Médicos do Walfredo Gurgel param por falta de anestesista

Do Twitter do jornalista Jacson Damasceno vem a informação:

“Os Médicos residentes do Walfredo pararam as atividades. Não estão pedindo grana, mas anestesistas para que possam operar”.

Jacson arremata ao final do texto com um “Vergonha”. Compartilhamos – embora não façamos assessoria do contra, como quem é taxado pelas críticas à (caótica) saúde estadual.