Jornalismo

Animal na pista provoca acidente com carro do deputado Walter Alves

Do Blog de Thaisa Galvão:

Depois de percorrer hoje as cidades de Upanema, Campo Grande e Apodi, ao lado do deputado federal Henrique Alves, o deputado estadual Walter Alves retornava a Natal…mas teve a viagem interrompida, próximo ao município de Assu, por um animal que atravessava a estrada escura.
O estrago no carro foi grande mas os 4 passageiros, o deputado, o motorista e dois assessores, nada sofretam.
Neste momento o prefeito de Assu, Ivan Júnior, está providenciando um carro para deixar o deputado em Natal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Professor que denunciou dois colegas que não eram mestres, nem doutores para ensinar direito foi demitido

Consultor Jurídico:

Um professor que denunciou irregularidade no currículo de dois colegas do curso de Direito da Faculdade Paraíso, em São Gonçalo (RJ), foi demitido na quinta-feira (7/7), pela instituição. Outro docente do Direito e uma professora do curso de Letras, que o apoiavam, também foram afastados. A reportagem é do jornal O Estado de S. Paulo.

O docente denunciou a irregularidade do currículo dos colegas Francis Wagner de Queiroz Ribeiro e Tathiana Lisboa  Ribeiro. Eles não seriam mestres pela Universidade Cândido Mendes, nem doutores (no caso de Francis) pela Federal de Pernambuco.

Francis era coordenador do curso de Direito, e Tathiana , professora. Eles também faziam parte do grupo de avaliadores da qualidade dos cursos de Direito do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao MEC. Após as denúncias, o órgão pediu, no dia 12 de junho, que os dois apresentassem os documentos que comprovassem os títulos, necessários para integrar o banco de avaliadores. Segundo o Inep, as avaliações feitas por Francis foram canceladas – incluindo a do curso de Direito da PUC-SP.

Demissão
Celia Regina Rodrigues da Costa, coordenadora da Faculdade Paraíso, explica por que decidiu afastar os três professores: “Eles quiseram fazer marketing negativo da instituição. Um deles até falou pelo Facebook para os alunos saírem de lá.”

O professor que denunciou as irregularidades nega que tenha feito campanha negativa, mas sentiu que a instituição não resolveria a questão. “A universidade disse que iria apurar, mas não senti firmeza”, contou. Segundo Celia, as providências foram rapidamente tomadas.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. Entendo que as denúncias contra os professores são gravíssimas, entretanto, sem ingressar no mérito, tanto a Faculdade Paraíso , como também, o Inep podem ter sido enganados. Vamos aguardar a realização do inquérito policial.

    Em que pese a notícia da "Faculdade Paraíso não te aprovado ninguém na útima prova da OAB/RJ". Importante frisar que somente um aluno do 8º período desta Faculdade prestou o último exame da ordem, haja vista, que o mesmo foi aprovado na 1ª fase e reprovado na 2º fase junto com mais de 80% dos examinandos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Filho de Aluísio Machado desabafa sobre a operação impacto

O Blog publicou hoje um post intitulado “Operação Impacto: quatro anos depois parece que agora vai….”, a respeito dos desdobramentos e demora nas investigações do esquema orquestrado na Câmara Municipal de Natal.

Filho do ex-vereador Aluísio Machado, um dos investigados, Luiz Henrique Machado, o Bibal, fez um desabafo que o blog registra agora:

Pois é amigo Bruno, e essa morosidade tem destruido pessoas, famílias e honra. Principalmente de quem nunca teve nada encontrado em seu gabinete, teve seu sigilo telefonico quebrado e entregou todas as suas movimentações bancárias há mto tempo. Meu Pai, com p maiúsculo msm, esteve no mandato por 20 anos nunca tendo tido seu nome envolvido em nada, Natal é testemunha, da sua história, da sua índole, da sua conduta. O prof. Aluisio Machado, nestes 20 anos só fez empobrecer “ilícitamente”. Se desfazendo de seu patrimônio em prol de comunidades e estudantes carentes, mas essa é sua alegria, é sua vida, o mantem vivo. Aguardamos ansiosamente sua absolvição, sabendo que p/ o povo de Natal esta já chegou, Pai, te amamos e sabemos de sua luta e integridade, HONRA sempre, foi tua lição aos teus filhos e buscamos segui-la.

Opinião dos leitores

  1. Um dos homens mais honrados deste Estado, Prof. Aluízio Machado, dedicou sua vida aos menos favorecidos, principalmente no tocante à educação. Orgulho-me de sido funcionário deste brilhante homem. Tenho certeza que nada encontrarão de errado em sua trajetória.

  2. Hoje em dia, quem, na política, está olhando para os estudantes em busca da sua profissionalização, ansiosos para entrarem na faculdade e logo então no mercado de trabalho? VIVA PROFESSOR Aluísio Machado, pelos seus finais de semana dedicados aos seus alunos. Quem hoje olha por essas pessoas?

  3. Deixo aqui o meu apoio a esse homem que tanto fez pela educação e foi traiçoeiramente incluído num caldeirão de ferver caráter. Esse homem, que há mais de 40 anos ajuda a cidade do Natal a ser mais digna, através dos seus Aulões Gratuitos para estudantes menos favorecidos, que buscam através dos seus estudos dias melhores. Professor Aluísio, acredito que a justiça vai ser feita, apesar de tardiamente. Mas o senhor, mesmo assim, vai continuar nessa sua luta, que é o seu ideal, formando novos alunos, fazendo com que estes formem uma nova sociedade, mais justa; pois só com a educação poderemos ter saúde com qualidade, pessoas qualificadas no mercado de trabalho e segurança para toda a sociedade. Um abraço apertado do seu eterno aluno e admirador! Ass.: Diego Montenegro "Sargaço"

  4. É um absurdo que pessoas naturalmente honestas tenham que, pela má-fé de opositores, provar sua inocência coisa que é inerenete ao Mestre Aluísio Machado. Grande Mestre, estarei ao seu lado para comprovrar e esfregar na cara de alguns meliantes a verdade que, por sinal, sempre esteve presente contigo. Um grande abraço!!!

  5. caros amigos atesto que conheço o ilustre prof. ALUISIO um homem caridoso e dedicado ao povo de NATAL . A verdade será restabelecida, espero que não prevaleça o adágio popular " JUSTIÇA TARDIA É INJUSTIÇA".

  6. Tenho a dizer que como advogado já pude enxergar inúmeras situações injustas, no entanto, somente vendo o que ocorreu com a parte política da vida do mestre Aluísio Machado após a chamada "Operação Impacto", posso afirmar, sem medo de errar, que não se pode nivelar por baixo os homens; não se pode denunciar por denunciar; não se pode expor de forma injusta alguém que tem dezenas de anos de serviços gratuitos prestados a toda a sociedade. Toda a cidader conhece a história de vida do honrado Prof. Aluísio Machado, sou testemunha do seu caráter e dignidade, podendo atestar, sem nenhuma favor , que se trata de um Homem com "H" maiúsculo e que mesmo diante da sua grandeza, deve estar se indignando com a pequinês daqueles inconsequentes que a despeito de aparecer a qualquer custo, atacam a honra alheia e se transforma em ventriquolos de terceiros que muitas vezes sequer sabem o que estão falando. É fato que muitos também esperam o julgamento de tal processo, porém, penso ser pouco provável que mesmo diante de uma absolvição futuro do nosso mestre (O QUE ACREDITO), de fato a Justiça maior seja feita ainda neste nosso plano. O que nos consola é o fato de que o feito se encontra na responsabilidade de um Magistrado justo, imparcial, sereno e que sabe separar o joio do trigo. QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA ANTES TARDE DO QUE NUNCA!
    FÁBIO UCHOA.

    1. É Dr. Fábio, nossa esperança é justamente esta, o feito se encontrar na responsabilidade de um Magistrado justo, imparcial, sereno e que sabe separar o joio do trigo. É triste ver o baque que atingiu o professor parte do brilho em seu olhar se foi. Suas crenças fortemente abaladas. Porém seu ideal de ajudar ao próximo não se afetou. Sua disposição permanente aflora a olhos nús. Seu amor aos estudantes é inabalável. O meu querido pai um homem sério aos 72 anos de vida, 42 dedicados ao magistério pre cisa ter sua dignidade preservada e reonhecida por toda sua história de dedicação a Natal. Cremos na Justiça dos homens e no Magistrado responsável. Mto grato Dr. Fábio por sua confiança.

  7. SOU UMA DAS TESTEMUNHAS DA INTEGRIDADE DE PROF ALUIZIO DO LINDO TRABALHO EM PROL DOS ESTUDANTES INCLUSIVE FUI UMA DAS ALUNAS DO CURSINHO PROMOVIDO POR ELE, ESTAMOS TORCENDO PARA QUE TUDO SEJA ESCLARECIDO E QUE AJUSTIÇA SEJA FEITA SE A DA TERRA FALHAR TEMOS A DIVINA QUE NÃO FALHA

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Vejam esse terrível acidente entre uma Porsche é um Tucson em SP

O carro de luxo envolvido em um acidente na madrugada deste sábado (9) no Itaim Bibi, na Zona Sul de São Paulo, estava a 150 km/h, segundo a perícia. O Porsche se chocou com um Hyundai Tucson na Rua Tabapuã, próximo à esquina com a Rua Bandeira Paulista. Os dois carros foram parar em um poste, um em cima do outro. A motorista do Tucson, Carolina Menezes Cintra Santos, de 28 anos, morreu na hora da colisão.

O motorista do Porsche, um empresário de 36 anos, ficou ferido e foi levado para o Hospital São Luiz. Até as 12h, o hospital não havia informado o estado de saúde dele.

(mais…)

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

RN das Greves continua

DN Online:

Os servidores da administração indireta devem voltar ao trabalho nos próximos dias. A expectativa é do presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta, Santino Arruda, depois de participar de uma ruenião com o secretário chefe de gabinete, Paulo de Tarso, e receber a proposta de que o governo vai fazer o pagamento dos planos de cargos das categorias em quatro parcelas a partir do mês de setembro deste ano. Em contrapartida, os policiais civis decidiram pela manutenção da greve porque consideraram um retrocesso o ofício encaminhado pelo governo do estado, segundo informações da assessoria de imprensa do Sinpol.

Dos oito pontos da pauta de reivindicação, o governo encaminhou solução apenas para o reajuste salarial que seria pago em quatro parcelas de setembro a dezembro deste ano. Além disso, o governo condiciona o reajuste salarial ao retorno imediato das atividades. O Sindicato dos Trabalhadroes em Educação (Sinte) aguarda para a próxima segunda-feira uma nova proposta do governo para ser apresentada em assembleia aos professores.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Neymar pode ganhar até R$ 25 milhões por ano

Jornal da Tarde

Se Neymar trocar o Santos pelo Real Madrid seu faturamento vai dar um salto de quase 100%. Entre salário e publicidade ele passaria a embolsar anualmente R$ 24,9 milhões (em valores de hoje, sem computar os três novos contratos de patrocínio que assinará semana que vem), contra R$ 13,9 milhões que ganha no Brasil.

O craque recebe na Vila um salário de R$ 350 mil, e fica com 70% do valor de cada contrato de publicidade que assina (os outros 30% entram nos cofres do Santos). Hoje a sua parte com as propagandas beira os R$ 800 mil. Além disso, a cada ano o primeiro milhão desses contratos fica com o clube.

Ou seja, se a soma de seus rendimentos com publicidade der R$ 10 milhões, R$ 1 milhão vai para o Santos e os outros R$ 9 milhões são divididos na base 70% e 30%. A exceção é o contrato com a Nike, cujo valor fica integralmente com ele.

A proposta feita pelo Real Madrid deixa Neymar com 100% de seus direitos de imagem. E o salário será de A 5 milhões (R$ 11,1 milhões) livres de impostos por temporada. Em miúdos: o salário será quase três vezes maior e o ganho com publicidade crescerá 30%. Sem falar que não precisará dar o primeiro milhão para o Santos.

Mão de Ronaldo

Os três novos contratos de publicidade já foram arrumados pela 9INE, a agência de marketing esportivo de Ronaldo Fenômeno. A empresa recebe na assinatura do acordo uma comissão pela intermediação do negócio.

(mais…)

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

BlogdoBG: 100 dias e mais de 200 mil acessos

O Blog chega hoje aos seus 100 primeiros dias. Desde o início, planejamos a linha de ser um blog ácido, sem amarras e independente. Isso não quer dizer, contudo, que nos valemos do achincalhe gratuitamente.

Acredito que isso tenha dado certo porque os números do BG comprovam isso. São impressionantes e superaram todas as nossas projeções iniciais.

Não estamos, nem somos portal, nem somos ligados a grupos políticos. Não somos queridinhos e nem temos divulgação a não ser a de vocês, os leitores.

Nossa linha é clara. A notícia, a verdade, doa a quem doer. Aqui não se veicula anúncios públicos, aqui não aceitamos verbas públicas. Nossa LIBERDADE está acima de tudo.

Atingimos ontem a marca dos 201 mil acessos.

Seguem os números dos 99 primeiros dias do Blog do BG:

201.348 acessos diretos (média de 2033 acessos dia)

323.621 páginas visualizadas (média de 3.268 paginas dia)

76.202 pessoas passaram pelo BlogdoBG

No Twitter, já temos 2062 seguidores.

Tivemos 28. 987 procuras no Google pelos nomes BlogdoBG, BlogBG, Blog do Bruno Giovanni, Blog Bruno Giovanni, www.blogdobg.com.br e blogdobg.com.

Temos muito mais números para divulgar, mas não é o caso. Apenas queria dividir com você, leitor, a alegria de atingir essa marca em tão pouco tempo.

*Fonte: Google Analytcs

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Vice-prefeito de Recife leva soco na cara do neto de Ariano Suassuna

Azedaram as relações do vice-prefeito do Recife Milton Coelho (PSB) com a família Arraes, depois que ele se desentendeu com a bela vereadora Marília Arraes (PSB), sobrinha do governador Eduardo Campos, levando o namorado dela, João Suassuna (neto de Ariano), a acertar-lhe um potente cruzado no rosto que exigiu cuidados médicos. O incidente ocorreu durante a festa de aniversário do escritor Antonio Campos, irmão do governador, em uma casa de eventos realizada quinta-feira(7). Com o nariz sagrando, Coelho disse que a coisa não iria ficar assim. E não ficou mesmo: além do inchaço, Eduardo Campos e Ariano Suassuna estão possessos com o comportamento dele, que foi indicado vice na chapa do petista João da Costa pelo tio ilustre da vereadora.

Coluna do Claúdio Humberto


Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Prefeito de Assu tira o nome do ex-deputado Nélio Dias de conjunto habitacional

Blog Marcos Dantas:

Existe um detalhe que a assessoria de imprensa do prefeito Ivan Júnior (PP) não contou no release que enviou sobre um conjunto habitacional que vem sendo construído no bairro Frutilândia, em Assú. É que antes de se chamar “Conjunto Residencial Irmã Lindalva”, o mesmo fazia referencia ao deputado federal Nélio Dias, que faleceu em 2007. Nélio tinha uma história com o povo de Assú, já que sempre foi votado lá por intermédio do ex-deputado Ronaldo Soares (PR).

Após o falecimento de Nélio Dias, o então ministro das Cidades, Márcio Fortes, também do PP, liberou os recursos para a construção de 300 unidades habitacionais, que agora aumentou para 400. A homenagem a Irmã Lindalva, também é justa… Mas, bem que poderia ser pela creche modelo que vem sendo construída. Tirar o nome de Nélio, logo agora que Ivan tenta presidir o PP potiguar, pode ter sido um tiro no pé…

Do Blog: Lamentável a posição do prefeito de Assu. Nélio Dias enquanto vivo e deputado federal destinou varias emendas para ASSU, lamentável a posição de políticos que fazem questão de apagar o passado e fingir que ele não existiu.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Operação Impacto: quatro anos depois parece que agora vai….

Tribuna do Norte:

Quatro anos após iniciada a Ação Penal que julga a participação de vereadores, assessores parlamentares e empresários em um esquema de corrupção com vistas a fraudar a votação do Plano Diretor de Natal, em 2007,  o juiz da 4ª Vara Criminal de Natal, Raimundo Carlyle de Oliveira, ainda aguarda o cumprimento de diligências do Banco Santander para dar andamento ao rito processual e início às alegações finais. O  prazo para que o gerente do Santander envie as informações  sobre lançamentos verificados nos extratos bancários dos acusados Adenúbio Melo e Dickson Nasser acabou ontem. O magistrado informou à TN que a documentação ainda não havia chegado ao Juízo para apreciação. Raimundo Carlyle informou que verificará somente nesta segunda-feira (11) sobre o cumprimento da determinação, uma vez que a resposta da instituição bancária pode estar no âmbito do protocolo do Judiciário.

“Eles podem ter enviado a informação mas estas não chegaram aos autos.  Se não cumprirem, além da multa diária, eu vou ter que mandar prender em flagrante o gerente por descumprimento de ordem legal”, afirmou o juiz. A multa fixada em R$ 1 mil, explicou Carlyle, será destinada ao supervisor de operações do banco, que recebeu a intimação. O gerente, caso tenha desobedecido à determinação, necessitará de um habeas corpus para não ser preso em flagrante.

Nesta fase processual o juiz Raimundo Carlyle atendeu a pedidos do Ministério Público para esclarecer a origem dos recursos depositados nas contas de Dickson Nasser e Adenúbio Melo sob a rubrica RSG POUP PLS. A Delegacia da Receita Federal do Brasil no Rio Grande do Norte também foi intimada para remeter em mídia digital as declarações de rendimento e bens, originais e retificadoras, do imposto de renda pessoa física de alguns dos réus.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. Pois é amigo Bruno, e essa morosidade tem destruido pessoas, famílias e honra. Principalmente de quem nunca teve nada encontrado em seu gabinete, teve seu sigilo telefonico quebrado e entregou todas as suas movimentações bancárias há mto tempo. Meu Pai, com p maiúsculo msm, esteve no mandato por 20 anos nunca tendo tido seu nome envolvido em nada, Natal é testemunha, da sua história, da sua índole, da sua conduta. O prof. Aluisio Machado, nestes 20 anos só fez empobrecer "ilícitamente". Se desfazendo de seu patrimônio em prol de comunidades e estudantes carentes, mas essa é sua alegria, é sua vida, o mantem vivo. Aguardamos ansiosamente sua absolvição, sabendo que p/ o povo de Natal esta já chegou, Pai, te amamos e sabemos de sua luta e integridade, HONRA sempre, foi tua lição aos teus filhos e buscamos segui-la. Obg Bruno pela oportunidade de falar em prol de um homem de bem.

    1. Realmente, de boas intenções e politicos HONRADOS, o inferno está cheio! O único político pobre existente no mundo, mora na Inglaterra não no Brasil, mas infelizmente ele ainda não é real, assim como os gnomos.
      Mas felizmente no Brasil ainda temos os Filhos Dos Políticos (FDP), para nos orgulhar pelo nosso investimento, aposto que eles nunca precisaram de um hospital ou colégio público, claro que não a maioria deles moram no exterior, longe da tirania dos pais.

      Brasil mostre a sua cara!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Auditor Fiscal do RN aposentado ganha só de "gratificação de prêmio de produtividade inativa" R$ 19 mil

Tribuna do Norte:

O Ministério Público Estadual aguarda a conclusão da auditoria realizada pelo Governo do Estado sobre os “supersalários” do funcionalismo público estadual para dar início a uma investigação sobre a legalidade das remunerações que estão acima do teto permito em lei. A informação foi repassada ontem à TRIBUNA DO NORTE. O governo tem 60 dias para concluir o levantamento sob a responsabilidade da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (Searh). As informações preliminares dão conta de que há um número elevado de casos sobretudo no âmbito do Instituto de Previdência dos Servidores do Rio Grande do Norte (não se trata dos funcionários em atividade no Ipern e sim dos aposentados que são remunerados pela instituição), da Secretaria de Estado da Tributação (SET) e também da Polícia Militar.

São mais de 400 contracheques com cifras acima do teto constitucional permitido para o serviço público, em nível nacional, que atualmente é de R$ 27,7 mil (subsídio de um ministro do Supremo Tribunal Federal). Informações preliminares das quais teve acesso a reportagem da TN dão conta de remunerações (valor bruto) que chegam a R$ 62.916,39, como é o caso de um auditor fiscal aposentado desde 1980, cujo salário é o mais alto do estado.

Ele recebe uma “gratificação de prêmio de produtividade inativa” de R$ 19.468,00, valor que é duplicado no contracheque face um “prêmio de produtividade por decisão judicial”. O auditor, que é campeão salarial do Rio Grande do Norte, é agraciado ainda com um adicional por tempo de serviço de R$ 6.180,44, cujo montante é novamente dobrado por força de decisão judicial.

Mas isso não é tudo. Um auxiliar de serviços diversos, com lotação na Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), é dono de uma remuneração mensal de R$ 21.000,69. Com o abatimento de empréstimos e descontos diversos o salário mensal passa a ser de R$ 12,4 mil. O vencimento básico desse servidor é de apenas R$ 713. No contracheque de junho deste ano ele contabiliza, para abastecer o montante salarial, horas extras que somam R$ 8.103,16. O funcionário da Fundac também faz jus a um “complemento salarial temporário” de R$ 3.904,73.

No caso da Secretaria de Saúde Pública (Sesap), o exemplo mais emblemático é de um assistente técnico, lotado no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, cuja remuneração mensal (bruta) é de R$ 21.905,57. O salário básico deste servidor é de R$ 912,49.

(mais…)

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

A "farsa" de LULA está desmoralizada

– O Estado de S.Paulo

Entre os muitos planos anunciados pelo presidente Lula para quando desencarnasse do governo – o que, a depender dele, não acontecerá enquanto a sua apadrinhada Dilma Rousseff ocupar a cadeira que lhe pertenceu – estava o de desmontar a “farsa” do mensalão. Em 2005, quando o escândalo irrompeu, com a denúncia do então deputado petebista Roberto Jefferson de que o PT montara um esquema para comprar deputados a fim de que votassem como o Planalto queria, primeiro Lula calou-se. Depois, temendo o estrago que o escândalo poderia acarretar para a sua reeleição no ano seguinte, declarou-se traído, sem dizer por quem, e exortou o seu partido a pedir desculpas aos brasileiros “por práticas inaceitáveis, das quais nunca tive conhecimento”.

A fase de contrição durou pouco. Logo inventou a “explicação” de que o partido apenas fizera o que era comum na política nacional – manter um caixa 2 -, quando o problema de fundo era o repasse desses recursos clandestinos para corromper o Congresso. Com a agravante de que parte da bolada vinha de empresas estatais, numa operação conduzida com maestria pelo afinal famoso publicitário mineiro Marcos Valério Fernandes de Souza. Na versão inventada por Lula, no entanto, as malfeitorias foram infladas, quando não fabricadas pela oposição, em conluio com a “mídia golpista”, para derrubá-lo da Presidência.

E a esse conto da carochinha ele continuou recorrendo mesmo depois que, em pleno ano eleitoral de 2006, o então procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, nomeado por ele, produziu um dos mais devastadores e fundamentados libelos já levados ao Supremo Tribunal Federal (STF). Nele, pediu a abertura de processo contra 40 suspeitos de envolvimento com a “sofisticada organização criminosa” liderada pelo então ministro da Casa Civil, José Dirceu – o “chefe da quadrilha”. Lula tampouco mordeu a língua quando, no ano seguinte, o STF acolheu a denúncia contra os citados, e o ministro Joaquim Barbosa, também levado à Corte por ele, começou a tocar a ação da qual foi designado relator, com empenho e independência.

Agora, a “farsa” de Lula tornou a ser exposta em sua inteireza. O procurador-geral Roberto Gurgel, que sucedera a Antonio Fernando e acabou de ser mantido para um segundo mandato pela presidente Dilma Rousseff, pediu anteontem ao Supremo que condene à prisão 36 dos 40 denunciados por crimes que incluem formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

(mais…)

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Vejam porque Blairo Maggi não topou ser Ministro

Blog Josias de Souza

Sondado pelo Planalto e instado por seu partdo a assumir a pasta dos Transportes, o senador Blairo Maggi (PR-MT) preferiu se abster.

A decisão, já esboçada na véspera, solidificou-se nesta sexta (8), em reunião com executivos de seu grupo empresarial, o Amaggi.

O senador concluiu que há “impedimentos legais” para que ele assuma o ministério. Suas empresas mantêm contratos com o governo.

A decisão de Maggi ainda não foi transmitida a Dilma Rousseff. A recusa será formalizada na semana que vem.

Em notícia veiculada pela Folha, informa-se que uma das empresas de Maggi, a Hermasa Navegação da Amazônia, é beneficiária de verbas dos Transportes.

A empresa administra um porto graneleiro e uma frota de barcaças. Transporta soja plantada na região Norte até o porto de Itaqui (MA).

Belisca, desde 1996, verbas do Fundo de Marinha Mercante, gerido pelo Ministério dos Tranportes. O agente financeiro é o bom e velho BNDES.

Apenas no ano da graça de 2008, a Hermasa logrou aprovar no ministério R$ 66 milhões em projetos. Coisa destinada à fabricação de 41 barcaças graneleiras.

Com tantos interesses, Maggi não deveria nem ter apadrinhado Luiz Antonio Pagot para a chefia do Dnit. Assumir o ministério seria um escárnio.

Dono de patrimônio pessoal declarado R$ 152 milhões, o senador faturou em seu grupo empresarial, o Amaggi, R$ 3,9 bilhões em 2010.

 

A mistura de tais cifras com o lodo dos Transportes converteria Maggi em manchete instantânea. E a visibilidade nem sempre é boa para os negócios.

Enquanto Maggi sucumbe ao temor de virar o escândalo da vez, Dilma acalenta o sonho de efetivar nos Transportes o interino Paulo Sérgio Passos.

O PR mantém o pé (de cabra) na porta. A legenda anuncia a intenção de prover a Dilma, na próxima semana, uma lista de “opçõe$”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia

Peixes Atum, Cavala, Espada e Merlins estão em extinção

O Estado de S. Paulo

Pela primeira vez na história, todas as espécies de peixes da família dos escombrídeos – como atuns, cavalas e bonitos, bastante utilizados na alimentação humana – e os bicudos, como peixes-espada e merlins, entraram para a lista de animais ameaçados de extinção da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês).

Das 61 espécies conhecidas, 7 foram classificadas na categoria de ‘ameaçadas’, sob sério risco de serem extintas. Quatro entraram na categoria de ‘quase ameaçadas’ e o restante, na classe de ‘menor risco de extinção’.

Os resultados do estudo, que será publicado hoje na revista científica Science, mostram que a situação é pior para as espécies de atum. Cinco das oito espécies de atum foram enquadradas na categoria de ameaçadas ou quase ameaçadas de extinção. Entre eles, o atum-azul (Thunnus thynnus), comumente utilizado na culinária, que está sob risco de desaparecer dos oceanos.

“É a primeira vez que pesquisadores, ictiologistas (especialistas em peixes) e conservacionistas se unem para produzir uma análise da situação das espécies de peixes mais utilizadas comercialmente”, afirma Bruce B. Collette, pesquisador da IUCN e principal autor do estudo.

Segundo ele, os resultados da pesquisa serão de inestimável valor para ajudar os governantes a criar políticas públicas de conservação das espécies. A principal ameaça às espécies é a sobrepesca e a falta de engajamento de governos na proteção dos animais. Muitas das espécies de atum, por exemplo, são exploradas por companhias multinacionais cuja regulação é difícil. As populações de atum-azul estão caindo desde a década de 1970.

ANDREA VIALLI e ANNA RUTH DANTAS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *