Revista em Alcaçuz apreende celulares, armas artesanais e drogas

A direção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz – maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, localizado em Nísia Floresta, confirmou a realização de uma revista na manhã desta terça-feira (17), que resultou na apreensão de oito celulares com chips, drogas e armas artesanais. Todo o material foi localizado no Pavilhão 2.

Segundo a diretora da unidade, Dinorá Simas, parte dos objetos achados estavam escondidos dentro de um buraco em uma das celas. Na ocasião, ainda foram encontradas cartas de baralho, carregadores de celulares e 100 gramas de drogas, divididas entre maconha, crack e cocaína. Por fim, ainda foi encontrada uma ferramenta feita de madeira que pode servir para escavar túneis.

Após a revista, a direção da unidade confirmou que uma sindicância será instaurada para apurar como os objetos foram parar no pavilhão.