Médicos da Coopmed-RN decidem, em Assembleia, suspender os serviços do Walfredo Gurgel

Em Assembleia realizada na noite de segunda-feira (25), os médicos cooperados decidiram, por unanimidade, suspender os serviços do Walfredo Gurgel, que inclui a Cirurgia Vascular, Ortopedia, Cirurgia Geral e Clínica Médica, 72 horas após notificação feita à Secretaria de Saúde do Estado, que deverá realizar os pagamentos referentes aos meses de abril e maio deste ano. Se não houver o pagamento, os serviços serão suspensos por tempo indeterminado até a quitação do débito. O retorno se dará quando o pagamento estiver disponível na conta Coopmed/RN, que veiculará em seu site e nas mídias de amplo alcance (e-mails e whatsapp). A equidade dos pagamentos foi outra exigência que notificada pelos médicos. Eles querem que haja uma padronização nos hospitais para que não ocorram mais falhas. Se um serviço em uma unidade prestadora de serviços de porta recebe o seu pagamento, as outras que prestam o mesmo serviço também deverão receber.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FRASQUEIRINO disse:

    E os médicos que trabalham na COOPMED-RN, mas que são funcionários do Estado também vão deixar de atender???

  2. Nice disse:

    Agora danou-se!!!! Sem estruturas já é um horror, e sem médico? Deus tenha misericórdia de quem estiver precisando de atendimento!!!