Homenagem póstuma: Paul Walker “recebe” faixa preta de jiu-jitsu de mestre brasileiro

walkerFalecido no dia 30 de novembro, Paul Walker, ator protagonista da série “Velozes e Furiosos”, recebeu uma homenagem póstuma de um brasileiro.

Ricardo Miller, também conhecido como “Franjinha”, treinava o jiu-jitsu do norte-americano. Como já estava na faixa marrom da arte marcial, Walker “recebeu” a faixa preta do treinador da Paragon Brazilian Jiu-Jitsu.

Ao falar sobre o ator em entrevista, “Franjinha” explicou que o vínculo com o astro do cinema não era apenas de aluno e professor.

– Nosso vínculo foi além de uma relação entre aluno e professor. Nós nos tornamos grandes amigos. Ele me levou para as filmagens de ‘A Morte e a Vida de Bobby Z’, e eu o levei a Los Angeles para ver o UFC.

Durante o bate-papo, o técnico nascido no Brasil ainda fez uma revelação que poucos sabiam. Segundo Ricardo Miller, Walker não queria ficar conhecida apenas pela velocidade, mas também pelo jiu-jitsu.

– Paul sempre me dizia que não queria ser conhecido apenas por carros velozes. Ele queria ser conhecido por carros velozes e jiu-jítsu. Ele queria ser um embaixador de jiu-jítsu. Seu sonho era finalizar uma luta com um estrangulamento arco e flecha.

R7

VÍDEO: Câmera de segurança registra momento de acidente que matou ator Paul Walker

carro-fogoClique aqui

Uma câmera de segurança instalada nas proximidades do acidente que matou Paul Walker registrou o momento em que o Porsche bate na árvore e há uma explosão em seguida. O fogo e a fumaça tomam a rua enquanto outro motorista para o carro e corre em direção ao incêndio para prestar socorro. O site TMZ divulgou as imagens na manhã desta terça-feira (clique no link para ver).

Porsche alerta usuários sobre ‘hipersensibilidade’ do modelo

Quando um modelo como o que era conduzido por Roger Rodas, amigo de Paul Walker, é vendido, a Porsche costuma alertar os usuários sobre as condições do carro, classificado como “hipersensível” à estrada. O site TMZ teve acesso à cópia emitida em 2004 a um dos compradores do Carrera GT, avaliado em US$ 500 mil.

“Este veículo não pode passar por cima de uma lata de cerveja que inclina para o lado. Você precisa estar ciente de que tipo de superfície de estrada você está (declives; buracos imprevistos, elevações, etc). Este carro tem todas as desvantagens de um carro de corrida”.

Rodas era conhecido como um motorista experiente e era dono da Always Evolving, uma concessionária de veículos que também prestava serviços para corridas automobilísticas. Apesar disso, a Porsche indica ainda no documento que “experiência nem sempre é boa o suficiente se a superfície da estrada não for a ideal”.

A polícia segue investigando a causa do acidente e, até agora, só divulgou uma teoria: alta velocidade.

Morte de Paul Walker, astro de ‘Velozes e furiosos’

Paul Walker morreu neste sábado após sofrer um acidente de carro. O Porsche em que viajava de carona bateu em uma árvore e pegou fogo. O excesso de velocidade contribuiu para o acidente, astro da série “Velozes e furiosos”, segundo autoridades da região de Los Angeles.

O motorista do veículo foi identificado como Roger Rodas, de 38 anos, amigo de Walker.

Walker interpretou o policial Brian O’Conner em cinco dos seis episódios de “Velozes e furiosos”, que aborda o universo dos rachas de rua. O sétimo filme está em produção. Segundo o “Hollywood Reporter”, o lançamento do longa pode atrasar, mas as gravações, que tinham sido interrompidas temporariamente por causa do feriado do Dia de Ação de Graças, vão continuar. Walker já tinha filmado a maior parte de suas cenas.

O ator também protagoniza o drama “Hours”, sobre o furacão Katrina, que entra em cartaz em alguns cinemas americanos em 13 de dezembro.

O Globo