FOTO: Polícia Civil deflagra operação contra tráfico de drogas em Parnamirim e prende três pessoas

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma investigação da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) resultou na deflagração da Operação Depuração, na manhã desta quarta-feira (17), em Parnamirim. Durante a ação, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e efetivadas três prisões em flagrante.

A Operação contou com apoio das equipes da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (Deatur), Delegacia Especializada de Capturas (Decap), da 2a. Delegacia de Polícia Civil de Natal e de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar.

Na residência do casal Jonas de Oliveira e Jeniffer de Oliveira, ambos com 33 anos, foram encontrados vários papelotes de cocaína, revólver calibre 38 com munição, balança, sacos para embalar droga e dinheiro fracionado. Na residência de Rafael Maranhão Scoralick, 32 anos, foram achadas porções de maconha e balança de precisão. Os três foram autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Severino Carnegie-Rockfeller disse:

    Quando a imagem que ilustra a matéria apareceu, comecei a rolar a pagina para baixo.
    Já tava pensando que era uma quadrilha de anões.

Polícia Civil deflagra Operação em Macaíba contra tráfico de drogas; três são presos

Na manhã desta quinta-feira (28), uma equipe de policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagrou a 2ª fase da Operação Cuité contra o tráfico de drogas, que resultou no cumprimento de oito mandados de busca e apreensão e na prisão de três suspeitos. Durante a Operação, dois homens foram presos em flagrante delito e outro mediante mandado de prisão, também foi apreendido um revólver e certa quantidade de maconha. Na ação foram encontrados diversos pássaros na residência de um dos investigados.

Francisco Rafael Duarte do Nascimento, “Rafinha”, 28 anos, foi preso em razão de mandado de prisão preventiva. Cícero de Souza Filho, “Juninho”, 30 anos, foi preso em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e já havia sido preso pelo crime de roubo. Allison Rodrigues Jacinto, “Oião”, de 22 anos, foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e também já havia sido preso pelo crime de roubo.

Na residência de um dos investigados, foram encontrados diversos pássaros guardados em desacordo com a lei, sendo lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência em desfavor de Clejoab Gomes Silva, de 24 anos, pela prática de crime ambiental. No mesmo imóvel, os policiais civis encontraram um rádio de comunicação, possivelmente usado na movimentação do tráfico de drogas da localidade.

Polícias fazem operação contra tráfico de drogas em escolas nos 26 estados e no DF e prendem 166 pessoas

Operação Anjos da Lei em Porto Alegre — Foto: Reprodução/Globo News

Atualizado às 13h55

Policiais civis de todo o país cumpriram mandados de busca e apreensão e prisões de envolvidos com o tráfico em 26 estados e no Distrito Federal pela Operação Anjos sem Lei nesta terça-feira (13).

Até as 9h foram cumpridos 131 mandados de busca e apreensão, 166 prisões, dessas, 74 foram em flagrante, e 21 adolescentes infratores apreendidos por tráfico na proximidade de escolas.

A operação é a quarta ação coordenada pelo Sistema Único de Segurança Pública (Susp) em que as polícias civis de cada estado atuam com a coordenação do Ministério da Segurança Pública. Segundo o presidente do Conselho Nacional de Polícias Civis e coordenador da operação Emerson Wendt, a estimativa é chegar a mil prisões.

“O objetivo não era aprender grande quantidade de drogas e dinheiro, mas prender traficantes em flagrante. A lógica do traficante é infiltrar adolescentes ou de aparência similar para ter proximidade maior com esse público ”, disse ele.

O delegado geral de Polícia Civil de São Paulo, Paulo Afonso Bicudo, disse que só em São Paulo foram mais de mil policiais envolvidos e 29 prisões em flagrantes. Segundo ele, a maior apreensão do estado foi em Jundiaí: 4 mil pinos de crack no Jardim São Camilo, próximo a duas escolas.

Durante coletiva no final da manhã desta terça, o ministro da Segurança Pública Raul Jungmann falou que o objetivo da operação é reprimir o tráfico nas imediações de escolas em todo o país, “algo em torno de 300 a 400 metros ao redor das escolas”.

“Nós sabemos que hoje infelizmente o tráfico ronda as nossas escolas e nossos estudantes e busca sobretudo desde uma idade bastante tenra levar a que jovens passem a serem usuários de drogas (…). Toda a sociedade é alcançada por esse tipo de atividade criminosa e dolosa nas proximidades das escolas porque isso afeta não só nossos jovens, mas todo o nosso futuro.”

De acordo com o ministro, a operação conta com 160 policiais civis. A ideia também é levar informações para as escolas para evitar a presença de traficantes em seu entorno.

G1

 

 

FOTOS E VÍDEO: Polícia Civil deflagra Operação Gota D´água contra tráfico de drogas na Grande Natal e prende seis pessoas

Uma investigação coordenada pela Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) da Polícia Civil resultou na deflagração da Operação Gota D´água, na Grande Natal, na manhã desta sexta-feira (27). A ação, que contou com apoio da Polícia Militar e com o trabalho de equipes de diversas delegacias, resultou na prisão de seis pessoas, sendo duas mulheres e dois homens, que foram presos em Natal e Parnamirim. Os investigados foram presos em cumprimento a mandados de prisão e um dos homens, que foi encontrado com drogas, também foi autuado em flagrante delito. Além das prisões, os policiais apreenderam veículos e apetrechos relacionados ao tráfico, como balanças de precisão e cadernetas com anotações.

Foram presos em cumprimento a mandados de prisão Alberto Carlos Cabral Sobrinho, 37 anos; Vanildo Fontes de Moraes; Maxwell da Silva Martins 33 anos; Luiz Ailson Freyre; Andreza Maia, 33 anos e Lara Jussara Nagib Freire Damasceno, 30 anos. Alberto Carlos Cabral também foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas, no apartamento onde ele foi detido, os policiais apreenderam aproximadamente seis quilos de maconha; duas balanças de precisão; cerca de R$ 514,00 e dois celulares.

Em residências alvos de mandados de busca e apreensão, os policiais apreenderam três veículos, sendo um Volkswagen modelo Polo cor preta; um Renault modelo Clio, cor preto e uma motocicleta Honda Broz 150. “Consideramos que esta Operação foi bastante exitosa e tudo o que apreendemos hoje servirá de material probatório para nossas investigações”, destacou o delegado adjunto da Denarc, Renê Lopes.