Pesquisa CNT de Rodovias aponta 65,6% das estradas do RN como péssima, ruim ou regular; apenas 34,4% bom ou ótimo

Reprodução

Mais de 60% das estradas potiguares se apresentam em cenário avaliativo como (ruim, péssima ou regular). Somadas, chegam aos preocupantes 65,6%( sendo 14,7% péssima – 11,9% ruim e 39% regular).

Apenas 34,4% entraram na avaliação entre bom e ótimo, conforme quadro em destaque neste post.

A avaliação geral é uma constatação da 23ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada nesta terça-feira (22) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), pelo Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

Brasil

O estudo mostrou que a qualidade das rodovias brasileiras piorou no último ano. O estado geral apresenta problemas em 59% da extensão dos trechos avaliados.

Em 2018, o percentual foi 57%. Também está pior a situação do pavimento (52,4% com problema), da sinalização (48,1%) e da geometria da via (76,3%). No ano passado, a avaliação foi 50,9%, 44,7% e 75,7% com problemas, respectivamente.

O número de pontos críticos identificados ao longo dos 108.863 quilômetros pesquisados aumentou 75,6%. Passou de 454 em 2018 para 797 em 2019.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Almir Dionísio disse:

    A estrada que dá acesso a praia de São Miguel do Gostoso ao sair da BR 101 tá uma buraqueira só, fazem os remendos e logo volta tudo..Um destino que vem crescendo no turismo e um acesso vergonhoso, não se tem acostamento algum..
    Agora vejam as estradas da PB.
    Vergonha para o RN.

  2. Pedro disse:

    Esse é o fruto das ações dessa grande governadora……kkkk, vai Fátima Bokus, diz a que veio. Saúde aos cacos, marginalidade voando em céu de brigadeiro, funcionários públicos sendo enrolados e sacrificados, muita farra, dança, festa e mentiras, enfim, esse é o nosso mísero estado de vida, perspectiva zero.

COMENTE AQUI