Polícia Civil fecha oficina clandestina de armas e prende homem na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Equipes de policiais civis do 5º Distrito de Polícia de Natal prenderam em flagrante delito, na manhã desta quarta-feira (21), Francisco Canindé da Silva, 44 anos, pela prática do crime de posse ilegal de armas. A prisão aconteceu na residência dele, localizada no loteamento de San Vale, no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal.

Os policiais chegaram até a residência após o recebimento de denúncias anônimas. No local, foram apreendidas armas caseiras, acessórios para fabricação de armas, ferramentas diversas e munições de calibre 22 e calibre 12.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição de Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN SECOMS

FOTO: Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas em Parnamirim; 56 porções de cocaína e porções de maconha

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da 2ª Delegacia de Parnamirim deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (16), a um mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Liberdade, no município de Parnamirim. Foram presos em flagrante Paulo de Tarço Morais de Oliveira, 36 anos, e Patrícia Dantas da Silva, 37 anos. Ambos foram autuados pela prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e tráfico de drogas.

No local, os policiais civis apreenderam com o casal: 56 porções de cocaína, sete porções de maconha, além de diversos objetos utilizados no tráfico de drogas. No momento da ação policial, os suspeitos tentaram se desfazer das drogas, mas foram flagrados e autuados pelos policiais.

Paulo Tarço e Patrícia Dantas foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da 2ª DP de Parnamirim, por meio do aplicativo WhatsApp: (84) 9 8135-6724.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTOS: “Operação Sucata” recupera mais de 1,5 toneladas de cabos em cinco municípios do RN

    Fotos: Divulgação/Polícia Civil

 

Aproximadamente 1,5 toneladas de cabos da rede elétrica e dois medidores da Cosern foram recuperados nesta quarta-feira (14) na terceira fase da “Operação Sucata”, uma ação conjunta realizada com apoio de nove equipes técnicas da Cosern pela Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Tributação do Governo do Estado, Petrobrás e operadoras de telefonia nos municípios de Natal, Mossoró, Ceará Mirim, Macaíba e São José de Mipibu.

Foram visitados 12 endereços nesses cinco municípios para identificar, recuperar e tentar coibir a prática criminosa de receptação de cabos de cobre e alumínio que são produtos de roubos da rede elétrica da Cosern.

O material furtado foi identificado em cinco comércios, duas pessoas foram presas e parte desse material foi recolhido para análise pela Polícia Civil, mediante boletins de ocorrência abertos pela Cosern nos últimos meses.

A Cosern lembra que a população pode denunciar, de forma anônima e sigilosa, a prática criminosa do furto dos cabos e outros equipamentos da rede elétrica da concessionária por meio do telefone 116 e também do 190 (Polícia Militar).

Polícia Civil descobre mais uma oficina em Natal usada para desmanche de veículos roubados; segunda, nos últimos dias

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Mais uma oficina utilizada para o desmanche de veículos roubados foi descoberta por policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov). Em ação na manhã desta segunda-feira(12), no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste, foram apreendidos um Ford Ka, em processo de desmonte, e peças de pelo menos outros cinco automóveis.

Segundo a polícia, as pessoas que trabalhavam na oficina perceberam a chegada dos policiais e fugiram. A ação, em continuidade da Operação Spero( Esperança), não encontrou o dono do estabelecimento.

Na semana passada, quando a operação foi deflagrada, foram encontrados motores de 12 carros de alto padrão dentro de uma casa na Zona Norte da capital potiguar. A ação resultou na prisão de três pessoas.

FOTOS: Polícia Civil deflagra operação e prende cinco pessoas no bairro do Alecrim, em Natal; drogas, objetos e R$ 27 mil apreendidos

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Natal deflagraram a Operação “Estação Final”, na manhã desta sexta-feira (09), na localidade conhecida como Guarita, no bairro Alecrim, em Natal. A ação teve por objetivo combater o tráfico de drogas na região, situada próximo à estação de trem.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, que resultaram na prisão de cinco pessoas. Foram presos pelo crime de tráfico de drogas: Leonardo da Rocha Francisco, 34 anos, Mércia Rodrigues da Silva, 45 anos, Rafael Viviano Dantas de Araújo, 36 anos, e Vinicius Guilherme Costa Muniz, 19 anos. Já pelo crime de posse irregular de arma de fogo foi preso César Luiz Tavares da Silva, 37 anos.

Durante as diligências, foram apreendidos uma arma de fogo, certa quantidade de drogas diversas (maconha, cocaína, ecstasy), balança de precisão, insumos para embalar drogas, aparelhos celulares, notebook e a quantia de R$ 27.000,00, encontrada na residência de um dos investigados.

A operação contou com a participação de cerca de 50 policiais e 12 viaturas. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    Parabéns aos companheiros da Polícia Civil, mais um bom trabalho, apesar das dificuldades.

  2. BRASILACIMADETUDO disse:

    A polícia pediu autorização da nossa Exelentíssima Governadora para prender esses cidadãos? Se não pediu, a prisão é ilegal. Aqui cada dia mais se tornará terra sem lei. Lei e ordem judicial, segundo nossa governadora, não é para ser cumprida, pois quem manda nessa bodega é ela.

FOTO: Polícia Civil prende em pousada na Zona Sul de Natal vereador de Sobral por estelionato no Ceará

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Errata da Polícia Civil: “corrigimos o cargo “ex-vereador”. Romário Araújo ainda é vereador do município de Sobral (CE), mas, por decisão judicial, está afastado das atividades parlamentares”.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, nesta sexta-feira (9), o vereador do município de Sobral (CE), Romário Araújo de Sousa, 30 anos. A prisão, que aconteceu em uma pousada no bairro de Capim Macio, Zona Sul de Natal, se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Tribunal Justiça do Estado do Ceará, referente à prática do crime de estelionato.

De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia de Polícia Civil de Sobral, no Ceará, Romário Araújo vendia falsas licenças de táxis e supostas vagas de emprego, pelas quais os interessados pagavam determinadas taxas e, posteriormente, eram enganados.

Romário foi indiciado pela prática do crime de estelionato. A juíza havia determinado o afastamento dele das atividades parlamentares, além de várias medidas cautelares, como a proibição de frequentar determinados locais, a assinatura no fórum e o pagamento de uma fiança de 100 salários mínimos. Com o não cumprimento, as medidas cautelares foram convertidas em prisão preventiva e Romário estava foragido da Justiça do Ceará.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTOS: Polícia Civil deflagra Operação “Ponto Final” e realiza prisões; roubos de cargas e veículos e estouros de carros-fortes e caixas eletrônicos entre suspeitas

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A 7ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Patu, com apoio da 4ª DRP de Pau dos Ferros e 8ª DRP de Alexandria, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (07), na região Oeste do Estado, a Operação “Ponto Final”. A operação, que resultou na prisão de três homens, foi realizada no Centro do município de Janduís. Para a ação, foram expedidos dez mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão.

Foram envolvidas nas diligências a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), a Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (DEATUR), a Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), a Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) de Mossoró, além das Delegacias Municipais de: Caraúbas, Alexandria, Pau dos Ferros, Jucurutu e Santana dos Matos.

O objetivo da operação foi combater organizações criminosas que atuavam na região, investigadas pela prática de roubos de cargas e veículos, envolvidas também em estouros de carros-fortes e caixas eletrônicos. Foram presos: Nerinaldo Alencar Matias, 18 anos, Thiago Agne Alves, 34 anos, e Lisvaldo Gurgel dos Santos, 19 anos. Em uma das residências na qual foram cumpridos mandados de busca e apreensão, foram apreendidos objetos proveniente de roubos de cargas: 123 botijões de gás, diversos maços de cigarros, um revólver calibre 38, quatro congeladores, balanças de precisão, materiais com vestígios de drogas e dinheiro fracionado. Um homem conhecido como “Diogo”, que estava foragido da Justiça, morreu em confronto com a polícia.

Os três homens foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede ajuda à população enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Polícia Civil localiza casa que armazenava motores de carros roubados em Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma investigação realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) resultou na localização de 12 motores de veículos, que estavam escondidos dentro de uma casa no bairro Igapó, Zona Norte de Natal, na tarde desta terça-feira (06). Dos 12 motores que foram apreendidos, quatro deles estavam com registro de roubo. Os outros oito motores já estavam com numeração raspada.

No momento em que os policiais civis localizaram a casa, presenciaram a chegada de quatro homens ao local. “Durante a ação, três suspeitos foram conduzidos para a Deprov. Dois deles prestaram depoimentos nos quais afirmaram à Polícia Civil que foram até o local buscar um motor a pedido de um terceiro, que prestará esclarecimentos na delegacia”, detalhou o delegado titular da Deprov, Normando Feitosa.

O delegado Normando Feitosa destacou que as investigações prosseguirão com o intuito de identificar todas as pessoas envolvidas com o crime.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Polícia Civil prende em Nova Parnamirim suspeito de homicídio contra a mãe em Maceió-AL

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis do 2º Distrito de Polícia de Parnamirim prenderam, na noite dessa terça-feira (06), Jefferson Silva da Cruz, 35 anos. Ele é suspeito de praticar crime de homicídio contra a mãe, em Maceió, no estado de Alagoas, e estava foragido. Jefferson Silva também é apontado como autor de um homicídio ocorrido na cidade de Parnamirim, no ano de 2002.

A prisão ocorreu no bairro Nova Parnamirim, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 8ª Vara Criminal da Comarca de Maceió.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede ajuda à população enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da 2ª DP de Parnamirim, por meio do aplicativo WhatsApp: (84) 9 8135-6724.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cap_Mor disse:

    Um cabra desse serve pra quê?

  2. PAULO disse:

    O cara matou a PRÓPRIA MÃE?! Certamente um homicida em potencial a menos nas ruas. Parabéns aos policiais civis que o prenderam.

NIMAS: Polícia Civil cria Núcleo para investigar mortes de agentes de segurança pública

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (02), a publicação de uma portaria no Diário Oficial desta quinta-feira (01), que criou o Núcleo de Investigação Policial de Mortes de Agentes de Segurança Pública (NIMAS), diretamente vinculado à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

O Núcleo objetiva apurar todas as mortes violentas de agentes de segurança pública e aquelas decorrentes de intervenção policial, ocorridas no município de Natal. O Nimas também irá fortalecer, padronizar e ampliar a coordenação destas investigações. Além da atuação em Natal, o Núcleo realizará controle, coordenação e orientações das investigações, em casos dessa natureza ,que ocorram em qualquer cidade do Estado.

“Pretendemos com a criação do Núcleo aprimorar as investigações sobre as mortes que foram efetivadas contra os agentes de segurança e com isso almejamos uma  redução deste tipo de crime. Nós iremos coordenar, controlar e monitorar todos estes casos e teremos a criação de um banco de dados”, detalhou o diretor da DHPP, Júlio Costa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Precisa criar "núcleo" coisa nenhuma, é só um gasto desnecessário a mais. O corporativismo ancestral das polícias já é ultrassuficiente para resolver todos os casos envolvendo os bichim.

Polícia Civil prende motorista de ambulância no RN em caso que se negou a realizar a transferência de emergência de gestante; bebê morreu

Foto: Ilustrativa

A equipe de policiais civis da 6° Delegacia Regional de Polícia de Nova Cruz deflagrou, na manhã desta sexta-feira(02), a Operação Respeito à Vida, que resultou na prisão de Mewerton Avelino de Moura, 33 anos. A ação aconteceu na cidade de Nova Cruz, em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela 1° Vara da Comarca de Nova Cruz.

A prisão se deu em decorrência da morte de um bebê, ocorrida no dia 29 de julho, no Hospital Municipal de Nova Cruz, após o motorista de ambulância Mewerton Avelino se negar a realizar a transferência de emergência de uma gestante para um hospital de outra cidade.

De acordo com as investigações, a equipe médica havia alertado o motorista da necessidade imediata de transferência da gestante, por ela precisar de um atendimento especializado em outra unidade, caso contrário, poderiam morrer a paciente e o bebê.

No entanto, Mewerton teria alegado que não poderia realizar a viagem, pois extrapolaria o horário do seu turno de trabalho, apesar de ainda faltar aproximadamente duas horas para o término do seu expediente.

Em decorrência da negativa do motorista, o procedimento foi realizado na unidade de Nova Cruz, porém o quadro clínico se agravou e o bebê não resistiu, indo à óbito.

O nome da operação faz alusão ao direto fundamental à vida. Mewerton Avelino está sendo investigado por crime homicídio, decorrente de conduta omissiva, já que teria o dever de agir, em razão de sua função.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

Polícia Civil prende condenado por roubo e corrupção de menores em Natal

FOTO: PM/ASSECOM

Equipes de policiais civis do 2º Distrito de Polícia de Natal prenderam, na tarde desta quarta-feira (31), Michael Luiz Medeiros da Silva, 20 anos. A prisão, que aconteceu no bairro Praia do Meio, na zona Leste da capital, se deu em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, expedido pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Natal. Michael Luiz foi condenado a uma pena de 6 anos e 4 meses de reclusão, pela prática dos crimes de roubo e corrupção de menores.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Com informações da Assessoria da Policia Civil

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=208349&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Polícia Civil prende trio em SP por crimes cometidos no RN

Uma investigação conjunta realizada pela 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Pau dos Ferros e Polícia Civil de São Paulo resultou na prisão de duas mulheres e um homem nesta segunda-feira (29), no município de São Vicente, no Estado de São Paulo. Em desfavor de Karismeire Alves de Queiroz, 22 anos, e Henrique Eduardo Arlindo Lima, 26 anos, que mantém união estável, existiam dois mandados de prisões em aberto, pela prática dos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Em desfavor de Luiza de Marilac Queiroz dos Santos, 44 anos, mãe de Karismeire Alves, existia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de organização criminosa, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Os três estavam foragidos da Justiça do Rio Grande do Norte, com mandados expedidos pela Comarca de Pau dos Ferros em aberto.

O trio tem envolvimento no assassinato de jovem paraibana Rafaela da Silva Vieira, 18 anos, que teve o corpo enterrado na zona rural de Pau dos Ferros. O responsável por planejar o assassinato da jovem foi o namorado da vítima. As investigações revelaram que os autores do crime achavam que o crime não seria descoberto, pois durante toda a investigação, não houve registro na Delegacia de Pau dos Ferros sobre o desaparecimento de Rafaela da Silva, pois a jovem paraibana teria vindo para o Rio Grande do Norte sozinha, para morar inicialmente em Frutuoso Gomes e depois na cidade de Itaú.

De acordo com as investigações, o namorado, que pertence a uma facção criminosa, teria descoberto que Rafaela estava mantendo contato com membros de uma facção rival a dele. Sabendo disso, trouxe a jovem à Pau dos Ferros e acompanhado de mais quatro pessoas, simularam um banho de rio, levaram a vítima para uma área de matagal, distante da cidade e lá fizeram o seu julgamento de morte e em seguida enterraram o corpo.

Todos eles foram conduzidos até a delegacias e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

Polícia Civil captura em Natal ex-investigador do Estado do Pará condenado por estupro de vulnerável

Foto: Ilustrativa

Equipes de policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, nesta segunda-feira (29), José Carlos Palheta dos Reis, 46 anos. A prisão, que aconteceu no bairro de Pajuçara, na zona Norte de Natal, se deu em cumprimento a um mandado de prisão, decorrente de sentença condenatória, e foi expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará, pela Comarca de Ananindeua. José Carlos estava foragido desde setembro de 2011, quando foi condenado a uma pena de 6 anos de reclusão, pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O ex-policial civil foi condenado por estuprar, no dia 9 de agosto de 2005, no bairro Satélite, em Belém, a filha de um dos seus primos, uma menina de sete anos de idade. O crime aconteceu na residência da vítima, quando ele foi visitar os familiares. Na ocasião do crime, uma ocorrência policial em desfavor do ex-investigador foi registrada pela mãe da menina, em uma Seccional Urbana da Cidade Nova. A autoridade policial de plantão naquela época determinou diligências em busca do acusado, que foi localizado e conduzido à unidade policial, onde negou o crime perante o delegado.

José Carlos foi conduzido até a Delegacia de Capturas e Polinter (DECAP) e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

VÍDEOS: Polícia Civil divulga imagens e procura suspeitos de homicídio cometido contra supervisor de Futebol do ABC, em Ponta Negra

A Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou, na manhã desta segunda-feira (29), imagens que podem contribuir na identificação dos autores do crime de homicídio que vitimou Leonardo Antônio Medeiros Queiroz, 42 anos, ex-supervisor de Futebol do time ABC Futebol Clube. O crime aconteceu entre 21 e 22h, do dia 20 de junho deste ano, dentro do carro da vítima, entre as ruas João Berckmans Marinho e João Rodrigues de Oliveira, na Vila de Ponta Negra, vizinho ao Morro do Careca, na zona Sul da capital Potiguar.

O corpo de Leonardo Antônio foi encontrado horas depois, dentro do seu próprio carro, um Chevrolet Agile, com perfurações de facadas na região do pescoço. O carro estava com as portas fechadas e o corpo no banco do carona. De acordo com a perícia, realizada pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o corpo foi recebeu 44 cutiladas de faca.

Segundo as investigações, dois rapazes que aparecem em imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento comercial à beira-mar, são apontados como autores do crime. Os dois homens aparecem correndo em direção ao mar, com as roupas e os pés manchados, supostamente, por sangue. Ambos são, provavelmente, moradores da Vila de Ponta Negra e têm idades entre 18 e 25 anos, sendo um deles alto e forte.

A Polícia Civil solicita a ajuda da população no envio de informações para identificar e localizar os autores do crime. Informações podem ser enviadas de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou do número da Delegacia de Homicídios da zona Sul: (84) 98108-5970.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Polícia Civil prende três foragidos do Amazonas em um flat de luxo em Natal

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam três foragidos da Justiça de Manaus. A ação se deu em apoio à Operação Guará, deflagrada na manhã desta sexta-feira (26) pela Polícia Civil amazonense, por meio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). As prisões ocorreram em um flat de luxo no bairro de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal.

Foram presos em cumprimento de mandados de prisão Andreza Rodrigues Lobo, 34 anos, Rômulo Raphael dos Santos Morais, 27 anos e Leandro dos Santos Chaves, de 25 anos. A prisão dos foragidos faz parte de uma investigação da Polícia Civil do Amazonas, que visa prender integrantes de uma facção criminosa daquele Estado. As investigações da Polícia Civil do Amazonas conseguiram identificar os principais integrantes que ainda estavam foragidos.

O principal motivo da investigação da Polícia Civil do Amazonas foram os homicídios que aconteceram em presídios do Amazonas, nos dias 25 e 26 de maio deste ano, totalizando 55 mortos. Eles estavam custodiados em quatro estabelecimentos prisionais do Estado. A investigação apurou que as mortes foram devido a uma disputa interna de poder entre facções criminosas, uma delas de atuação nacional.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS