STF mantém voto presencial na Câmara Federal

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rosa Weber indeferiu o mandado de segurança impetrado pelo PDT no STF contestando a votação presencial na eleição para a presidência da Câmara, marcada para o dia 1º de fevereiro.

O PDT, na ação, pedia um “sistema híbrido” de votação, ou seja, em que se poderia tanto votar presencialmente como de forma remota.

Lauro Jardim – O Globo