Potiguar de 12 anos conquista em menos de um mês campeonatos paraibano e Brasileiro de jiu-jitsu

 Fotos: Arquivo pessoal

Ana Beatriz Malta Feitosa, de 12 anos, faixa verde da Gracie Barra Natal, mais que uma promessa – uma realidade na arte suave do Rio Grande do Norte, conquistou dois grandes feitos em menos de um mês neste mês de maio: o topo nos campeonatos paraibano e Brasileiro.

No início deste mês, sagrou-se campeã brasileira – (CBJJ 2019) de jiu-jitsu em Barueri, em São Paulo, e no último fim de semana, a atleta do professor Itácio Lisboa, disputando o Campeonato Paraibano, não tomou conhecimento de suas adversárias e venceu as duas lutas por finalizações.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    👏👏👏👏👏👏👏👏👏Falta apoio do governo é iniciativa privada.

  2. Marlene disse:

    Precisamos de incentivos para nossos atletas que representam nosso Estado, parabéns Ana Beatriz, que venham muitas vitórias .

  3. Adalberto Felipe disse:

    Ana Beatriz tem um futuro brilhante luta muito orgulho da Grace Barra e do nosso Estado Rio Grande do Norte

JERN’S 2018: Estudante do CEI Mirassol conquista ouro no jiu-jitsu

O estudante potiguar João Matheus Pontes, aluno da 2ª série do ensino médio do Colégio CEI Mirassol, consagrou-se campeão na modalidade Jiu-Jitsu, durante a 48ª edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jern’s 2018), realizada no último mês de outubro. O atleta faixa azul foi o melhor entre as escolas públicas e privadas do estado na categoria Juvenil Pesadíssimo, adicionando mais um importante título à sua promissora trajetória de um ano e meio dedicado ao treinamento e às competições da arte marcial.

Com apenas 16 anos, a jovem fera dos tatames já conquistou cinco campeonatos estaduais, além dos primeiros lugares nas competições: Nordeste Open, Copa RN, Parnamirim Open e Pro Open de Jiu-Jitsu. Para alcançar tais resultados, João Matheus conta com uma preparação que abrange treinos em seis dias da semana, nos quais trabalha a disciplina e o aperfeiçoamento das técnicas de golpes de alavancas, torções e pressões para derrubar e dominar um oponente.

Jairo Tinôco, coordenador de esportes do CEI Mirassol, ressalta que a escola trabalha em estreita parceria do fator esportivo com o âmbito pedagógico e apoio familiar. “A participação das famílias e o constante acompanhamento do desempenho escolar dos atletas que compõem nossas equipes têm sido um diferencial agregador, pois ensinamos que o esforço, o foco, o trabalho em equipe e a dedicação devem estar presentes em todas as áreas da vida do estudante, e assim o preparamos para conquistar os bons resultados naquilo que se proponha a realizar”, explicou o educador.

FOTOS: RN em “arrastão” de medalhas no Mundial Master de jiu-jitsu

Fotos: cedidas

O Rio Grande do Norte segue arrastando medalhas no Mundial Master de jiu-jitsu. Confira abaixo medalhistas, todos atletas da academia Kimura.

1º lugar: Allyson Angêlo, marron, leve, master 1

1º lugar: Bruno César Moreno, preta,galo, master 2

3º lugar: Teofilo Said. preta,leve, master 2

3º lugar: Johnson Rodrigues, preta,meio pesado, master 1

2º lugar: Leonardo Souza,  preta, médio,master 2

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Evanete Gomes disse:

    Lamentável que nosso estado não valoriza nossos guerreiro!!!

Jiu-jítsu: Lutadores de Angicos conquistam seis medalhas no 3º Open em Banabuiú no CE

Quatro atletas do Jiu-Jitsu de Angicos, no RN, representaram a cidade durante o 3º Open Jiu Jitsu, no CE. A competição foi realizada neste domingo (29/03), na cidade de Banabuiú, situado na Mesorregião dos Sertões Cearenses, há 329 km de Angicos.

A cidade foi novamente destaque no jiu-jítsu fora do Estado. Representando a KIMURA ANGICOS, os quatro atletas subiram no pódio. O bom desempenho deixou os lutadores mais que satisfeitíssimos.

Zaquel Lucas, Arthur Ramos, Jailson Cunha e Damião Silva conquistaram seis medalhas, das quais sendo, quatro primeiros lugares em suas categorias, um primeiro e um terceiro lugar no absoluto. Cinco Ouros e um bronze.

FOTO: Policiais civis são premiados em competição nordestina de Jiu-jitsu

torneio1Instrutor das aulas de Jiu-Jitsu da Acadepol, Carlos Alexandre, recebe medalha de ouro.
 

Quatro policiais, que fazem parte da equipe de Jiu-jitsu da Policia Civil, conquistaram medalhas de ouro e prata na 3ª. Etapa do Nordeste Open de Jiu-Jitsu, considerado o maior evento desta área. A competição aconteceu no SESI, em Natal, durante o sábado (22) e domingo (23).

As medalhas de ouro foram conquistadas pelo instrutor de Jiu-Jitsu da Academia de Polícia Civil (Acadepol), Carlos Alexandre, faixa preta, na categoria pena e por Franklin Vasconcelos (Ciosp), faixa branca, na categoria leve. As medalhas de prata foram para André Luiz de Souza Farias (Sesed), na categoria pesadíssima e para Higo Rafael de Oliveira (Denarc), faixa azul, na categoria médio.

O projeto de Jiu-jitsu e Defesa Pessoal é promovido pela Acadepol e vem sendo desenvolvido há dois anos. Os treinamentos acontecem nas terças e quintas às 19h e nas quartas e sextas às 7h. O treinamento é aberto para todos os integrantes da Polícia Civil.

Participação internacional – O instrutor Carlos Alexandre irá participar, em janeiro, do Campeonato Europeu de Jiu-jitsu que acontecerá em Portugal, entre os dias 21 e 25 de janeiro.

Aluno de Hélio Gracie, faixa coral de 7º grau, mestre Frederico Pimentel realiza seminário nesta sexta na Gracie Barra em Candelária

Frederico-PimentelFredericoFotos: Divulgação

A escola de Jiu-Jitsu Gracie Barra do Alto da Candelária realiza nesta sexta-feira (1º de agosto), um seminário com o mestre Frederico Pimentel, faixa coral 7º grau, responsável por introduzir a “arte suave” no estado de Goiás em 1979, e considerado um dos mais ilustres representantes da GB no Brasil.

Aluno direto da lenda Hélio Gracie, o mestre Frederico Pimentel, será recepcionado pelo o professor Itácio Lisboa, líder regional da Gracie Barra no Rio Grande do Norte.

Com vagas limitadas, o evento será realizado a partir das 19h30, e promete ser proveitoso para todos os alunos e interessados na busca por novos conhecimentos em técnicas do jiu-jitsu consideradas das mais objetivas e eficientes do país. Informações e inscrições em 2010-4455.

FOTO: Policial Civil é medalhista em competição de Jiu-Jitsu realizada em Natal

alexandre freireO policial civil Carlos Alexandre Freire Marques foi campeão da 2ª Etapa do Estadual de Jiu-Jitsu realizada pela Federação de Jiu-Jitsu do Rio Grande do Norte (FJJRN), que ocorreu neste domingo (15), no ginásio Nélio Dias, na Zona Norte de Natal. A competição reuniu cerca de 370 atletas da modalidade.

Carlos Alexandre é instrutor da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e dá aulas de Jiu-Jitsu e Defesa Pessoal aos policiais civis. Ele recebeu a medalha de ouro na categoria peso pena (faixa preta). “Ganhar essa competição significa que os treinos feitos na Polícia Civil tem sido proveitosos. Agradeço à Acadepol e ao Delegado Geral, Ricardo Sérgio, por terem abraçado esse projeto”, concluiu. Segundo o instrutor, os policiais se preparam para participar do Nordeste Open, que será realizado em Natal em março do próximo ano.

Treinos de Defesa Pessoal e Jiu-Jitsu

Há um ano a Polícia Civil passou a realizar treinos de defesa pessoal e jiu-jitsu regularmente como mais uma forma de preparar fisicamente os policiais em sua rotina de trabalho. Durante esse tempo, já foram oito medalhas ganhadas em competições, sendo quatro de outro e quatro medalhas de prata. Atualmente, os treinos estão acontecendo provisoriamente no Caic de Lagoa Nova, nas quartas e sextas, no horário de 06h45 às 08h00, nas terças e quintas, das 19h00 às 20h30 e aos sábados das 8h00 às 10h00. A atividade é aberta a todos os policiais civis do estado. Cerca de trinta policiais participam dos treinos regularmente.

Homenagem póstuma: Paul Walker “recebe” faixa preta de jiu-jitsu de mestre brasileiro

walkerFalecido no dia 30 de novembro, Paul Walker, ator protagonista da série “Velozes e Furiosos”, recebeu uma homenagem póstuma de um brasileiro.

Ricardo Miller, também conhecido como “Franjinha”, treinava o jiu-jitsu do norte-americano. Como já estava na faixa marrom da arte marcial, Walker “recebeu” a faixa preta do treinador da Paragon Brazilian Jiu-Jitsu.

Ao falar sobre o ator em entrevista, “Franjinha” explicou que o vínculo com o astro do cinema não era apenas de aluno e professor.

– Nosso vínculo foi além de uma relação entre aluno e professor. Nós nos tornamos grandes amigos. Ele me levou para as filmagens de ‘A Morte e a Vida de Bobby Z’, e eu o levei a Los Angeles para ver o UFC.

Durante o bate-papo, o técnico nascido no Brasil ainda fez uma revelação que poucos sabiam. Segundo Ricardo Miller, Walker não queria ficar conhecida apenas pela velocidade, mas também pelo jiu-jitsu.

– Paul sempre me dizia que não queria ser conhecido apenas por carros velozes. Ele queria ser conhecido por carros velozes e jiu-jítsu. Ele queria ser um embaixador de jiu-jítsu. Seu sonho era finalizar uma luta com um estrangulamento arco e flecha.

R7

Policiais civis ganham medalhas de ouro e prata em campeonato de Jiu-Jitsu realizado em Natal

Policiais civis do Rio Grande do Norte foram destaque na segunda edição do Nordeste Open de Jiu-Jitsu, realizado no último final de semana em Natal. Ao todo seis agentes que participaram da competição foram premiados com medalhas de ouro e prata.  O evento aconteceu no Ginásio do SESI, em Lagoa Nova neste sábado (02) e domingo (03).

Os agentes civis participaram de doze lutas nas categorias leve, pesado, pesadíssimo e meio pesado. Eles ganharam no total sete medalhas, sendo três de ouro e quatro de prata. Veja abaixo a lista dos nomes campeões, categoria e medalhas conquistadas. A revelação foi o policial civil Dioclécio Silva de Almeida, que participou de sete lutas e ganhou duas medalhas de prata na competição. O campeonato Nordeste Open reuniu lutadores de todo o país e teve mais de 1.300 atletas inscritos.

Cerca de 28 policiais civis fazem aulas de Jiu-Jitsu na Academia de Polícia Civil (Acadepol), de acordo com Carlos Alexandre, responsável pelo treinamento dos policiais. “Nós treinamos cinco vezes por semana regularmente”, explicou. Essa é a primeira competição aberta que os policiais participam e a expectativa é que mais policiais lutem nas próximas competições. “A previsão é que nós participemos do Campeonato Estadual em fevereiro de 2014 e do próximo Nordeste Open que vai acontecer em abril”, revelou Carlos Alexandre.

Policiais civis premiados:

Valdemar Anacleto de Souza Júnior – Ouro na categoria Leve Sênior  – faixa branca
Arlei Lima Santos – Ouro na categoria Pesado – faixa branca
Dioclécio Silva de Almeida – Prata na categoria Sênior Pesado e Prata no Absoluto Sênior – faixa azul
José Décio Silva de Almeida – Prata na categoria Meio Pesado – faixa roxa
André Luiz de Souza Farias – Ouro na categoria Sênior Branca Pesadíssimo – faixa branca
Luiz Carlos de Oliveira – Prata na categoria Pesado Sênior – faixa branca

Adolescente de 15 anos fica tetraplégico durante luta em campenato de Jiu-jitsu

golpe-de-jiujitusuUm garoto de 15 anos ficou tetraplégico no Espírito Santo após sofrer um golpe durante luta em um campeonato de jiu-jitsu. A luta ocorreu no dia 4 de agosto e o jovem, de nome Gabriel, segue internado em um hospital de Vila Velha.

Gabriel lutava contra um rapaz de 20 anos, da categoria adulta – ele está na categoria juvenil. A Federação de Jiu-Jitsu do Espírito Santo (FEJJES) permitia os combates entre atletas de categorias diferentes até o caso ocorrer. Segundo Agnaldo Góes, presidente do órgão, a partir de agora esses combates serão proibidos.

O jovem ficou de cabeça para baixo durante ação do adversário e caiu por cima do pescoço – na hora, quebrou duas vértebras próximas do pescoço e sofreu uma lesão grave na medula, perdendo o movimentos dos braços e pernas.

Ele passou por duas cirurgias. Os médicos que cuidam do caso afirmaram que não é possível saber se ele poderá voltar a andar. Em vídeo divulgado na internet, o garoto mostrou esperança em voltara lutar: “Tomara que consiga logo uma vaga para fazer a reabilitação e possa voltar aos tatames”, disse, com dificuldades na fala.

Para Góes, o fator determinante foi a força do adversário mais velho. “Houve muita força, ele é muito mais forte. É um homem formado e o Gabriel é um garoto em formação. O rapaz mais velho trabalha em obra, lavoura”.

Ele explicou que a opção de Gabriel por lutar entre os adultos foi feita já na etapa anterior do campeonato estadual, quando não teve adversários no juvenil e ficou em 2° no adulto. “Alguns do juvenil já lutam no adulto e têm obtidos resultados. Na primeira etapa, ele entrou no juvenil e não teve competidor, e ficou em segundo no adulto. Agora entrou direto no adulto e na semifinal infelizmente isso ocorreu”, declarou .

O primo de Gabriel, Pablo Fernandes, criticou a força do golpe. “Ele age de maneira extremamente excessiva, até conseguir tirar o corpo do Gabriel do chão e acontecer o choque da cabeça”, declarou.

A federação do Espírito Santo afirmou que dará ajuda financeira ao garoto lesionado. “Temos acompanhado a situação, eu fui ao hospital. Buscaremos ajuda financeira, reunindo os professores do Espírito Santo, para fazer um seminário para arrecadar ajuda”, completou Góes.

FOLHA

Terceira edição do PM Combat será aberta para Forças Armadas

Um evento já tradicional no calendário esportivo da Polícia Militar do Rio Grande do Norte está com data marcada. No mês de setembro, mais precisamente no dia 29, a Associação dos Cabos e Soldados da PM promove a terceira edição do PM Combat. Neste ano, o torneio terá como convidados militares das Forças Armadas.

A novidade, de acordo com o soldado Mário Sérgio, coordenador do PM Combat, deve tornar o evento ainda maior e estimular os competidores.  “Nas outras duas edições, tivemos participantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do RN e de outros estados. Agora, vamos convidar militares da Marinha, Exército e Aeronáutica”, revela.

Com isso, o PM Combat vai ganhando novas dimensões, o que faz do torneio referência em todo Nordeste. Mário Sérgio explica que serão realizadas lutas em modalidades como MMA, Judô, Jiu-jitsu, Karatê, Taekwondo e Boxe. As inscrições para os competidores serão abertas no início do mês de agostos e realizadas até 10 de setembro.

Ainda de acordo com o soldado Mário Sérgio, o local que receberá o PM Combat não está definido, no entanto, a organização trabalha para montar uma arena ainda melhor do que nas edições anteriores. “Assim que definirmos o local e as inscrições estiverem oficialmente abertas vamos divulgar no site da ACS (www.acspmrn.org.br)”, completa.

As lutas do PM Combat serão realizadas das 16h às 23h do dia 29 de setembro, um sábado. “Desde o início, a proposta da Associação dos Cabos e Soldados é promover o esporte e incentivar esses profissionais militares cada vez mais à prática de atividades físicas”, destaca o soldado Mário Sérgio, que dispõe de mais informações sobre o evento, através do telefone 8805-1613.

Kimura comemora bom desempenho de potiguares no jiu-jitsu em 2012

O boxe não é o único esporte que vem sendo ameaçado pelo crescimento das Artes Marciais Mistas no mundo. A chamada “arte suave”, ou simplesmente jiu-jitsu, também tem sido ofuscada pela popularização do MMA. No Rio Grande do Norte, a situação não é diferente e tem sido agravada pela falta de incentivo para os atletas. Mesmo assim, a academia Kimura Nova União, uma das referências na arte marcial no Brasil, comemora um primeiro semestre de 2012 cheio de conquistas e títulos.

A Kimura Nova União foi a campeã por equipes do Estadual das duas federações potiguares, a FJJ/RN e a FJJE/RN. Além disso, conquistou o Norte-Nordeste na cidade de Crato, no Ceará. “Internacionalmente também estamos indo bem. Nos EUA, a equipe da Kimura, sobre o comando de Jean Kleber, venceu o Open Boston. Na Europa, quem está mandando bem a frente da nossa ‘firma’ são os professores Robson Dantas, o ‘Robinho’, Arlisson Mello ‘Kiki’ e Claud Jauge, que esse ano já conquistaram o Campeonato Suíço, além de outras competições de bom nível no Velho Continente”, comemora Jair Lourenço, líder da Kimura Nova União no Rio Grande do Norte.

Além das conquistas por equipe, Lourenço cita as revelações individuais do jiu-jitsu potiguar. “Posso citar alguns atletas que vem se destacando muito no cenário nacional e internacional. Denys Dinnis, por exemplo. Ele foi campeão em Abu Dhabi e, em seguida, venceu o Norte-Nordeste e o Estadual, os dois no peso e no Absoluto Faixa Azul”, conta o líder da Kimura.

Ainda na faixa azul, além de Denys Dinnis, se destaca Horlando Monteiro, que esse ano também conquistou títulos no Norte-Nordeste e no Estadual da modalidade. “A consagração para ele veio através do Mundial da Califórnia, onde Horlando conseguiu ser vice-campeão”, acrescenta Jair Lourenço. Na faixa marron, quem vem ganhando nome é Lucas Dantas, atual campeão brasileiro da modalidade. “Apesar de jovem, ele está levando tudo na faixa marron e tenho certeza que ele vai chegar forte quando estiver na faixa preta”, antecipa Lourenço.

Vale lembrar que não é de hoje que o Rio Grande do Norte tem se destacado no jiu-jitsu. Conforme o próprio Jair Lourenço lembra, o Estado teve o primeiro campeão brasileiro do esporte, na faixa preta adulto, pela Confederação Brasileira: Daniel Canjica, irmão de Jair, em 2001. “Muitos não sabem, mas sempre tivemos tradição na arte suave. Graças a Deus, neste ano não está sendo diferente e estamos conseguindo ser destaque também no jiu-jitsu”.

A expressão “também no jiu-jitsu”, por sinal, não é para menos. A Kimura Nova União, eleita pelo Prêmio Dez com a academia do ano, é onde os lutadores Renan Barão e Ronny Markes treinam quando estão em Natal. Barão, inclusive, vive a expectativa de ser o primeiro potiguar a lutar pelo cinturão de uma categoria do UFC, o maior evento de MMA do mundo. No dia 21 de julho, ele sobe ao octógono no Canadá para enfrentar o americano Urijah Faber. Quem ganhar, fica com o título interino da categoria até 61,8 quilos.

Barão e Markes são lutadores de MMA, mas que começaram a escalada para o sucesso no jiu-jitsu. O exemplo, por sinal, tem sido seguido por muitos outros potiguares e o motivo não é apenas a possibilidade de entrar no UFC, ou praticar a “moda” que virou o MMA, mas sim a falta de incentivo para seguir na “arte suave”. “Nosso grande problema com o jiu-jitsu é que nossos atletas não tem apoio e nem oportunidades aqui Estado. Por isso, infelizmente, a maioria dos nossos faixas pretas migraram para o MMA para se profissionalizar no esporte ou então, simplesmente, não se dedicam mais ao jiu-jitsu”, revela Jair Lourenço.

Enquanto o incentivo não chega, porém, a Kimura Nova União não fica parada. A própria academia realiza torneios internos como forma de manter o incentivo ao esporte e levar experiência de competição aos atletas. “Temos que fazer a nossa parte. O esporte precisa de incentivo e é um meio importante para a mudança de vida de muitos jovens”, afirma.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Amaral_kimura disse:

    e mais, a Kimura não entrou com força total, nas faixas preta e marron…. se n me engano só 3 atletas na preta e poucos na marrom……..

  2. Amaral_kimura disse:

    e dai???? a gracie barra lutou com a maioria dos atletas do fora, a grande maioria!!!! se n me engano só vi 3 ou 4 atletas da gracie do rio grande do norte….. trazendo quase todos de fora e nem assim conseguiram ganhar da KIMURA……  VAMOS PRESTAR MAIS ATENÇÃO ANTES DE FALAR ALGUMA COISA…….

  3. Marcusobrinho disse:

    De fato, a kimura ganhou muitas medalhas e muitos pontos, levando o 1º lugar geral no campeonato estadual RN, mas entrou com mais 150 atletas (não tenho o número exato),  enquanto a 2ª colocada, a Gracie Barra, entrou com 39 atletas e ganhou AS LUTAS DO ABSOLUTO, levando Medalha de Ouro nas faixas branca, roxa, marrom e preta (adulto e master).

     

Professor de Jiu-Jítsu rouba carro em Natal e protagoniza cenas de filme de ação no interior


Essas cenas de filme de ação aconteceram ontem aqui no RN, o BG reproduz fotos e reportagem do Blog Nosso Paraná.

O professor de jiu-jítsu Renato Alves Dantas Júnior, 30 anos, natural de Natal, residente em Campo Grande/MS, foi preso por volta das 17:00 horas na BR 405, em frente a UERN, em Pau dos Ferros/RN, após ser perseguido desde a cidade de Janduis/RN.

Na manhã desta quarta-feira (21) por volta das 10:00 horas, em cruzamento na capital potiguar Renato sob ameaça de uma faca tomou o veiculo Chevrolet classic LS, ano/modelo 2010/2011, cor preta,placa placa MNS-1945/RN e saiu com destino ao interior do estado, em Janduís/RN completou o tanque e saiu sem pagar o combustível, a Polícia foi avisada e acionou toda região, na cidade de Umarizal/RN foi montada uma barreira policial mas Renato fura o bloqueio e começa a perseguição com viaturas das cidades de Umarizal, Riacho da Cruz, Viçosa, Itaú, e Francisco Dantas, após sair de Umarizal/RN e com varias viaturas na sua cola na BR 405, altura do KM 142, na localidade Cachimbo Acesso o GTO e RP de Pau dos Ferros/RN monta uma nova barreira que novamente é furada uma viatura do 4º DPRE também tenta interceptar o veiculo mas novamente Renato fura o bloqueio policial entrando na cidade de Pau dos Ferros/RN seguindo pela avenida Independência perseguido por varias viaturas policias e em frente a UERN após uma viatura tomar-lhe a frente Renato tenta voltar em marcha ré e bate na viatura de Viçosa perdendo o controle e indo de encontro com uma placa de sinalização onde foi detido por PMs, em seguida foi apresentado ao Dr. Inácio Rodrigues/RN, na Delegacia o mesmo disse não saber de nada e nem de onde era, o Dr. Inácio entrou em contato com a mãe do mesmo e esta informou que seu filho tem problemas mentais, o delegado conseguiu contato com o proprietário do veiculo que vem a cidade de Pau dos Ferros/RN para reaver seu veiculo e disse que Renato teria usado uma faca para tomar seu veiculo, no momento da prisão foram encontradas uma latinha de cerveja e uma faca no interior do veiculo provavelmente a mesma usada no roubo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ikaro disse:

    renato e uma pessoa maravilhosa eu acho q ele estava com algum problema,mas ele n e isso q vcs falam n,a amada dele e uma pessoa maravilho ele tem um filho maravilhoso,todos nos temos erro,qm n tem falhas q atire a primeira pedra…..

  2. Shaun Tompson disse:

    não gostei moderador, não mesmo, tá parecendo a coréia do norte ou china

    "liberdade de expressão: direito constitucional, desde que, não me prejudique ou não me faça mal"

  3. Shaun Tompson disse:

    seguindo os fatos relatados na matéria postada…

    nem doidão, nem doente mental: o cara mora fora, estilo bad boy, queria tirar uma onda de bacana e tal, longe da casa , ficar bem na fita, e  vai que ele queria ir rever a amada de lata nova. Não esqueçam, o mal é contagiante e passa na novela.

    depois, não conheço Professores de Jiu-jitsu assim.

    parabéns aos Homens da leL, QSL  cabas da peste do oeste. e continuem de QAP

  4. ANtônio disse:

    Por que as pessoas têm o costume de chamar de doutor qualquer autoridade???? Só pra lembrar: DOUTOR É QUEM TEM DOUTORADO!!!!!!!!!

  5. Max disse:

    Doente Mental que usa faca, rouba, abastece sem pagar, toma cerveja e sabe dirigir… doente mental uma merda, tem que pagar por tudo que fez.

  6. Totinha Rocha disse:

    Meu irmão, esse cara só podia tá muito doidão.