Judiciário

MPRN institui Gabinete de Crise Ambiental para acompanhar danos do petróleo no litoral

Foto: Ilustrativa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instituiu um gabinete de crise em razão da recente poluição de praias, estuários e áreas de mangue no Estado, em decorrência do lançamento de petróleo em águas oceânicas brasileiras. O Gabinete de Crise Ambiental terá atuação em regime de Força-Tarefa Interestadual integrada pelos Ministérios Públicos do RN, de Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Paraíba.

No documento, que foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (5), o procurador-geral de Justiça destaca que não há notícia de definição do volume da descarga nem do volume que ainda possa vir a ser descarregado, localização atual, extensão e trajetória prevista da mancha de óleo, por ainda não ter sido confirmada a autoria do seu lançamento no mar, o que demanda maior precaução. “A força-tarefa terá abrangência interestadual tendo em vista que o dano ambiental em foco tem caráter regional”, disse.

No RN, o Gabinete de Crise Ambiental fomentará atuação integrada das Promotorias de Justiça dos municípios do litoral potiguar atingidos ou não pelo óleo, para articulação de medidas de prevenção e reação nas áreas de defesa do meio ambiente, cidadania, saúde e consumidor. Inicialmente, o grupo voltará atenções para os municípios de Senador Georgino Avelino, Baía Formosa, Canguaretama, Ceará-Mirim, Extremoz, Maxaranguape, Natal, Nísia Floresta, Parnamirim, Rio do Fogo, Tibau, Tibau do Sul e Touros.

O Gabinete funcionará como órgão auxiliar vinculado à Procuradoria-Geral de Justiça, em caráter excepcional e enquanto durar a crise e seus efeitos, composto pelo procurador-geral de Justiça e pelos coordenadores dos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (CaopMA), de Defesa da Saúde (Caop Saúde) e de Defesa da Cidadania e dos Direitos do Consumidor (Caop Cidadania).

Opinião dos leitores

  1. Este "gabinete de crise" do MP estadual terá tanta eficácia quanto um placebo prescrito por um "médico" de Cuba para um paciente louco de pedra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sesed ativa Centro de Comando para acompanhar manifestação em Natal neste domingo

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) irá ativar, a partir das 14h deste domingo (26), o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) para monitorar a manifestação do próximo domingo, que ocorre em Natal a partir das 15h no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira.

Veja mais: Em ato nacional, grupos de direita realizam no domingo manifestação nas imediações do Midway

Estarão presentes: Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Polícia Civil; Instituto Técnico e Científico de Perícia; Polícia Rodoviária Federal; Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana; Guarda Municipal.

Opinião dos leitores

  1. fico feliz que todo esse aparato estejam conosco na nossa reivindicação, todos esses guerreiros com certeza se estivessem de folga estariam lá com a nossa bandeira verde e amarela gritando dias melhores por a nossa nação…Brassilllllll com certeza amanhã estarei lá.

  2. Se voces escolhem o dia de descanso para se manifestar o problema é de vocês, nem por conta disso acho vocês idiotas úteis! Apenas laranjas úteis!!!

    1. Estávamos trabalhando no dia em que voces atrapalhavam o transito !!!

  3. Não precisa, são pessoas querem o bem do país, não tem os bandidos petralhas. primeiro, vejam que a escolha do dia, não prejudica as pessoas nos seu afazeres normais do dia a dia. Diferente dos canalhas, que preferem dias e locais que atrapalhem a vida das pessoas.

  4. É a gove do góipi colocando a polícia no cangote dos manifestantes da direita… Fossem do MST, da CUT, UNE ou da sindicalha ela mandava pão e mortadela.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *