Guarda Municipal detém homem e apreende paredão de som na Avenida Salgado Filho

Foto: Divulgação

As medidas de combate a perturbação do sossego e a utilização de paredões de som na capital realizada pela Guarda Municipal do Natal (GMN) continuaram no final de semana resultando nesse domingo (19) na prisão de um homem por desobediência e na apreensão de um paredão de som que estava ligado num bar na Avenida Salgado Filho, no bairro de Lagoa Nova.

A guarnição do Grupamento de Ação Ambiental da GMN (Gaam) foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) relatando a ocorrência de uso de paredão de som em via pública. Ao chegar no local indicado os guardas municipais constataram a infração e buscaram informações para identificar o proprietário do veículo onde o paredão estava instalado.

Na ocasião, o dono do automóvel tentou enganar os guardas municipais se dizendo não ser o responsável pelo veículo, porém os agentes perceberam a tentativa e pediram para que o equipamento fosse retirado para apreensão. Como o dono do veículo se negou foi dada voz de prisão por desobediência, sendo em seguida retido o paredão de som.

Os guardas também detectaram que tanto o automóvel, uma L200 Triton, quanto a Carteira de Habilitação (CNH) do detido estavam com pendência, o que resultou na apreensão do caro e na retenção da CNH do infrator. O homem detido foi conduzido a Central de Flagrantes da Polícia Civil onde foi registrada a ocorrência.

De acordo com a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, mesmo com a intensificação da fiscalização em relação ao atendimento de ocorrências ligadas a paredões de som, o número de pessoas que insistem em acionar o equipamento, tanto em movimento quanto estacionados, é considerável. “Quando os veículos estão em deslocamento ou quando o carro aparenta alguma irregularidade trabalhamos em parceria e acionamos o CPRE, STTU ou PolíciaRodoviária Federal”, contou.

“A população precisa ter mais consciência, pois as consequências são graves. Geralmente envolve uso de bebidas e causa transtorno e perturbação nos locais onde esses equipamentos são acionados, bem como vindo aos ocupantes desses veículos ocasionarem acidentes, já que fazem sempre uso de bebida alcoólica”, concluiu Francineide.

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Precisa-se tomar providencias também com os alarmes nas residencias e comercio, que as vezes passam 10/15 dias tocando dia e noite sem parar.

  2. BRASIL FOI MELHOR disse:

    ESTA NA HORA DE COMECAR A PRENDER AS MOTOS QUE COM CANOS BARULHENTOS…INSUPORTÁVEIS

  3. Irany Gomes disse:

    Dava uma bela fogueira!

PM recupera três veículos roubados e detém homem após assalto na Praia de Muriú

FOTO: PM/ASSECOM

Por volta das 13h desse sábado (13), na Praia de Muriú, Litoral Norte Potiguar, policiais militares da 3ª Companhia do 11° Batalhão foram acionados por duas vítimas que relataram terem suas motocicletas roubadas há poucos instantes por elementos armados em um veículo tipo Fiat/Uno, cor verde.

A PM realizou diligências que culminaram na prisão do suspeito Amarildo da Silva Souza, de 50 anos, morador do Parque dos Coqueiros em Natal/RN, que estava de posse do Uno, juntamente com outro comparsa que ao perceberem a aproximação dos policiais efetuaram disparos contra a viatura que de pronto revidaram a injusta agressão. O comparsa conseguiu empreender fuga pelo matagal.

Além do Fiat as motos que haviam sido roubadas foram recuperadas, sendo uma Honda CG 125, de cor vermelha, e uma motoneta Traxx, de cor azul, bem como dois aparelhos celulares.

Mais tarde populares acionaram a PM para informar que o revólver utilizado pelo criminoso havia sido encontrado. A polícia providenciou o recolhimento da arma do crime.

O material apreendido e o acusado foram conduzidos à Delegacia de Plantão da Zona Norte para os procedimentos cabíveis.