VÍDEO(Imagens fortes): Suspeito de assalto é surpreendido por populares e por pouco não é linchado

 

Untitled-1Veja vídeo aqui

Moradores  do Parque dos Coqueiros tentaram linchar um suspeito de assalto durante 7 minutos na tarde desta sexta-feira (21). Segundo o Via Certa Natal, o homem á havia assaltado uma padaria por duas vezes no período de trinta dias e na terceira tentativa  foi surpreendido pela população na região norte da capital.

A tentativa de linchamento durou sete minutos. Na ocasião, a indignação dos populares apresenta socos e chutes. Logo depois, o suspeito foi resgatado pela Polícia Militar e levado para delegacia de plantão da zona norte, no bairro Potengi.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Daniel disse:

    Um bandido como esse atira em qualquer pai de família,criança ou idoso sem pensar duas vezes,pra bandido matar é banal…

  2. Andierison disse:

    A PM sempre chega na hora para salvar bandido.
    Incrível isso.

  3. João disse:

    Isso não é justiça, é barbárie!

    Rachel Sherazade, do SBT, fazendo escola. Pediu e seus alunos estão nas ruas fazendo (in)justiça. Quero ver quando pegarem um inocente, o que os hipócritas que apoiam esse tipo de violência vão dizer.

    Temos meios legais e, acima de tudo, humanos para fazermos justiça. Esse tipo de atitude beira o irracional, a bestialidade.

    • ricardo disse:

      Joao se ele é bomzinho colocar ele na tua ksa ou entao coloca ele pra namorar com alguem de tua familia. isso é reflexo de que os poderes constituidos abandonaram o cidadao de bem

    • Anderson disse:

      Ricardo, uma coisa não tem haver com a outra.
      O João não passou a mão na cabeça dele, e sim, pediu que fosse julgado humanamente.
      Se fosse acredita em Deus, sabe que esse bandido não deixa de ser um irmão nosso.
      A lei de causa e efeito vai punir ele de qualquer jeito, mas que pelo menos aqui ele seja tratado pela lei dos homens corretamente.
      Uma hipótese bem realista: Se um parente seu bebesse e saísse no volante atropelando e matando um pai de família ou qualquer outra pessoa. Você ia querer também que ele fosse agredido do mesmo jeito?