Geral

Argentina lança carteira de identidade não binária – para cidadãos que não se identificam como homem nem mulher‍

Foto: Reprodução

A Argentina lançou nesta quarta-feira, 21, carteiras de identidade para cidadãos não binários, que não se identificam como homem nem mulher‍, permitindo-lhes usar “x” no documento de identidade nacional e passaportes no campo correspondente a gênero.

O país sul-americano é o primeiro da região a viabilizar isso por meio de decreto, disse o governo, acrescentando que está se juntando a países como Nova Zelândia, Canadá e Austrália, que já fizeram a mudança.

“Existem outras identidades além da de homem e mulher, e elas devem ser respeitadas”, disse o presidente Alberto Fernández na apresentação do novo documento, acrescentando que existem “mil maneiras de amar, ser amado e ser feliz”.

O uso do “x” já foi aceito pela Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) e inclui pessoas que se identificam fora das definições tradicionais de gênero.

Fernández, juntamente com o Ministro do Interior, Eduardo de Pedro, e a Ministra da Mulher, Gênero e Diversidade, Elizabeth Gómez Alcorta, entregaram as três primeiras carteiras de identidade no novo formato “x”.

O líder peronista tem defendido reformas sociais progressistas, aprovando leis para legalizar o aborto no ano passado e defendendo publicamente seu filho, Estanislao Fernandez, que é estudante de design e uma conhecida drag queen.

“O ideal será quando todos nós formos quem somos e ninguém se importar com o gênero das pessoas”, acrescentou Fernandez. “Este é um passo que estamos dando e espero que um dia cheguemos ao ponto em que as carteiras de identidade não digam se alguém é homem, mulher ou qualquer outra coisa.”

Veja

Opinião dos leitores

  1. Para quem não sabe esse faz parte ideologia comunista: o comunismo com uma nova roupagem. O comunismo do proletariado já passou faz tempo. Agora é a vez dos segmentos. Com o mesmo fim: destruir a família, destruir a fé em Cristo; destruir a economia com novas narrativas e desavenças entre os novos segmentos. Aguardemos atentos.

  2. Teoricamente Ambos os seres humanos são binarios tanto os do sexo masculino quanto a chamada mulher em que ambos possuem o falo,o falo da identitaria mulher é o clitóris e o do identitario homem é a sua cabeça vermelha peniana virgem chamada açefala.

  3. Com tanta coisa a se preocupar, querem inventar mais uma forma de impor ideologias contrárias à fisiologia natural! Será que é falta do que fazer? E a mídia ainda dá publicidade a algo assim! Impressionante no que se transformou o ser humano, se é que ainda podemos chamar assim ou inventaram outra denominação!

  4. Na impossibilidade de mudar para Cuba ou Venezuela, Coreia do Norte e China nem pensar, vai ficar bom para alguns doentes mudar para a Argentina, principalmente com mais essa facilidade, Vão lá qualquer coisa a bateira e garantida, pelo menos isso.

  5. Do jeito que estão indo as coisas vai chegar o dia que se declarar homem ou mulher será crime…

  6. A roda maior tendo que entrar na menor.
    O mundo tem que adaptar a todos os 0,000001% de pessoas que não sabem quem são.

  7. Agora a Argentina pode declarar Guerra à Inglaterra e retomar a ilha Malvinas.

  8. Então quem danado não é nem homem nem mulher, que será , inseto?, pense numa matéria sem futuro

  9. Pense numa decisão importante.
    Mas o povo vem perdendo o emprego e a fome avançando sobre todo povo argentino. Já são 58% dos argentinos na linha da pobreza, sem comida a mesa e sem emprego. Viva a esquerda, a esquerda é igualitária.
    A igualdade da esquerda já foi demonstrada em Cuba e na Venezuela, onde os líderes estão milionários e o povo todo igual, na miséria.
    Viva a esquerda e sua forma de governar!

  10. Resolveu a fome da metade da população. Será que vez do Brasil tá chegando pra “avançar” com a esquerda em 2022? Deus nos livre.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *