Residente em Caicó não finaliza aposta via aplicativo e perde de dividir prêmio acumulado de R$ 289 milhões da Mega-Sena

O Blog Gláucia Lima destaca  nesta terça-feira(14).  A paraibana de Brejo do Cruz residente em Caicó, Vânia Maria Alves Barros, perdeu a chance de ficar milionária ao deixar de finalizar a aposta do sorteio do concurso 2150, realizado no sábado, 11 de maio, cujo prêmio estava acumulado em R$ 289 milhões.

Segundo a blogueira,  fez sua aposta online, via aplicativo da Caixa Econômica Federal, mas esqueceu de clicar ‘na finalização’. “Quando o resultado saiu, eu fui conferir os números e realmente estava lá com a mensagem ‘você ganhou a premiação de R$ 289.420.865,00’. Eu até achei que era coisa da minha cabeça, mas peguei meus documentos e fui à agência da Caixa em Natal (cidade que estou) me certificar se realmente tinha ganhado. Lá me pediram o protocolo do jogo e eu não sabia como acessar. Quando eu abri o aplicativo tinha lá finalizar, ai eu finalizei e apareceu a mensagem: ‘jogo vencido, jogo passado”, contou ao #BlogGláuciaLima.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Só podia ser de Caicó: a melhor carne de sol do mundo; o melhor bordado do mundo; o melhor boné… e a melhor mentira do mundo.

  2. Joao disse:

    Pelo aplicativo da caixa tem o Botão FINALIZAR, após tocar nele o app pede a assinatura eletrônica para confirmar a operação.

  3. JB da ZN disse:

    Se colar, colou….

  4. Araújo disse:

    Sem fundamento, a formatação dos jogos on line pela CEF é totalmente diferente do que está exposto. Não há a expressão FINALIZAR e sim IR AO PAGAMENTO. Tudo mentira.

  5. Sergio Carvalho disse:

    Não procede a informação da jogadora online. Jogo sempre pelo site da Caixa Online e a sequência informada até a finalização do jogo não esta de acordo com a rotina do site. Para finalizar o jogo você tem que obrigatoriamente pagar através do cartão de crédito cadastrado ou pelo sua conta do Mercado Pago ai automaticamente o seu jogo estará concorrendo ao sorteio. A CEF não manda mensagens ou avisos de jogo premiado se o mesmo não existe na base de dados online do site de apostas.

    • João disse:

      Caro Sergio Carvalho, você está enganado, apostas feitas pelo site da CEF não se paga em cartão ou mercado pago. É debitado direto da conta.

    • Tarcísio Eimar disse:

      Caro João, procede sim o que Sérgio explicou. Existe duas formas de jogar pelo site da CAIXA, uma é através da conta corrente em q se pode jogar apenas um único jogo e a outra é pra quem não tem conta na CAIXA, meu caso, jogar pelas loterias on line, em que o pagamento mínimo é de 30,00 e só pode ser pago pelo MercadoPago.

R$ 289 milhões: O custo do auxílio-moradia para os cofres da União

bancoImagemFotoAudiencia_AP_323157-880x380A liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, determinando o pagamento de R$ 4,3 mil a título de auxílio-moradia a todos os juízes do País, custa anualmente para os cofres da União R$ 289 milhões.

Os dados são do governo e levam em consideração apenas o que é pago aos juízes federais. Exclui, portanto, o que é pago a todos os juízes estaduais. Desse montante, R$ 100 milhões são pagos para a Justiça Federal e R$ 180 milhões para a Justiça do Trabalho.

A liminar foi concedida pelo ministro Fux em 2014, mas até o momento não foi liberada para julgamento pelo plenário. Já há, entre os ministros do Supremo, votos suficientes para derrubar a decisão do ministro Fux.

Jota

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val Lima disse:

    I S S O É U M A V E R G O N H A !!!!

  2. Senhor Cidadão disse:

    O POVO TEM QUE ACORDA PARA CORTA ESSAS REGALIAS !!

  3. Roberto disse:

    Vergonha geral! Será que não vão revogar essa imoralidade. Que País é esse?

  4. JPedro disse:

    A sociedade precisa discutir a sério o custo para manter certas classes privilegiadas no serviço público. Por que professores, policiais, médicos, pessoal administrativo, e outras categorias, não tem o mesmo tratamento? Será que determinadas funções são mais especiais que outras? Será que se cortar determinados privilégios de algumas categorias não daria para melhorar a situação das outras e ainda economizar no todo? Acho que sim. O auxílio-moradia que alguns recebem é bem maior que o salário médio de um professor, policial, médico, …
    No mínimo é preciso colocar os fatos na mesa e abrir um grande debate local e nacional. Nesses tempos em que se discute tanto economia, política e assuntos de interesse da população, o povo precisa saber pra onde vai seu dinheiro. Afinal, toda essa máquina e privilégios é mantido com nosso $$$$

  5. Curioso disse:

    Ah! Vontade de chamar essa cambada de filho de uma…
    Diferença deles pra Lula:
    1- Lula é analfa
    2- Lula fez as maracutaias de forma ilegal
    3- Lula não sabe de nada
    4- Lula fala muuuuuito
    5- Lula tá reiado

    Semelhança entre eles e Lula:
    1- Um só saco
    2- Uma só farinha
    3- Pimenta no olho dos outros é refresco
    4- Faça só o que eu digo, pois o que eu faço só e bom pra mim
    5- A cara e um, o focinho do outro

  6. PAULO disse:

    PAÍS ESCULHAMBADO!!!

  7. JPedro disse:

    A conta é bem maior. Não se esqueçam que esta decisão teve um efeito cascata, que incluiu na lista os nobres procuradores e promotores de justiça pelo Brasil afora. Eles também recebem auxílio-moradia e um monte de outros penduricalhos. Juízes e promotores também tem 60 dias de férias anuais (Por que esse privilégio?). Tudo isso, mesmo que seja "legal", é moral e ético?

  8. Almir Dionísio da Silva disse:

    Enquanto isso grande parte da população morre de fome e nao tem moradia. Isso é Brasil.

  9. Alexandre Alonso disse:

    È preciso acaba com esse auxilio-moradia dos juízes do brasil, porque os juízes do nosso país recebe um gordo salario, será que esse povo não tem dinheiro suficiente para paga essa moradia; pq quem era para receber auxilio moradia era quem recebe um salario minimo, com o nome já diz minimo, o minimo não é nada para o salario q esses juízes recebe, e quem recebe o minimo se vira nos 30 porque um juiz não pode fazer,,, isso é um absurdo..

  10. paulor disse:

    eu tinha até vergonha de dizer que sou Magistrado !!! não vejo a menor diferença entre a classe politica… vergonha, imoral, é de dar nojo os artificio que eles usam para aumentar o próprio salario…
    precisamos acabar com essa falta de vergonha.

  11. Junior disse:

    isso eé nojento, imoral, um país sofrido, onde paga menos de 1 mil reais de salário mínimo.

  12. Rodriguinho disse:

    Quando se criou o subsídio foi para não se ter outras parcelas. Subsídio é parcela única, sem penduricalhos. Muito menos rotulando certas parcelas como indenizatórias para fugir do teto. Espero que a ministra Cármen Lúcia, aja para proibir os pagamentos acima do teto no Judiciário, pois isso alem de ser desonesto é um desmoralização da justiça aqui e fora do país.
    O Estado do Rio, à beira de um colapso financeiro agora sofre consequências da farra pois o vergonhoso judiciario estadual foi um dos que mais abusou criando uma série de ganhos, como auxílio-creche, auxílio-moradia, auxílio-livro, auxílio-saúde, auxílio escolar, auxílio-alimentação, diferença de entrância, adicional de permanência, gratificação pelo exercício como Juiz Dirigente de Núcleo Regional, entre outras. O povo precisa saber quanto paga aos juízes.
    Infelizmente muitos juizes e promotores ingressam pensando em ficar rico e cheio das regalias, isso tem que acabar.
    A tão evidente necessidade de reforma politica deve atingir tambem a Justiça, onde hoje as regalias se espelham no mesmo sentido, nos tempos atuais não se deve haver vantagens classistas e desnecessarias, ora o que justifica 60 dias de ferias para juiz e promotor, eles sao melhores do que os outros trabalhadores? o que justifica o auxilio moradia? sera que seus 33mil de salario sao insuficientes para pagar um aluguel ou uma prestação?
    Isso é abuso, é regalia, é imoralidade!

    • JPedro disse:

      Sem contar que, mesmo recebendo esses auxílios, será que a população da maioria das pequenas e médias cidades brasileiras encontra juízes e promotores em seus locais de trabalho quando os procura numa segunda, numa sexta? Ou, as vezes, a semana inteira? (é uma pergunta).
      Como não batem ponto, como as outras categorias, fica difícil controlar. Solução? Denunciar as Corregedorias, cobrar e acompanhar. Não resolveu? Procure a imprensa.

  13. CARDOZO disse:

    Isso enoja a população que sofre para pagar regalias imorais!
    Por isso tanto roubo e corrupção nesse pais, se quem devia dar exemplo se aproveita qual a moral pra cobrar dos outros!
    MOVIMENTO PELO FIM DAS REGALIAS GERAIS DOS POLITICOS JUIZES E PROMOTORES!

  14. Ciço disse:

    Mateus primeiro os meus …!

  15. Carlos Neto disse:

    Tem de se acabar com esse auxilio moradia, também reduzir verba de gabinete e principalmente acabar com o ressarcimento de despesas, em especial de restaurantes, que não é local de trabalho.

  16. Pedro Jorge disse:

    É senhores de toga, quem cobra, julga e condena não basta ser honesto, é preciso parecer honesto!
    Vocês acham em suas conciencias que estao sendo honestos e justos, ou que estao julgando em causa propria regalias que nenhum outro ser tem?
    Torço para que a nova Presidente do STF acabe com essa farra, que seja o começo do fim das regalias como tambem as ferias de 60 dias e outras mais que sao artificios pra driblar o teto salarial e turbinar seus salarios que atingem em media 50mil.
    ISSO É UMA VERGONHA!
    O POVO NÃO APROVA!

  17. José Carlos disse:

    Isso é um absurdo!!!!!!!!
    Vejamos, LIMINAR é uma decisão que analisa um pedido urgente, algum juiz ou promotor pode me explicar a urgencia do AUXILIO-MORADIA? Isso é covardia, mau-carater, irresponsabilidade, injustiça, tudo de ruim, acima de tudo IMORAL E VERGONHOSO!
    Agora quero ver se um dia que essa imoralidade acabar se vão devolver o dinheiro que recebem indevidamente?
    VAMOS LUTAR PELO FIM DE REGALIAS!
    ABAIXO AUXILIO MORADIA

  18. José disse:

    O pior, mais imoral, mais ridículo e aviltante, foi com base nessa liminar pagarem esse auxilio de maneira retroativa a 5 anos em vários Estados. E agora? Eles vão devolver o dinheiro? Se fosse um prefeito ou deputado que tivesse recebido esse dinheiro com base em liminar, o que dirião os arautos da Justiça do MP e ao que condenariam os políticos esses mesmos juízes que hoje recebem essa imoralidade.

    Senhores Juízes e Promotores, aqui na tera vocês não prestam conta a ninguém, mas no céu vão ter que prestar. Desse julgamento vocês não vão ter Fux pra dar liminar.

    Todo apoio à proposta que endurece as penas para o crime de abuso de autoridade!

  19. Zé Dantas disse:

    Para o bem de todos brasileiros decentes deve ser imediatamente derrubada. Alo min Cármen Lúcia.

    • Potyguar disse:

      O cidadão/eleitor/contribuinte brasileiro não suporta mais bancar estes penduricalhos, basta !