Presos ameaçam degolar detento no Núcleo de Custódia exigindo transferências

Um motim com retoques de filme de terror deixou em muita tensão a equipes de agentes de Polícia que tomam conta do Núcleo de Custódia da Polícia Civil, em Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal, no final da manhã desta sexta-feira (15). Os mais de 70 detentos ameaçaram degolar um dos presos ali custodiados, caso não houvesse logo a transferência deles para uma outra unidade prisional. Reforços do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Choque (BPChoque) e do 9º Batalhão da PM tiveram de ser acionados para conter os ânimos dos revoltosos. Depois da confusão, apenas seis serão transferidos nesta tarde.

A chefe do Núcleo de Custódia, Tânia Pereira, conta que o tumulto teve início por volta das 10h30 da manhã. Vários detentos, com o uso de lençóis, passaram a manter o preso Vanderson Rodrigues atado pelo pescoço e exigiram imediata transferência para outras unidades prisionais. Caso o contrário, os presos iriam degolar o refém. A confusão, segundo informações da polícia, foi liderada por Cleilson Nascimento de Sena, acusado de uma tentativa de homicídio. Diante das câmeras de televisão, esse detento chegava a dizer: “eu sou homem para jogar a cabeça desse cara degolada nos pés do chefe do Bope”.

E foi exatamente com a cehgada do Bope e o restante do reforço policial que, por volta de 13h, todo o tumulto foi tranquilizado. O líder do motim e outros cinco detentos serão transferidos, deixando no local um total de 74 presos.

Tânia Pereira destaca, porém, que já foi garantida pelo coordenador do sistema penitenciário potiguar, o major PM Castelo Branco, que o Núcleo de Custódia será desativado até o próximo domingo (17).