Parque vai responder por morte de adolescente de 15 anos na Grande Natal

Por interino

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar a morte do adolescente Felipe Queiroz da Silva, de 15 anos, vítima de um acidente na madrugada do último domingo (8), em um parque de diversões em Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal.

Na ocasião, o adolescente foi atingido por um motor do Enterprise, que se desprendeu da estrutura e foi parar em um brinquedo vizinho, causando lesões graves ao menor, desde a região abdominal as pernas, resultando em coma profundo até a morte.

Segundo a Delegacia do município, o parque será investigado por homicídio culposo, (quando não há intenção de matar). Ainda no acidente envolvendo o Enterprise, outras 14 pessoas ficaram presas ao brinquedo e foram resgatadas durante horas de trabalho do Corpo de Bombeiros.

Além do adolescente ferido, 14 pessoas ficaram presas no Entreprise e precisaram ser resgatadas pelo Corpo de Bombeiros. Em entrevista ao portal G1, a instituição confirmou que o Parque tinha toda a documentação necessária para o funcionamento.

Em contrapartida, em entrevista ao portal G1-RN, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (Crea/RN) confirmou a abertura de um procedimento administrativo para pedir esclarecimentos aos profissionais que assinam notas de responsabilidade técnica exigidas para a liberação do funcionamento do parque.

“Estamos notificando três profissionais para que apresentem os laudos e projetos para averiguarmos e apresentarmos à sociedade os motivos reais do que ocorreu no parque”, disse José Augusto Rêgo, vice-presidente do Crea/RN.