Polícia Civil autua suspeito de fazer apologia contra isolamento em Natal

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Natal divulgaram, nesta sexta-feira (03), a autuação de um homem de 46 anos, suspeito da prática de fazer apologia a fato criminoso.

De acordo com investigações, ele teria publicado em seu perfil, em uma rede social com aproximadamente 98 mil seguidores, um vídeo no qual incentivava as pessoas a infringirem uma determinação do Poder Público destinada a evitar a propagação do Covid-19. “Não respeitem o isolamento! Não respeitem esse pânico social, não façam parte do terror. Sigam suas vidas normais”, declarava o suspeito.

O homem foi intimado a comparecer à delegacia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, em seguida, foi liberado. O crime de apologia está previsto no Código Penal, sendo punível com uma pena de detenção de três a seis meses, ou multa.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cícero Aquino disse:

    Igual a ele tem muitos nas redes sociais e deveriam sim ser identificados e punidos.

  2. Gadoveio disse:

    Tinha que atuar o bosta lá do Planalto central!!

    • Caldas disse:

      Os petralhas sempre fizeram apologia às desordens, drogas, quebra de ordem democráticas e injúrias contra todos os que são contra seus objetivos espúrios de poder, e nunca nem foram intimados. O rapaz expressa sua opinião, sem atacar ninguém e ainda é ouvido por justiça. Foda mesmo, ditadura bem seletiva e repugnante

  3. Arthur disse:

    Não vai dar em nada, mas deveria ser punido.

  4. Vagner disse:

    Sei, enquanto bandas musicais, músicos (cantores) fazem apologia às drogas, estupros e violência contra as mulheres andam livres, levez e soltos por aí, bela justiça

  5. Carlos disse:

    Isso é uma ditadura?
    Está tipificado em lei o isolamento? Qualquer entendimento extensivo ao que previsto ao ordenamento jurídico é bastante perigoso.
    O espantoso é ver "buscadores" de holofote de plantão.

    • Nordestino disse:

      Saia meu velho, vá pra o Giselda trigueiro, pra Mossoró. Faça visitas aos doentes com corona

    • Carlos disse:

      'Nordestino', estou falando é de escolhas pessoais e do que previsto em lei. Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer algo senão em virtude de lei. Fora desse quadrado as determinações ou prisões são arbitrárias. Sua sugestão, desculpe, nada tem haver com o que falei, aliás, crime seria se contaminar de forma proposital e em seguida contaminar a terceiros de boa fé.

Covid-19: Polícia Civil abre investigação contra empresário que participou de festa no interior do RN durante isolamento

A Delegacia Municipal de Carnaubais divulgou, nesta quinta-feira (02), que instaurou um inquérito policial contra o empresário Francisco Chagas Neto, 28 anos, pela suspeita de ter cometido crimes vinculados à disseminação da Covid-19 em território potiguar.

O suspeito está sendo investigado pelo cometimento de três crimes: praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contaminado, ato capaz de produzir o contágio; causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos e o crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Segundo as investigações, Francisco Chagas Neto organizou uma festa, no dia 28 de março, quando estava em período de isolamento, devido à suspeita de estar contaminado com a Covid-19. Aproximadamente 20 pessoas participaram da festa que aconteceu na cidade de Carnaubais no Oeste potiguar. Um dia após a comemoração, o resultado do exame de Francisco Chagas deu positivo para a Covid-19.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado com PF, PM e Polícia Civil prende bando que agia no interior do RN

Foto: Ilustrativa

Na manhã desta terça-feira(24) a Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), e em ação consorciada com os Grupos Táticos Operacionais de Macau e Guamaré, e a Polícia Civil de Pendências,
Macau, Guamaré e Alto do Rodrigues/RN, efetuaram a prisão em flagrante de seis indivíduos, em um sítio na Zona Rural de Pendências, onde foram localizados diversos armamentos, vestimentas e petrechos utilizados para a prática de crimes.

Durante a ação policial, dois dos acusados resistiram à prisão e efetuaram disparos de arma de fogo contra os policiais envolvidos na diligência, os quais prontamente responderam à ação ilícita. Esses dois suspeitos foram socorridos e encaminhados para hospital da região, e os demais presos conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil em Pendências para a lavratura do procedimento devido.

Em diligências complementares, outros dois integrantes do bando foram presos em flagrante, na cidade de Alto do Rodrigues e estavam de posse de uma arma e motocicletas que haviam sido roubadas.

Durante a ação, foram ainda apreendidos dois revólveres, três espingardas, três motocicletas, balaclavas e roupas camufladas possivelmente utilizadas nas ações delituosas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Álvaro Ap Marques disse:

    Num clima que estamos vivendo gostaria de saber porque não tem vacina h1n1
    Acho que ele tem que ter vacinas no local do momento de abertura até seu fechamento

Polícia Civil deflagra operação e prende sete pessoas na região do Seridó

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó, com apoio da 3ª Delegacia Regional de Polícia e das Delegacias Municipais de Santa Cruz e Caraúbas, deflagraram, nesta quinta-feira (12), a “Operação Soledade”, no município de Caicó. Foram cumpridos sete mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão, no bairro Soledade, contra suspeitos de integrarem grupos criminosos atuantes no município.

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Caicó. Foram presos: Emerson Soares de Oliveira, conhecido como “Mecinho”,  Fagner Ribeiro de Oliveira, conhecido como “Fafá”,  João Victor da Silva, conhecido como “Cowboy”, José Alves Brito, conhecido  como “Zezinho”, Nadson Carvalho da Silva, conhecido como “NDS”, Nathan Gabriel Dantas, conhecido “Madimbu”,  Roberto Carlos Ferreira, conhecido como “Roberto DVD”. José Alves Brito e Robertos Carlos Ferreira também foram autuados em flagrante, respectivamente, pelos crimes de tráfico de drogas e violação de direitos autorais.

O trabalho investigativo realizado pela equipe da Delegacia Municipal de Caicó identificou possível envolvimento dos suspeitos em organização criminosa atuante na cidade e vinculação ao tráfico de drogas na região, além de outros crimes, como lavagem de dinheiro, descaminho, sonegação fiscal, posse ilegal de arma de fogo, crimes de homicídio e latrocínios ocorridos na cidade nos últimos anos.

O nome da operação remete ao bairro Soledade, local de cumprimento dos mandados e onde se constata atuação de grupos criminosos na prática do tráfico de drogas. A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181 ou do número da Delegacia Municipal de Caicó: (84) 99634-2422.

policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=226804&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Governo do RN autoriza concurso público da Polícia Civil com 301 vagas para escrivães, delegados e agentes

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (12) a autorização para realização do concurso público para a Polícia Civil. O Governo do Rio Grande do Norte autorizou a execução de um concurso público para preencher vagas nos cargos de delegado, agente e escrivão da Polícia Civil do estado.

Ao todo serão 301 vagas e a publicação do edital está prevista para até 180 dias a contar desta quinta-feira (12), data da divulgação no Diário Oficial do Estado (DOE). Em breve, será escolhida a banca e divulgado o edital.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael Pinheiro disse:

    Essa (des)Governadora é especialista em engabelar!!

    Fora Fátima!!!

  2. Sandra disse:

    Nao conto as vezes o governo do RN ja autorizou a realizacao desse concurso da PC. Mas contratar a empresa e lancar o edital que eh bom, nada!

  3. Artur Medeiros disse:

    De novo? O Governo está repetindo pauta?

Polícia Civil prende na Grande Natal suspeito por tentativa de homicídio contra companheira com pedaço de vidro

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da Zona Sul, com apoio da Delegacia Municipal de Extremoz, prenderam Oacy Carvalho da Silva, 31 anos, na manhã desta terça-feira (10), no bairro Moinho dos Ventos, na cidade de Extremoz. Ele foi preso mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pela 1a. Vara Criminal da Natal.

Oacy Carvalho é suspeito de ter tentado matar a companheira, de 24 anos, usando um pedaço de vidro e uma faca. De acordo com as investigações, na noite do dia 03 de março deste ano, o homem que não aceitava o fim de relacionamento, atacou a vítima no rosto, no peito e nas costas. A mãe da vítima, que estava no local, socorreu a vítima e chegou a receber ameaças do suspeito.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=226574&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

FOTO: Polícia Civil apreende arma e munições de fuzil no Paço da Pátria, em Natal

Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Natal, com apoio da Delegacia Especializada de Capturas (DECAP), apreenderam, na manhã desta segunda-feira (09), uma espingarda calibre 12, 12 munições .40, 66 munições de fuzil calibre 7.62, seis munições de calibre 12, além de dois carregadores, ambos de pistolas calibres .40 e .380.

As diligências, empreendidas após o recebimento de denúncias anônimas, foram realizadas na comunidade Paço da Pátria, na Zona Leste de Natal. Ainda no local, foram encontrados diversos pinos plásticos utilizados, comumente, para o armazenamento de drogas. Os responsáveis pelo material não foram encontrados.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Polícia Civil do RN participa de “Operação Marias”, desencadeada em todo o país, e prende quatro suspeitos

A Polícia Civil do RN divulgou, nesta sexta-feira (06), os resultados de uma operação que foi desencadeada em todo o país, nesta quinta-feira (05), denominada “Operação Marias”, com objetivo combater a violência doméstica e familiar contra a mulher. A ação, que é coordenada nacionalmente pela Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul, prendeu quatro suspeitos no RN. Em todo o Brasil, foram presos 331 suspeitos.

No RN, a Operação Marias foi efetivada pelas equipes das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM´s) da Zona Sul e Zona Norte da capital e pela DEAM de Parnamirim. Também houve a atuação de equipes das delegacias da Grande Natal e de Delegacias Regionais. A ação contou com o trabalho de 54 policiais civis e utilizou 16 viaturas. Durante a Operação, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.

A Operação Marias teve como objetivo desencadear ações preventivas e repressivas de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, alusivas ao mês de março, no qual se celebra o Dia Internacional da Mulher.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181,que ajudem a prender suspeitos que tenham praticado violência doméstica contra mulheres.

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=226291&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

FOTO: Polícia Civil fecha fábrica caseira de armas e prende homem no interior do RN

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Nova Cruz prenderam em flagrante, nessa segunda-feira (2), Erinaldo Eugênio de Oliveira, conhecido como “Severino Ferreira”, 53 anos. A prisão aconteceu na cidade de Passa e Fica.

Com Erinaldo Eugênio, foram encontrados: diversas espingardas de fabricação caseira, pólvora, chumbo, além de outros apetrechos. O material foi apreendido e o suspeito foi autuado em flagrante pela suspeita da prática dos crimes de posse e comércio ilegal de armas de fogo.

Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou do WhatsApp da 6a DRP, no número (84) 9 9224-4550.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Polícia Civil divulga imagens e procura suspeitos de roubo no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) divulgaram, na manhã desta segunda-feira (02), imagens do sistema de câmeras de segurança que podem auxiliar na identificação dos suspeitos da prática do crime de roubo, praticado no dia 13 de fevereiro de 2019, em Candelária, na Zona Sul de Natal.

De acordo com as investigações, a vítima do roubo, um homem residente no município de João Pessoa (PB), teria adquirido um veículo modelo Onix de cor preta, em Natal. No dia 22 de fevereiro de 2019, o homem retornou à Natal para resolver assuntos comerciais, no bairro Candelária, onde foi abordado por dois suspeitos.

Durante a abordagem, os suspeitos, que se passaram por policiais, comunicaram que levariam a vítima para uma área de matagal. Outros dois homens, que não aparecem nas imagens, estavam também envolvidos na ação criminosa, nas direções dos veículos: utilizado no roubo e do carro roubado.

Após alguns meses, diligências foram realizadas e o veículo roubado foi apreendido. Há ainda um terceiro homem que não foi identificado, ele teria sido o responsável pela guarda do veículo para a posterior negociação. Esse suspeito aparece em um vídeo feito para apresentar o carro.

A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima através do Disque Denúncia 181, que possam auxiliar na identificação dos suspeitos que aparecem nas imagens.

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=225896&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

FOTO E VÍDEO: Polícia Civil prende homem por tráfico de drogas na Zona Sul de Natal e apreende 120 garrafas de lança-perfume

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) prenderam em flagrante, nesta sexta-feira (21), um jovem de 24 anos. Ele foi preso no bairro Nova Descoberta, localizado na Zona Sul de Natal, pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas.

Durante as diligências, os policiais apreenderam com ele, aproximadamente, 120 garrafas de lança-perfume. O suspeito confessou que comprou os frascos pela internet, pelo valor unitário de R$ 50,00 e que revenderia, no Carnaval de Pirangi, cada frasco no valor de R$ 80,00, gerando um valor de R$9.600,00 com a venda das drogas.

O flagrante foi realizado após o recebimento de denúncia anônimas, informando que o suspeito receberia as drogas. No momento da prisão, foi constada a entrega, que estava sendo realizada por meio de um carteiro dos Correios. O jovem foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Sesap recua e não pede à Polícia Civil investigação de homem que disse ter tido contato com chineses no RN

Foto: Michelle Rincon/Arquivo/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(20) que a Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) recuou e não oficializou o pedido de investigação à Polícia Civil sobre o caso de um homem com sintomas de gripe que disse ter tido contato com chineses no RN. A partir da informação do paciente, que chegou a ficar internado em isolamento no Hospital Giselda Trigueiro, uma força-tarefa foi montada para verificar uma possível infecção por coronavírus. Após dois dias de internamento, a hipótese de coronavírus foi excluída e o paciente teve alta. Embora a Polícia Civil tenha confirmado que recebeu um contato inicial da Sesap, nenhum pedido formal de investigação foi feito pela pasta. Por meio da assessoria de imprensa, o secretário-adjunto Petrônio Spinelli afirmou que o jurídico da Sesap “está analisando o caso”. Mais detalhes aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flauberto Wagner disse:

    Esta no Blog do BG:
    Russo que fingiu ter coronavírus em metrô lotado pode ser condenado a 7 anos de cadeia, por brincadeirinha igual!

  2. Carlos disse:

    Por isso vivemos no país da impunidade onde a irresponsabilidade tem manchete.
    Enquanto isso, em qualquer outro país do mundo, até mesmo nos comunistas, qualquer palhaço que faça uma simulação nesse sentido, vai preso imediatamente. Mas aqui……….. Faz de novo, faz mais, provoca outra situação…….

FOTO: Polícia Civil apreende no Paço da Pátria, Natal, drogas e objetos suspeitos de roubos

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC), com apoio das equipes da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) e da 4ª Delegacia de Polícia (DP), realizaram, nesta sexta-feira (14), uma operação na comunidade Paço da Pátria, no município de Natal.

Durante as diligências, os policiais apreenderam aproximadamente 8 quilos de maconha, além de vários objetos que podem ser oriundos de furtos e roubos. Suspeitos que se encontravam nos dois imóveis, ao verem a aproximação da polícia, fugiram do local.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Após exclusão de hipótese de coronavírus, Polícia Civil vai investigar versão de paciente sobre contato com chineses no RN

Foto: Michelle Rincon/Arquivo/Inter TV Cabugi

O coronavírus foi descartado, mas o caso de saúde pública agora ganha destaque nas páginas policiais. A Polícia Civil confirmou que vai investigar a versão do paciente internado no Hospital Giselda Trigueiro sobre o contato dele com chineses que levantou a suspeita de possível caso de coronavírus no RN. Nesta sexta(14), em entrevista coletiva, a Secretaria Estadual de Saúde pública (Sesap) informou que não há nenhum caso suspeito de coronavírus no Rio Grande do Norte. Os esclarecimentos foram dados após o rapaz dar entrada em um hospital privado de Natal na última quarta-feira (12), comunicando tosse e febre, além de ter tido contato com chineses de Wuhan – cidade considerada o epicentro do vírus – em 20 de janeiro. A partir de então, a possível contaminação mobilizou o estado inteiro, e uma força-tarefa foi montada para verificar uma possível infecção, descartada por completo depois de diversos exames. “Se esse caso não fosse apurado seria uma grande irresponsabilidade”, diz André Prudente, diretor do Giselda Trigueira.

O caso, então, passou a ser avaliado pela Secretaria de Turismo, que verificou, juntamente com a Polícia Federal, que nenhuma pessoa vindo da China entrou no RN nos meses de dezembro de 2019 ou janeiro de 2020. Ainda nas buscas por informações, dados de hospedagem também foram checados para tentar encontrar algum morador de Wuhan em terras potiguares, mas ninguém foi localizado. “Todas as informações possíveis foram coletadas para que a gente pudesse ter uma consistência no caso. Os procedimentos daqui para frente serão tomados, visto que é um caso de importância nacional e internacional e há gastos com a saúde. Isso também tem impacto no turismo e no comércio do Estado. Isso será repassado à polícia e as medidas cabíveis serão tomadas dentro da lei”, diz Alessandra Lucchesi, Coordenadora Epidemiológica da Sesap.

A Sesap já fez contato com a delegada-geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Ana Cláudia Saraiva, mas o pedido ainda será formalizado. A corporação confirmou o contato e aguarda agora a solicitação oficial para distribuir as atividades e começar as investigações. A delegacia que ficará a frente do caso ainda não foi definida.

A Sesap ainda destaca que o  paciente está bem, fora do isolamento, e segue sendo tratado como qualquer pessoa que tem uma doença respiratória comum.

Com acréscimo de informações do G1

Polícia Civil prende suspeito de receptação e apreende carga avaliada em mais de R$ 300 mil em Nova Cruz

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Municipal de Nova Cruz, com apoio do fisco estadual, prenderam em flagrante, nessa segunda-feira (10), um homem pela suspeita da prática do crime de receptação. O crime aconteceu no município de Nova Cruz. A carga apreendida ultrapassa o valor de R$ 300 mil reais, sem notas fiscais, proveniente de sonegação fiscal.

As diligências foram empreendidas após o recebimento de denúncias anônimas de que havia um caminhão descarregando carga roubada em um estabelecimento na localidade. Os policiais civis constataram que se tratava de sonegação fiscal e, no espaço, existia armazenados ilegalmente mais de 100 litros de combustível de procedência ignorada, acondicionados em desacordo com a legislação em vigor o que provocou a prisão em flagrante delito do responsável/proprietário.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

SET detalha operação

Policiais civis e auditores fiscais identificaram diversas caixas com gêneros alimentícios que iriam ser comercializados sem notas fiscais em estabelecimentos do município de Nova Cruz. Somente este ano, a SET já apreendeu quase R$ 4 milhões em mercadorias irregulares.

Uma operação conjunta da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) e da Polícia Civil da cidade de Nova Cruz identificou um depósito com dezenas de caixas, contendo gêneros alimentícios e itens da cesta básica, sem notas fiscais. A empresa foi autuada e terá de pagar uma multa de R$ 37,3 mil além do ICMS, que está orçado em quase R$ 45 mil. A ação ocorreu durante a segunda-feira (10).

A operação foi deflagrada após denúncias anônimas de depósito clandestino. Em diligências, agentes e auditores fiscais da SET descobriram o local e constataram que a empresa tinha Inscrição Estadual e, portanto não se tratava de um armazém clandestino. Entretanto, durante a vistoria as equipes verificaram que somente 27% dos itens tinham documentação fiscal. Na maioria dos produtos, o imposto foi sonegado e todo o material armazenado equivalia a R$ 344 mil.

Entre as mercadorias, havia massas, biscoitos, material de higiene pessoal, materiais de limpeza, temperos e até bebidas alcoólicas. Como a empresa tinha inscrição estadual idônea, o material não foi retido, no entanto, os responsáveis terão de pagar multa e o imposto sonegado, que totalizam R$ 94,9 mil. O caso está sendo conduzido pela polícia e por auditores fiscais da SET, em Nova Cruz.

Comprar, transportar, armazenar e comercializar mercadorias sem documentos fiscais é considerado crime contra a ordem tributária. A sonegação fiscal gera uma competição desleal com os contribuintes que cumprem as obrigações tributárias e prejudica serviços públicos essenciais, como policiamento, escolas e hospitais, que contam com esses recursos para o funcionamento adequado.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Os postos fiscais das fronteiras do estado foram todos fechados. Querem o que?

Polícia civil do RN e PE prendem homem com 38 kg de maconha

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) do Rio Grande do Norte, com apoio de policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Pernambuco, deflagaram uma operação conjunta, nesta quarta-feira (05). A ação resultou na prisão de José Anderson Santana da Silva, conhecido como “Anderson Negão”, de 30 anos.

José Anderson foi preso no município de Cachoeirinha, localizado no interior de Pernambuco. Contra ele, existia um mandado de prisão em aberto pela suspeita da prática do crime de roubo. Durante a realização das diligências, foram apreendidos com o suspeito 38 quilos de maconha, o que ocasionou a prisão em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Anderson Santana  foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.  A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou por meio dos números da DEICOR (84) 3232-2862 ou pelo aplicativo WhatsApp (84) 98135-6796.