Diversos

Sesed ativa Centro de Comando para acompanhar manifestação em Natal neste domingo

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) irá ativar, a partir das 14h deste domingo (26), o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) para monitorar a manifestação do próximo domingo, que ocorre em Natal a partir das 15h no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira.

Veja mais: Em ato nacional, grupos de direita realizam no domingo manifestação nas imediações do Midway

Estarão presentes: Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Polícia Civil; Instituto Técnico e Científico de Perícia; Polícia Rodoviária Federal; Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana; Guarda Municipal.

Opinião dos leitores

  1. fico feliz que todo esse aparato estejam conosco na nossa reivindicação, todos esses guerreiros com certeza se estivessem de folga estariam lá com a nossa bandeira verde e amarela gritando dias melhores por a nossa nação…Brassilllllll com certeza amanhã estarei lá.

  2. Se voces escolhem o dia de descanso para se manifestar o problema é de vocês, nem por conta disso acho vocês idiotas úteis! Apenas laranjas úteis!!!

    1. Estávamos trabalhando no dia em que voces atrapalhavam o transito !!!

  3. Não precisa, são pessoas querem o bem do país, não tem os bandidos petralhas. primeiro, vejam que a escolha do dia, não prejudica as pessoas nos seu afazeres normais do dia a dia. Diferente dos canalhas, que preferem dias e locais que atrapalhem a vida das pessoas.

  4. É a gove do góipi colocando a polícia no cangote dos manifestantes da direita… Fossem do MST, da CUT, UNE ou da sindicalha ela mandava pão e mortadela.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia foi recebida com brutalidade, fuzis e granadas, diz governador do Rio


Foto: Fabiano Rocha/Agência o Globo

O governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), afirmou que Polícia Civil foi recebida de forma brutal por criminosos ao entrar na manhã de quinta-feira (6) na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio. O número de mortos no massacre subiu para 28 nesta sexta (7).

“A reação dos bandidos foi a mais brutal registrada nos últimos tempos. Armas de guerra prontas para repelir a ação do estado e evitar as prisões a qualquer custo. Em nenhum lugar do mundo, a polícia é recebida com fuzis e granadas quando vai cumprir seu papel”, afirmou.

Em vídeo divulgado no início da noite, Castro disse ainda que a ação foi precedida de longa investigação que revelou uma rotina de terror e humilhação imposta pelo tráfico aos moradores da comunidade. O governador afirmou também que a operação foi previamente planejada.

“Antes de mais nada é preciso deixar claro que a operação de ontem, relizada pela polícia civil, foi o fiel cumprimento de dezenas de mandados expedidos pela Justiça. Foram dez meses de investigação que revelaram a rotina de terror e humilhação que o tráfico impôs aos moradores.”

Segundo ele, “crianças eram aliciadas e cooptadas pelo crime. Famílias inteiras eram expulsas de suas casas e mortas”.

No entanto, o processo indicado pela Polícia Civil ao Ministério Público do Rio de Janeiro como objetivo da operação apresentava fotos de 21 homens publicadas em redes sociais, com suas identificações completas.

O governador relatou ter conversando com o procurador-geral da República, Augusto Aras, e com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin sobre a operação. Castro conversou também com o procurador-geral de Justiça do Rio, Luciano Mattos, e com o defensor público-geral, Rodrigo Pacheco. “Tenham certeza que o Governo do Estado é o maior interessado em apurar as circunstâncias dos fatos.”

Na quinta-feira (6), o governador disse que acompanhava, desde as primeiras horas, a operação da Polícia Civil do Rio. Questionado se havia autorizado a operação, o governador disse que as ações são programadas pelas secretarias de polícia. Ele foi informado sobre a operação pela manhã.

“Eu não autorizo nenhuma operação, elas são sempre resolvidas na técnica pelas secretarias de polícia. Mas estou acompanhando desde as primeiras horas”, afirmou o governador, por mensagem.

Iniciada por volta das 6h, com autorização do STF (Superior Tribunal Federal), a ação ocorreu cinco dias depois do discurso de posse no qual Castro prometeu criar “uma polícia que esteja próxima do povo”.

Realizada nos jardins do Palácio Guanabara, a solenidade marcou a posse definitiva de Cláudio Castro, após impeachment do antecessor, Wilson Witzel.

“Vou continuar enfraquecendo as milícias, reduzindo as taxas de crime, buscando cada vez mais uma polícia que preserve vidas, sobretudo as dos nossos bravos e guerreiros policiais. Uma polícia que atue com inteligência, que seja próxima do cidadão”, discursou.

Castro prometeu criar “uma polícia de proximidade, que também atue nos bairros, não apenas nas áreas comerciais e turísticas”. E concluiu: “Uma polícia que esteja próxima do povo”.

Horas antes, ao discursar na Assembleia Legislativa do Rio, Castro afirmou que segurança pública é sinônimo de vida. “É meu compromisso reduzir índice de violência, sempre nos baseando em inteligência e investigação.”

FolhaPress

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

CBF define datas dos jogos entre ABC e Chapecoense pela 3ª fase Copa do Brasil

Foto: divulgação/CBF

A CBF divulgou nesta sexta-feira a tabela detalhada da terceira fase da Copa do Brasil, com datas, horários e locais dos jogos.

A partir de agora, as partidas são de ida e volta, com 32 times disputando as vagas das oitavas de final.

Único representante potiguar na competição, o ABC enfrenta a Chapecosense/SC no dia 2 de junho às 16h30, na Arena Condá, em Santa Catarina e recebe o time catarinense no Frasqueirão no dia 9 de junho, às 16h30, em partida que define uma vaga nas oitavas de final.

Os times que avançarem às oitavas de final acumularão mais R$ 2,7 milhões. Na terceira fase, não há o gol qualificado. Em caso de empate na soma dos placares do confronto, disputa de pênaltis.

Confira todos os duelos da 3ª fase da Copa do Brasil

América-MG x Criciúma
Ida (20/05): às 19h no Independência (MG)
Volta (27/05): às 20h Heriberto Hulse (SC)

Vila Nova x Bahia
Ida (01/06): às 16h30 no Onésio B. Alvarenga (GO)
Volta (09/06): 19h no Pituaçu (BA)

Cianorte x Santos
Ida (01/06): às 19h no Albino Turbay (PR)
Volta (08/06): às 16h30 na Vila Belmiro (SP)

Fluminense x Bragantino
Ida (01/06): às 19h no Maracanã (RJ)
Volta (08/06): às 19h no Nabi Abi Chedid (SP)

4 de Julho x São Paulo
Ida (01/06): às 21h30 no Albertão (PI)
Volta (08/06): às 19h no Morumbi (SP)

Boavista x Vasco
Ida (01/06): 21h30 no Elcyr Resende (RJ)
Volta (09/06): às 16h30 em São Januário (RJ)

Grêmio x Brasiliense
Ida (02/06): às 16h30 na Arena do Grêmio (RS)
Volta (09/06): às 19h no Mané Garrincha (DF)

Chapecoense x ABC
Ida (02/06): às 16h30 na Arena Condá (SC)
Volta (09/06): às 16h30 no Frasqueirão (RN)

Fortaleza x Ceará
Ida (02/06): às 19h no Castelão (CE)
Volta (10/06): às 19h no Castelão (CE)

Remo x Atlético-MG
Ida (02/06): às 19h no Baenão (PA)
Volta (10/06): às 19h no Mineirão (MG)

Corinthians x Atlético-GO
Ida (02/06): às 21h30 na Arena Corinthians (SP)
Volta (09/06): às 21h30 Antônio Accioly (GO)

Coritiba x Flamengo
Ida ( 02/06): às 21h30 no Couto Pereira (PR)
Volta (09/06): às 21h30 no Maracanã (RJ)

Cruzeiro x Juazeirense
Ida (03/06): às 16h30 no Mineirão (MG)
Volta (10/06): às 16h30 no Adauto Morais (BA)

Avaí x Athletico
Ida (03/06): às 19h na Ressacada (SC)
Volta (10/06): às 19h na Arena da Baixada (PR)

Vitória x Internacional
Ida (03/06): às 19h no Barradão (BA)
Volta (10/06): às 21h30 no Beira-Rio (RS)

CRB x Palmeiras
Ida (03/06): às 21h30 no Rei Pelé (AL)
Volta (09/06): às 19h no Aliianz Parque (SP)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Maior estudo evolutivo de coronavírus confirma origem do Sars-CoV-2 de morcegos para humanos

A origem do Sars-CoV-2 foi a partir de um coronavírus de morcegos, e não de pangolins – Foto: Brock Fenton/ Nature Publishing Group/ AFP

O maior estudo evolutivo de coronavírus confirmou a origem do Sars-CoV-2 a partir de um coronavírus de morcegos, e não de pangolins, e ainda traz um alerta sobre a importância de investigar vírus nesses animais como uma estratégia global de monitoramento de endemias, e não apenas em situações de emergência sanitária.

Algumas teorias de como o novo vírus passou para o homem surgiram já em 2019, com a hipótese de ser um coronavírus de morcego que primeiro infectou pangolins e depois humanos, com base na proximidade dos vendedores e clientes com esses animais em mercados de animais de Wuhan, onde foram registrados os primeiros casos.

A pesquisa foi conduzida no Centro de Pesquisa em Bioinformática da Universidade da Carolina do Norte em Charlotte (UNCC), liderada pelo professor Daniel Janies, do mesmo centro, e tem como primeiro autor o brasileiro e bioinformata Denis Jacob Machado, que é também pesquisador de pós-doutorado na UNCC.

O artigo científico foi publicado na última semana na revista Cladistics, a mais renomada para análises evolutivas dos seres vivos.

A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) enviou especialistas a Wuhan neste ano com o objetivo de encontrar respostas para essa pergunta. O relatório divulgado pela entidade no final de março sugeria a origem a partir de morcegos, mas os cientistas não encontraram evidências de que o paciente zero tenha frequentado um mercado de animais local.

Muitos dos estudos dos coronavírus até então focavam em alguns poucos genes comuns entre as diferentes espécies e não incluíam, por exemplo, informações determinantes sobre qual o tipo de hospedeiro daquele vírus.

O estudo é inovador, além da amostragem ampla, em apresentar as principais anotações dos genomas, que é basicamente organizar em partes conhecidas e separáveis as diferentes sequências genéticas dos coronavírus. Para isso, foi implementada uma ferramenta especial para juntar e comparar essas anotações, desenvolvida pelo bioinformata. “É parecido com decidir qual casa alugar: você compara a localização de uma com a outra, mas não compara cor de uma com o número de quartos da outra. Localizações são comparáveis; cor e número de quartos são coisas diferentes”, explica Machado.

“Sem genomas anotados, análises evolutivas ficam restritas ou a genomas muito semelhantes entre si, como apartamentos que estejam em um mesmo prédio, ou a certa característica que esses genomas tenham em comum e que seja mais fácil comparar, como preço entre os imóveis na nossa analogia das casas, e com isso podemos deixar passar informações importantes.”

Para entender melhor como foi feito o estudo, os estudos de filogenia que buscam entender a história evolutiva de um grupo são feitos com um conjunto de dados (por exemplo, o genoma) de um determinado grupo ou conjunto de organismos (por exemplo, diferentes espécies de felinos). Dificilmente vamos tentar entender a origem e evolução do ser humano comparando nosso genoma com o de cavalos, por exemplo.

Nesse sentido, as pesquisas evolutivas publicadas até então, que haviam sido aceleradas devido à emergência sanitária, pecaram tanto no número de espécies incluídas quanto no uso de dados fracos, que não conseguiam explicar de maneira suficiente essa história, diz Machado.

“Uma dificuldade inevitável de se estudar a evolução de coronavírus é que pode haver a mistura de genes provenientes de indivíduos diferentes [recombinação gênica]. Felizmente, apenas uma parcela do genoma dos coronavírus é afetada por eventos de recombinação. Analisando mais genomas em um conjunto, conseguimos identificar esses eventos que causam ruído na análise. É como olhar uma pintura do Monet [Claude Monet, pintor impressionista]. De perto, as pinceladas separadas parecem uma mancha sem contorno; porém, ao se ampliar e olhar o todo, as pinceladas se organizam e criam a imagem”, explica.

A análise feita por Machado e seus colegas, no entanto, incluiu mais de 2.000 genomas únicos de coronavírus de quatro gêneros diferentes da subfamília Orthocoronavirinae: Deltacoronavirus (DeltaCoV) e Gammacoronavirus (GammCoV), típicos de aves, e Alphacoronavirus (AlphaCoV) e Betacoronavirus (BetaCoV), que podem infectar os humanos.

Exemplos de betacoronavírus que infectam os humanos, além do Sars-CoV-2, são o Sars-CoV (responsável pela epidemia da Sars, entre 2002 e 2003) e o Mers-CoV (causador da síndrome respiratória do Oriente Médio), que passaram de morcegos para humanos; HCoV-4408 e HCoV-OC43 (de bovídeos para humanos) e o HCoV-HKU1 (de roedores para humanos). Já o alfacoronavírus HCoV-NL63 também partiu de morcegos para humanos.

Segundo o biólogo, dentre os coronavírus mais relevantes para a saúde humana, o estudo confirma que os morcegos foram fontes nos casos do Sars-CoV e Sars-CoV-2 e também tiveram papel fundamental na origem do Mers-CoV. “Houve vários eventos de transmissão entre dromedários e humanos quase imediatamente depois da infecção desses animais por coronavírus de morcegos”, explica.

O papel de hospedeiros intermediários na pesquisa também foi avaliado. “Nosso argumento é de que nada indica a necessidade de um hospedeiro intermediário [para o Sars-CoV-2], pois está claro que a infecção de outros mamíferos, como civetas [espécie de mustelídeo] e visons, ocorreu depois da infecção original em humanos, o que ilustra a capacidade dos coronavírus de migrarem entre mamíferos de espécies diferentes”, diz.

A conclusão da pesquisa traz uma mensagem importante: novos eventos de transmissão de coronavírus de animais para humanos devem surgir em um futuro próximo, sem ser possível prever quando será. “É imprescindível investir em pesquisa [de forma] contínua para catalogar e descrever a diversidade de vírus na natureza com potencial para infectar humanos, e isso depende não só de um sistema de vigilância mas também de investimento em ciência.”

“Essas pesquisas são de difícil financiamento e frequentemente negligenciadas até que, por exemplo, um novo patógeno surge de uma fonte natural até então considerada de baixa importância. Quando falamos em esforços globais para monitoramento de doenças emergentes, falamos também em criar pontes que cruzem o abismo entre a pesquisa básica e a pesquisa aplicada.”, afirma.

FolhaPress

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia

Programa Papo de Fogão do Dia das Mães recebe os chefs Rômulo Fernandes e Mário César com preparos especiais para a data

O Papo de Fogão dessa semana é especial para o Dia das Mães e vamos trazer dois preparos que vão conquistar a sua rainha! Arroz de Camarão.

Esse será o nosso preparo dessa semana com o Chef Rômulo Fernandes dos restaurante Al Dente Cucina, de João Pessoa. Um prato perfeito para surpreender a sua mãe em um dia tão especial.

E a dica rápida vai para os amantes de burgers. O Chef Mário César vai nos ensinar a fazer o famoso Burger do Poeta!

Não dá pra perder, hein!

Confira os horários e dias e fique ligado!

SÁBADO
Band Nordeste
Alagoas, 07h
Maranhão, 09h
Piauí, 10h30
Tv Correio/Record
Paraíba, 13h30

DOMINGO⠀
RIO GRANDE DO NORTE – TV Tropical – 10h

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil chega a 34,9 milhões de vacinados com a 1ª dose de vacina contra covid, 16,49% da população

Foto: Jonathan Campos/AEN

Balanço da vacinação contra Covid-19 desta sexta-feira (7) aponta que 34.914.631 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 16,49% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 17.578.127 pessoas (8,30% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

No total, 52.492.758 doses foram aplicadas em todo o país.

De ontem para hoje, a primeira dose foi aplicada em 694.199 pessoas e a segunda dose em 243.057, com um total de 937.256 doses aplicadas neste intervalo.

Total de vacinados, segundo os governos, e o percentual em relação à população do estado:

  • *AC: 1ª dose – 96.737 (10,82%); 2ª dose – 37.029 (4,14%)
  • AL: 1ª dose – 475.455 (14,19%); 2ª dose – 225.449 (6,73%)
  • AM: 1ª dose – 619.694 (14,73%); 2ª dose – 328.187 (7,80%)
  • AP: 1ª dose – 95.260 (11,05%); 2ª dose – 41.213 (4,78%)
  • BA: 1ª dose – 2.630.872 (17,62%); 2ª dose – 1.240.151 (8,31%)
  • CE: 1ª dose – 1.400.501 (15,24%); 2ª dose – 758.421 (8,26%)
  • DF: 1ª dose – 501.729 (16,42%); 2ª dose – 278.572 (9,12%)
  • ES: 1ª dose – 722.677 (17,78%); 2ª dose – 270.207 (6,65%)
  • GO: 1ª dose – 1.022.848 (14,38%); 2ª dose – 525.591 (7,39%)
  • MA: 1º dose – 949.836 (13,35%); 2ª dose – 445.981 (6,27%)
  • MG: 1ª dose – 3.630.093 (17,05%); 2ª dose – 1.866.488 (8,77%)
  • MS: 1ª dose – 594.270 (21,15%); 2ª dose – 222.992 (7,94%)
  • MT: 1ª dose – 458.210 (12,99%); 2ª dose – 215.918 (6,12%)
  • PA: 1ª dose – 1.262.270 (14,52%); 2ª dose – 576.244 (6,63%)
  • *PB: 1ª dose – 702.276 (17,39%); 2ª dose – 330.394 (8,18%)
  • PE: 1ª dose – 1.457.013 (15,15%); 2ª dose – 724.444 (7,53%)
  • PI: 1ª dose – 480.183(14,63%) ; 2ª dose – 236.811 (7,22%)
  • PR: 1ª dose – 1.917.810 (16,65%); 2ª dose – 1.049.549 (9,11%)
  • RJ: 1ª dose – 2.450.422 (14,11%); 2ª dose – 1.117.998 (6,44%)
  • RN: 1ª dose – 539.487 (15,26%); 2ª dose – 266.098 (7,53%)
  • RO: 1ª dose – 208.705 (11,62%); 2ª dose – 97.032 (5,40%)
  • RR: 1ª dose – 68.872 (10,91%); 2ª dose – 49.511 (7,84%)
  • RS: 1ª dose – 2.448.449 (21,43%); 2ª dose – 1.027.587 (9%)
  • *SC: 1ª dose – 1.163.617 (16,04%); 2ª dose – 629.036 (8,67%)
  • SE: 1ª dose – 338.690 (14,61%); 2ª dose – 155.432 (6,70%)
  • SP: 1ª dose – 8.485.148 (18,33%); 2ª dose – 4.751.488 (10,26%)
  • TO: 1ª dose – 192.771 (12,12%); 2ª dose – 109.274 (6,87%)

Quantas doses cada estado recebeu até 7 de maio

  • AC: 233.740
  • AL: 785.410
  • AM: 1.515.244
  • AP: 198.420
  • BA: 4.680.660
  • CE: 2.877.300
  • DF: 973.010
  • ES: 1.405.250
  • GO: 2.066.830
  • MA: 1.907.370
  • MG: 6.842.080
  • MS: 911.187
  • MT: 1.001.280
  • PA: 2.229.130
  • PB: 1.371.630
  • PE: 2.930.080
  • PI: 957.380
  • PR: 4.058.660
  • RJ: 4.391.120
  • RN: 1.086.910
  • RO: 476.968
  • RR: 206.980
  • RS: 4.667.910
  • SC: 2.330.090
  • SE: 648.540
  • SP: 14.588.560
  • TO: 430.060

Origem dos dados

  • Total de doses: números divulgados pelos governos estaduais.
  • As informações sobre população prioritária e doses disponíveis são do Ministério da Saúde.
  • As estimativas populacionais são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A informação é resultado de uma parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

CASO HENRY: Justiça aceita denúncia e Monique e Jairinho viram réus por assassinato

Foto: Reprodução/Record TV

A Justiça do Rio recebeu nesta sexta-feira (7) a denúncia do Ministério Público contra Monique Medeiros e o vereador Dr. Jairinho, acusados por homicídio triplamente qualificado pela morte de Henry Borel. A juíza Elizabeth Machado Louro, da 2ª Vara Criminal da Capital, também decretou a prisão preventiva da mãe e do padrasto do menino. 

A decisão considerou a possível coação de testemunhas por parte do casal e as conversas encontradas pela polícia no celular de Monique, que revelaram que ela sabia das agressões do namorado contra o filho.

Para a magistrada, outro ponto relevante foi o fato de a prisão temporária, no dia 8 de abril, ter sido cumprida em uma casa não informada aos investigadores.

No documento, a juíza destacou ainda que os fatos relatados no processo causaram forte clamor público.

“As circunstâncias do fato, pois, estão a reclamar a pronta resposta do Estado com a adoção da medida extrema provisória, até como forma de aplacar a nefasta sensação de impunidade”, declarou.

Denúncia do MP-RJ

Na quinta (6), o promotor Marcos Kac denunciou Monique Medeiros e Dr. Jairinho por homicídio triplamente qualificado e também por coação e fraude processual. A mãe responde pelo crime de homicídio por omissão, já que tinha o dever de proteção e vigilância.

Monique também é acusada de falsidade ideológica pelo fato de, em 13 de fevereiro – data de um episódio de tortura anterior ao dia da morte de Henry – ter prestado declaração falsa no Hospital Real D’Or, em Bangu, para onde levou o menino.

Em um trecho da denúncia, a promotoria relata que “os intensos sofrimentos físicos e mentais a que era submetida a vítima como forma de castigo pessoal e medida de caráter preventivo consistiam em agressões físicas perpetradas pelo denunciado Jairo Souza Santos Junior”.

Denúncias contra Dr. Jairinho:

– homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, impossibilidade de defesa da vítima e crueldade);
– tortura;
– coação de testemunha.

Denúncias contra Monique:

– homicídio
– tortura omissiva
– falsidade ideológica
– coação de testemunha

Defesas

Por meio de nota, a defesa de Monique declarou que a prisão preventiva de Monique é injusta e desnecessária e que “a verdade prevalecerá”.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Nova orla beneficia turismo e moradores de Pirangi

Foto: reprodução

O deputado federal Walter Alves (MDB) e o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, visitaram, na manhã de hoje (7), as obras de urbanização da orla de Pirangi. O projeto tem investimento superior a R$ 1 milhão proveniente de emenda parlamentar destinada pelo deputado e contrapartida do município.

De acordo com Walter Alves, a urbanização da orla trará mais qualidade de vida para moradores e turistas. “A obra que está sendo executada vai mudar a realidade dos moradores, veranistas e turistas de Pirangi. Atendemos o pleito do prefeito Taveira, e destinamos recursos para esse importante projeto”, contou o deputado.

As obras seguem aceleradas. Nesta semana, os trabalhos concluíram a drenagem, com a instalação das tubulações. A nova orla vai contar com calçadão, acessibilidade, iluminação em led e ciclovia. “Queremos concluir o serviço no prazo de seis meses. Agradecemos a parceria do deputado Walter Alves que sempre ajuda Parnamirim”, disse o prefeito Rosano Taveira.

Acompanharam a visita de Walter e Taveira às obras da orla de Pirangi, o presidente da Câmara de Parnamirim, Wolney França, e o vereador Irani Guedes.

Opinião dos leitores

  1. Tomara que essa nova orla de Pirangi não vire feira de ambulantes a céu aberto e latrina como virou o calçada de ponta negra… Espero que fique mais parecido com a orla das demais praias urbanas do Nordeste pq de podre já temos a orla de Natal !

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Prouni divulga aprovados em vagas remanescentes do primeiro semestre

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta sexta-feira (7) o resultado (veja aqui) do processo de ocupação de bolsas remanescentes do processo seletivo para 1º semestre de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni). Agora, os candidatos selecionados deverão entregar, entre os dias 10 e 13 de maio, a documentação comprobatória das informações declaradas no ato da inscrição.

Esta é a primeira edição do processo de ocupação de bolsas remanescentes do Prouni em que a classificação dos candidatos se dá por ordem de melhor desempenho obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), considerando qualquer uma das edições do exame ocorridas nos últimos dez anos. Os candidatos que realizaram mais de um Enem tiveram considerada, para efeito de classificação, a edição em que obtiveram a maior média no conjunto de provas.

As bolsas remanescentes são aquelas não preenchidas no processo seletivo, nas duas chamadas regulares e também na lista de espera do programa. A disponibilidade dessas bolsas ocorre por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo. O Ministério da Educação (MEC) ainda não divulgou a quantidade de vagas remanescentes. Neste semestre, o Prouni ofereceu, no total, mais de 162 mil bolsas.

O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

É necessário também que o estudante tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa, e, nesse caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

O candidato pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil. As notas de corte de cada curso são disponibilizadas pelo sistema em caráter informativo. O candidato pode acompanhar as notas de corte e alterar suas opções até o encerramento das inscrições. A inscrição válida é sempre a última confirmada pelo candidato.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

“Natal ficou parada no tempo”, diz presidente do Sinduscon ao pedir celeridade na votação do Plano Diretor

Foto: reprodução

O empresário e presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do RN (Sinduscon), Silvio Bezerra disse que espera que o Plano Diretor de Natal seja votado rapidamente pela Câmara Municipal.

“Esperamos que isso seja votado rápido porque a cidade está parada. Há 4 anos as pessoas que esperam desenvolver projetos esperam que o Plano seja regulamentado para se adequar à nova realidade Natal ficou parada no tempo”, lamentou o empresário em entrevista na manhã desta sexta-feira (7) ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News Natal

“A gente tem a esperança de que o trabalho feito por mais de quatro anos por arquitetos e urbanistas seja respeitado como espinha dorsal do que será discutido na Câmara”, defendeu o Silvio que citou ainda o exemplo de João Pessoa, na Paraíba, como uma cidade que está se desenvolvendo.

A retomada dos debates da revisão do Plano Diretor de Natal ocorreu na quarta-feira (05) e a volta das reuniões de segmento na quinta-feira (06). Após isso, as propostas de revisão e edição de artigos dos segmentos serão apresentadas e de 14 a 16 de junho a votação ocorre. Após a decisão, a proposta será encaminhada à Câmara Municipal de Natal.

Com informações da Tribuna do Norte

Opinião dos leitores

  1. Vamos construir espigões. Isso é prosperidade. Quero comprar um AP no prédio que vai ser construído ao lado do Morro do Careca.

    1. Vagabundo não gosta que gerem empregos, prefere o atraso , imbecil , idiota , caminhe pelo orla de JOÃO PESSOA? Só VAGABUNDO PREFERE O LIXO

  2. Isso eh verdade! Mas não adianta modernizar o plano diretor se não houver melhorias e desburocratização no processo de concessão de licenças pras edificações…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

OPERAÇÃO JARARACA: MPRN apura plano de facção criminosa para matar policiais

Foto: Demis Roussos/Governo do RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira (7) a operação Jararaca. O objetivo é apurar um possível plano de uma facção criminosa para executar dois policiais militares que atuam na região Seridó.

A operação Jararaca, que contou com o apoio da Polícia Militar, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão nas cidades de Carnaúba do Dantas e Jardim do Seridó.

Foram encontradas drogas com um dos três investigados na operação. Esse homem foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Caicó, onde foi preso lavrado o flagrante.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *