Judiciário

Cooperativa consegue liminar para anular contratação irregular de anestesistas pelo Governo

Foto: Ilustrativa

A Cooperativa de Médicos Anestesiologistas do Rio Grande do Norte (Coopanest-RN) ganhou liminar que determina a suspensão dos efeitos da decisão administrativa do Estado do RN que cancelou, arbitrariamente, a Concorrência Pública Nacional n.º 003/2020, para a contratação de médicos anestesistas.

Além disso, o Estado do Rio Grande do Norte não poderá contratar o Instituto Baiano para o Desenvolvimento da Saúde (IBDS) até o julgamento final da Ação. A decisão foi proferida pelo Juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Luiz Alberto Dantas Filho.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Esse LEVIERE, nome de remédio genérico, prefere ladrao CONDENADO LULA, profissional do roubo , VAGABUNDO VÁ trabalhar

    1. E eu do Leite Moça, das Rachadinhas, das Laranjas, do Chocolate…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Anestesistas reúnem imprensa nesta sexta para falar de atraso nos pagamentos do SUS

O presidente da Cooperativa dos Anestesiologistas do Rio Grande do Norte, Frederich Marcques Abreu, reúne a imprensa amanhã, sexta-feira, às 8:30, para falar dos atrasos nos pagamentos da prestação de serviços aos pacientes do SUS feitos através de contrato entre a Coopanest/Governo do Estado/Prefeitura de Natal.

Em 2012, os 180 anestesistas que prestam serviço ao  SUS nos  hospitais públicos e privados de Natal só receberam o equivalente a 80% de um único mês trabalhado.

Os repasses estão atrasados desde  janeiro.  A situação se agravou na última semana quando  os  recursos repassados pelo governo do estado para a conta da Prefeitura de Natal foram bloqueados por determinação judicial para pagar dívidas do município com outra instituição da área da saúde. O repasse era referente aos meses de janeiro e fevereiro.

“Nós fomos informados que o dinheiro para pagar os anestesistas foi bloqueado  pela justiça assim que entrou na conta da prefeitura de Natal”, disse o presidente.

Na  última reunião, realizada na sede da Coopanest,  os anestesistas mostraram inquietação diante do atraso dos pagamentos. “ Nós não podemos pedir ao cooperado para ir trabalhar sem perspectiva de receber os honorários”, declarou.

A direção da Cooperativa espera que a Prefeitura de Natal encontre uma solução para evitar a interrupção serviço. Em média são realizados 3.800 procedimentos todos os meses só com as cirurgias eletivas.

Os anestesistas trabalham através da Coopanest em toda a rede pública, nos hospitais privados conveniados com o SUS, no Onofre Lopes e na Maternidade Januário Cicco, todos em Natal.

Entrevista coletiva

Dia: 25 de maio, 8:30

Local: sede da Coopanest. Edifício Lagoa Center, 711, Lagoa Nova

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Médicos do Walfredo Gurgel param por falta de anestesista

Do Twitter do jornalista Jacson Damasceno vem a informação:

“Os Médicos residentes do Walfredo pararam as atividades. Não estão pedindo grana, mas anestesistas para que possam operar”.

Jacson arremata ao final do texto com um “Vergonha”. Compartilhamos – embora não façamos assessoria do contra, como quem é taxado pelas críticas à (caótica) saúde estadual.

 

Opinião dos leitores

  1. E FICAM TODOS INDIGNADOS COM O PROTESTO NO FACEBOOK , SOBRE A DOENÇA DO EX PRESIDENTE!!! MANDA ELE VIR FAZER O TRATAMENTO DELE AQUI E PELO SUS!!! BANDO DE HIPÓCRITAS!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

Tarcísio Maia, salve-se quem puder…

O Maior Hospital da Região Oeste e de Mossoró, o Hospital Tarcísio Maia, como toda rede estadual de saúde, passa por problemas seríssimos com a falta de médicos. Os médicos da rede estadual anunciaram uma greve para essa semana, mas, o maior problema do Tarcísio Maia não é esse. Os Ortopedistas e Anestesistas contratados esse ano para os Plantões pediram demissão e, o Hospital não vai ter anestesista para o Feriado da Semana Santa. Isso mesmo, o Hospital Tarcísio Maia, até agora, não tem anestesista para o Plantão do Feriado da Semana Santa. É mole ou quer mais?

Opinião dos leitores

  1. Nesse caso, o diagnóstico é simples e claro.
    Começa pelo nome do hospital. O resto é consequência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *