NÚMEROS DO COVID-19 vão muito mais além dos que os oficias no RN

Foto: cedida

O governo do estado e a secretaria de saúde tem feito um excelente trabalho nas informações, ações e na transparência em relação ao Coronavírus.

Mas os números de casos suspeitos, de casos confirmados e até óbitos vão bem mais além dos que os informados.

É isso não é por negligência ou incompetência.

Uma boa parte porque sequer a saúde estadual tomou conhecimento. São pessoas que fizeram de forma privada ou até mesmo não fizeram e outras que relativizam a situação.

O blog tem recebido diariamente relatos e até comprovação de exames.

Um exemplo disso foi a morte de um idoso de 62 anos na última terça-feira. A vítima faleceu em casa e o corpo foi levado para o Serviço de Verificação de Óbito do Hospital Giselda Trigueiro.

O BG teve acesso a certidão de óbito e a causa morte:

Síndrome Respiratória Aguda Positivo para Covid-19(foto acima).

Enquanto ele não entra na estatística de casos fatais, a família garante que a vítima teve contato com pelo menos outros 6 idosos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ambrosio disse:

    Se não tem médico no estado na época normal imaginar infectologia , deixar de conversar

  2. Karol disse:

    Sem contar que a triagem nos hospitais tá muito abaixo do solicitado pela OMS, BG. Os médicos estão dando diagnósticos rasos, e no meu caso, mesmo tendo relatado contato com uma testado positivo para covid-19, deram de ombros e sugeriram uma outra doença, onde passaram três antibióticos.

  3. cyro disse:

    os casos sao subnotificados. as pessoas querem voltar às ruas como se nao fosse nada grave baseadas nesses "baixos" números. infelizmente se saírem de quarentena em duas ou três semanas teremos dezenas de milhares de contaminados.

  4. Sylvia disse:

    Quanto menos notificação, mais as pessoas vão se expor e as políticas públicas afrouxar.

  5. Erwin Junior disse:

    Incopetência. 3 pontos comprovam.
    1 – Os laboratórios particulares poderiam ser obrigados a repassar a informação para a secretária de saúde.
    2 – O Giselda é gerido pelo Estado.
    3 – Os laboratórios e hospitais públicos não tem o teste suficiente, quem está em casa com suspeita vai para o giselda e não consegue fazer, só quando está morrendo.
    Assistir uma entrevista do secretário e durante a mesma, ele mostrou vários sinais claros de insegurança e nevorsimo com as informações. Pois ele mesmo adimitiu que o Estado não estava preparado.

    Em fim, poderia relatar umas 3 páginas que comprovam o despreparo pela gestão.

    • Marcos disse:

      Falou, falou e não disse nada.

    • Marcelo Matias disse:

      O amigo está muito mal informado. País nenhum estava preparado para essa situação que não tem cor partidária. Os teste são obrigação do governo federal. Os hospitais particulares são obrigados a mandar as notificações para a Sesap. O primeiro atendimento deve ser feito na UPA e não no Giselda que é um hospital de doenças contagiosas, onde são destinados os casos positivos para internação.

  6. Ailton Silva disse:

    Bom dia saúde e paz ! É uma vergonha os políticos do nosso país, e algumas empresas de comunicação que tentam por cada vez + problemas, ( BG VC ESTÁ DE PARABÉNS PELO SEU GRANDE TRABALHO)

  7. Ricardo Weber disse:

    Vamos cobrar da governadora ao hospital de base, estou vendo a imprensa alarmando, mas não estou vendo cobrarem o que era pra cobrar a chefe de governo.

  8. JOSE MEDEIROS disse:

    Não só no RN mas em todo Brasil

  9. Amadeu disse:

    O Brasil só envergonha o mundo em vários sentidos . Quem aparecer com sintomas do Covid19 que não esteja num hospital é capa de ser agredido . Por isso o motivo de alguma que se isolam / escondem com medo de retaliações .

COMENTE AQUI