VÍDEO: Voos da Azul em Mossoró iniciados nesta segunda-feira registram grande demanda de passageiros

Registro de aterrissagem do voo da Azul em Mossoró nesta segunda-feira(01). Com capacidade para 72 passageiros, avião da azul aterrissou com 51 ocupantes, e já decolou com 47 passageiros.

Vídeo: cedido.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mari disse:

    Falar a verdade é preciso.
    GRANDE LEGADO DO GOVERNADOR ROBINSON FARIA.
    O AEROPORTO DE MOSSORÓ ERA UMA SUCATA.
    ELE DEIXOU PRONTO E COM ESSE VÔO DA AZUL.

  2. Roque Santeiro disse:

    No Instituto de neurociências estão precisando de voluntários para experiência, não vá, seu caso é para um psiquiatra que no seco anda.

  3. Pixuleco disse:

    Valeu governadora, competência até na pandemia ! 👏👏👏

SindSaúde entra com pedido de lockdown em Mossoró

O SindSaúde em Mossoró deu entrada nesta sexta-feira(26) na segunda vara da fazenda pública a um pedido de lockdown. Fechamento total para a cidade do Oeste potiguar.

Segundo o sindicato, a situação em Mossoró é bastante preocupante, com média de óbitos elevada. O sindicato ainda diz que as pessoas não estão seguindo as regras de isolamento, e teme por falta de UTI na cidade se uma providência mais dura não for tomada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucis disse:

    Natal Lockdown urgente.Ivermevtina não vai conter o vírus.

  2. Antonio Turci disse:

    Sindicalistas cocôs sempre querendo quebrar a economia. Vão trabalhar seus desocupados.

    • Henrique disse:

      Eles estão trabalhando, na linha de frente do covid… por isso a solicitação.

  3. Calígula disse:

    Tem que quebrar tudo, comércio, economia e virarmos uma Venezuela e depois vamos procurar refúgio em Cuba. Essa é a cartilha dos socialistas.

  4. Erasmo disse:

    Tem que fechar tudo mesmo só sabe quem está sofrendo o caos todo dia.

Governo do Estado emite nota sobre leitos de UTI em Mossoró e região

O Governo do Estado em nome da Sesap esclarece que nenhum leito de UTI foi fechado em Mossoró e em nenhuma região do estado. Com aval do Ministério Público, alguns leitos foram revertidos durante a estabilização da pandemia para leitos não covid, atendendo outras patologias, além da transferência de leitos de alguns hospitais, como aconteceu com o Hospital Wilson Rosado para a rede pública, de forma sustentável e correta.

A SESAP informa ainda que além da transferência, é importante destacar que o Hospital São Luís tem hoje quarenta (40) leitos de UTI contratados pelo estado e está em fase de expansão de mais dez (10) leitos críticos, totalizando 50 leitos críticos de UTI. Além disso, o estado expande, nesse momento, mais dez (10) leitos clínicos no Hospital Rafael Fernandes, ambos referências Covid na região. Em dezembro, com o aumento de casos, dez (10) leitos de Leitos críticos de UTI Covid foram abertos no Hospital Rafael Fernandes.

Prova disso é a transferência de pacientes da região metropolitana do estado para a cidade de Mossoró, devido à disponibilidade atual de leitos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PEDRO Jr. disse:

    Essa nota é um argumento para justificar os investimentos no hospital São Luís. Os valores são altos . SIM É correto todo investimento para hospital. Salva vidas, porém o que falta é transparência dessas empresas e da secretária de saúde do estado, empresas aberta só para prestar serviços, sempre é bom. Porém seria ótimo fiscalização da receita federal e do SUS, já que auditoria do governo do estado é frágil e fraca. A onde existe privado misturado com filantropia e bom ver com um olhar cirúrgico a onde está sendo colocado o dinheiro do contribuinte. NÃO, vejo com bons. Olhos funcionários que são auditores públicos, sendo administradores de hospital privado. Será que a lei permite? Como pode a raposa cuidar do galinheiro. Espero que Capa preta não fique só nos ombros do Batman. Pois o mosego não enxerga, MAS escuta bem os sinais. FUIIIIIII.

  2. Lucianobrito disse:

    Governo incompetente da desgraça.

  3. Jailson disse:

    Fatão já é a melhor governadora da história do RN. Disparado!!!
    E se comparar com Robinson e Rosalba então… vixe Maria!

  4. PT só CANALHAS disse:

    GRANDE professora,INIMIGA DA EDUCAÇÃO. Está próximo de 1 ano e nem uma mão de cal deram nas escolas. O RN tá LASCADO!!!

  5. Olimpio disse:

    Professora de que!

  6. Tulio disse:

    Vamos vê se a professora Fátima faz alguma coisa também na EDUCAÇÃO.
    UM ANO SEM AULAS, e não tiveram tempo pra preparar os colégios, é imoral.
    Em quanto isso, a rede privada segue preparando alunos de todas as faixas etárias.
    O que vai provocar num curto espaço de tempo uma desigualdade social sem precedentes.
    Isso tudo, é porque a governadora é professora, muito embora não se ter notícias de um ex aluno dela.
    Isso é uma vergonha!!!

ACREDITE SE QUISER: Governo do Estado pede encerramento de contrato de 10 leitos em hospital em Mossoró

No momento em que o Rio Grande do Norte vive uma crise na ocupação de leitos críticos durante a pandemia da covid-19, o Governo do Estado peticionou a descontinuidade de contrato de 10 leitos firmado com o Hospital Wilson Rosado para fins de prestação de serviços hospitalares em Unidade de Terapia Intensiva, que atende especialidades como alta complexidade em neurocirurgia, cardiologia e oncologia – todas pelo SUS.

Com um prazo de vigência até 27 de março deste ano, o Estado justifica o valor anual de R$ 15.300.000,00 (quinze milhões e trezentos mil reais), e “despesa excessiva” ao Estado do Rio Grande do Norte. Vale ainda destacar que os leitos no Hospital Wilson Rosado continuam mantidos, anualmente, por vias judiciais.

VEJA TAMBÉM: Sesap emite nota sobre leitos em Mossoró e região

Ao Blog, uma fonte no setor destacou que o Hospital Wilson Rosado é retaguarda para o Hospital Tarcísio Maia, também em Mossoró, além dos hospitais de Pau dos Ferros e Assú.

Em meio ao cenário da pandemia, outras especialidades também agonizam com filas de regulação. No caso do contrato do Estado com o Hospital Wilson Rosado, os 10 leitos ainda são insuficientes.

O Governo justifica que disponibiliza 20 leitos para outras especialidades além da covid no Tarcísio Maia. Por outro lado, especialistas afirmam que mesmo com esses disponíveis no Hospital Wilson Rosado, leito de UTI nunca é de menos.

“Sempre vai ter paciente necessitando de leitos críticos. UTI é condição de vida. Sem leito, paciente morre. As outras especialidades caíram no esquecimento, disse a fonte ao Blog.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PEDRO Jr. disse:

    Isso é arrumado para o jeitinho de colocar mas 10 leitos no hospital São L……z Tá na hora de haver uma fiscalização nesse contrato e nas empresas que prestação serviço ao governo do estado, na hora em que ocorre isso os jornalistas e fazem pressão aí o secretário de saúde entra com a informação que vai abril 20 leitos em Mossoró, sendo 10 no Hospital São Luiz, e outros 10 no hospital Rafael Fernandes. Puro jogo de políticos usando hospital particular com contrato cheio de segredo e 🍊 🍊. O que falta é auditoria profunda em um hospital filantrópico que tem alto serviço privado e recebe fortuna pública na sombra de justiceiro do bem estar social, porém ninguém tem coragem de ver a 📦 preta desses hospitais. Basta só ver os bem dos bem estar que encontram as despesas que tanto o secretário diz que tá alta. O que falta no RN é a promotoria se movimentar, pois nem tudo que parece arrumadinho é na verdade despesas . Construção e manutenção são ralos para despesas maquiada, em qualquer instituição até nesse governo que só falar em milhões, porém cadê a cópia e os CNPJ das empresas que prestao serviço a saúde no estado com suas declarações de imposto de renda. E comprovante depósito do capital inicial, papel aceita tudo, e calado. Porém extrato bancário fala muito.

  2. Sandro disse:

    Mais uma fake news contra o Governo Fátima.

  3. José disse:

    É uma piada essa criatura. No momento mais crítico ela só pensa em fechar hospital. Tomará que um dia ela venha precisar e esteja algum funcionando. Ela é da turma se adoecer nata logo pq ñ presta mais pra nada. Descarta as pessoas que adoecem. A lei do retorno vai chegar na tua porta e nas tuas obras ou melhor falta delas. Eu responsabilizo a gestão por todas as mortes de Covid no estado. Ela ñ dezenas ñ faz nada. Só pega carona e tá desorientada. Pensou que faria o mal na gestão passada. O mal tá na tua gestão que foi amaldiçoada. Volta de onde tu veio. Ninguém te suporta aqui no estado não intrusa. Vc e uma turma.

  4. Tarcísio Eimar disse:

    Fatão, deixa de ser amarrada, tira uma lasquinha da verba federal e mantém os leitos. A justificava seja qual for será plausível

  5. P. Otávio disse:

    Essa é a administração do PT.
    Quanto pior melhor pra jogar a culpa no PR.

  6. Antenado disse:

    A justificativa foi de “despesa excessiva”. Não foi, portanto, falta de recursos. E o genocida é Bolsonaro.

  7. Erasmo disse:

    Fatão deveria ser responsabilzada por metade das mortes no RN, cadê o Hospital de campanha? Respiradores? Muita incompetência dela e da equipe, pqp. Vamos lembrar disso nas próximas eleições.

  8. Raimundo Moura disse:

    Desculpe Anderson, vc está mesmo no melhor do seu poder de raciocínio? Acho melhor avisar alguém para levar vc é um profissional médico psiquiatra, essas 250 mil mortes aconteceram com a participação de pessoas fora do senso crítico como vc, governadores, prefeitos, presidente, corruptos e políticos de todas as matizes. Que disse "Melhor construir estádios que hospitais" , quem comprou respiradores imprestáveis, quem não abriu hospital de campanha, recolheu equipamentos vitais, fechou e está fechando contratos existentes na área, não paga fornecedores ou paga pelos preços exorbitantes, se esconde em casa, fala besteira pelos cotovelos, não sabe articular um frase completa, praticou ou prática atos de corrupção, não construiu leitos hospitalares; se vc usar a cabecinha vai descobrir, mais para que isso aconteça, as vezes, tem que estar medicado.

  9. Josimar Galdino disse:

    O governo federal tem feito até demais para o RN ,essa governadora e um atraso no RN

  10. geoflacampeão disse:

    Tai o que Fatão faz agora se isso fosse do governo federal ela estava metendo o cacete golpi, golpi, golpi quero vê agora quem é realmente o genocida.

  11. anderson disse:

    Se não fosse os governadores o povo estaria morrendo a míngua por aí, muito provavelmente não seriam 250 mil vítimas

    • Calígula disse:

      Você conversa uma merda, que sua boca fede igual a vaso sanitário de bar de quinta categoria.
      MITO 2022

    • Juliana disse:

      Você mora em que planeta para fazer um comentário "inteligente" destes?

    • Valter disse:

      Mais um esquerdopata que não consegue ver os fatos. Vive no mundo da mentira, que seus corruptos de estimação criam e ele acredita. É mais um alienado a serviço daqueles que atuam para "o quanto pior, melhor pra eles".

    • Guerra disse:

      Governantes receberam dinheiro de ruma, têm a obrigação de prestar um bom atendimento à população. O que fizeram? Promoveram gastos exorbitantes, compraram equipamentos quebrados ou que jamais foram entregues, superfaturaram insumos, aluguéis de ambulâncias, e por aí vai.

  12. Calígula disse:

    Essa sabe administrar kķkkk.
    Só sabe fechar leitos e hospitais.
    #FORA DESGRAÇA

    • Roberto disse:

      Não seja injusto, Calígula. Fátima Bezerra já fechou até um buraco na Estrada de Pipa. Fez até foto para divulgar esse feito faraônico.

Voos comerciais retomados a partir de março em Mossoró

Foto: Arquivo Secom

Segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, Mossoró terá voo a Recife a partir de 1º de março deste ano. O anúncio foi promovido pela Azul Linhas Aéreas, que definiu pela retomada do voo quando a comitiva do Governo do RN, liderada pela Governadora Fátima Bezerra, esteve em São Paulo para visitas as companhias aéreas. A comercialização do voo, que prioriza conexões de turismo e negócio do RN, já acontece desde dezembro de 2020.

O voo de Mossoró para Recife havia sido suspenso desde março de 2020, em razão do agravamento da pandemia no país. O retorno é fruto de uma agenda de articulação da Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, em conjunto com a Secretaria de Turismo (Setur), a Empresa de Promoção Turística (Emprotur) e a Secretaria de Tributação (SET), junto ao CEO da Azul Linhas Áereas em outubro de 2020, em São Paulo/SP.

O batismo da aeronave está confirmado para 1º de março, com pouso previsto para às 14h. A Azul prevê, inicialmente, três frequências semanais (às segundas, quartas e sextas) para o voo, que sai às 12h55 de Recife e chega às 14h20 em Mossoró, decolando às 15h a fim de regressar à capital pernambucana.

“O retorno do voo entre Mossoró e Recife representa um esforço coletivo alinhado ao processo de retomada turística e econômica do nosso Estado. Sabemos a importância deste voo da Azul Linhas Aéreas para Mossoró e região, conectando nossos parceiros em Recife”, aponta a secretária da Setur, Aninha Costa.

“Já planejávamos o retorno de nossas operações em Mossoró no início do próximo ano e antecipamos a volta em função de um pedido do governo do estado. Sabemos da importância da ligação aérea para Mossoró e região e vivemos um período de retomada do turismo, seja a lazer ou a trabalho. A reconexão com Recife permitirá que nossos Clientes se desloquem para qualquer destino doméstico e internacional operado pela Azul, o que proporcionará conveniência e comodidade aos viajantes”, destaca Marcelo Bento Ribeiro, diretor de relações institucionais da Azul.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Raimundo Moura disse:

    Pixu! Olha para trás pois as penas estão caindo.

  2. Pixuleco disse:

    Não me canso de parabenizar nossa governadora. Pegou um estado destruído, falido e mal pago. E até aviso para a arROSADA Mossoro ela está levando . É preciso reconhecer, PIXU é justo , PIXU valoriza o que é bem feito .

SINE-RN tem 32 vagas de emprego nesta sexta-feira para Natal, região metropolitana e Mossoró

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece nesta sexta-feira(19) 32 vagas de emprego para Natal e Grande Natal e Mossoró e região.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN está com atendimento presencial realizado mediante agendamento.

Em Natal, os telefones para agendamento da unidade matriz, em Candelária, são: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226.

Os agendamentos e atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

NATAL e GRANDE NATAL – (27 Vagas Permanentes)

AUXILIAR DE FABRICAÇÃO NAS INDÚSTRIAS DE ARTEFATOS DE CIMENTO 10

AUXILIAR DE MARCENEIRO 03

DESENHISTA TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL 01

ENGENHEIRO ELETRICISTA 01

GERENTE DE OBRAS (CONSTRUÇÃO CIVIL) 01

INSTALADOR DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS 2

MARCENEIRO 02

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 02

MECÂNICO DE BICICLETAS 01

MECÂNICO DE MOTOCICLETAS 01

PIZZAIOLO 02

TÉCNICO MECÂNICO EM AR CONDICIONADO 01

NATAL e GRANDE NATAL – (01 Vaga Temporária)

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 01

MOSSORÓ e Região – (01 Vaga Permanente)

CONSULTOR DE VENDAS 02

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA DE MÁQUINA 01

VENDEDOR PRACISTA 01

Operação nos Correios e em transportadoras na Grande Natal e Mossoró apreende R$ 110 mil em mercadorias sem nota; entre elas, eletrônicos, celulares e roupas

Uma operação de combate à sonegação de impostos, realizada ontem (9) por auditores e técnicos da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), resultou na apreensão de 43 cargas, avaliadas em cerca de R$ 110 mil, que estavam sendo processadas e transportadas sem documentação fiscal. Foram retidos principalmente eletrônicos, celulares, brinquedos e roupas. A ação foi realizada durante todo o dia e o alvo foram sete Centros de Distribuição dos Correios e empresas transportadoras em municípios da Grande Natal e região de Mossoró. Em menos de 60 dias, o Fisco Estadual já apreendeu R$ 2,2 milhões em mercadorias irregulares.

A força tarefa, conduzida por uma equipe de 25 auditores fiscais e técnicos, evitou a sonegação de R$ 32 mil em impostos, recursos que seriam desviados dos cofres públicos do Rio Grande do Norte e que poderiam estimular a competição desleal no comércio potiguar. Toda a operação foi monitorada pela Subcoordenadoria de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito e Itinerância Fiscal (Sumat) da SET.

No total, foram apreendidos 43 volumes de mercadorias, entre artigos eletroeletrônicos (R$ 31 mil), brinquedos (R$ 26 mil), aparelhos celulares (R$ 21 mil), confecções (R$ 17 mil) e outros produtos, que seriam distribuídos de forma irregular. O subcoordenador da Sumat, Marcos Medeiros, explica que a fiscalização não é uma ação pontual, ao contrário, ocorre rotineiramente para averiguar se a documentação desses produtos que são tratados pelos Correios e também pelas transportadoras está em conformidade com a legislação tributária.

“Muitas vezes, essas mercadorias chegam aos Correios sem a documentação correta e cabe ao Fisco Estadual fiscalizar esses produtos que circulam sem recolhimento de imposto, antes que cheguem ao destinatário final”. Segundo Marcos Medeiros, operações semelhantes serão deflagradas semanalmente para coibir tais ilícitos. Nesta operação, que começou nas primeiras horas da manhã e só foi concluída na noite da terça-feira, foram visitados cinco centros dos Correios em Natal, um em Mossoró e outro em Parnamirim, além de diversas transportadoras com bases nessas regiões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Vejam só: uma "operação" que levou dias de trabalho e que PODERÁ resultar em R$ 32.000,00 a mais nos cofres públicos.
    Isso não paga o salário do mês de um dos Auditores envolvidos nessa fantástica atuação.
    Enquanto a SET não mirar nos grandes sonegadores e ficar preocupada com quem mandou um conjunto de pano de prato sem nota fiscal pelos Correios, veremos mais notícias assim, como se fosse algo espetacular.
    Se bem que no RN não existem grandes sonegadores mesmo… Então deixa para lá.

Ex-Vasco e Flamengo reforça o Potiguar de Mossoró

Foto: Yhan Victor/ACDP

O Potiguar de Mossoró anunciou nesta terça-feira a contratação do volante Ives, ex-Vasco e Flamengo. Esta será a segunda passagem do jogador de 35 anos pelo futebol do Rio Grande do Norte – em 2017, ele defendeu o América-RN em três jogos.

Em 2020, Ives atuou pelo Rio São Paulo, na segunda divisão do Campeonato Carioca, e fez um jogo pelo Queimados, da terceira divisão também do Rio de Janeiro.

Na carreira, além de Vasco e Flamengo, Ives também defendeu clubes como Ituano, Mesquita, Náutico, Paraná, America-RJ, Bangu, Audax Rio, Rio Negro, Nacional-AM, Capital e Brasiliense.

Com Globo Esporte RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gerson Leandro Chianca disse:

    Oh fim de carreira triste, vim para no nosso futebol, quebrado e ainda no futebol de Mossoró.

MOSSORÓ: Início da vacinação de idosos contra Covid-19 tem filas e aglomerações e doses acabam antes das 8h

O portal G1-RN noticia que o início da vacinação de idosos contra a Covid-19 em Mossoró, na manhã desta sexta-feira (5), teve registro de filas, aglomerações e reclamação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O município comunicou na noite dessa quinta-feira (4) que iniciaria a vacinação de pessoas com mais de 75 anos. Foram disponibilizadas 1000 doses em 7 pontos de vacinação, porém as vacinas acabaram ainda no início da manhã.

O G1-RN ainda destaca a justificativa do coordenador de imunizações do município, Etevaldo de Lima. Ele explicou que as vacinas disponibilizadas para os idosos são doses que sobraram após a vacinação dos profissionais de saúde. A quantidade é insuficiente para vacinar o público com essa faixa etária no município.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luana disse:

    Total falta de organização e respeito para com os idosos, quem procurou hoje levar seus idosos para tomar a vacina sofreu na pela o descaso e incompetência desse mininu despreparado

  2. Madame Loló disse:

    Ainda não consegui me vacinar

  3. OSORIO SAMPAIO disse:

    Devia usa o cadastramento do vacina RN. não iria ter filhas quilométricas. era só manda e-mail marcando a hora.

Motorista de aplicativo candidato a vereador nas últimas eleições é morto a tiros em Mossoró; polícia suspeita de latrocínio

Foto: Reprodução

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(22) que um motorista de aplicativo e candidato a vereador nas últimas eleições foi morto a tiros na noite dessa quinta-feira (21), em Mossoró na região Oeste potiguar. O carro da vítima foi levado pelos criminosos. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de latrocínio, que é o roubo com resultado de morte.

Uma viatura foi até o local e encontrou o corpo de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como “Espanta”, de 31 anos, caído no chão com marcas de tiros. Veja todos os detalhes AQUI em matéria completa.

Polícia Civil deflagra Operação “Natal com Justiça” e prende sete pessoas em Natal e Mossoró; entre suspeitas, tráfico de drogas, roubos e homicídios

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da 2ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Mossoró, deflagraram, nesta terça-feira (22), a Operação “Natal com Justiça”. A ação resultou na prisão de sete pessoas pela suspeita de integrar uma organização criminosa voltada à prática de tráfico de drogas, roubos e homicídios. As prisões aconteceram em cumprimento a mandados de prisão preventiva, nos municípios de Natal e Mossoró, onde eles concentravam a atuação criminosa.

Durante a ação, foram detidos: Carlos Alexandre Martins Salviano, conhecido como “Nem da Abolição”; Lázaro Nascimento de Souza, conhecido como “Bufa”; Márcio Gomes da Silva, conhecido como “Mago Véi”; Erasmo Carlos da Silva, conhecido como “Palmeirense”; Judson Bezerra Araújo Batista, conhecido como “Bebezão”; Walter Linhares dos Santos, conhecido como “Nenenzinho”; e Thiago Marques de Araújo, conhecido como “Nino”.

De acordo com as investigações, a organização criminosa, comandada por “Nem da Abolição”, traficava drogas, financiava roubos e ainda ordenava a morte de seus desafetos. Um dos homicídios atribuídos ao grupo é o da empresária Flávia Magalhães da Rocha, que foi morta dentro de uma farmácia, com cerca de 20 disparos de pistola, no mês de abril deste ano.

Ainda segundo as investigações, o crime teria sido motivado pelo fato de “Nem da Abolição” e sua esposa, Fernanda Bernarmino da Silva, atribuírem suas prisões à vítima. Foi constatado ainda que a esposa de “Nem da Abolição” atualmente estaria foragida da Justiça e comandando o tráfico de drogas no lugar do marido, que se encontra preso.

As investigações continuam até a identificação e prisão dos demais envolvidos na organização criminosa. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, por meio dos números: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (WhatsApp).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

PF prende em Mossoró contrabandista de cigarros foragido da justiça

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal, com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI), prendeu na tarde da última segunda-feira, 21/12, na zona rural de Mossoró/RN, um homem de 40 anos, acusado de contrabando de cigarros e que estava foragido desde a deflagração da segunda fase de Operação Smoke Route, denominada Entreposto, ocorrida no mês passado.

Cerca de 7 policiais federais participaram das diligências que resultaram na prisão do suspeito, em poder de quem foram apreendidos cheques no valor de R$ 118 mil reais, dois veículos e documentos que comprovam a manutenção das atividades da
organização criminosa voltada à prática de contrabando de cigarros.

Quando da deflagração da Operação Entreposto, na data de 18/11/2020, a esposa e o irmão do preso também foram detidos acusados de envolvimento com o mesmo tipo de crime.

O acusado responderá por contrabando qualificado (art. 334-A, §1º, IV CP) e organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/2013), cujas penas, somadas, podem ultrapassar a 13 (treze) anos de prisão.

*O nome “Entreposto” faz referência ao fato de Mossoró ter despontado nas investigações como importante entreposto para as operações logísticas de transporte e distribuição dos cigarros contrabandeados.

RN volta a receber voos regulares para Mossoró a partir de março de 2021

FOTO: ASSECOM – AZUL

Em virtude de agenda intensa de reuniões realizada na cidade de São Paulo em outubro de 2020, com os representantes das principais companhias aéreas do país, o Governo da Professora Fátima Bezerra anuncia a volta das operações da Azul Linhas Aeréas na cidade de Mossoró a partir de primeiro de março de 2021.

Chegando a Mossoró, o turista ou viajante voará a bordo de aviões modelo ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros. O retorno da operação irá conectar o Estado do Rio Grande do Norte com a cidade de Recife, principal hub da Azul no Nordeste, alcançando conectividade com turistas de destinos como Belém, Teresina, Manaus, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

Para a governadora Fátima Bezerra, as reuniões ocorridas na capital paulista foram decisivas para confirmarem a volta dessa operação. “Nosso objetivo era o de reconquistar a malha aérea para o Rio Grande do Norte, que é tão importante para a atividade econômica e desenvolvimento do Estado, especialmente retomar os voos regulares para a cidade de Mossoró, segunda maior cidade do RN”, declara.

“Já planejávamos o retorno de nossas operações em Mossoró no início do próximo ano e antecipamos a volta em função de um pedido do governo do estado. Sabemos da importância da ligação aérea para Mossoró e região e vivemos um período de retomada do turismo, seja a lazer ou a trabalho. A reconexão com Recife permitirá que nossos Clientes se desloquem para qualquer destino doméstico e internacional operado pela Azul, o que proporcionará conveniência e comodidade aos viajantes”, destaca John Rodgerson, presidente da Azul.

Os voos seguirão todos os protocolos de higiene e segurança sanitária adotados pelo plano de retomada da economia do Estado do Rio Grande do Norte, destino certificado com o selo Safe Travels, da WTTC (Organização Mundial de Turismo). E começarão a ser comercializados a partir deste sábado, 19 de dezembro de 2020.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO DUARTE disse:

    Gov. Fátima.. Tá certo…
    Qual foi a outra reconquista para melhorar a malha aérea do RN, que a governadora diz ter conseguido na tal reunião, na capital paulista, além dos voos para de Mossoró?
    Seria bom o esclarecimento, caso contrário fica a impressão que filho bonito têm um monte de pais, já filho feio…

    • Manoel disse:

      Rosalba falou a mesma coisa ontem em Mossoró, que foi fruto do seu trabalho junto a azul

COVID: Sesap renova TAC para abertura de dez leitos críticos de UTI no Hospital São Luís em Mossoró

A Secretaria de Estado de Saúde Pública reabrirá dez leitos críticos de UTI no Hospital São Luís em Mossoró, diante do contexto da pandemia porCovid -19, e a oscilação de casos confirmados e da taxa de ocupação na 2ª Região de Saúde.

A audiência com o Ministério Público acontecerá no próximo dia 08 de dezembro e a previsão é que os leitos estejam em funcionamento no dia 15. O Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta – TAC será feito entre APAMIM, SESAP e SMS de Mossoró. O Estado entrará com 70% do financiamento para a manutenção dos leitos e o município com 30%.

O hospital contava desde maio com 65 vagas, sendo 40 de UTI e 25 leitos clínicos e devido à baixa procura pelos leitos, desde outubro contava com 50 leitos no total e atendeu mais de 700 pacientes de Mossoró e região.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Richard disse:

    Fabio, quantos leitos tem disponíveis hoje?? O silêncio diz tudo!

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Cadê o hospital de campanha de Natal?? Nem a prefeitura e nem a imprensa fala mais dele…

    • Fábio disse:

      O Hospital da Prefeitura está funcionando normalmente, ali onde ficava o Hotel Parque da Costeira.

Liga de Estudos e Combate ao Câncer vai parar serviços por causa da falta de repasse da prefeitura de Mossoró

A Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) comunica a sociedade Potiguar que, em razão da falta de repasse financeiro por parte da Prefeitura Municipal de Mossoró irá paralisar a realização de cirurgias eletivas a partir de amanhã (02 de dezembro).

Os débitos em atraso são referentes a produção do mês de setembro de 2020, que soma R$ 747.340,71 e ao plus do mês de agosto de 2019, que corresponde a R$ 371.099,21, valor este já enviado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte e não repassado pela Prefeitura Municipal de Mossoró.

Recentemente foi realizada uma negociação com a Secretaria Municipal de Saúde, onde na ocasião foi firmado um compromisso verbal de quitar um débito no valor de R$ 381.331,96 parcelado em três vezes. Esta quantia seria destinada ao pagamento de procedimentos cirúrgicos já autorizados, mas que ainda se encontravam em aberto.

Na última sexta-feira (27 de novembro) foi emitido um comunicado esclarecendo a todos da real situação e pendências financeiras da Prefeitura Municipal de Mossoró para com a Liga Mossoroense. A Prefeitura nos informou e emitiu nota explicando que ontem (30 de novembro), estaria realizando o repasse referente a produção do mês de setembro do ano corrente. No entanto, até o presente momento não obtivemos a efetiva resolução do problema.

É importante ressaltar que somados todos os débitos dos valores do plus da Prefeitura Municipal de Mossoró para com a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer, dos anos de 2018 à 2020, a dívida com a instituição chega a R$ 9.085.350,19.

Apesar de todos os esforços feitos por parte da Liga Mossoroense em buscar acordos com a Prefeitura Municipal de Mossoró, não houve por parte deste Poder Executivo manifestação que indicasse a solução do problema. A instituição lamenta pelos pacientes que serão prejudicados e espera poder retornar com este serviço o mais breve possível.

A Liga Mossoroense é referência no tratamento oncológico em Mossoró e região, atendendo cerca de 64 municípios, compreendendo as II, IV e VI regiões das Unidades Regionais de Saúde Pública (URSAP), com um fluxo de aproximadamente 350 pacientes/dia.

Paulo Henrique Lima do Monte

Presidente da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC)

Mossoró-RN, 01 de dezembro de 2020.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pronto falei disse:

    Prefeita é a responsável. Se fosse pra valer, deveria ter penas contundentes.

  2. Mgil disse:

    Absurdo. Num país sério o prefeito estaria preso.

Leitos de UTI para pacientes com covid-19 na Divino Amor, em Parnamirim, e Tarcísio Maia, em Mossoró, estão com 100% de ocupação, destaca reportagem

O Hospital Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, e o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, já não têm mais leitos críticos de internação para pacientes com covid-19. A situação na capital também tem piorado nos últimos dias. Os leitos no Hospital Giselda Trigueiro estão com 65,38% de ocupação, o Hospital Colônia Dr João Machado está com 60% e o Hospital de Campanha da Prefeitura de Natal está com 47,37% de ocupação. Mais detalhes AQUI, no Saiba Mais – agência de reportagem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alberto Alves disse:

    BG chama alguém do Ministério Público e do TRE, para se pronunciar a respeito da eleição e tudo o que foi permitico, porque os principais responsáveis são eles por esta notícia… Eles terão responsabilidades com os próximos mortos que vem aí…
    E a quem foi pra passeata e carreata, espero que o seu Covid não te leve ao cemitério sem a passeata do enterro.

  2. Flávio disse:

    E o povo continua a ser fantoche. Antes de se iniciar a campanha tinhamos vários políticos e celebridades pregando o fique em casa, quando se iniciou a campanha este povo além de ficarem calados promoviam as campanhas. Hipocrisia total, pois eles sabem que tem um bocado de besta para garantir o sustento deles.
    Tá tudo caladim agora.

  3. Aprígio Acari RN disse:

    Tem muita gente que não acredita no Covid é agora ele volta com força.
    Jesus Amado só Vc na Causa.

  4. Jailson disse:

    Os hospitais do Coração e São Lucas estão um caos! Muita gente c sintomas de Covid.

  5. Fernando Sales Ribeiro disse:

    Deveriam ter marcado o carnatal 15 dias antes das eleições, era o período que o vírus tirou férias em todo país e o povo se aglomerou para escutar promessas irrealizáveis.
    O que vem ocorrendo é o efeito de "infecção de rebanho" como os médicos classificam.
    O número de infectados vai crescer, sim, contudo será OPOSTO AO NÚMERO DE MORTES.
    Assim como todas as doenças mataram em seu início, quando a medicina não sabia lidar,
    com o covid 19 já existem protocolos de tratamento com COMPROVADA EFICIÊNCIA e com isso, as mortes serão em número muito, muito menor que as registradas de maio a agosto de 2020.

  6. Andre Pinto disse:

    O que mais estranha é que até domingo 15/11 o COVID tinha acabado.

    A imprensa comprada dava guarida as aglomerações e shows.

    Agora ficam com esse lenga lenga.

    Esse país realmente não é para amadores ..

  7. pereira disse:

    Seria bom Encaminhar esses doentes par as casas dos politicos que promoveram Aglomerações e Passeatas, culminando para uma Maior disseminação do covid-19.

    • Calígula disse:

      Os políticos do PT não aceitaram acomodar os venezuelanos vítimas das atrocidades do ditador Nicolás Madurete, vão aceitar os com covid.

  8. Calígula disse:

    Eu gosto de cameata com minha gata.

  9. Calígula disse:

    Esse povo merece é chibata . Vamos para as carreatas, passeatas, comícios.

  10. PABLO disse:

    MANDA ESSE POVO PARA AS CARREATAS.