Presidente do América explica fala sobre recomendação para jogos sem torcida

Foto: Reprodução/Twitter

O presidente do América, Leonardo Bezerra, entrou contato com o Blog para explicar a repercussão sobre a sua fala no microblog Twitter nesta sexta-feira(13), destacada em post, sobre a recomendação da Sesap para cancelamento de eventos de massa, especificamente, no caso do futebol, disputada de jogos sem torcida, como medidas de prevenção contra o coronavírus.

“Deixa eu só esclarecer: quando digo é muito difícil. não me vem à cabeça nunca que foi uma medida para atingir o América. Mas é muito difícil que no momento que iríamos ganhar o dinheiro de uma folha inteira de pagamento só com renda, sem falar no apoio da torcida para uma cota de 2M se ganharmos a partida tenha acontecido essa determinação”.

Leonardo ainda completou. “É muito difícil fazer futebol num estado quebrado como o nosso”.

Por fim, o presidente do América deixou a entender que o clube não é contra a recomendação de saúde pública. “Mas se vai fechar realmente igrejas, cinemas e todos os estabelecimentos con um aglomerado de mais de 100 pessoas. Como você falou, quem é o presidente do poderoso América para ir contra?”, encerrou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cico disse:

    Perdeu uma boa oportunidade de ficar CALADO! Essa turma do América sempre foi arrogante. O que danado tem haver o RN com medidas de combate à uma pandemia, coisa internacional!? Trata-se de sorte, e seu time teve esse ano de não pegar um clube de série A até agora.

  2. Tutu disse:

    Sou Abcedista, mas essa decisão é precipitada e péssima para o mequinha, acho que eles são merecedores da presença da torcida e não há motivo para essa histeria aqui no RN.

COMENTE AQUI