Geral

VÍDEO: “Falta a Barroso coragem moral e sobra militância política”

ASSISTA AQUI

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira(09) que a CPI que Barroso ordenou instaurar, de forma monocrática, na verdade, é para apurar apenas ações do governo federal.

“Não poderá investigar nenhum governador, que porventura tenha desviado recursos federais do combate à pandemia”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda emendou:

“Barroso se omite ao não determinar ao Senado a instalação de processos de impeachment contra ministro do Supremo, mesmo a pedido de mais de 3 milhões de brasileiros”.

E finalizou:

“Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política”.

Opinião dos leitores

  1. Absurdo!!! Esse pedido de CPI é inimaginável!! Um Presidente que encheu os Cofres dos Estados de recursos financeiros, que foi afastado do centro das decisões da Pandemia do Vírus, é objeto de CPI????!!! E observem: Não é o Senado que está tomando a iniciativa de tal coisa! É o stf mandando o Senado abrir a CPI! E os Governadores? alguns já com indícios de praticas criminosas? Vai ter CPI?! Algo de muito grave está sendo urdido nos bastidores, contra o Estado Democratico de Direito!

  2. Falta de Moral é dele, desse presidente sem ética alguma. Ainda estou querendo saber o que este senhor fez até agora, se não atrapalhar quem quer, de fato organizar o país. Ô homem sem futuro. Muda Brasil!!!

  3. Tá com medo de que bozo, quem não deve não teme, será que não comprar vacina, aglomeram, não usar máscara e sabotar prefeitos e governadores é correto, tá com medo da verdade da cloroquina?

  4. Mentiras dessa natureza só enganam seus apoiadores, pois o fanatismo não os permitem raciocinar, se é que algum dia tiveram.
    Sem falar em CPI, mas se não tiver mais de 100 pedidos de IMPEACHMANT, deve ter perto contra o presidente da república em dois anos e ele quer que o de Alexandre de Moraes passe a frente? Vai jukgando primeiro os dele por ordem cronológica que deve ser prioridade que só tem mais dois anos, já do ministro o cargo é vitalício e tem tempo. Sobre a jogada ensaiada, ele faz bem direitinho com parte d mídia, basta ver os comentários de alguns blogueiros e comentaristas oficiais.
    Num leva a mau, mas esssa tb nãoconvenceu.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Art. 58 § 3º As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de investigação próprios das autoridades judiciais, além de outros previstos nos regimentos das respectivas Casas, serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto ou separadamente, mediante requerimento de um terço de seus membros, para a apuração de fato determinado e por prazo certo, sendo suas conclusões, se for o caso, encaminhadas ao Ministério Público, para que promova a responsabilidade civil ou criminal dos infratores.

    Não cabe ao presidente do senado barrar CPI, tem as assinaturas, tem que abrir. Barroso só mandou Pacheco cumprir a constituição.

  6. O ex ministro Pazuello, comprou máscaras, comprou vacinas, comprou oxigênio, o PR mandou dinheiro e muito pra todos os Estados e Municípios, deitar e rolar, desviar pra outras finalidades e quem vai ser investigado na CPI é o governo federal???
    Não dá pra entender.
    Quem faz Mau uso do dinheiro do povo, fecha leitos, fecha hospitais, compra o que não exister fica insento de CPI???
    Tá difícil!!!
    Vou votar em Bolsonaro de novo.
    Tenho certeza que estou certo.
    Pqp…

    1. Quem mandou não usar máscara , aglomerar , abrir tudo, debochou da vacina, não foi a minha pessoa, tá com medo de que? Da verdade?

    2. Paulão recebeu uma série de informações pelo zap e acha que elas correspondem à realidade. Paulão, leia os sites oficiais, busque os procedimentos no diário oficial. Vc descobrirá que Pazuello e Bolsonaro se recusaram a comprar vacinas que chegariam no Brasil em Dezembro/2020. Fizeram o que puderam para atrapalhar a coronavac. Tá tudo documentado. Não é opinião de zap. Se o congresso vai fazer alguma coisa com os dois? Acho improvável. O senado e a câmara estão adorando o poder que possuem devido a inaptidão completa de Bolsonaro.

  7. Esses ministros do STF têm mania de perseguição. Foi assim com Lula, com Dilma e agora está sendo com Bolsonaro.

  8. Falta coragem dos senadores pedir impeachment de ministro do STF, as decisões proferida dos Deuses do Olimpo são todas política.

  9. Parabéns ao ministro ! Esse genocida que não cuida do seu povo tem que ser punido … bozó só se preocupa com ele e seus filhinhos .. É revoltante ver o descaso desse presidente com nós brasileiros…

  10. Quero saber até quando o povo brasileiro vai aceitar esses onze acovardados mandar nesse país.
    Tá passando da hora de botar quente nesses fdp…

  11. Uma vergonha a atuação do STF. Virou um puxadinho dos partidos políticos. Uma Instituição que já foi tão respeitada por não se envolver em questões meramente políticas e sim funcionando como um guardião da Constituição. Espero que alguém tenha coragem de acabar com essa farra de poder que o STF abusa.

  12. Vergonha esse supremo tribunal federal, enfestados de militantes políticos e sem nenhuma credibilidade, só agrada aos petralhas corruptos esquerdistas e Petistas ladrões , essa mundiça aplaude uma corja de governadores planfeitários e militante político.

  13. Parabéns ao Ministro Barroso…a lei é pra ser cumprida…
    (Bozo nem dormiu de ontem pra hj…a batata tá assando genocida!)

    1. Quem não deve não teme.
      Co hecerás a verdade e esta vos libertará .
      È uma gripezinha,frescura querer vacinas,uns bananas que adoecem. … …….

    2. Mas ladrão não é. #QueremosBolsonaroAte2026
      #LulaLadrão

    1. Até onde eu sei Bolsonaro tem 57 milhões de votos. Barroso ou qualquer desses ministros do stf? Zero. Tenho certeza que os novos Senadores vão dar o “sacode” que esse stf merece.

    2. Deixa de ser doente. Ja estava tudo pronto para abir a CPI, o presidente do Senado era quem nao estava querendo.

    3. Vai dormir, Brasil. O sonâmbulo ainda acha que estamos em 2018 e que ministro do STF é eleito com voto popular. Se fosse era até capaz do Tiririca ser eleito.

  14. Esse é o presidente mais deselegante que o Brasil já teve. Mente descaradamente e os babões o aplaudem. É tão descarado que ele pergunta onde foi negacionista e contra a vacina sabendo que tem vídeos dele falando tudo isso e muito mais. Ele entrou na presidência dizendo que não ia se candidatar a reeleição, vamos ver se será mais uma mentira.

    1. Esse presidente sofre das faculdades mentais e é extremamente cruel e sem empatia! Cheio de babões numa pior e ainda o apoia.

    2. Tá morrendo um monte por aí, que já tomou a segunda dose do calçacoladavac

  15. O país atravessa uma crise sem fim – sanitária, política, ética, moral, econômica e mais e mais. Os poderes que seriam autônomos e harmônicos, não o são. Tudo é contestado e vai para na mais alta Corte de Justiça, o STF, que deveria ater-se às ações judiciais que conflitassem com a Constituição. Mas, não. Tudo vai terminar no Supremo, que interfere e pitaca em tudo. Pior : dependendo das mãos do ministro em que cair a decisão, já se sabe a sentença. Cada um defende o seu cada qual.
    Pergunta-se: como acreditar na segurança jurídica de uma decisão, se ela muda de acordo com o réu e sua influência ? Como queirer que haja investimentos de fora, se os investidores não acreditam na seriedade do país ?

    1. Como acreditar na seriedade de um país comandado por um boçal incompetente que não consegue passar um dia sem arrumar confusão e intrigas?

    2. Luciano comentário muito equilibrado o seu. Concordo plenamente contigo.

    1. Esse vagabundo não tem moral para falar de nada!
      Um verme desses deveria ser proibido de pronunciar a palavra “moral”!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro volta a criticar restrições, fala que ‘a fome está batendo forte’ e diz que “alguns decretos têm se superado e muito até o que seria um estado de sítio no Brasil”

Foto: CNN Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar nesta quarta-feira (31) as medidas de restrição impostas por governos estaduais e municipais para o combate à pandemia do novo coronavírus no Brasil. Segundo ele, “a fome está batendo cada vez mais forte” devido às medidas vigentes em diversos estados.

“Alguns decretos têm se superado e muito até o que seria um estado de sítio no Brasil. O estado de sítio não é presidente quem decreta, ele pode até mandar o decreto pro Parlamento, mas só depois do Parlamento aprovar, ele entraria em vigor. Toque de recolher e supressão do direito de ir e vir extrapolam o estado de sítio”, disse.

Ele também voltou a defender que “a política de lockdown” seja revista por governadores e prefeitos para que se possa “voltar a normalidade”. “Efeitos colaterais do combate à pandemia podem ser mais danosos do que o vírus”, disse.

“Tínhamos e temos dois inimigos: o vírus e o desemprego. E não é ficando em casa que vamos resolver esse problema. Essa política ainda está sendo adotada, mas o espirito dela era para achatar a curva de contaminações enquanto os hospitais se preparavam”, disse Bolsonaro.

“Nenhuma nação se sustenta por muito tempo com esse tipo de política e nós queremos voltar a normalidade o mais rápido possível”, afirmou.

Segundo ele, o auxílio emergencial tem sido “um alento” para a população. “É pouco, reconheço, mas é o que a nação pode dispensar à sua população. Só temos um caminho: deixar o povo trabalhar”.

“A volta do direito de homens e mulheres ao trabalho no país é essencial”, disse o presidente.

A fala de Bolsonaro acontece um dia depois do Brasil bater recorde no número de mortes por Covid-19. Foram 3.801 óbitos pela doença nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (30) pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários da Saúde).

No total, o Brasil tem mais de 317 mil mortes por Covid-19 e são 12.658.109 de casos positivos desde o início da pandemia

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. É Incrível a capacidade que este cidadão tem de minimizar as mortes, daqui para o meio do ano iremos bates 400 mil mortes e ele não aprende, aguarde Bozo próximo ano será de eleições e vc ganhará uma chibata bem grande!

  2. Concordo em parte com vc Sr. Manoel F, só acho injusto por toda a culpa no presidente, que conversa demais, faz besteira, não se comporta como líder, etc, porém, daí colocar toda a culpa nele é muito, nessa história macabra do COVID, todos temos culpa, os governadores, a classe política, a população, o glorioso STF, a própria politização da questão já é um erro crasso. Fica um bando de bestas discutindo lorota, jogo de bicho, pifpaf e quando precisam se unir, ficam querendo aparecer, vide eleições, festinhas, aglomerações, não uso de cuidados e máscaras, etc. Nessa sua linha de raciocínio temos muitos psicopatas: ministro que liberou eleições, liberou governador e prefeito para decidir, governador que foi a convenção e comício, deputados e senadores idem, bem como, população. Para terminar, não sou BOLSONARISTA, anti molusco sim e eterno, para terminar, apesar dos inúmeros erros cometidos, rolou muito dinheiro para os estados, no nosso, a governadora se escondeu, fez passeata e não usou os recursos corretamente, fato.

  3. E daí, eu não sou coveiro. Sou o Messias, mas não o Cristo. É só uma gripezinha. E cuidado, pois vão querer inocular algo em você.

  4. Hô Véio arroxado do cunhão rôxo é Bolsonaro.
    Quem não quiser cair que se deite, que o Véio Bolsonaro é duro.

  5. Se ele falasse que quer acabar com as restrições para que os empresários ganhem dinheiro, ficaria feio, daí ele usa essa do povo morrer de fome.

    Gado engole tudo.

  6. Ô véi macho!!
    Sempre com a razão.
    Sempre certo.
    Acerta mais do que erra.
    Tamos juntos em 2022 presidente!

  7. Esse omi só conversa 💩💩💩
    80% dos problemas são causados pela boca de b*sta dele mesmo…

  8. Tava tão bom com esse energúmeno sem falar merda desde anteontem… Voltou a vomitar mentiras novamente…

    1. Vc deve ser algum funcionário público q acha bom não trabalhar e tem seu salário no fim do mês, queria ver vc falar isso se fosse um apu de família e q tivesse filhos pra alimentar com o seu trabalho aí vc saberia dar valor às palavras do presidente

    2. Vc deve ser um babão da governadora seu palhaço, o povo precisa trabalhar.

    3. Então é mentira que existe pessoas passando necessidades, quiçá fome? vamos ter um pouco mais de empatia, sei que não é o forte de vocês, pois adoram o quanto pior melhor para colocar o culpa nos outros.

    4. Vc deve ser funcionário público, pra falar assim.. vive em uma ilha que nada te atingi. Mas deixe de ser tão egoísta e veja o povo passando necessidade, que só assim vc entende a fala do presidente

    5. O argumento de vcs eh achar q sou petista eh isso? Acordem! O presidente inepto não fez bosta nenhuma pra evitar a segunda onda que estamos passando! Incentivou e causou aglomerações, não usava máscaras nem acreditava em vacinas até dia desses e vcs acham mesmo q ele está certo? Sim, há pessoas com fome, sempre houve e sempre haverá, mas as medidas que os governadores estão tomando não eh de propósito e sim pq TEM MILHARES MORRENDO ! Então ele ser contra as medidas eh uma enganação desse psicopata q só engana os bestas mesmo! E eu não sou petista, quero Lulaladrao preso e os filhos de bolsonaro Tb!

    6. Você só falou verdades, Manoel. E, como a verdade dói nos ouvidos bovinos dos bolsolavistas, a carga de achincalhes é demasiada e sem argumentos sérios. É só fel e veneno o que produz esse gado alienado.

    7. Parabéns Manoel.

      Esses analfabetos não sabem de nada, só seguem as ordens do político deles.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“NEM POR ORDEM DO PAPA”: Bolsonaro diz que Exército não vai para a rua para cumprir decreto de governadores mesmo com ‘desobediência civil’

FOTO: REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira(19) governadores e prefeitos estão “matando” pessoas com as medidas de restrição de circulação que vem tomando, para evitar o aumento do contágio. O presidente reclama do impacto econômico dessas medidas.

— Governadores e prefeitos humilhando a população, dizendo que estão defendendo a vida. Ora bolas. Que defendendo a vida, vocês estão estão matando essas pessoas.

O presidente também voltou a dizer que o “seu” Exército não irá obrigar as pessoas a ficar em casa, como já havia dito, mesmo em caso de “desobediência civil”:

— O meu Exército não vai para a rua para cumprir decreto de governadores. Não vai. Se o povo começar a sair, entrar na desobediência civil, sair de casa, não adianta pedir o Exército, que meu Exército não vai. Nem por ordem do papa. Não vai.

Com O Globo

Opinião dos leitores

  1. Esse IDIOTA pensa que tem poder e representatividade mas o apoio popular, dos militares e até dos políticos do centrão, está se desmanchando. Virou uma caricatura de ditador, sem palavra, sem capacidade de ação , e sem eco na sociedade. Somente uns poucos gatos pingados, alienados, alucinados, babões e extremistas ainda mantém o apoio, talvez por vergonha de admitir que esse presidente em quem votaram é doença pior que a pandemia que estamos enfrentando.

  2. Capitão mande as forças armas ir as ruas. Mas para ir em cima destes governadores ,prefeitos e STF.

  3. Mesmo se for para apartar briga de galo, um exército comandado pelo general Pazzuelo vai fracassar. Com certeza!

  4. Escroto! Você renegou 70 milhões de doses de vacina! Nós não deveríamos estar nessa situação. Você sabia que era incompetente, você sempre foi! Se não dá conta, peça pra sair!

  5. Deve ter que esquecido de tomar o sossega leão hoje. Doido varrido. Juízo mandou lembrança. Semana que vem a notícia será ele tá atirando pedra na lua cheia.

  6. Ele que as Forças Armadas a serviço da família dele e proteger os submissos a ele.
    Ele.cara incompetente, que reeleger-se às custas de auxílio mm miséria.
    Ele vive banalizando a pandemia.
    Um assessor dele faleceu esta semana e "abafaram".
    Muito incompetência para uma pessoa só.

  7. O exército vai para rua, sim: recolher os corpos dos mortos de COVID sem assistência. Espero que não seja vc que está lendo isso. Aguardem!

  8. Deixe esses fdp lascar o povo.
    Todo mundo tá vendo a cachorrada desses governadores safados.
    Bandidos.
    Ontem o ex vice governador desmascarou e ensinou como as pessoas verem o tamanho da safadeza, sacanagem dessa desgovernadora Fátima do PT.
    Essa a verdadeira genocida, comprovadamente.

  9. O povo de bem está com o Presidente, sabe o que é verdade e se identifica com o discurso realista do Presidente.

  10. Bota o EB em cima desses Desgovernos estaduais, pode começar pelo RN.
    2022 é Bozo novamente!!!
    Lembrem: O Choro é livre!!!

  11. Eu prefiro a força de expressão "NEM POR ODEM DO PAPA", do que a de Lula Macunaíma que invocava subversão através do "exercito de Stédile".

    1. Pergunte aos governadores e prefeitos, o STF determinou que a responsabilidade no combate a pandemia seria diretamente deles, desde maio 2020. Está distorcendo porquê? Não tem coragem de perguntar a seu governador ou prefeito?

    2. Vai sim! Domingo 21 é o aniversário dele! Pode esperar que o genocida vai fazer aquele churrasco!

  12. Políticos em geral se sentem dono de tudo. Enquanto nossos políticos não entenderem que eles estão ali para servir e não para serem servidos pelo Estado, o Brasil não irá evoluir.

  13. inacreditável.
    O que o PAPA tem com isto.
    Tolou ,não tem mais leito…,vão morrer em casa.
    O problema é sério.. .

  14. Mas quem é que está pedindo exército na rua, meu Deus!? Esse Genocida é sedento de mortes!!! Está fazendo de tudo para ver o povo morrendo sem ar nos corredores de hospitais.

    1. A senadora Katia Abreu do Tocantins tava pedindo. Dá um google.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Bolsonaro critica restrições em SP e DF e fala em risco de invasões a supermercados e greves: “até quando nossa economia vai resistir?”

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Um dia após adotar tom moderado ao falar da pandemia, usar máscara em público e defender a vacinação, o presidente Jair Bolsonaro criticou duramente as restrições impostas por governadores para tentar conter o avanço da covid-19 no País. Durante participação virtual em reunião no Senado, nesta quinta-feira, 11, Bolsonaro citou a possibilidade de invasões a supermercados e greves em função do lockdown.

O presidente da República participou do evento enquanto estava no Palácio do Planalto, ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes. Diferentemente de quarta-feira, 10, Bolsonaro não usava máscara, enquanto o auxiliar estava com o equipamento de proteção no rosto.

Bolsonaro criticou diretamente as medidas adotadas pelos governadores de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). Doria anunciou nesta quinta-feira, 11, novas restrições, inclusive toque de recolher no Estado, medida também aplicada no Distrito Federal. Bolsonaro comparou o isolamento a um “sapo fervido”, ou seja, depois de aumentada a temperatura, “não sai mais da panela”.

Medidas de isolamento social e restrição ao comércio, porém, têm sido recomendadas por especialistas para conter a transmissão do vírus. Assim como outras regiões do País, São Paulo e Distrito Federal têm visto pressão sobre seus sistemas de saúde e alta de internações pela covid-19.

“Até quando? Até quando nossa economia vai resistir? Se colapsar, vai ser uma desgraça. O que poderemos ter brevemente? Invasão a supermercado, fogo em ônibus, greves, piquetes, paralisações. Onde vamos chegar? Será tarde para o sapo sair da panela”, disse Bolsonaro. No discurso do presidente da República, enquanto o governo federal combate o desemprego, prefeitos e governadores estão “destruindo” a economia.

As críticas feitas pelo presidente a medidas de isolamento social não são novas. Nessa quarta, porém, horas após o ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva atacar a gestão da pandemia pelo governo federal, Bolsonaro mudou sua conduta em evento no Palácio do Planalto. Na ocasião, chegou a justificar as restrições de circulação como medida necessária para que houvesse tempo para hospitais se preparar para o aumento da demanda de pacientes.

Nas últimas duas semanas, o Brasil registrou aumento de 43% na média diária de óbitos. Em 25 de fevereiro, o número estava em 1.150. Agora está em 1.645 , o maior da pandemia. Na quarta-feira, 10, o Brasil registrou 2.349 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados do consórcio formado por veículos de imprensa.

“Lamento todas as mortes que ocorrem, todas as mortes. Lamento essa desgraça que se abateu sobre o mundo, mas nós temos que olhar para frente”, afirmou Bolsonaro. Em seguida, defendeu vacinar a população.

“Temos que buscar minimizar a dor dessas pessoas, buscar minimizá-la com vacina. Toma vacina. Abrimos para comprar praticamente de todos os laboratórios depois de aprovado pela anvisa.” O presidente afirmou que nunca negou a vacina.

Com Estadão

Opinião dos leitores

  1. O objetivo destes governadores, tendo como cabeça o calça cravada, é criar o caos no país.
    Por que fecharam hospitais de campanha e leitos nos hospitais?
    Por que não permitem o uso de medicamentos no início da contaminação?
    As baladas continuaram sem qualquer intervenção dos Estados, até o filho do calça cravada fez festinha com aglomeração sem uso de máscaras.
    Em breve veremos o resultado dessas medidas de lockdown nas cidades.
    Óbvio que tentarão culpar o Bolsonaro, mas o cara é foda e com sua excelente equipe vai saber dar a volta por cima.

  2. Olha aí…
    Que idéia excelente do presidente.
    Nada de Auxílio Emergencial, agora a vez é ivadir supermercado.
    Pra ele quanto pior melhor.

  3. Agora insufla invasões? Tá cada dia pior.
    O efeito Lula tá fazendo um bem danado ao país.

  4. Por que invasão de supermercados?
    Que terrorismo é este?
    Vá dando idéia seu aloprado.
    Tem wue conter a circulacao desta peste.Já era para todos ou pelo menos 30 % vacinados,mas devido a sua inercia tai o que você queria.
    15 dias de fechamento nao ira matar ninguem de fome.Enquanto isto libere o auxilo emergencial.
    GOVERNAR E PARA QUEM TEM COMPETENCIA.

  5. Até agora não se tem notícia de que nada disso tenha acontecido. Se milícias bolsonarianas levarem avante a "sugesta" do presidente, ele deve ser afastado imediatamente e responsabilizado criminalmente .

  6. É isso Bolsonaro, deixe a bomba estourar nos colos dos Governadores e fique assistindo de camarote.
    Confiamos no Senho e em 2022 vai ser no primeiro turno.
    MITO TEM RAZÃO.

    1. Se esse governo está um caos como vc mesmo está afirmando, como vc fala que vai votar nele? Tu gosta de comer merda é?

    2. Não fala nada que preste esse. Só besteira. Vá estudar, depois você volta aqui.

  7. Negacionista incentivando seus seguidores a invadirem supermercados e fazerem greve, espero que ainda não tenham comprado armas.

  8. O MINTOmaníaco eh o maior risco a nossa economia e democracia. Muito pior que a pandemia de covid!

    1. Zé Gado tira ele, quero voltar a roubar o Brasil por mais 30 anos e dar cartilha de sexo para as crianças de 5 anos

    2. Facínora é o cara que defende a liberdade? E do que se chama quem instaura "toque de recolher"? Democrata? Esse minino é um gênio.

    3. Cartilha de sexo pra crianças… você também acreditou na mamadeira de piroca?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Senador Styvenson Valentim acompanha #STFVergonhaNacional após decisão de Fachin a favor de Lula: “tivemos uma aula magna de como o crime compensa”

Foto: Reprodução/Twitter

A decisão do ministro Edson Fachin (STF) de anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da operação Lava Jato provocou a indignação do senador Styvenson Valentim, que disse nas redes sociais nessa segunda-feira(08) que a  decisão “põe fogo no país” e dar a entender, na verdade, que os processos contra Lula não vão “dar em nada”.

“O que ensinaremos para essa geração sobre crimes x punições? Pois hoje tivemos uma aula magna de como o crime compensa”, declarou nas redes sociais, acompanhado da hashtag “stfvergonhanacional”.

Opinião dos leitores

  1. O legado de um "juiz" que não cumpre suas funções e atua mais como promotor.
    O legado de um "presidente" que não governa e mente e volta atrás a cada frase

  2. Gostei do pensamento do Senador sobre o legado a ser deixado p/nossos filhos e netos. No Brasil o crime compensa e se vc for rico e influente, com acesso ao STF, nem se fala…E quando vejo muita gente ficar feliz com isso…

  3. Esse inútil só sabe mastigar. Não faz nada pelo RN. Não ganha mais nem pra síndico. Carniça.

    1. Prefiro 01 que não faz nada, que 01 que compra apoio distribuindo cardos e repassando recurso público.
      Prefiro 01 que trabalha pouco que 01 que faliu todos os fundo de previdência das estatais.
      Prefiro 01 que fica parado a 01 que libere recursos públicos para obra das empresas dos amigos.
      Prefiro 01 que não tem postura política que 01 encantador de palco que promete uma coisa e faz outra, dando ao Brasil os maiores escândalos de corrupção já registrados na história.
      Prefiro 01 ausente que 01 que levou a petrobras, correios, bancos e órgãos públicos a beira da falência.
      Prefiro 01 que nunca foi condenado a 01 que responde a uma dezena de processos por corrupção.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro cita 62 milhões de vacinas até abril, diz que população não pode ‘viver em pânico’, e critica o ‘fique em casa’: “O pessoal vai morrer de fome, de depressão?”

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que “o problema está aí”, mas que a população “não pode viver em pânico” diante da pandemia. Bolsonaro também voltou a criticar medidas de distanciamento social, que visam diminuir o contágio do novo coronavírus, dizendo que irão trazer fome e depressão.

Na terça-feira, o Brasil registrou 1.726 mortes causadas pela Covid-19, o maior registro em 24h desde o início da pandemia. Além disso, a média móvel de mortes bateu um novo recorde, 1.274. É o quarto dia consecutivo que isto acontece.

— Criaram pânico, né? O problema está aí, lamentamos. Mas você não pode viver em pânico. Que nem a política, de novo, (do) fique em casa. O pessoal vai morrer de fome, de depressão? — disse Bolsonaro a apoiadores nesta quarta, no Palácio da Alvorada.

Na conversa, o presidente criticou a cobertura da imprensa sobre a pandemia e disse que “para a mídia, o vírus sou eu”.

Um apoiador relatou a Bolsonaro ter feito um estudo que indicaria que o Brasil chegará à imunidade de rebanho em setembro ou outubro. O presidente disse que poderia encaminhar o estudo ao Ministério da Saúde, mas disse que com as novas cepas do coronavírus é difícil discutir o fim da pandemia:

— Como a doença é pouco conhecida, nova cepa, não dá para discutir aqui…

Em outro momento, Bolsonaro afirmou que poderá fazer um pronunciamento em cadeia nacional de televisão e rádio para tratar sobre a pandemia. O pronunciamento chegou a ser convocado na terça-feira, mas foi cancelado em seguida. Existe a possibilidade de que a fala ocorra nesta quarta.

O presidente afirmou que o Brasil está “fazendo o dever de casa” porque é um dos países que, em números absolutos, mais aplica vacina — neste quesito, é o sétimo. Em números proporcionais ao tamanho da população, no entanto, ao menos 18 países estão na frente do Brasil.

— O assunto, quando tiver (pronunciamento), vai ser pandemia, vacinas. O Brasil é um país que, em valores absolutos, mais está vacinando. Temos 42 milhões de vacinas para este mês, 42 não, 22 milhões. Mês que vem deve ser mais 40 milhões. O país está mais avançado nisso. Assinei no ano passado MP destinando mais de R$ 20 bilhões para comprar vacina. Estamos fazendo o dever de casa — disse Bolsonaro.

Com informações de O Globo

Opinião dos leitores

  1. Respeitem a mãe do presidente esquerdopatas FDP, o presidente está certíssimo, quem pode ficar em casa fique, mais deixem quem precisa trabalhar para levar o sustento da família, fome também mata.

  2. Respeitem a mãe do presidente esquerdopatas FDP, o presidente está certíssimo, quem pode ficar em casa fique, mais deixem quem precisa trabalhar para levar o sustento da família, fome também mata.

    1. É verdade. Melhor exemplo do "faça o que eu digo mas não faça o que eu faço".

  3. O que ele quer? Fique em casa vivo… Ou morra pela economia? O pior é que tem muita gente 'embarcando' nessa.

    1. Suas piadinhas já perderam a graça há muito tempo, seu moleque. Respeita as famílias dos quase 260 mil mortos. Sem noção.

    2. Deixa de ser palhaço, idiota!
      Acha pouco? Faça um teste pra ver como seu organismo reage.
      Você é um pilantra igual a ele. Dois irresponsáveis.

  4. Não tem como mais responder e levar a sério um cara desse .ele não soma em nada com que todos nós estamos passando e só ele que tá certo de tudo e ainda mais fica politizando tudo ,estamos no salve se quem puder.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

VÍDEO: Padre que se define como “cristão radical” critica o “mundo pagão” e a ideologia de gênero

Um vídeo de um padre que se classifica como “cristão radical” tem viralizado nas redes sociais nas últimas horas, com repercussão de frases como “Ou você é de Deus ou do diabo. Não tem como está do lado ou do outro”;  e “Ou você está do lado da igreja, ou do lado do inferno”.

No vídeo, o padre Antônio Furtado, da comunidade Shalom em Fortaleza, critica o “cristianismo fraco, do evangelho de açúcar, de pessoas que não querem compromisso com Deus”. Entre temas, condenou a ideologia de gênero e cita o “mundo maligno” e o “mundo pagão”.

Até a publicação deste post, o Blog não tem a informação de onde foi gravado o vídeo.

Opinião dos leitores

  1. Se gostarem, aproveite a vida na terra amados irmãos, porque morreu acabou. Se vcs estão pensando que vão encontrar pai, mãe, irmãos, primos, amigos no além, podem tirar o cavalo da chuva, pois morreu acabou, game over. Procura viver uma vida decente e ética no decorrer da vida e se tornar uma pessoa melhor, não p ganhar o reino do céus, pois isso é uma fantasia criada pela cabeça do homem, mas para criar um mundo melhor para as gerações que virão.

  2. A sociedade brasileira precisa de mais padres tradicionais como esse, fui educado em um colégio em que o padre que também era o diretor andava com uma palmatória no bolso da batina e era uma das ou a pessoa mais respeitada no município, bons tempos…

  3. Ser de Deus realmente é uma loucura para o mundo, estamos no mundo mas não somos do mundo, Quando um Padre ou um leigo prega a verdade na palavra de Deus, ou seja baseado na Sagrada Escritura a maioria fica escandalizada, tá todo mundo acostumado com os Padres que são na maioria progressistas, esquerdista e da teologia satãnica da libertação, fazem e dizem heresias para os fiéis seguindo o modelo do anti papa Bergolio, é muita hipocrisia.

  4. Parabéns a este padre! Ele está certíssimo. Não se pode servir a DEUS e ao DIABO ao mesmo tempo. Quanto à ideologia de gênero, trata-se de uma das maiores fraudes do século XX. Não existe nada de "científico" na ideologia de gênero, só fraude, ideologia, um conceito fabricado por degenerados e amplamente refutado pela ciência. O ser humano não nasce com "gênero", nasce com sexo biológico masculino ou feminino. Essa ideologia maldita tem trazido uma enorme confusão na cabeça de crianças e adolescentes, e as pessoas submetidas a tratamento hormonal para fazer a transição para o sexo inverso ao biológico apresentam taxa de suicídio 20% maior do que as que não se submetem a essa violência.

  5. Não há salvação sem Cruz, sem sacrifício.

    “Jesus disse a todos: ‘Se alguém Me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-Me’” (Lucas 9,23).

  6. O cristão radical tem a Bíblia como guia. Se se guia por tradições, é hipocrisia.
    Se está com Deus ou o diabo logo Purgatório é conto da carochinha…

  7. O que essa ideologia bosta acrescenta à sociedade, salvo mais mazelas? Quer ingressar na sacanagem, que faça só.

  8. Uma pena que esse "cristianismo fraco" tenha apoio do papa, ai a turma da bagunça vai pra galera. Agora, Tudo que as" minorias" desejam e tenham vontade de fazer, encontram apoio nas esquerdas prostituída e no papa, que já passou algumas dezenas de kilometros do 'pop.

  9. Se a esquerda tivesse ganhado, teríamos disciplina dessa ideologia da degeneração humana nas escolas.

  10. Não tenho total arrependimento de ter votado no Bozo, por ele ter cumprido a promessa de que não teríamos uma disciplina obrigatória de ideologia de gênero nas escolas.

  11. A ideologia de gênero é mais uma tentativa de impor à maior parte da sociedade uma obrigatória aceitação dos desregramentos de alguns indivíduos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Médica do comitê científico do RN diz que mais de 90% dos internados em UTIs no estado usaram remédio “sem eficácia comprovada” contra Covid-19

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A médica infectologista Marise Reis, membro do comitê científico do estado, criticou o uso de medicamentos como a ivermectina como medida de prevenção à doença. Em entrevista a Bom Dia RN nesta terça-feira(23), disse que mais de 90% dos pacientes internados nas UTIs com Covid-19 no Rio Grande do Norte tomaram remédios “sem eficácia comprovada” contra a Covid-19, assim classificou.

Marise Reis Ela também criticou o incentivo ao uso da ivermectina para proteger contra o novo coronavírus. “Essa defesa nesse momento é um acinte. É um acinte ao conhecimento médico, ao conhecimento científico. É inaceitável”, declarou Marise.

“Não adianta a população, as pessoas, se esconderem por trás de um comprimido de ivermectina, achando que ele vai te proteger. Não vai. A literatura já é clara em relação a isso. Não há evidências de que esse medicamento protege contra a Covid. Então, o apelo que nós fazemos é: não tome remédio e saia por aí achando que você não vai adoecer”.

 

Opinião dos leitores

  1. VEJO QUE A MAIORIA QUE AQUI COMENTA E O GAFO RAIVOSO!!
    ACHO QUE É MUITO SIMPLES ELA CHEGAR A ESSES NÚMEROS, QUE QUASE TODO MUNDO JA SÁBIA, É SÓ OS MÉDICOS FAZEREM UM LEVANTAMENTO JUNTO AOS PACIENTES!!

  2. O petista fala, fala e depois acaba pisando em cima da língua.
    Baseado em qual estudo a Dra Faz essa afirmação????

  3. Por favor, BG, faça uma entrevista com alguém do Comitê Cientifico de Natal ou com a infectologista do Giselda Trigueiro, que tem defendido a ivermectina, e pergunte se a informação dessa senhora procede. Não acredito que seja verdade, parece mais um discurso negacionista (palavra que eles amam) dos mesmos de sempre.

  4. Boa tarde, quem fez essa estatística para essa médica. Está falando besteira.

  5. Essa "miséra" é do comitê q disse q estaríamos em 12.000 óbitos em Agoosto?? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, tem muita credibilidade mermo….Nem eles acreditam mais no que dizem…

  6. Que afirmação ridícula! Quer dizer que ela foi de leito em leito perguntar se o paciente tinha tomado Ivermectina? Será que ela quis insinuar que as pessoas estavam doentes por terem usado Ivermectina? Isso é ciência? Só se for ciências ocultas e letras apagadas.

  7. O engraçado é que as centenas de relatos sobre a eficácia do referido medicamento são sumariamente esquecidos, enquanto a negação da eficácia é tida como certeza absoluta. Por mais credibilidade que tenha aquele que defende a utilização, e por mais desconhecido que seja aquele que nega.
    Na verdade, nunca foi falado que a ivermectina previne o contágio, mas que reduz a carga viral do paciente, ou seja, mesmo tomando a substância, a pessoa pode ser contaminada, mas a evolução da doença para os estágios mais críticos torna-se mais difícil.
    Se algum ignorante toma e vai aglomerar, o problema é do ignorante e não do medicamento. Querem politizar até isso. Quem não acredita, não toma. Simples.

  8. Médica excepcional.Tudo que disse com toda certeza tem respaldo técnico e teórico.E para quem desconhece : todas as vezes que se tem um atendimento médico é normal o mesmo perguntar se o paciente faz uso de alguma medicação.Sendo assim foi daí que se afirma que fizeram sim o uso de ivermectina.Aceitem que os médicos que defendem o fármaco são políticos.Se não o são trabalham para eles.

  9. Hipocrisia em ação, como esta comitê e favorável apenas na confirmação científica. A profissiinal não poderia levar em consideração este dado, pois se baseia apenas em dafos aleatórios e empíricos. Mas agora ela acredita no empirismo, qual será o motivo ?

  10. Todas as partes estão certas. Todos estão tomando invermectina e somente por isso achando que estão imunes à doença e relaxando nos cuidados de prevenção.
    Então podemos até tomar o medicamento, mas não relaxemos de todos os demais cuidados: não aglomeremos, usemos máscaras, lavemos as mãos e usemos álcool em gel.

  11. O problema é que o gado não entende que usar a Ivermectina não pode está desassociada do uso de máscaras, maior frequência na lavagem das mãos, evitar o contato físico e evitar aglomerações, então tomam o remédio pra piolho e fazem o que o rei do gado manda, viver a vida normalmente.
    Parabéns dra, tem q desenhar pra esse pessoal.

    1. Exato. Eu sempre tomei o remédio, tive o Covid e não fui hospitalizado. Quantas vidas a Ivermectina salvou.

  12. Qual a fonte dessa pesquisa? Pq não existe nada que comprove que o paciente tomou ou não ivermectina… Não sou de acordo que o paciente tome, mas é critério de cada médico. Se vc ver o perfil dessa cidadã, só vai ver Haddad

  13. Minha imunidade vêm de uma dose de Samanau Prata, com uma colher de chá de Mel de engenho e 1/2 limão. Mistura tudo e toma em jejum. Nunca peguei uma gripe, desde os 16 anos. Estou com 35!!!

    1. MELHOR REMÉDIO, mas libera qualquer cachaça. kkkkk
      PINGA e COVID, não se dão bem.

  14. Estou com os Drs. Fernando Suassuna, Alberto Dickson, Carla Dickson e INÚMEROS outros médicos renomados do Estado que indicam a Ivermectina como profilaxia, bem como, no início do tratamento da doença. Na minha família seis pessoas foram curadas, sem internação hospitalar, logo após o aparecimento dos sintomas. Parabéns aos médicos que defendem a vida e prescrevem a Ivermectina como profilaxia. Toma quem quer. Quem fizer uso dessa medicação deve conversar com algum especialista e saber qual a periodicidade com que deve ser ministrado o remédio. Um medicamento de baixo custo, portanto, acessível a quase todo mundo, que tem, quer queiram ou não admitir, salvado vidas.

    1. Com ctz, estes tem propriedade para falar do assunto e não essa esquerdopata que só pelo discurso nota-se a ideologia . Estamos cheio de petistas entranhados não adm pública , foram 14 anos de sementes plantadas. Descobriram somente 300 empregados de Jose Dirceu na Petrobras . Somente.

  15. É preciso ela fazer um estudo clinico primeiro e um apurado de dados, para saber se estes pacientes receberam ivermectina de fato. E se receberam, foram tratados no inicio (recomendado) ou na fase mais grave (sem efeito). So depois se pronunciaria a respeito disso da forma que ela ta fazendo. Da forma NEGACIONISTA em que o assunto é tratado, sem dados cientificos clinicos, ela cai tambem em descredito pelas alegacoes devido a pouca literatura cientifica que existe da medicacao. E o fato de haver pouca literatura, tambem nao significa que seja ineficaz ate se provar ao contrario. No momento, todos os meios clinicos de pacientes internados nao estao certificados como tratamento correto, sao para tratar consequencias. Vamos deixar morrer as pessoas pelo negacionismo, se houver uma chance de estarem certos ou errados? Deixe o medico prescrever o que ele acredita como o mais certo.

  16. Esse tal comitê é uma piada. Com base em quê essa senhora faz tal afirmação? Será que fez uma pesquisa estatística bem fundamentada? Muitos médicos e entidades médicas recomendam o uso desse medicamento, dentre outros, que tem demonstrado bons resultados, AMENIZANDO os efeitos do vírus. Ninguém nunca disse que, usando tal medicamento, se poderia "sair por aí, achando que você não vai adoecer". Essa senhora está deturpando tudo, como os "lacradores" sempre fazem.

    1. Para fazer uma afirmação dessas ela deve ter feito algum estudo, incluindo o universo que não foi hospitalizado, dividindo em:

      a) quem tomou medicamentos de forma PRECOCE;
      b) outros que tomaram em fases mais adiantadas (e em quais);
      c) quem não tomou nada.

      Analisar só quem chegou ao hospital e daí fazer um raciocínio indutivo (generalizar) é uma falha científica que certamente o nosso infalível Komitê Cientifico não deixaria ocorrer, né?

    2. Em tempo, já foi detectado nas redes sociais que essa senhora é apenas mais uma petista de carteirinha, tendo feito campanha para Haddad/Manuela na eleição passada. Tinha de ser.

    1. Essas estão fora da amostra da Dra. Salvo erro.
      Que parece que só tabulou quem foi para o hospital.
      Tem que saber também a partir de que fase os hospitalizados
      começaram a fazer uso da invermecina. Ciência é isso.

  17. Pergunta científica (no meu pressuposto de esses 90% são dados cientificamente tabulados, não chute): se o universo analisado é o de hospitalizados, onde estão os que tomaram e não foram parar no hospital? Não estariam fora da amostra?

    1. Eu tive e tomei remédio pra dor e suco de cajá todos os seis dias que fiquei ruim. É batata!

    2. Beleza, André. Consiga mais um mil relatos desse que eu cogito levar à sério.

  18. Tenho certeza que a Médica ao informar tal dado tem isso documentado e publicará tal estudo em um veículo da área. #SQN

  19. Entre a Dra Lucy Kerr e a senhora…Fico com Dra Lucy…!!!!!

    Passaria um dia inteiro mostrando de forma transparente e eficaz , exemplos de sucesso da ivermectina no combate e profilaxia do covid.
    Mais vou citar apenas um exemplo…Eu e minha família somos testemunhas vivas da sua eficácia.
    No mais… quem nega ou não acredita….tome um danoninho de forma preventiva que talvez resolva.
    Blz…..

    1. Eu e minha família tomamos café todo dia, e eu não parei de trabalhar pois sou do ramo de serviços essenciais, e não peguei COVID, seguindo sua linha de raciocínio logo podemos alegar que CAFÉ previne o COVID. Vamos tomar café……….

    2. Railucio, esse é seu exemplo? Sendo assim, lá em casa somos em 3, não tomamos nenhum desses remédios para, supostamente, combater a covid, não deixamos de trabalhar, meu filho está indo para a escola e não pegamos também.

  20. Parabéns Dra Marise.
    Pelo menos esse povo nao vai ter problema com Lombriga se nao morrer com complicações no figado ou ter a flora intestinal destruída.

    1. Só se tomar fora da dosagem prescrita.
      Não diga besteira, dotô.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro volta a criticar política da Petrobras: “O petróleo é nosso ou é de um pequeno grupo no Brasil?”

Foto: Eraldo Peres/AP/Arquivo

Pouco antes da abertura da bolsa de valores nesta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro voltou à carga contra a sistemática de definição de preços da Petrobras. Afirmou que a atual política atende aos interesses de “alguns grupos do Brasil”, criticou o trabalho do presidente da estatal, Roberto Castello Branco, e disse que a Lei de Reponsabilidade Fiscal prevê que, em estado de calamidade, a companhia deve “olhar para outros objetivos”.

Em conversa com apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente provocou: “O petróleo é nosso? Ou é de um pequeno grupo no Brasil?”

Na última sexta, Bolsonaro anunciou que Castello Branco será substituído pelo general Joaquim Silva e Luna, atual presidente da Itaipu Binacional. Pressionado por caminhoneiros pelos recentes reajustes no preço do diesel, Bolsonaro defende que a composição dos preços e reajuste precisa de transparência e previsibilidade. Na primeira hora de pregão, os papéis da empresa perdiam 20%.

“É sinal que alguns do mercado financeiro estão muito felizes com a política que só tem um viés na Petrobras, atender os interesses de alguns grupos do Brasil”, disse o presidente. “A Petrobras, em um estado de calamidade, de acordo com o artigo 65 da Lei de Responsabilidade Fiscal, tem que olhar para outros objetivos também”.

Depois de elogiar o general Silva e Luna por sua atuação em Itaipu, o presidente disse que é “inadmissível” o fato de o atual presidente da Petrobras trabalhar de forma remota durante a pandemia.

“Isso é inadmissível. Imagine eu trabalhando de casa, com medo do covid?”, reclamou. “Pode até estar fazendo bom trabalho de casa, mas para mim não se justifica ausência da empresa”.

Aos apoiadores, o presidente revelou que o presidente da estatal recebe mais de R$ 50 mil por semana, defendeu que “não pode ter este tipo de política salarial lá dentro” e sugeriu que falta eficiência entre parte dos servidores. “O ritmo de trabalho de muitos servidores lá [na Petrobras] está diferenciado”, acrescentou.

Sem entrar em detalhes sobre que mudanças exigirá na Petrobras, Bolsonaro voltou a dizer que não irá interferir na política de preços. “Mas não consigo entender num prazo de duas semanas ter reajuste em 15% [no diesel]”, afirmou. “Não foi esta a variação do dólar aqui dentro e do barril lá fora, tem coisa que tem que ser explicada. Eu não peço, eu exijo transparência de quem é subordinado meu, a Petrobras não é diferente”.

Na tentativa de reduzir o preço final dos combustíveis, na última semana Bolsonaro anunciou que irá zerar a cobrança de PIS/Cofins do diesel a partir de março, com validade de dois meses. Para ele, a cobrança de ICMS também precisa ser alterada. Um projeto propondo mudanças foi enviado pelo Planalto ao Congresso.

O presidente reclamou que ninguém no governo estava tomando providências para reduzir o preço ao consumidor. “No fundo, ninguém fazia nada, eu tenho que descobrir sozinho isso. A gente vai mudar, mudanças teremos no governo sempre que se fizer necessário”, assegurou. “Não tenho preocupação nenhuma a não ser atender ao interesse público”.

Valor

Opinião dos leitores

  1. BG!!!
    ESSA PETROBRÁS TEM QUE SE AFUNDAR SOZINHA SE FOR PRECISO.
    O PRESIDENTE TÁ CERTO.
    É FODA !!
    UMA EMPRESA QUER QUEBRAR A ECONOMIA DE UM PAÍS INTEIRO EM DETRIMENTO DE POUCOS, PORQUE TEM QUE DAR LUCROS, LUCROS LUCROS.
    E O PAÍS INFLACIONADO JUNTO COM OS BRASILEIROS FICAM COM O PREJUÍZO?
    QUE CONVERSA É ESSA???
    QUEM QUISER BOTA DINHEIRO NA PETROBRAS PRA GANHAR COÇANDO O SACO, QUE SE ARREBENTE PRA LÁ.
    BOTA QUEM QUER.
    UM BANDO DE
    ESPECULADORES QUERENDO GANHAR FÁCIL, E A NAÇÃO QUE SE EXPLODA.
    MEU CARO BG, ENTRE O BRASIL E A PETROBRAS, PREFIRO MIL VEZES O BRASIL, A PETROBRAS QUE VÁ PRAS CUCUIAS, SEJA VENDIDA.
    A AMOROSIDADE COM A PETROBRAS TEM QUE ACABAR.
    BOLSONARO TEM QUE CONVOCAR PRA UMA REUNIÃO URGENTE, OS USINEIROS, ACERTAREM A FABRICAÇÃO DO ETANOL EM QUANTIDADES PARA ABASTECER O MERCADO BRASILEIRO E ACABAR DE VEZ COM ESSES PREÇOS ABSURDOS DA GASOLINA.
    PETROBRAS E OS ESPECULADORES, QUE VÃO GANHAR DINHEIRO AS CUSTAS DOS SACRIFÍCIOS DOS OUTROS, NA BAIXA DA EGUA.
    OUTRA COISA.
    NÃO TEM NADA DE POPULISMO COMO VC FALOU NA RÁDIO BG, A QUESTÃO AÍ, É LÓGICA, POUQUÍSSIMAS PESSOAS MAMANDO, PRA GRANDE MAIORIA SE LASCAR.
    NÃO É JUSTO.
    BLZ???
    TAMOS JUNTOS.
    AQUI E NA 96 FM.

    1. Manoel do F.
      Leia de novo a opinião do Geraldo, que vc descobre.
      Uma coisa, já posso adiantar.
      Sindicalista não é, passa longe de ser.
      Leia de novo!!

  2. Ei, Bozo, durante as eleições, você não tinha prometido ser liberal na economia?! Aos poucos, você está ARGENTINIZANDO o Brasil…

  3. Só quer ser do PT e esquedeopata. Vai ser o vice ou o companheiro Lula será o vice? Bolsonaro comunista. Kkkkkkkkkkkkkkk. Chama na bota.

  4. Hô Véio arroxado do cunhão rôxo é Bolsonaro, o homem é bom, o homem é espetacular.
    MITO 2022

  5. Tenho 55 anos , na juventude ouvia dizer que a gasolina era CARA , porque comprávamos de outros países , hoje somos auto-suficiente, e temos que aderir ao preço do mercado internacional, se Bolsonaro faz é porque faz , se não faz é porque FAZ …bom era a RATAZANA DILMA QUE vendeu ( doou) PASSADENA ao preço de BOLO

  6. Não votei no Bozo,mas assim como a Dilma êle está certo.A Petrobras é do Brasil,é fstor de segurança nacional.
    O preço do óleo impacta a inflação e bagunça o mercardo interno.
    Tem que acabar com edta politica e do capital aberto na petrobras ou então compre-se caminhao eletrico e mude o setor rodoviario para ferroviário Perderam tempo.

  7. O homem virou uma mutação de Dilma e Temmer! Agora contar os dias para o início da crise energética por causa do subsídio da ação intervencionista do estado!

  8. A intervenção de Jair Bolsonaro na Petrobras é truculenta, inquestionável e irresponsável. Agora, diante da óbvia repercussão negativa da troca de presidente da empresa, com as ações da Petrobras despencando, o dólar em alta e o risco país disparando, tenta-se remendar o estrago com um discurso que só não faz rir porque é de chorar: o de que o presidente da República não quer intervir no preço dos combustíveis…
    Essa crise vai ser duradoura e danosa. Os brasileiros naus uma vez vai assumir sacrifícios e pagar esse prejuízo.

  9. Conforme o ordenamento jurídico brasilriro, quem quiser nomear o presidente da Petrobrás deve candidatar-se à presidência da República e GANHAR a eleição, requisitos que foram cumpridos pelo presidente Bolsonato. Infelizmente, a esquerdalha nunca se conformou com a perda democrática do poder e insiste nessas narrativas infantis e irresponsáveis. Em 2022, irão perder novamente.

  10. MEU PRESIDENTE! Votei nele pra tirar o PT! Nada a ver dizer q ele está fazendo a mesma coisa que o PT e DilmAnta fizeram talkei! Ele eh diferente, não se aliou com corrupto do centrão nem interferiu na Petrobras e setor elétrico como DilmAnta fez! Ops, ele tá interferindo, mas eh bem diferente talkei! O que ele faz eh perfeito! Amém talkei!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Gilmar Mendes diz que Moro chefiava Lava Jato e critica procuradores

Foto: Reprodução/CNN Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta sexta-feira (5) que o ex-juiz Sergio Moro – quando ainda atuava na 13ª Vara Federal de Curitiba – era o chefe da Operação Java Jato. Ele defendeu que a incorporação dos membros da força-tarefa ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Paraná vai permitir o restabelecimento de relações.

“Esses fatos revelados indicam que a Lava Jato estava em outra estratosfera. Sequer pertencia ao Ministério Público, você não vê ninguém da Procuradoria Geral da República (PGR), nenhum corregedor. Quem é o chefe/coordenador da Lava Jato segundo esses vazamentos, esses diálogos? É o [Sergio] Moro, que eles [procuradores] chamavam de russo”, disse Gilmar, em entrevista exclusiva à colunista da CNN Basília Rodrigues e ao âncora Rafael Colombo.

“Eles diziam até seguir o Código de Processo Penal (CPP) da Rússia. Isso é sintomático de um total descolamento institucional. Daí talvez a importância desse regresso ao Brasil. Eles talvez tenham que estabelecer relações via Gaeco”, completou.

O ministro avaliou ainda que a operação teve altos e baixos, com méritos inegáveis no combate. “Mas tudo indica que a própria PGR detectou uma desinstitucionalização (…) Veja, nós já não tínhamos mais agentes públicos atuando dentro da esfera de suas competências, tínhamos transgressores da lei e isso é extremamente grave e lamentável”,continuou.

“Um colega de vocês da imprensa escreveu que a lava jato não morreu, foi assassinada. Eu diria que ela cometeu suicídio.”

Ainda na temática da operação, o ministro afirmou que espera julgar ainda no primeiro semestre de 2021 a suspeição de Moro no habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Vamos nos posicionar nessa questão que é básica: saber se o juiz que julgou um dado réu era independente, imparcial em relação a ele”, disse Mendes, ressaltando que a corte pode declarar nulo o julgamento, mas que a decisão valeria apenas para o caso do tríplex no Guarujá.

Lei da Ficha Limpa

O ministro também comentou sobre a Lei da Ficha Limpa. Ele disse que o texto tem boas intenções, mas que precisa de ajustes em alguns de seus pontos..

“A lei da Ficha Limpa é cheia de boas intenções – mas o cemitério também está cheio de boas intenções. Ela foi feita de maneira muito rápida para valer no pleito de 2010, [então] acho que alguma coisa precisa ser feita, ou o próprio Congresso precisa fazer esses ajustes”, disse Gilmar.

Ele se referia à decisão do também ministro do STF Kássio Nunes Marques, em dezembro, que suspendeu um trecho da lei para evitar que a sanção de inelegibilidade dada a condenados políticos ultrapasse o prazo de 8 anos após a condenação.

“Ao invés de criar a inelegibilidade com o trânsito em julgado ela passou a exigir que bastava decisão de tribunal colegiado, portanto, com a decisão de 2º grau já haveria a inelegibilidade. As pessoas continuavam a recorrer até esperar o trânsito em julgado, então, essas inelegibilidades iam sendo somadas. Foi isso que o ministro disse: ‘qual desses 8 anos eu respeito’”, apontou.

Ele ainda brincou e disse que em determinado momento afirmou, mas depois retirou a frase de que a Leia da Ficha Limpa parecia ter sido feita por bêbados. “Uma associação de bêbados me escreveu e reclamou dizendo que eles fazem outras coisas, mas não leis tão mal feitas.”

Combate à pandemia

O ministro também avaliou a atuação do governo durante o combate à pandemia do novo coronavírus e disse que, como um observador, considera que o desempenho poderia ter sido melhor – ainda que se trate de uma tarefa difícil e que poucos países tenham se saído bem.

“Especialmente no aspecto da vacina, acho que claudicamos bastante. Não somos capazes de produzir as vacinas, não temos os insumos, nos demos ao luxo de brigar com a China naquele momento em que precisávamos de insumos, não compramos vacinas de outros países”, disse o ministro.

“Portanto, iniciamos de maneira muito incipiente a vacinação. Mas faço todos os votos para que rompamos essas barreiras e possamos avançar na vacinação. Eu mesmo disse ao presidente [Jair Bolsonaro] que, diante das dificuldades para o isolamento social – e o presidente, vocês sabem, não concorda com o isolamento –, é a da vacinação em massa que nós precisamos.”

Por fim, ao comentar sobre a relação entre Executivo e Legislativo, o ministro afirmou que membros do governo “tomaram tento” depois do inquérito das fake news e dos ato antidemocráticos.

“Aqui ou acolá acontece um rompante no Executivo ou no Legislativo, mas tudo tem sido tratado dentro dos marcos constitucionais. E essa é minha expectativa com esse novo governo, vamos chamar assim, com a mudança nas duas Casas, com a eleição dos presidentes Arthur Lira e Rodrigo Pacheco.”

CNN Brasil

Opinião dos leitores

    1. Concordo com você, João. Infelizmente o combate à corrupção no Brasil é um caso perdido. O pior de tudo é saber que existe gente do povo que é contra o combate à corrupção, apenas para defender políticos criminosos.

  1. Esse tá doidinho pra levar um esculacho do Moro.
    Poderia lavar a boca pra falar de quem é decente.
    Eu já tou ligado no que esses cafajestes estão planejando.
    Ja mudaram o entendimento pra soltar o ladrão, agora estão querendo que o poste mije no cachorro.
    Querem aquele ladrão de volta, querem que ele seja candidato.
    Kkkkkkkk
    Só queria vê aquele ladrão candidato, pra ser facilmente desmoralizado nas urnas.
    Estamos ON viu boca de fole.

    1. O comentário mais ridículo dos último tempos….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Pouquíssimos podem ser chamados de "homens de bem" nesse País. Em Brasília, quase nenhum!

    3. Companheiro Lula, Homem de bem e injustiçado.
      Mas Deus não dorme e nada melhor que um dia após o outro.

  2. Agora é só esperar absolvição. No Brasil para provar falcatruas de gente rica, é quase impossível, um exemplo é a escuta telefônica, até acho que deveria haver punição para quem faz escuta sem autorização, mas, nunca deveria invalidar as provas por conta disto.

  3. Já falei e repito, essa lava-jato, conhecida também como "FAZ DE CONTA", foi responsável por quebrar muitas empresas, desempregar milhares de trabalhadores, apenas para alimentar a vaidade de certas pessoas que quando não se achavam Deuses, tinham certeza!!!
    Acabou em nada, vão todos para o esquecimento.

  4. Incrível como Moro fica caladinho quando apanha do STF.
    (sim, e cadê as provas de interferência do PR na PF?).

    1. E moro vai dizer o que? O que vc diria se fosse com vc? Esses 11 elementos são os donos do Brasil, que é Gilmar Mendes para criticar Moro? Moro presidente!

    2. Dá para responder de forma 'institucional'. Ou arregaçar mesmo.
      Falar que tá havendo prejulgamento. Que o STF foi casuísta ao rever a prisão em segunda instãncia. Ele não é mais juiz. Tá comprando Moro? Já sabe o que ele pensa sobre corte de gastos? Sobre tamanho do Estado? Sobre politica externa? Sobre drogas e aborto? Para mim Moro é só um corporativista que fez um trabalho certo. Seletivo, mas certo.

    3. Será que ninguém ainda não entendeu as pretensões do marreco mouro? Eram apenas duas: Tirar o cachaceiro do poder, pra abrir caminho pra tucanada e se promover, com intuito de virar ministro do STF ou até Presente da República. Só que não soube fazer o negócio direitinho. Comeu corda do calça colada, se ferrou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

“Fique em casa é para uns; para outros, é Miami e Maracanã”, diz Bolsonaro

FOTO: HUGO BARRETO/METRÓPOLES

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar nesta segunda-feira (1º/2) a política de fechamento da economia. Em conversa com apoiadores, ele disse que são consequências dessa política a destruição da economia e o aumento do número de desempregados.

“O recado que eu posso dar é o seguinte: cada vez mais se comprova que a política do fique em casa destrói a economia, inunda o Brasil de desempregados, vem a inflação, o aumento de preço e não pode continuar culpando o presidente por essa política, porque ela não é minha. Fique em casa nunca foi nem nunca será política minha”, disse o presidente na saída do Palácio da Alvorada.

O mandatário também fez menção, embora sem citar nomes, ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e ao prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), que implementaram medidas de restrição da circulação e fechamento da economia. Em dezembro de 2020, Doria foi reprovado pela opinião pública após endurecer a quarentena por todo o estado de São Paulo e, então, viajar para Miami.

A reação da população, aliada ao adoecimento do vice-governador do estado, Rodrigo Garcia (DEM), fez com que Doria retornasse ao Brasil e fizesse um pedido público de desculpas.

Covas tem sido alvo de críticas por ter comparecido à partida entre Santos e Palmeiras no sábado (30/1), no Maracanã. A convite das instituições organizadoras da Copa Libertadores da América, Covas deixou São Paulo e viajou ao Rio de Janeiro com seu filho ver a derrota de seu time, o Santos, para o Palmeiras na final. São Paulo está na fase vermelha, em uma quarentena mais rígida, com a circulação restrita nos fins de semana e durante as noites.

“Fica em casa é para uns; [para] outros é Miami e Maracanã. Aí não dá, né?”, alfinetou Bolsonaro.

Aliança pelo Brasil

A apoiadores que questionaram sobre a formação do Aliança pelo Brasil, Bolsonaro disse que será preciso pensar em uma alternativa para as próximas eleições. A intenção de criar o partido foi anunciada pelo presidente após sua saída conturbada do PSL em novembro de 2019.

“Vai ser difícil formar o partido, vai ser difícil, [tem] problema burocrático, então tem que pensar numa outra alternativa aí”, afirmou.

Na semana passada, Bolsonaro admitiu que pode ter que se filiar a outra legenda para disputar a reeleição em 2022. Segundo ele, a decisão sobre o partido para o qual irá será tomada em março.

“Agora estamos tendo tempo para discutir esse assunto. Em 2018, não deu tempo”, prosseguiu.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Esses lockdowners são hipócritas de carteirinha…"Fechem todoooo, fiquem em casa, vida em 1º lugar"…já eu vou p/férias em Miami…eu vou pro estádio ver o jogo…tchau otários…

  2. Esse Papangu só não foi ao Maracanã, por que não ia entrar em campo para entregar a taça, a Conmebol não deixou.

    1. Deixa de falar ?. Você estava até outro dia defendendo até o salário de R$ 35 mil de Covas…
      Vaca amestrada

    1. Usar Lulaladrao e DilmAnta pra defender o MINTOmaníaco?! A que ponto chegaram os argumentos pra defender o inepto kkkk. Pra defender um estrume usam outro monte de merda pra dizer que fediam mais kkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Todo dia, desde o início, tem conversa’, critica Guedes, sobre pedidos de impeachment de Bolsonaro

Foto: Adriano Machado / Reuters

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou nesta terça-feira quem pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Ao lado de Bolsonaro, ele disse que o movimento é uma “sabotagem” à democracia brasileira.

— Isso é uma tentativa de descredenciamento, uma sabotagem à democracia brasileira. O presidente foi eleito com 60 milhões de votos, voto popular. Todo dia, desde o início, todo dia tem conversa — disse o ministro, em transmissão ao vivo para investidores internacionais, acrescentando: — Quando um cara ganha, deixa o cara governar, vamos ajudar, vamos tentar dar certo.

Guedes ironizou os motivos dos pedidos de impeachment contra o presidente.

— Primeiro é impeachment porque derrubou um passarinho, depois é impeachment porque deu um tapa na cabeça da ema, depois é impeachment porque teve um assassinato no Maranhão, depois é impeachmet porque morreu um indígena. Isso é um descredenciamento da democracia brasileira. Nós viemos aqui justamente com a convicção da forma da democracia brasileira — afirmou Guedes.

Num momento em que o governo tenta eleger o deputado Arthur Lira (PP-AL) para a presidência da Câmara, Guedes disse que a Casa está sendo comandada por o que considera uma aliança de centro-esqueda”. Para ele, essa aliança controla a pauta da Casa. Durante a gestão de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governo conseguiu aprovar, entre outras propostas, a reforma da Previdência.

— Não é razoável, era uma disfuncionalidade do nosso regime político, que o presidente e seus aliados, que têm maioria no Congresso, tenham a pauta controlada por uma aliança de centro-esquerda. O atual presidente da Câmara fez uma aliança política de centro-esquerda — disse Guedes, para quem a eleição dos aliados do governo irá “desobstruir” a pauta.

O ministro aproveitou para criticar o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Para Guedes, o grupo político de Biden “maltratou” o ex-presidente Donald Trump.

— Na maior democracia do mundo os caras estão lá e não sabem até agora se a coisa vai funcionar bem ou mal. Porque um presidente foi eleito e foi tão maltratado durante quatro anos que agora quem votou nele vai maltratar o outro que está chegando também. Agora estão lá “vamos unificar”. Unificar como? Vocês investiram na separação e no ódio por quatro anos. Quem semeia vento colhe tempestade — disse.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. A partir de fevereiro vocês irão ver os projetos que estavam parados por conta daquele canalha do nhonho que não colocava em pauta serem votados.
    Aí sim o país vai começar a mudar, aguardem e verão.

  2. Ze gado e seus personagens.
    Homi vai tomar um banho lavar as virilhas e os suvacos homi, como é que tu aguenta o dia todinho escrevendo em nome de bem 10 codinome sem tomar banho.
    Por caridade.
    Daqui a pouco vc tá fedendo a gambá morto a tapas.
    Aí depois vc volta.
    Vc faz isso todos os dias sem ganhar nada é??
    Homi, vc ainda não percebeu que isso não adianta em nada.
    Vc sozinho contra a torcida do Flamengo todinha aqui no blog.
    Não fique chateado tá?
    É somente uma pergunta.

    1. Você escreveu, escreveu, e não deu pra entender nada.
      Que droga andas usando, xerife?
      É somente uma pergunta.

    2. Olhe a onde tem um ponto de interrogação que vc entende.
      Interrogação é esse símbolo aqui ó!
      ? ? ? ? ? ?
      ATENTENDEU MEU CONSELHO ? ? ?
      faça isso homi, se não daqui a pouco so resolve se vc for num lava jato.
      beleza Queiroz ? ? ?
      * ze gado
      * manoel
      *pixuleco
      *natalense
      * uel
      * tico de adauto
      * etc etc etc…
      Tá muito manjado, todo mundo ja percebeu sua infantilidade e meninice.
      um forte abraço!
      ***Mito reeleito em primeiro turno.***
      2022.

  3. 15 milhões de leite condensado, outros milhões de chicletes, outros milhões de batata frita. Até alfafa!!!
    Aí eu pergunto: Que larica é essa, mermão?!
    O que será que andam fumando no Palácio do Planalto pra dar essa fome louca por guloseimas?
    Eu também quero!!!?

  4. Será q Jegues aprovou os 15 milhões para a conpra de leite condesando?
    Será q a gadolandia revebeu umas latimhas tb?
    Mas uma ajudinha para a continuação do auxílio pandemia nada!
    Bandidos.

    1. Inventa outra! Essa já foi por terra! Não demorou 5h. Vai procurando outra narrativa!

    2. -De volta para prancheta
      -E o que faremos, Cérebro
      -A mesma coisa que fazemos todas as horas INVENTAR UMA MENTRIA PRA DERRUBAR O MITO
      -Por que não requentamos o Queiróz?
      -Cala a boca, burrro.

  5. Paulo Guedes é o maior mico que já se instalou no ministério da economia .Homem de mercado , sem perfil ou competência para gestão econômica . Além de despreparo técnico notável , é pior ainda no aspecto político . Me digam um coisa que essa criatura fez no aspecto econômico que tenha sido resultado de estudo planejamento ou diretriz de governo . Enquanto Tonho já queima em fogo brando , Guedes vai dando trombada e seguindo na sua incompetência , PIXU , entende de economia , pois terminou o curso técnico em contabilidade e foi aprovado com louvor . Aí papai !

  6. É isso aí Ministro. Falar a verdade dóii mas é necessário. A oposição vive somente para inviabilizar o governo federal. Não aguentam passar muito tempo na ab$tinência. Atiram para tudo quanto é lado naquela de colar…colou. Mas o povo está com o Presidente para o que der e vier. Vamos que vamos. Se precisar, estaremos novamente nas ruas.

    1. Acho que o BG já entendeu perfeitamente qual é a realidade do leite condensado. Portanto, não tem graça publicar. Só mais uma narrativa desmantelada kkk

  7. Leite Condensado é uma delícia, se eu pudesse comprava 15 milhões em leite condensado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Janaína Paschoal dispara: “Segui o Mandetta e quase morri”; deputada diz “querem demonizar o presidente até quando ele está certo”

Foto: Marcos Alves

Nessa segunda-feira (18), a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL) concedeu entrevista ao canal My News, do YouTube.

Durante a conversa, ela revelou que ao seguir instruções do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, quase morreu. Uma das instruções consistia em não procurar um hospital nos primeiros sintomas da Covid-19.

– O que o Mandetta dizia? ‘Fique em casa, não procure um hospital’. Foi o que eu fiz e no 16° dia fui carregada, nem conseguia andar – disparou.

Janaína afirma que as orientações do ex-ministro estavam equivocadas, mas que no entanto, a imprensa não admite.

– A orientação de ficar em casa estava errada, mas não tem uma alma para refletir e assumir o erro dessa informação [..] Como é o governo do Bolsonaro -e vocês são testemunhas de que eu o critico direto – querem demonizar o presidente até quando ele está certo – declarou.

Com acréscimo de Pleno News e Gazeta Brasil

Opinião dos leitores

  1. Certamente estes que estão falando mal da Janaína, e criticam o tratamento precoce ainda não passaram pelo que ela narrou, (é a sensação da morte te levando), e infelizmente estes esquerdopatas negativistas continuam achando que irão ser curados rapidamente no hospital.
    Atentem para um detalhe se quando você é internado lhe aplicam medicamentos que não são autorizados pela ciência por não haver comprovação científica da sua eficácia, porque não utilizar antes da internação algum medicamento.
    Se estes medicamentos não fizerem bem, mal não fará e você pelo menos tenta diminuir os sintomas.

  2. Descabelada, naquele período, ninguém sabia do comprometimento do pulmão, até a OMS não tinha como informar sobre a doença como tb não tinha nenhum tratamento vcs sabem disso. E o SUS não estava preparado pra receber tantos pacientes. Mandeta mesmo sendo ministro do Minto eta admirado por todos, mesmo da oposição, era a única pessoa em que acreditávamos.

    1. Bolsonaro sabia.
      Vc que não acreditou.
      Quem manda ser burrinha adestrada por Lula?
      Mito é mito, bota na tua cabecinha ôca.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: “Vi grandes influenciadores na internet, tomados de ódio, comemorando o atraso do avião com as vacinas produzidas na Índia”, lamenta Caio Coppolla, sobre politização da covid no Brasil

No quadro Liberdade de Opinião do Visão CNN dessa segunda-feira (18), o jornalista Caio Coppolla lamentou que o início da vacinação contra a covid no país, um tema técnico, tenha sido tão politizado . “Vi grandes influenciadores na Internet, tomados de ódio, comemorando o atraso do avião com as vacinas produzidas na Índia”.

“Então, na contramão dessa politicagem toda, eu prefiro participar do debate público trazendo considerações de natureza técnica e científica sobre esse início da vacinação no Brasil”, completou.

Com acréscimo de CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. O narigudo da globo lixo pediu pra bater panelas.
    Ainda bem que não foi a Manaus, se não ia roubar o oxigênio da floresta.
    Com uma venta daquele tamanho, não ia deixar ora ninguém.
    O bicho com aquela barba branca, parece um tapa Cu pelado.
    Kkkkkkkkk
    Kkkkkkkkk

  2. O militante Peteba relativiza tudo como "modus operandi". Alguém avise-os que não adianta criticar tudo do "Falabostanaro" e continuar sendo um militante , relativizando todo o assalto cometido durante anos pela quadrilha peteba. São tão gados quanto os minions, só muda o curral.

  3. Bolso miliciano precisa esclarecer quem mandou matar Marielle.
    Esse aí da matéria é um bosta.

    1. Tem razão, mas tem que incluir também quem mandou o Adélio matar o presidente.

  4. Um dia o mundo será dominado pelos idiotas, não por suas qualidades , mas pela quantidade. Eles são muitos, já dizia o Nelson Rodrigues. Com um agravante, eles possuem um instrumento de expansão da sua idiotice: a mídia. Isso leva a recorrer ao pensador jornalista Joseph Pulitzer que disse "com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma".

  5. Ganhando o dinheirinho dele com os bolsomions, que mal tem? Vale à pena falar o que quiser, mesmo que não seja verdade.

  6. O Brasil é um caso perdido.
    Todos querem levar vantagens.
    Todos os gestores pelo País transformaram o início da vacinação em atos políticos, tentando obter dividendos eleitorais.
    É uma vergonha.

  7. Rapaz é muita cara de pau, a nota fiscal da compra da vacina era pra entregar em março, a Índia nunca prometeu a entrega, Bolsonaro quis criar uma narrativa pra ter alternativa pra vacina que Doria conseguiu e ficou a ver navios. Se a pessoa acreditar em Caio Copolla favor não tomar a coronavac e sim a vacina pra aftosa.

  8. Ué, mas ele esqueceu que o MINTO que ele tanto baba ovo comemorou a morte do voluntário( que cometeu suicídio) que tomou coronavac?

  9. Esse foi o que disse que morria mais vezes gente engasgada do que de Covid. Um negacionista capacho de Bolsonaro que o ajuda a tanger o gado.

    Mentiroso contumaz, ele chama de "comemoração do atraso das vacinas da Índia" o ato de quem CRITICOU a tremenda incompetência de Bolsonaro em viabilizar a vacina para a população. Na CNN ele era engolido por Gabriela Prioli e depois por Arruda Botelho.
    Não tem como esconder a verdade: Bolsonaro JÁ É o pior presidente de todos os tempos!
    Mas o gado cego cloroquiner, a turma que para tudo é "comunismo" e China, acredita em cada mentira e fake news que o mandrião conta para o seu gado.

    1. Eu vi uns debates dele com uns três esquerdistas que apanharam tanto que saíram chorando.

  10. Esse FDP, assim como tda gadolandia, endossaram e endossam tudo que o genocida e sua equipe desqualificada faze e agora vem falar merda?
    Vai criticar teu genocida, imbecil, que sempre desdenhou da gravidade do problema, inclusive da vacina.
    Temos um presidente totalmente desqualificado.

    1. Vc não tem a menor idéia do que seja um genocídio. Ele só não deu o bom exemplo pras criancinhas que imitam tudo o que o papai faz. Mas não impõs nenhum medicamento como dizem, liberou verbas a fole para os entes se programarem. A vacinação vai começar em breve, com a vacina com o melhor custo-benefício, naõ é a ideal, com a da Pfizer, que pede resfriamento subglacial, mas tem um monte de país mais rico, menor, com mais infraestrutra, MAS COM MAIS MORTES PER CAPITA. E mesmo assim, no dia de hoje, nesses países não se vacinou nem 1% da população. Japão e Austrália, até pelo menos uns dois dias, nem tinha começado.

  11. Será que Coppolla não vê as declarações do MINTOmaníaco? Ou ele acha que o presidente inepto não politiza o tempo todo também? Ou ele acha que o inepto não torcia contra a coronavac?

    1. Até prova em contrário, a Coronvac é só o que se tem.
      Os dados estão aí. Toma quem quer.

  12. É muita cara de pau desse rapaz, um dos maiores fomentadores de ódio desse País . Quem mais torceu, e ainda torce, contra a ciência e seus avanços (como as vacinas, por exemplo), são os negacionistas e radicais fundamentalistas, turma que ele conhece bem.
    Vai tomar cloroquina e ivermectina que é melhor…………

    1. Meu amigo, e quem eh que não quer tomar uma vacina mais eficaz? Que proteja mais? A questão eh que o presidente inepto não fez acordo com a Pfizer e não teve a competência de logística pra trazer a de Oxford pro Brasil! Logo, passou de torcedor contra a coronavac pra depois dizer que a coronavac era do Brasil e não de Doria… Quem eh que politiza? Quem eh que eh incompetente e inepto? O MINTOmaníaco!!! Além disso, ele eh um negacionismo idiota que não tava nem aí pra vacina nenhuma! Queria era desovar a bosta da cloroquina q ele gastou milhões pra fazer um estoque pra décadas… E que só serve pra MALÁRIA!

    2. Não diga besteira. A da Pfeizer pede refrigeração indisponível no Brasil. A da Oxford tá sendo prorizada para populações de países que a fabricam. Um problema de falta de teconologia que não vem de agora. A coronavac, indepedente das falas, ela tá sendo trazida pelo Governo Federal. Saiba discrernir. Quanto à cloroquina, pare com essa campanha criminosa,. https://truthabouthcq.com/ E se informe melhor e traga dados de quantas pessoas morreram por usá-la.

    3. Vcs repetem a mentira. Boslonaro nunca tentou impor nada. É até criticado por causa disso.
      Não quer ninguém fazendo nada a força. Quanto à cloriquina, essa é usada por médicos que estão na linha de frente, para uso precoce e consorciado. Mesmo que não sirva, serve para A "profilaxia e tratamento de ataque agudo de malária causado por Plasmodium vivax, P. ovale e P. malarie. Também está indicada no tratamento de amebíase hepática e, em conjunto com outros fármacos, tem eficácia clínica na artrite reumatoide, no lúpus eritematoso sistêmico e lúpus discoide, na sarcaidose e nas doenças de fotossensibilidade como a porfiria cutânea tardia e as erupções polimórficas graves desencadeadas pela luz." Eu sei de que vc tá falando daqueles pacientes terminais que foram entupidos de cloriquina em Manaus, para descredibilizar o fármaco.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Ministro da Saúde é um ‘desastre’, afirma Maia

Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, é um “desastre” para o país e para o próprio governo. O deputado também disse que a logística do Exército, com a qual general Pazuello é acostumado, é diferente da necessária para a Saúde. Maia ainda criticou declaração do ministro que, nesta quarta-feira, contestou a “ansiedade” da população para que a vacinação contra a Covid-19 tenha início.

— O ministro da Saúde é um desastre. Primeiro para o país e, também, para o governo. A sociedade e área médica começaram a entender. No meio da pandemia, com o Ministério da Saúde do jeito que está, quem paga a conta primeiro é a sociedade — afirmou o presidente da Câmara em um café com jornalistas.

Maia disse ainda que a atuação de Pazuello será negativa também para a imagem dos militares.

— Com o desastre que é o ministro da Saúde, os militares vão perder o que ganharam de imagem nos últimos anos após a redemocratização. Pazuello certamente é um ótimo general para fazer a logística do Exército, mas, para fazer a logística da Saúde, é um desastre.

Maia também disse que a formação dos militares dificulta a atuação política porque eles são treinados para “comandar” e não para “liderar”, e que isso gera desorganização no Planalto, pois falta “experiência para saber lidar com o Parlamento”. Apesar da crítica, Maia afirmou que admira os generais Luiz Eduardo Ramos (ministro da Secretaria de Governo) e Braga Netto (ministro da Casa Civil).

— Acho que estão ali tentando fazer o melhor deles, com toda a dificuldade que é estar em torno do presidente.

Maia voltou a criticar Pazuello pela declaração do ministro, nesta quarta-feira, de que há “ansiedade” e “angústia” da população para que a vacinação contra a Covid-19 tenha início.

— Pazuello, quando teve Covid, foi internado no melhor hospital de Brasília e depois ficou um dia sob supervisão no hospital militar. O presidente (Jair Bolsonaro), quanto teve, ficou todo dia nos hospitais sendo monitorado. Eu, quando tive, recebi um atendimento particular ótimo. Talvez por isso ele (Pazuello) ache que nós, brasileiros, estamos “ansiosos” demais. Mas milhões de brasileiros não têm as condições que nós tivemos. Os hospitais privados estão lotados, e os públicos carecem da estrutura necessária.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Nhonhinho!!
    Tchau querido.
    Kkkkkkkk
    Já era!!
    Em 2022 o povo fluminense te aposentar.
    Vai andar de jatinho pago com o nosso dinheiro, na baixa da égua.

  2. Nono está meio azuado depois da piza que levou no STJ contra a sua reeleição para presidência da câmara. Nono está atirando para todos os lados para atingir o governo Bolsonaro. Nono é o maior presidente engavetador da câmara de todos os tempos, ou seja, conseguiu para o país com sua incompetência legislativa.

  3. Desastre é vc nhonhom, que emperra as reformas no Brasil.
    Bom deve ser Mandeta que come na sua mão.
    Kkkkkk
    Vai andar de avião jatinho pago com nosso dinheiro, só se for na baixa da égua seu fdp…
    Vou comercial te espera, se prepare pras vaias.
    Corrupto.

  4. Qual era mesmo o nome do Pazuello na lista da propina da Odebretch? Heim Botafogo???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Cala a boca corrupto!!!!

  5. 40 pedidos de processo de impeachment do genocida e Nhonho nada de abrir. Sabem pq, pq a agenda econômica destruidora de trabalhadores do Bozo é a mesma dele.
    Engana só idiota essa turma.

    1. Chore mais, ainda faltam 2 anos e se ele for reeleito vão faltar lágrimas pra vc

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Ex-apoiador do presidente, Fagner dispara: ‘Bolsonaro tem uma atuação ridícula’

FOTO: MALU LUZ/DIVULGAÇÃO

Apesar de já ter se posicionado publicamente como apoiador de Jair Bolsonaro, o cantor Fagner não está nada contente com o comportamento do presidente na condução do país. “A atuação do Bolsonaro é ridícula. Ninguém está precisando ouvir as loucuras que ele fala, mas de paz. Ele tem é que trabalhar pelo Brasil. A maneira como se comporta não é a de um presidente”, disparou o cearense, em entrevista ao O Globo.

“Quero que governe! Nunca fui petista. Mas já votei em Lula. Mesmo quando eu era filiado ao PSDB. Tivemos uma relação próxima. Mas todos nós nos decepcionamos”, completou ele.

Fagner também revelou como conheceu o político. “Nas últimas eleições, amigos me estamparam decalques do Haddad e foi uma confusão. Aí fiz um vídeo declarando meu apoio a Bolsonaro. Conheci ele no avião. Se fotografou comigo dizendo que era para a mulher, mas publicou no Instagram. Fiquei meio assim? Ele queria que eu descesse com ele em uma manifestação que o esperava. Falei que estava comprometido com o Ciro Gomes”, afirmou o artista.

“No dia que Bolsonaro ganhou, eu disse: “Agora, você é o presidente, tome conta do Brasil”. Nunca mais estive com ele. Cantei o Hino Nacional na posse do [Luiz] Fux [Supremo Tribunal Federal], e Bolsonaro mal olhou para mim. Estou pouco ligando”, relembrou.

O artista ainda fez críticas sobre o governo do presidente. “Parece que está em surto, um psicólogo podia dar uma força (risos). Tenho respeito pelo Tarcísio [Gomes de Freitas], ministro da Infraestrutura; para Paulo Guedes, não há como não tirar o chapéu. Mas esse deboche com que Bolsonaro se dirige à nação é inadmissível. Não acredito no que diz. Tenho amigos nessas queimadas pelo Brasil, gente na Defesa Civil de Brumadinho, Mariana? Para quem coloca ‘votou em Bolsonaro’ no meu Instagram, quero dizer: votei para que tocasse o Brasil, não para falar besteira”, defende-se.

Na entrevista publicada pelo O Globo, Fagner também relembrou episódios polêmicos de sua trajetória. O cantor, que lança seu disco Sereneta na próxima sexta, comentou que escolheu a música Valsinha, de Vinicius de Moraes e Chico Buarque, com quem teve divergências, para incluir em seu novo trabalho. “Até pensei ‘será que ele vai deixar eu gravar?’. Acho que deixou, né, o que já é uma bandeira branca. Se ele não achar que assassinei a música, vai ser uma maravilha. Tenho vontade de dar um abraço no Chico”, disse.

O compositor de 72 anos também teve batalhas verbais com Caetano Veloso. “Eu falava umas coisas do [Novos] Baianos, e Caetano ficou chateado. Às vezes, não entendem brincadeira de cearense”, disse ele. Sobre Belchior, falecido em abril de 2017, Fagner abriu o jogo: “Sofri muito na mão dele, não consigo relevar totalmente”. Apesar de tudo, o artista reconheceu seu temperamento explosivo. “Sou respondão. Falei o que não devia e não me arrependo”, afirmou ele para a publicação.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Fagner, agora a m… já está feita. Não adianta chorar o leite derramdado. Pega que o filho tb é teu.

  2. Governo sem corrupção? E como se chama o método de defender a família com o uso de órgão público

  3. O bolsonaro é duro mesmo, vai completar dois anos sem corrupção, ou dor danada para quem é petista e esquerdista, acostumado a participar em arrumadinho e agora assistindo o presidente mais correto a aparecer no cenário político brasileiro e 2022 quem é ficha limpa para concorrer com o homem, passeio de novo. Kkkkk

  4. O bolsonaro é duro mesmo, vai completar dois anos sem corrupção, ou dor danada para quem é petista e esquerdista, acostumado a participar em arrumadinho e agora assistindo o presidente mais correto a aparecer no cenário político brasileiro e 2022 quem é ficha limpa para concorrer com o homem, passeio de novo. Kkkkk

  5. Enquanto o gado se rebela contra Fagner mais um corrupto (Eunicio de Oliveira) de pagar por seus crimes com a atuação decisiva de Kassio Marques, o ministro do STF recem indicado por Bozó, que se juntou a Levandovski e G. Mendes para melar o combate à corrupção. Comemora, gado véio ignorante. Comemorem, corruptos de todos os partidos.

  6. Aos poucos as pessoas estão enxergando cada vez melhor e começando conhecer a verdade que os libertará dos falsos messias.

  7. Foi lulista, do PSDB, quis se promover na onda Bolsonaro e agora vem com conversa fiada. Bolsonaro é tipo massa de bolo, quanto mais bate mais ele sobe. O veio é foda.

  8. Parei de ler quando ele disse que " estava comprometido com Ciro Gomes".
    O Governo do PDT em Fortaleza até o talo envolvido com corrupção e você nada fala. Você ficou em silêncio o tempo todo, aí agora quer aparecer.
    O Governo despejou dinheiro nas mãos dos Governos estaduais, se não fosse Bolsonaro o país estaria na merda em relação ao Fiscal.
    Era muito fácil entrar na onda do " fique em casa"

  9. Toda história tem três lados é preciso escuta-las para tirar conclusões, os juízes de plantões já condenaram o “réu” sem nem ouvi-lo.A moralização da lei Rounet deixou muitas viúvas insatisfeitas.

  10. Pura verdade..ELE EM SI É UM RIDÍCULO E A FAMILIA DE PATETAS NEM SE FALA…SEUS SEGUIDORES PIOR AINDA…XÔ

  11. Fagner é uma figura pública admirável e respeitada. Sempre admirei suas posições e me fortalici agora com suas observações sobre Bolsonaro. Hoje sofro de um terrivel arrependimento de ter votado em Bolsonaro. É um mentiroso psicopata, seu unico projeto é livrar seus filhos das garras dos tribunais e ele próprio se livrar do impchanent.

    1. Se arrependeu foi? Seria melhor o poste do chefe da quadrilha que tava surrupiando a nação??? Voutou no mito…Çey…

    2. Dois. Porém o único problema é que do outro lado tinha um representante de toda ladroagem e corrupção que pode existir no país. Os ptralhas querem voltar pra continuar o roubo em escala dos trilhões e não nos 89mil da mulher do bozo. A verdade é que estamos num barco sem saída, De um lado uma família de milicianos do outro uma quadrilha dos maiores ladrões do país.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *