Professor de jiu-jitsu é assassinado a tiros por dupla em motocicleta em Mossoró

Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução

O portal G1-RN destaca que um segurança e instrutor de artes marciais foi assassinado a tiros em Mossoró, na noite dessa quarta-feira (19), no bairro Abolição IV. De acordo com a reportagem, Alcemir Guimarães de Souza, conhecido como Júnior Bispo, sofreu cerca de quatro disparos no peito e na cabeça.

Segundo o G1, a vítima também era professor de jiu-jitsu e foi justamente quando retornava de uma das aulas em uma academia da região, que ele foi abordado pelo atiradores. A PM conta que as primeiras informações dão conta que uma dupla chegou em uma moto e começou a conversar com a vítima. Em seguida, o homem que estava na garupa abriu fogo contra o segurança, que tinha 39 anos. Os dois criminosos conseguiram fugir. A Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM) irá assumir as investigações do caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael Pinheiro disse:

    Pode colocar na conta da incompetência e negligencia da nossa (des)governadora!

    Salvem o RN!
    Fora Fátima!!

  2. guga disse:

    Tem que proibir motociclista dirigir com alguém na garupa. Motociclista tem que andar só.

  3. Joel Carlos disse:

    Dupla de motocicleta em Mossoró assassina 1,2,3….50… já são quantos mesmo?
    A quanto tempo isso virou rotina em Mossoró? A quanto tempo isso vem sendo noticiado?
    Algum motociclista já foi preso? Algum suspeito já foi preso? Como isso pode se repetir sem que ninguém seja preso?
    É uma inércia preocupante das autoridades, descaso com a segurança, descaso com o povo, completa omissão oficial de quem deveria cuidar da segurança e da vida em sociedade.
    Levem essas situação para globo que eles vão culpar Bolsonaro pelos assassinatos em Mossoró, pelo menos aparece um culpado já que nada é feito para prender e impedir a atuação dos motoqueiros.

COMENTE AQUI