Política

Candidatos ao Governo divulgam compromissos para esta terça-feira

Os candidatos ao Governo, Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Araken Faria (PSL) encaminharam no inicio da noite de hoje (21), os compromissos políticos para esta terça-feira, dia 22 de julho.

O peemedebista Henrique Alves irá a Brasília cumprir agenda constitucional como Presidente da Câmara.

Já Araken Faria, pela manhã, as 8h, irá gravar os programas eleitorais de TV e rádio; pela tarde, as 15h, participa de caminhada no Centro de Natal e pela noite se reúne com lideranças do bairro de Igapó, as 19h.

Os demais candidatos ao Governo do Estado não encaminharam as agendas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Bombeiros reprovam arquibancadas provisórias da Arena das Dunas para Camarões e México e aciona Governo

Palco do jogo entre México x Camarões, nesta sexta-feira, às 13h, a Arena das Dunas não teve aval do Corpo de Bombeiros para a utilização de sua estrutura completa. Em inspeção realizada na quinta, a corporação observou que não havia fixação de cadeiras móveis e guarda corpos (proteção contra quedas) em pontos do estádio.

A princípio, o Corpo de Bombeiros faria uma nova inspeção nesta sexta de manhã para verificar se os serviços teriam sido completados da noite para o dia. Mas a Fifa proibiu os bombeiros de acessar o local nesta manhã.

Resultado: o Corpo de Bombeiros acionou a Secretaria de Segurança do Estado destacando que caso aconteça algum incidente, a Fifa é quem deverá ser responsabilizada.

“Na quinta, podemos dizer que 95% dos serviços estavam dentro dos critérios. Eu não sei se eles arrumaram. Pode ser que o jogo esteja com 100% das estuturas ajustadas. Informamos a secretaria no sentido de que qualquer incidente que ocorrer no estádio será de responsabilidade do organizador”, declarou ao UOL Esporte o tenente Christiano Couceiro.

De acordo com o tenente, se fosse um evento público, haveria isolamento nas áreas reprovadas. A Arena das Dunas possui aval do Corpo de Bombeiros em grande parte das estruturas. No entanto, setores que tiveram ajustes recentes, como o caso dos 11 mil assentos novos, ainda necessitariam de aprovação de novo projeto, o que não aconteceu.

O tenente do Corpo de Bombeiros informa que seguidos atrasos por parte dos organizadores impediram que fosse feita inspeção nas cadeiras móveis com antecedência. O setor foi completado somente nesta semana, dias antes da estreia da arena no Mundial.

“Inicialmente foi combinado que faríamos vistoria na terça, mas fomos informados de que não estava pronto. Adiamos. Na quarta observamos que estava 90%. Na quinta vimos um avanço nas estruturas, mas que ainda necessitaria de reparos nas cadeiras móveis e guarda corpos”

A Arena das Dunas chega para o Mundial como um dos estádios que mais preocupou o secretário-geral da Fifa Jérôme Valcke.

O dirigente alertou as autoridades de Natal, em abril, que seria preciso urgência na instalação de 11 mil assentos móveis. O serviço, segundo a organização da Copa, ficou pronto somente nesta semana.

A arena também receberá EUA x Gana, Japão x Grécia e Itália x Uruguai.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Como eles proibiram a vistoria do Corpo de Bombeiros, eles assumiram integralmente o risco e as consequências de algum acidente que porventura aconteça.

  2. Interessante a FIFA proibir a entrada do Corpo de Bombeiros na Arena das Dunas para uma inspeção, acho isso uma afronta e um desrespeito eles deveriam simplesmente interditar o local como fazem com outros estabelecimentos e impedir o funcionamento sem a devida autorização de funcionamento.

    Que empresa mais arrogante esta FIFA queria saber se nas copas da Alemanha e EUA eles também agiram assim, ou se é só aqui devido a subserviência do governo.

  3. Em que lugar nós estamos? Como pode a FIFA proibir entrada de autoridades em locais destinados ao publico? Será o inicio de um período de ditadura, onde os poderes públicos se curvam diante do caos!
    E ninguém faz nada?

  4. As autoridades públicas não podem se omitirem pelo fato da FIFA não ter permitido o acesso do Corpo de Bombeiros ao estádio.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *