Segurança

Guarda Municipal orienta ciclistas sobre trilhas no Parque da Cidade do Natal

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) prestaram os primeiros socorros a uma ciclista que circulava em uma das trilhas pavimentadas do Parque da Cidade. Os guardas municipais agiram de maneira rápida imobilizando e prestando os primeiros cuidados a vítima até a chegada da equipe do socorro

De acordo com a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, a ciclista teve escoriações. A coordenadora informou que o acidente aconteceu por falta de obediência à sinalização, que orienta a trilha para caminhada, como também a direcionada ao ciclista e ainda a velocidade permitida para pedalar na área. “É importante que o visitante obedeça à sinalização para que sejam evitados acidentes como esse ou qualquer tipo de conflito relacionado a não obediência a sinalização”, alertou.

Além de fazer a segurança preventiva de todos os cidadãos que frequentam o Parque da Cidade do Natal na intenção de evitar roubos, furtos e outros delitos, os guardas municipais realizam um trabalho de orientação aos visitantes e frequentadores do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte sobre a utilização correta dos trechos de ciclovia e de caminhada de pedestres. A medida busca levar segurança as pessoas que realizam atividades físicas nas trilhas pavimentadas existentes ao longo da área de preservação ambiental.

Os guardas municipais voltam o patrulhamento para os horários de maior movimento do Parque da Cidade, que normalmente é no início da manhã e do meio para o final da tarde. O trabalho consiste em abordar de maneira gentil os ciclistas que invadem o espaço destinado a pedestres e vice-versa, e orientar sobre a maneira correta de utilização do espaço de acordo com as normas de segurança.

Outra ação importante é o monitoramento da velocidade dos cidadãos que utilização o local para pedalar. Nesse sentido, os ciclistas não podem exceder a velocidade de 20km/h. “O Parque da Cidade é uma área de preservação, portanto o passeio é permitido para uma contemplação do espaço, porém não permitido a prática do ciclismo de velocidade”,

Todo o espaço de trilhas pavimentadas existente do Parque da Cidade do Natal é sinalizado e delimitado por meio de faixas informando as áreas onde o tráfego é direcionado aos pedestres e os locais voltados aos ciclistas.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Guarda Municipal recupera orquídeas extraídas do Parque da Cidade do Natal

22196Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GAAM/GMN) flagraram na tarde dessa sexta-feira (21), três adolescentes comercializando orquídeas oriundas da Zona de Proteção Ambiental 01, onde se encontra localizado o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. A ação se deu no momento em que uma viatura de patrulhamento da GMN circulava pela avenida Prudente Moraes, no bairro de Candelária.

De acordo com o comandante do GAAM/GMN, Ivanaldo Rodrigues, os guardas municipais visualizaram os adolescentes vendendo os vegetais na avenida e realizaram a abordagem e as indagações sobre a origem das plantas. “Os adolescentes confessaram que se tratava de uma extração ilegal da zona de proteção ambiental, o que foi constatado pelos guardas municipais já que as orquídeas da espécie Catilea Granulosa são comuns na área do Parque da Cidade”, explicou.

As plantas foram apreendidas pelos guardas ambientais e os endereços dos adolescentes foram registrados para que os responsáveis dos mesmos sejam notificados da ocorrência. As orquídeas recuperadas foram levadas para o Parque da Cidade e entregues a administração da unidade de conservação, que as encaminhou ao setor de manejo ambiental para que seja efetuada a reintrodução das plantas no habitat natural.

A lei federal que instituiu o Sistema Nacional de Unidade de Conservação proíbe a retirada de qualquer elemento da fauna e da flora proveniente de áreas de proteção ambiental.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *