Semtas e Cosern realizam cadastros da tarifa social na zona norte

17901Na manhã desta quarta-feira, dia 30, moradores da zona norte de Natal tiveram a oportunidade de se cadastrar na tarifa social e receber desconto na conta de energia elétrica. O cadastro foi realizado no Centro Educacional Dom Bosco, bairro Lagoa Azul, no conjunto Gramoré, por meio de uma parceria entre a Cosern e a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas).

Com a tarifa social, as famílias de baixa renda cadastradas podem obter descontos que variam de 10% a 65% (variando de acordo com a quantidade de kWh gastos por mês). Já as comunidades indígenas e quilombolas recebem o desconto de 100% para os 50 kWh/mês de consumo.

Antes de realizar o cadastro, os beneficiários tiveram a oportunidade de assistir uma palestra educativa sobre o uso eficiente, seguro e racional da energia elétrica e no final da manhã, os técnicos dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) assistiram palestra realizada pelo analista de Processos Comerciais da Cosern, Rodrigo Bruno de Araújo, que falou sobre a Cosern e a tarifa social. “O objetivo das palestras é conscientizar a população sobre o consumo correto da energia e explicar o que é a tarifa social, como a população é beneficiada com ela e como realizar o cadastro”, explicou o analista de Processos Comerciais da Cosern.

“Irei aproveitar esse benefício e utilizar o desconto na compra do gás”, afirmou a dona de casa Ivaneide Monteiro, que garantiu a redução do valor da conta de energia nesta manhã, e ficou sabendo da realização do cadastro por meio de um carro de som que percorreu alguns pontos da zona norte durante a semana.

A chefe do setor de Cadastro Único da Semtas, Daisy Leila Guilhermino ressaltou a importância das famílias realizarem esse cadastro. “Esse desconto é um direito que os cadastrados têm. Com ele, essas famílias pagam o valor menor do que o real na conta de energia, diminuindo assim as despesas mensais e o consumo, contribuindo também para o meio ambiente”. Daisy Leila Guilhermino também lembrou que em 2014 essa ação será realizada em outros bairros de Natal.

Quem ainda não se cadastrou e deseja ter o direito à tarifa social, basta procurar as agências de atendimento da Cosern ou pelo teleatendimento gratuito 116, e informar o CPF, o número de documento de identidade oficial com foto (carteira de motorista, RG, etc) e o Número de Identificação Social (NIS) ou o Número do Benefício (NB), emitidos pelo Governo Federal.