Revista em Alcaçuz encontra 46 celulares, 22 facas, fones de ouvido e maconha

Os agentes penitenciários do Presídio Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, realizaram uma grande operação de vistoria em dois pavilhões daquela unidade, durante a manhã desta quinta-feira (8). A revista nos setores I e II resultou na apreensão de droga, celulares, facas e serras que seriam usadas em tentativas de fugas.

O trabalho teve início por volta das 9h30, contando com uma média de 30 agentes penitenciários. O pente fino foi comandado pela nova direção de Alcaçuz, juntamente com o Grupo de Operações Especiais (GOE). Em cada um dos pavilhões revistados estão aproximadamente 180 detentos.

Apesar disso, apenas os agentes conseguiram realizar o trabalho, sem precisarem da intervenção da Polícia Militar. De acordo com a direção de Alcaçuz, foram encontrados 46 celulares, 30 carregadores, 40 fones de ouvidos, 22 facas artesanais, aproximadamente 20 trouxinhas de maconha e mais cinco serras.

A ação desencadeada hoje foi denominada de Operação Limpeza e faz parte de uma nova linha de trabalho da direção da maior penitenciária do Estado. A ideia é utilizar um Núcleo de Inteligência Penitenciária para identificar setores com maior incidência de material ilícito e, principalmente, coibir a corrupção no sistema prisional.

*Fonte: Assessoria / Sindasp-RN / Portal BO