Política

Micarla encerra de vez sua carreira política: “Eu só quero viver em paz”

A prefeita Micarla de Souza enviou ao Partido Verde (PV), na última terça feira, uma carta com pedido de desfiliação. O ato marcou definitivamente o fim da carreira política da jornalista, que agora só quer se dedicar a família. “Não me arrependo. Foi um tempo de muito crescimento, mas a vida é feita de ciclos e dou por concluído este. Não quero mais nada que possa me tirar de perto dos meus filhos”, declarou em entrevista ao NOVO JORNAL.

Micarla afirmou ainda que não foi fácil deixar o PV, partido com o qual ela se identificou muito. Por isso, decidiu não concorrer a um novo pleito para o executivo, mas levou quase seis meses para tentar se defiliar.

De forma alguma, a ex-prefeita pensa em voltar a ter uma vida pública. “Hoje foi o término de uma etapa da minha vida. Quero poder estar com toda a paz e a tranquilidade para cuidar dos meus filhos e da minha saúde”, declarou.  Micarla ainda disse que já tinha dado sua contribuição como gestora. “Sinto que essa disciplina, eu já paguei. É só olhar o que foi feito no período que fui prefeita, como a questão do plano de cargos dos servidores, as 53 escolas, e tudo mais”.

Alvo de muitas críticas durante o seu mandato, dona de um alto índice de reprovação  e execrada por adversários políticos, Micarla encerrou a entrevista ao NOVO JORNAL deixando bem claro qual o seu maior desejo. “Eu só quero viver em paz”.

A matéria foi assinadas pelos jornalistas Everton Dantas e Paulo Nascimento.

Opinião dos leitores

  1. Ah se ROSALBA se inspirasse e seguisse esse exemplo exemplar…
    Micarla destruiu a cidade e Rosalba está destruindo o estado.
    A Borboleta foi um Terremoto, a Rosa de Mossoró é um Furação, um TSUNAMI!
    SOCOOOOOOOORRRRRROOOOOOOO!!!!!!!

  2. Carreira política que nem deveria ter começado, mas foi na onda do galeguinho do Alecrim, Zé Agripino, que na hora H tirou o dele da reta, e deu no que deu. Coitada de Natal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *