para procurar os suspeitos de terem praticado o crime. Atenção também nas unidades de pronto-atendimento para ferimentos de bala.

* Mais informações em instantes

EDITORIAL: Agora é tarde, Gisela é morta!

Editorial do jornalista Minervino Wanderley, que o blog aqui reproduz. Um belo texto que resume o pensamento de muita gente:

A bala disparada contra Gisela, de forma cruel, covarde, desumana, ceifou a sua vida. Tirou do nosso convívio uma criatura doce, semblante de paz, exalando bondade. Mas, amigos, essa bala também nos atingiu. Não conheço uma pessoa que tenha visto a cena que não ficou emocionada. Há, em todos, um sentimento de revolta e de lamento dentro do peito. Imagino, meu Deus, como estão as pessoas da família de Gisela. Filho ou filhos à procura da mãe que nunca mais virá. O marido olhando pelos lados à espera de que, a qualquer momento, ela apareça. Todos ainda incrédulos com o fato. A irmã, Andréa, é um poço de tristeza. Seus amigos ainda devem estar procurando explicações para o inexplicável.

Tenho a nítida sensação é de que essas balas estão cada vez mais próximas de nós. Deixaram de ser histórias que ouvíamos contar e se transformaram no nosso cotidiano. Basta ver os programas do gênero. Pergunto: será que a bala que matou Gisela pegou apenas de raspão nas autoridades? Por quanto tempo vamos resistir até sermos obrigados a ficar trancafiados em nossas casas enquanto os bandidos passeiam impunemente pelas ruas? Ir a um restaurante, um bar, ou dar uma caminhada virou uma corrida entre a saída e a volta para casa. Quando se chega em casa, uma sensação de alívio invade a alma.

O que é isso, amigos? Perdemos a briga para os marginais? Quantas “Giselas” serão necessárias para que se adote uma postura eficaz contra a bandidagem? O que diz o comandante da Polícia? “Vamos capturar esses bandidos.”? Tem que pegar antes do crime, comandante. Não me pergunte como, pois não sou policial nem aceitei ser o famoso “Chefe de Polícia”. Não digo que é fácil, de forma alguma. Mas, isso só chegou a esse ponto em razão da ineficiência do poder público.

Ninguém quer mais festejos, fogos, pontes, estradas. Queremos festejar o fim dessa verdadeira barbárie. Queremos soltar fogos a cada criminoso preso e condenado. Queremos atravessar a ponte que nos conduz à paz. Queremos, isso sim, poder andar pelas estradas alegres e fagueiros em busca da nossa Cidadania. Essa mesma Cidadania que, aos poucos, vão retirando de nós. Governador, isso virou guerra! E, numa guerra, só há vencidos e vencedores.

Por enquanto, estamos perdendo feio. Vamos reagir, embora agora seja tarde, já que Gisela é morta.

*Jornalista e amigo de Andréa Mousinho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marilene disse:

    Adoro ler os artigos do meu amigo Minervino Wanderley. Ele escreve bem e de coraçao. Texto bem escrito e que traduz tudo o que queremos dizer as autoridades deste país.

  2. Sofia disse:

    É tão triste ver nossa querida Natal, que um dia foi a cidade mais segura do Brasil, mergulhada em crimes, roubos, assaltos, estupros, entre outros. É de chorar, quando a gente tenta se lembrar de 20 anos atrás, quando se dormia o veraneio inteiro,nas varandas das casas; quando se pegava ônibus na UFRN, às 22h30 e caminhava até em casa , pelas ruas escuras e não acontecia nada. Onde será que erramos? os Políticos estão muito piores, as pessoas desacreditadas, com medo e as famílias sofrendo um terror desses.Com a palavra o GOVERNADOR DA SEGURANÇA.

  3. Indignada disse:

    Texto excelente. Precisa o povo cobrar do governo

  4. Cláudio David disse:

    Soltarei fogos a cada criminoso morto.

  5. Keyla Teodósio disse:

    "A dor do outro não é minha, mas ela me dói!" Quantas vezes mais a perplexidade vai nos tirar o fôlego, até que voltemos a um estado de segurança que nos permita um direito tão sublime e necessário, "ir e vir"?! Só Deus é por nós…

  6. João neto - candelaria disse:

    Meus sinceros pêsames
    Que DEUS com forte sua família. Mais minha opinião sobre esses bandidos a solução nunca passará só por autoridades. Devemos nos armá tabem e responder a altura. Bandido bom e bandido MORTO. Não aguento mais ter medo de chegar em casa. Me dê o direito de pelo menos me defender. Até quê a autoridade decida trabalhar direito sem politicagem.

  7. João Maria disse:

    MESMO COM POUCO EFETIVO A POLÍCIA E O GOVERNO VEM FAZENDO O DEVER DE CASA, MAS NÃO ADIANTA A POLÍCIA PRENDER E A JUSTIÇA NO OUTRO DIA SOLTAR. ESSA É A REALIDADE.

  8. Beto guedes disse:

    Brilhante texto minervino, até quando vamos ficar à mercê desses bandidos e perdendo aquém amamos, outro dia foi Gisela, quem será o próximo ( a )

  9. Fabio disse:

    Enquanto isso….brasileiros lotam estádios de futebol para assistir aos jogos mas não se importam para o que está acontecendo com o nosso país. O Brasil é um país de bandido, uns roubam outros matam e o cidadão de bem vive assim, morrendo e sendo roubado por eles. Acorda povo. Pena de morte aos bandidos.

  10. Edivaneide de Oliveira Santos disse:

    Não à conhecia a pessoa de Gisela, mas fiquei e estou muito indignada com essa barbaridade que fizeram não só com ela, mas com a família que sofre a dor com a perda de uma ente querida. Até quando teremos que conviver com esse tipo de coisa? Ao invés destas blitz para pegar bêbados porque não procuram planejarem blitz em bairros que a situação é crítica, por exemplo onde existem usuários de drogas. Porque não colocam guaritas nesses bairros? A justiça é muito falha, o bandido sai tirando a vida das pessoas de bem porque sabem que passam um ano preso depois são soltos e voltam a fazer a mesma coisa. Os bandidos ou bandidas que assassinaram a Sra Gisela teriam que serem fuzilados, vivemos num país sem segurança. Onde estão os direitos humanos para saírem em defesa dos cidadãos e cidadãs de bem? É revoltante sairmos de casa sem termos a certeza se voltamos em paz.

    • Braulio disse:

      Boa ideia. Porque esse pessoal da blitz, ao inves de ficarem parados esperando pegar alguem q bebeu, não fazem rondas diárias nos bairros? Creio q evitaria muito mais mortes e roubos q acidentes de trânsito.

  11. Georgina Nogueira Ribeiro disse:

    Foi uma cena muito triste, a filha presenciar um bandido tirando o que ela tinha de mais precioso, sua mãe, que cena horrível ficará em sua mente vê o corpo de sua mãe sem vida. Ela tinha acabado de descer do carro alegre e veio esse infeliz e levou a alegria de Giselle, e muito triste, meus pêsames a família enlutada. Que Deus lhe dê o descanso e a luz eterna, descanse em Paz Giselle.

  12. Marta Peres disse:

    As pessoas têm que fazer algum movimento, inclusive exigindo do governo respostas e soluções para a segurança, a bala que tirou a vida de Gisela atingiu a todos nós sim, atingiu nossa alma. Vamos reagir, vamos cobrar nosso direito à vida, para Gisela infelizmente é tarde.

  13. Luciana Morais Gama disse:

    Parabéns!!! Esse texto é o sentimento de toda nossa sociedade. Que tal o Governo criar uma operação no estilo da OPERAÇÃO LEI SECA (sem deixar de lado essa operação) e colocar o competente CAPITÃO STYVENSON para prender esses bandidos. Fica aqui a minha sugestão. Duas operações, uma para os bêbados e outra para os bandidos.

  14. Observador disse:

    Diante desta tragédia inominável , algum apoio de algum grupo de direitos humanos da província ? Lógico que não , pois se trata de uma pessoa de bem .

Violência em Mossoró: Tiroteio deixa criança e mais dois feridos, e trabalhador rural é assassinado enquanto dormia

A noite de domingo em Mossoró, mais uma vez, foi violenta, registrando feridos a bala e homicídio violento dentro de residência. De acordo com O Câmera, nesse 21 de setembro de 2014, uma troca de tiros deixou três pessoas  feridas. Um acerto de contas pode ter sido a motivação para as cenas de “Bang Bang”, na Rua Presidente Kennedy, no bairro Barrocas.

Segundo as informações que foram repassadas para a Policia Militar, um homem ainda não identificado, teria tentado matar um outro de  27 anos, e ele teria reagido baleado o seu agressor, que não procurou socorro médico nas unidades de Mossoró. Na ocasião, uma criança de apenas oito anos de idade foi atingida de raspão e não corre riscos de morte.

A “vítima” de 27 anos residente foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Santo Antônio e transferido pela equipe de uma Unidade de Suporte Avançado “Alfa” do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia. Segundo informações apuradas por O Câmera, seu estado de saúde é considerado muito grave.

HOMICÍDIO

No final da noite desse domingo (21), no Sitio Olho D’agua Velho, localizado as margens da BR 110, a 25 Km de Mossoró em direção a cidade de Upanema, o trabalhador braçal Levi Ramalho Alves, de 37 anos, natural de Catolé do Rocha ,no Estado da Paraíba, foi assassinado com um tiro nas costas, e morreu dentro de um quartinho onde costumava dormir.

De acordo com O Câmera, o dono da propriedade onde Levi trabalhava disse que acordou no meio da noite com o som do disparo e quando entrou no quartinho onde ele dormia sentiu um forte cheiro e a fumaça da pólvora e a vítima já sem vida deitada na rede.

Segundo O Câmera, moradores da localidade disseram que o homem era uma pessoa trabalhadora, tranquila e não comentava se estava sofrendo algum tipo de ameaça. Ainda segunda O Câmera, em Abril de 2002 , Levi foi condenado há 12 anos de reclusão por homicídio qualificado e cumpriu pena na Penitenciaria Agrícola Mario Negócio. A policia não sabe informar se sua morte na noite de ontem tem alguma relação com o crime que ele era acusado.

Patrulheiros da Rocam conversaram com os moradores, mas ninguém comentou ter visto algum suspeito na comunidade.

Com informações de O Câmera

ASSUSTADOR: Noite de quarta em Mossóro registra dois homicídios e cinco baleados

A cidade de Mossoró segue apresentando números alarmantes de violência. De acordo com o Blog O Câmera, principal da região Oeste, somente nessa quarta-feira (23), foram registrados dois homicídios e cinco feridos por armas de fogo. O primeiro assassinato teve como vítima Jorge Paulo do Nascimento, de 28 anos, baleado na praça do conjunto Freitas Nobre no bairro Barrocas. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento do Santo Antônio aonde já chegou morto. Não se tem informação do crime. A segundo morte foi de um homem de 42 anos, identificado como Elias Belarmino de Souza, que morreu durante uma tentativa de assalto. O fato aconteceu dentro de uma vila, na Avenida Alberto Maranhão, no bairro Barrocas. Segundo informações preliminares, dois homens armados tentaram tomar sua motocicleta. Na ocasião, a vítima teria sofrido um mal súbito, recebeu socorro médico, mas já chegou morto na Unidade de Pronto Atendimento do bairro Santo Antônio.

Quanto aos baleados, o Blog O Câmera registrou um atentado contra Silvestre Estalone de Oliveira Rocha, de 27 anos, baleado no braço esquerdo durante uma briga envolvendo gangues de jovens da Favela do Pirrichil e do Papoco. A ação criminosa aconteceu na Rua Delmiro Rocha, no Alto de São Manoel, no início da noite. Ainda segundo O Câmera, Estalone já havia sofrido uma tentativa de homicídio no final do ano passado. Ele foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia e não corre risco de morrer.

A segunda tentativa de homicídio teve como vítima Francisco Alexandre Dantas da Silva, de 26 anos , baleado na região do ombro com um disparo de arma de fogo  na Rua Aoem Menescal. Ele foi socorrido pela equipe do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia. O terceiro caso envolveu uma mulher. Ana Alice Miranda de Souza, de 42 anos, foi baleada na região abdominal. Segundo informações preliminares, ela foi vitima de uma bala perdida. Alice foi socorrida pela equipe do Samu para o Tarcísio Maia e seu estado de saúde requer cuidados. O quarto caso teve como vítima Natanael Alves de Oliveira, de 23 anos, atingido por um disparo no braço. Segundo informações, ele também teria sido atingido por bala perdida. Ele foi socorrido por populares para o Tarcísio Maia e passa bem. Por fim, a quinta vítima foi identificada como Edigledson de Andrade, de 27 anos, morador do bairro Teimosos. Ele foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel e transferido para o Tarcísio Maia. Não se tem informação de como a ocorrência aconteceu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. eduardo disse:

    Bento, a culpa nao é da governadora simplesmente.
    Ou vc acha q ao cruzar a fronteira do estado com os vizinhos Ceara e Paraiba vc pode andar como se tivesse no paraiso??
    Esse problema é nacional e p RN nao é uma ilha.
    Naturalmente pra quem vive aqui cobra aqui, mas o problema é maior

  2. BENTO disse:

    Juro por Deus, se eu fosse essa governadora do Rio Grande do Norte, eu já tinha renunciado. pelo amor de Jesus Cristo tá demais, e ela não se toca.

MP investiga supostas agressões de PMs em menores infratores após tumulto em Ceduc de Caicó

Segundo reportagem do portal G1-RN, pelo menos 14 policiais militares estão sendo apontados como suspeitos de terem espancado – a chutes, socos e golpes de cassetete – adolescentes apreendidos no Centro Educacional (Ceduc) para menores infratores de Caicó. O promotor Vicente Elísio de Oliveira Neto, titular da 1ª promotoria de Justiça da comarca da cidade, disse que as agressões teriam ocorrido na noite desta última segunda-feira (24), por isso, foi instaurado um inquérito civil para “apurar as circunstâncias em que se deu o espancamento de 19 dos 19 socioeducandos internos no Ceduc Caicó”.

Ainda segundo a reportagem, as supostas agressões, segundo o promotor, aconteceram após os adolescentes terem ateado fogo em um pedaço de colchão. Depois da confusão controlada, os PMs teriam enfileirado os menores em um corredor e iniciaram a pancadaria.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Henrique disse:

    Homem isso deve ter sido só um corretivosinho, só para os "meninos" aprenderem que colchão não se queima, coisa inerente ao processo educativo ao qual estão submetidos esses menores, a Polícia estava fazendo o que os Pais não fizeram em casa, somente isso!!!

    Agora eu apoio uma investigação rigorosa para saber quem foi que abriu as celas para estes educando saírem após eles terem iniciado inquebrável quebre e ateado fogo nos colchões, tinha era que ter cercado tudo e deixado o fogo fazer a parte dele.

  2. Guimarães disse:

    Me dá vergonha de ser brasileiro a cada dia que se passa! O MP só sabe defender vagabundo e gente sem futuro! Que ver se eles vão atrás de justiça quando morre um policial… Por isso que as coisas estão assim. É daí para pior! Num país onde vagabundo é cheio de direito e cidadão de bem cheio de deveres, só o que tem de se esperar é isso, injustiça e aumento da safadeza!! Realmente a justiça é cega(para algumas coisa e algumas pessoas)!!

Violência é tema recorrente na Câmara Municipal de Natal

A violência é o tema mais polêmico que tem provocado discussões calorosas na Câmara Municipal de Natal. Os crimes diários praticados em Natal mais uma vez pautaram o debate na Casa, na sessão plenária desta quinta-feira (20).

As opiniões são divergentes. Enquanto os vereadores Luiz Almir, do PV, e Adão Eridan, do PR, defendem a redução da maioridade penal, para acabar com a impunidade dos infratores de menor, os parlamentares Marcos do PSOL e Amanda Gurgel (PSTU) são contra.

A polêmica repercutida na Câmara está nas ruas do Brasil inteiro. As cenas de violência provocam indignação e até reação da sociedade contra os infratores. Uns defendem medidas mais enérgicas. Outros, mais moderadas.

O que é unanimidade é a revolta com a falta de segurança à qual está submetida toda a sociedade. Esse sem dúvidas também será um tema recorrente nas eleições de 2014.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juliana Pereira disse:

    Meu Deus, pra que vereador ta discutindo menoridade penal? Se eles não legislam sobre isso. Falta de assunto que não é. Ou acham eles q estão na Câmara federal?

Fifa condena violência e garante que torcedor estará protegido em Copa

91282A Fifa condena a violência nas manifestações no último fim de semana e afirma que está “confiante” de que o plano de segurança que o governo brasileiro desenvolveu vai funcionar durante a Copa do Mundo e que os torcedores estarão protegidos.

Em uma declaração realizada nesta segunda-feira, a entidade máxima do futebol comentou os protestos do último sábado, e que levou a presidente Dilma Rousseff a convocar uma reunião de emergência.

“A Fifa respeita totalmente o direito de as pessoas protestarem de forma pacífica, sempre que os direitos dos demais também sejam respeitados”, disse a entidade. “Mas condenamos qualquer forma de violência”, alertou.

“Estamos confiantes de que o conceito de segurança adotado pelas autoridades brasileiras vai garantir a segurança de torcedores, delegações e imprensa”, indicou.

De acordo com a Fifa, esse modelo “funcionou bem” durante a Copa das Confederações e está baseado em uma estratégia que já foi usada e testada com sucesso em outras Copas.

Preocupação – Se publicamente a Fifa se diz “confiante”, membros da entidade responsáveis pela segurança confessaram ao Estado já na semana passada que consideram as manifestações no Brasil como “uma séria ameaça” para a Copa.

Tanto o governo quanto a Fifa já trabalham com o cenário de que essas manifestações vão se repetir na Copa. Em Zurique, a entidade vem adotando uma estratégia de mostrar que a Copa pode ter seu lado social, num projeto anunciado ao lado da presidente Dilma Rousseff. A iniciativa envolve ações para combater racismo, incentivar o futebol feminino e promover a paz.

Questionado pelo Estado em Davos no fim de semana, a ministra Helena Chagas, chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, admitiu que “não sabia” dos detalhes sobre como esse plano será adotado. Mas indicou que, para promover a paz, uma pomba seria solta em cada jogo.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo kasinsk disse:

    Só para registrar: até agora há pouco (19h20), a equipe da Rádio Jornal de Recife estava no Nazarenão, ainda na intenção de transmitir Botafogo da Paraíba e Náutico. A esperança era a derrubada da Liminar que mantinha o jogo em João Pessoa. E o que deu foi nem uma coisa nem outra. Mas esse ainda não é o registro. Como bom americano, e por dever de gratidão com a cidade de Goianinha, quero registrar o elogio feito por José Silvério, repórter da rádio, ao estádio Nazarenão; falou do gramado, das cabines "arrumadinhas", dos pontos disponibilizados para a transmissão etc. Fica o registro.